História Mundo real - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inazuma Eleven (Super Onze)
Personagens Endou Mamoru, Fudou Akio, Kazemaru Ichirouta, Kia Hiroto, Kidou Yuuto, Midorikawa Ryuuji, Nagumo Haruya (Burn), Sakuma Jirou, Shirou Fubuki, Shuuya Goenji, Suzuno Fuusuke, Tachimukai Yuuki, Tsunami Jousuke
Exibições 37
Palavras 1.593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, FemmeSlash, Ficção, Ficção Científica, Lemon, Romance e Novela, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


pessoal me desculpem
pela demora mais não dava
eu fiquei sobrecarregado com a escola
6 trabalhos numa semana
2 a 3 para-casas por dia
e quando finalmente achei que dava pra descansar
as provas finais chegaram e tive que estudar igual
a um condenado mas pelo o menos já passei de ano
então tive que tirar um tempo pra recarregar
as baterias
peço desculpas
finalmente as coisas de ajeitaram tando fisicamente quando mentalmente
pois já tenho as coisas planejadas pros próximos
7 capítulos então se liga que lá vem historia

Capítulo 24 - O desconhecido


Fanfic / Fanfiction Mundo real - Capítulo 24 - O desconhecido

 

 

 

 

- Bem vamos embora? - pergunta Yuno assustando tanto Aphrodi e Daemon que estavam escorados um no outro quase os fazendo cair no chão.

- Não nos assuste assim! - exclama ele irritado enquanto Yuno está com as mãos na boca tentando segurar o riso junto dos outros da Raimon, percebendo a presença de todos olhando pra eles com olhares maliciosos os dois coram violentamente.

- deixando isso de lado vamos embora desse lugar - fala ele ainda um pouco corado e eles assentem.

- Onde está Someoka e os outros? - pergunta endo e todos finalmente de lembram deles, desde quando Garshield os libertou eles estavam desmaiados e provavelmente entre os destroços.

- PESSOAL!!- grita Kido que estava afastado a poucos metros dele perto de um monte de escombros e todos vão ao seu encontro e no meio do chão estavam cinco marcas de corpos do mão, porém sem ninguém por perto.

- Aquele idiota - fala Daemon deixando um sorriso aparecer no seu rosto.

- O que foi? - pergunta Yuno.

- Antes de ir morrer ele os tele portou pra dimensão de Inazume- fala ele deixando todos estupefatos e felizes ao mesmo tendo pois seus amigos já aviam voltado pra casa.

- e nos? - pergunta endo.

- me desculpe endo mais o combate entre energias desgastou os portais temporariamente nós podemos apenas ir pra minha dimensão no momento que e a mais perto dessa dimensão, nenhum portal em hipótese alguma pode ser aberto pra outras dimensões num período de dois meses - explica Daemon.

- tem certeza? - pergunta Ele de novo.

- absoluta - mas quando ele mal termina de responder um enorme portal em força aspirais aparece no céu e começa a atrair a todos com uma enorme força.

- VOCÊ NÃO TINHA CERTEZA - grita endo lutando pra não sair do chão.

- eu não entendo - Fala porem senti algo estranho dentro de si como se o seu corpo estivesse ressonando com o portal que começou a atrai-los com mais força em resposta.

- Daemon!!- grita Aphrodi enquanto ele e levando no ar e vai sento atraindo em direção ao portal até ser lutando por ele e o portal simplesmente desaparecer deixando todos num maior silencio profundo.

- mais o que ...- tenta falar Aphrodi desolado, porem um enorme portal aparece novamente e uma pessoa aparece carregando uma pessoa nos ombros, a pessoa estava vestida de preta da cabeça aos pés, tênis preto, blusa preta, calça preta, até um tapa-olho preto e vai saber cueca preta, ele estava carregando alguém pelos ombros vagamente familiar.

- Daemon!!?- grita ele ao reconhecer o corpo, e o estranho, um menino, o olhou diretamente nos olhos, e Aphrodi paralisou onde estava, ele recebia um olhar frio dele e de reconhecimento? talvez fosse apenas a sua imaginação.

O estranho deitou o corpo de Daemon no chão, que estava inconsciente e depois deu meia volta e entrou no portal que instantaneamente de fechou.

Todos estavam parados tentando processar o que tinha acontecido, o que avia acontecido com Daemon e quem era aquele ser desconhecido? Isso não importa pois logo pegaram o corpo de Daemon e o colocaram junto de Garshield.

- Ele está vivo? -pergunta endo recebendo uma porrada na cabeça - ele está apenas inconsciente não está vendo ele respirar! - fala kazemaru irritado com a estupidez de endo por falar algo assim depois de tudo que eles passaram.

- Desculpe - fala esfregando a cabeça com lagrimas nos olhos. Enquanto isso Yuno pega duas pedras rosadas de Garshield e guarda uma no pouso e a outra ela joga pra frente e um portal se expande na frente de todos.

