História Mundo (Isa) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance
Exibições 1
Palavras 729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Mais um dia


Pra quem não me conhece. Olá, sou a Isa.
Minha rotina começa às 6 da manhã. Logo levanto e começo a me arrumar para o longo dia no colégio. Com um all star velho, e minhas roupas meio longas, entro no ônibus. Uma música
 em que sai dos meus fones me acompanham com diversos pensamentos. A luz do sol toca em minha pele, e a paisagem que vejo pela janela, me trazem certas felicidades.
Chego na escola, um dia como outro qualquer. Pelo menos é o que eu imaginava. Alguém novo chega em minha sala, e olhos de curiosidade batem sobre tal. Garoto meio calado, e muito atraente. Chamava atenção onde passava, principalmente quando se tratava dos olhares femininos, mas eu não me importava tanto.O sinal tocou, e a nova professora acabara de entrar. Depois de diversos trabalhos, e coisas que passava, fizemos um seminário, e ele por acaso acabou entrando em meu grupo. Enquanto explicava à todos, seus olhos  estavam atentos sobre mim. Isso me deixou nervosa e envergonhada, pois seus olhos estavam somente em mim.  Depois da longa aula da professora Marta, fui ao encontro de meus amigos. Por descuido, acabei tropeçando nas escadas que haviam na descida para a parte baixa. Fiquei com certos ferimentos, e a dor parecia pior misturada com a pressa e a vergonha. Com a cabeça baixa, alguma mão encosta em minhas costas me puxando para cima. E era ele, o novo aluno.
- Você está bem? _disse com uma voz suave
Eu apenas balancei minha cabeça.
Ele deu um leve sorriso no canto dos lábios.  Com certa timidez, levantei rapidamente com sua ajuda, e corri de encontro com meus amigos. Não acreditava que aquilo teria acontecido. Não sei se estaria feliz por sua ajuda, ou ficaria envergonhada pelo tropeço. Mas apenas segui o meu caminho. Depois de alguns minutos cheguei no lugar devido.
E lá estavam a Gaby e o Rafael.
- Por que demorou tanto, em?_ disse gaby com cara de preocupação
-Não se preocupe, acabei caindo mas estou bem.
-Vamos almoçar então. Já, já teremos que voltar. (Rafael)
-OK
Depois de tempos e distrações, acabamos voltando para outra aula.
O tempo parecia atrasar, e as horas passavam-se devagar.
E finalmente depois de alguns minutos o sinal tocou. Já era o final do dia, e segui até o ponto para esperar o ônibus chegar.
Sentei em um banco, e comecei a escrever poesias em meu caderno velho.
Coloquei o meu fone, e contei ao diário sobre o meu dia. Do nada, me lembrei do garoto, e de meus lábios saíram sorrisos bobos. Eu sei que era só mais alguma coisa da minha cabeça, mas mesmo sendo, era um sentimento bom. Entre minutos e segundos, o ônibus chegou. Parti meu caminho. Sentei próximo a janela, e viajei novamente em meus pensamentos. Logo cheguei em casa, e nada melhor que um banho depois daquele dia corrido. A noite chegou, e eu fui para a cama dormir, mas antes abri minhas coisas e percebi que faltava algo. Era uma pulseira que ganhei de minha mãe. No meio de toda confusão na escola, acabei perdendo-a. Coloquei em minha cabeça que no dia seguinte iria a sua busca, e  por cansaço acabei adormecendo. No dia seguinte fui rapidamente para o local em que acabei caindo, e depois de horas de procura não havia encontrado. Até que a voz tão pouco conhecida me chamou e me entregou. Era o novato.
-Toma, no meio da confusão você deixou cair.
-Obrigada
- Não nos apresentamos. Eu sou Henrique e você só pode ser a Isa, né?
- Como sabe?
- Só vou te contar se aceitar sair pra jantar comigo. 

(Pensamento:) "Era simplismente estranho. Como um garoto como ele, cheio de olhares em sua volta, só olhava pra mim?. Eu não acreditava tanto em sua bondade, simplismente algo nele me intrigava."

- Esse seu silêncio é um sim ou um não?

- Me desculpe, tenho aula agora.
Quando me virei para a minha partida, ele o puxou um de meus braços. E perguntou se poderíamos nos encontramos novamente. Eu por impusso acabei aceitando. Depois deu um grande sorriso. E seguimos caminhos diferentes. Sabe, era diferente de tudo o que aconteceu nesses últimos anos. Mesmo ele parecendo uma boa pessoa, algo nele me intrigava. Mas agora, nos encontraremos. E mesmo com dúvidas que carrego. Fico feliz que o verei novamente. 

 


Notas Finais


Bom, os capítulos serão curtos. É meu primeiro cap. Então não me julguem.
Bom, e agora como será o tal encontro com o Henrique? Isa resistirá aos encantos do garoto?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...