História Mundo Perfeito - MITW - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias TazerCraft
Personagens Mike, Pac
Tags Mitw Cellps
Exibições 209
Palavras 1.099
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu ainda tô me recuperando com aquela foto do Mike com a camisa da Rainbow Dash

*A foto é só pra vocês admirarem a beleza do CrushTheLInk*

Capítulo 48 - ''Vou te matar se você não me der um celular novo''


Fanfic / Fanfiction Mundo Perfeito - MITW - Capítulo 48 - ''Vou te matar se você não me der um celular novo''

Ponto de Vista de Milkhael

Eu e o Cellbit andamos a São Paulo todo - mentira – e voltamos para o apartamento, e vimos a Ketty sair feliz da vida, ela nem ligou pra gente, e eu também não liguei, mas o Cellbit ficou se corroendo todo, ele quase correu até a Ketty e questionou ela.

Eu entrei no elevador e já apertei o botão do meu andar. Fiquei batendo o pé no chão descontroladamente e mordendo o lábio inferior e a bochecha, não sei de onde surgiu esse desespero, talvez eu esteja curioso pra saber o que eles conversaram, talvez ele não me fale, mas uma hora eu vou ter que saber, certo?

A porta do elevador abriu e eu corri até a minha porta e abri, entrando que nem louco. Corri até o quarto e vi o Pac deitado lendo um livro qualquer, se não fosse um livro seria um celular.

- Pac?

- Oi? Ah, oi, Mike – Ele tirou os olhos do livro e me olhou.

- De onde surgiu esse livro?

- Peguei na mala do Cellbit, já que eu não tinha nada pra fazer...

- Ah... Entendi... – Me deitei ao seu lado.

- Sabe, eu quero um celular novo; porque eu não aguento mais ficar sem fazer nada.

- Mas...

- Sem ‘mas’, você não tem direito de reclamar, apenas compre um celular pra mim, senão eu uso o seu e você fica sem nenhum.

- Tá, eu compro.

- E é pra ser agora, eu não vou esperar mais nenhum segundo.

- Agora!? Tá louco? – Olhei pra ele indignando.

- Você que quebra meu celular e eu sou o louco? Acho que não, querido.

Depois dessa eu não falei mais nada, me levantei e fui banhar, já que eu andei para caralho, e provavelmente eu estou mais suado que atleta em dia de corrida. Tomei um banho rápido, me enxuguei lá no banheiro mesmo e fui para o quarto, o Pac já havia trocado de roupa, ele estava sentado na cama de pernas cruzadas e os braços idem, e ele olhava pra mim com uma cara de tipo ‘’Vou te matar se você não me comprar um celular novo’’. Vesti qualquer roupa mesmo, Pac se levantou e me puxou pelo braço.

- Ei, eu tenho que pegar a minha- - Ele me interrompe.

- Eu já peguei, bobo. – Ele ergue a mão e mostra a carteira, ele me entrega e eu guardo no bolso.

Entramos no elevador e esperamos chegar no primeiro andar. Enquanto isso eu tentava beijar o Pac ali dentro, mas ele sempre negava ou se afastava.

- Sabia que aqui tem câmera de segurança, Mike?

- Sabia, mas quem liga? – Peguei na sua cintura e o trouxe para mais perto do meu corpo.

- Eu ligo.

- Para de ser chato, vai. – Beijei ele antes que ele pudesse falar algo, e ele cedeu na hora.

Ficamos nos beijando até sentir que o elevador havia parado, e as portas se abriram, e adivinha quem estava na nossa frente? Se você disse Cellbit você acertou.

- Já estavam se pegando dentro do elevador? Então por que saíram? Vocês têm quarto.

- Não enche. – Reviro os olhos e me separo do Pac, e logo nos retiramos de dentro do elevador.

- Nós vamos ao Shopping comprar um celular novo que esse aqui tá me devendo. – Diz e bate no meu braço.

- Ai!

- Eu sei que nem doeu. – Revirou os olhos.

- Eu posso ir com vocês? – Disse a hiena.

- Pode, mas você vai assim? – Disse se referindo as roupas dele. – E você não está com um cheiro tão bom assim, Rafa. – Pac.

- Nossa, obrigado hein. Eu vou invadir o apartamento de vocês e tomar banho, já que minhas coisas estão lá.

- Tudo bem, eu te dou as chaves. – Pac coloca sua mão dentro do meu bolso e tira a chave, jogando para o Cellbit em seguida.

- Valeu. Eu não vou demorar, vai ser rápido.

- O.k, espero que seja rápido, senão vamos sem você.

- Nossa, que belos amigos vocês são.

- Eu sei, somos os amigos que todo mundo queria ter.

Cellbit revira os olhos e se direciona ao elevador, eu e o Pac andamos um pouco para frente e sentamos no sofá que tinha ali. Ficamos esperando aquela hiena voltar.

Ponto de Vista de Tarik

Cellbit logo apareceu pronto e com as coisas deles também. Não acredito que ele vai entrar com isso no shopping.

- Eu vou passar na casa do Felps primeiro, aí podemos ir.

-  Era só que faltava você querer ir na casa do namoradinho. - Diz Mike.

- Ei! Eu e o Felps não estamos namorando.... - Cellbit corou.

- Uhum, e eu sou um unicórnio.

- O.k, vamos logo.

Saímos do prédio e fomos até a casa do Felps, mas lógico que esperamos um táxi, não íamos de a pé, até porque iria demorar muito para chegar, e eu não queria me suja.

...

O táxi deixou nós três na frente da casa do Felps, e isso custou um pouco mais caro, mas o Cellbit que pagou, então eu não vou reclamar. Saímos do táxi e o Cellbit correu e bateu na porta da casa do Felps, que atendeu a porta e o recebeu com um beijo. Isso mesmo. Um beijo, mas não foi qualquer beijo, foi um beijo bem na boca mesmo, depois dizem que não estão namorando, é cada mentira que eu me surpreendo.

Adentramos na casa do Felps e eu e o Mike ficamos sentados no sofá esperando o Cellbit e o Felps, e adivinha? O Cellbit convidou o Felps pra ir ao shopping também. Eu só queria comprar um celular, é pedi demais? Estão fazendo de tudo pra enrolar.

- Será que o casal poderia ir mais rápido aí?! Eu não vou ficar de vela não, o.k? – Falei – na verdade eu gritei. –

- Vela? Como assim? O Mike tá bem aí do seu lado. – Cellbit diz aparecendo na sala, junto com o Felps.

- É, mas.... Só Vamos logo. – Me levantei e saí da casa do Felps.

- O Pac tá de TMP masculina. Quer chocolate, querida? – Cellbit.

- Queria o caralho! Só vamos logo, por favor.

- De bravo ele passa pra manhoso. Você é bipolar, amigo?

- Se você abrir essa boca de novo eu vou te mostrar quem é o bipolar.

- Nossa, calma, o.k, vamos logo antes que ele nos mate.


Notas Finais


OBRIGADA PELOS 333 FAVORITOS AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA A A A A A AAAAA AAA tôbem

Eu tô fazendo uma Fanfic e postando diariamente <3 leia se quiser s2 - https://spiritfanfics.com/historia/vie-doux-amere--mitw-6700906


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...