- Vamos indo? - pergunta ela a todos que embasbacados a seguem levando o corpo de Garshield e um Daemon inconsciente muito pesado atrás deles que estava sendo carregado por Suzuno e Kazemaru, enquanto Garshield era carregado por Endo e Aphrodi.

- Porque nós temos de carrega-lo? - geme Suzuno com o esforço que estava fazendo.

- Entre logo na porra do portal -responde Yuno e ele se cala.

Quando estram do portal a paisagem roxa ao redor deles para a de uma grande casa branca com um enorme quintal onde eles estavam muito familiarizados. A casa de Daemon e Yuno continuava a mesma (No mundo real não passou nem 1 minutos que eles partiram) ali estava o computador e o cilindro de metal que tinham usado pra fazer a pedra funcionar mas agora que eles desvendaram os segredos das energias místicas acho que são meio inúteis.

Logo ele abre os olhos e se encontra num lugar que parecia que não via tinha muito tempo seu próprio quarto, e imediatamente imagens passam por sua cabeça, Garshield, Omega, O portal, sendo sugado, Re... ele não se lembra de mais nada de mais nada, mas estava pensando um nome? logo deixou esse pensamento de lado e se levantou e resolveu descer até a cozinha, Onde se deparou com uma cena estranha todos estavam sujos de farinha, massa, e outras coisas quase como se tivesse avido uma guerra.

 - Pelo jeito sentiram minha falta- fala ele e todos o olham surpresos e vão ao seu encontro animados.

- Finalmente acordou! - reclama Nagumo coisa bem normal.

- 2 dias hein? - completa Suzuno.

- Espera 2 dias? - Pergunta ele surpreso por ter dormindo por tanto tempo.

- Sim seu preguiçoso de uma figa- responde Yuno aparecendo e o abraçando com força.

- Onde está Aphrodi?- pergunta ele.

- Sua irmã te dá um abraço e você só quer saber dele- responde ela inflando as bochechas e fazendo biquinho.

Ela aponta pro quintal pra porta principal, ele a segue a abrindo e vai até o quintal onde Aphrodi está parado fitando o horizonte com os seus lindos olhos castanhos-avermelhados que com o brilho do sol os deixava mais vermelhos fazendo os  parecer dois lindos rubis.

(Meu deus definitivamente tenho que parar de escrever essas coisas por isso os meus leitores acham que eu sou gay ou grande maioria)

  - Posso me juntar a você? - pergunta o assustando o fazendo rapidamente se virar e quando o vê ele dá um enorme sorriso.

- Vejo que acordou- responde ele sorrindo docemente fazendo com que Daemon se perca no brilho dos seus exuberantes lábios rosados.

                                                                                            (Hoje está foda está ficando cada vez pior)

- O que aconteceu naquele portal? - ele pergunta desfazendo o sorriso e ficando anormalmente sério.

- Eu não sei - responde ele - sinceramente não lembro de nada- completa fazendo Aphrodi ficar pensativo.

- Nem da pessoa que de trouxe aqui inconsciente? -pergunta ele e Daemon franje as sobrancelhas sem ideia do que ele estava falando.

- pelo seu olhar eu diria que não, Existem outras dimensões? - essa pergunta o pega desprevenido.

- sim, Muitos na verdade enquanto existe o universo de Inazume, existe um onde ele Inazume e fictício e muitos outras alternativas, sei disso pois quando obtive o poder dos deuses vi vislumbres de outras dimensões- explica ele enquanto lembra das imagens que avia passado por sua cabeça, a de um menino de cabelos vermelhos que parecia uma garota (Kirino) deixado na cama de um hospital  enquanto dois garotos discutiam um de cabelos castanhos acinzentados e olhos pretos( Shindou), enquanto o outro tinha um cabelo de cor azul opaca e olhos afiados com íris marrom-dourada( Kariya).

 A imagem muda pra de um local com neve onde estava um garoto de cabelos castanhos com franjas e grandes olhos azuis metálicos (Tenma) com uma expressão sorridente enquanto falava com um menino que tinha cabelos com de salmão, espetados como o de Fubuki e grandes olhos laranjas-amarelo que sorria de volta pra ele enquanto de longe alguns lobos observavam os dois.

Novamente a imagem muda pra a de duas pessoas um garoto e uma garota e Aphrodi? Porem a imagens dos dois estava ofuscada demais pra saber quem e até que ele senti uma enorme pontada na cabeça e volta a realidade.

- você está bem? - pergunta Aphrodi preocupado.

- Estou bem ainda mais agora que estou com você- diz ele se aproximando do rosto dele com a ponta do nariz quase junto com a do dele, o fazendo ficar vermelho.

- Daemon...- E novamente ele e interrompido pelos lábios de Daemon nos dele, porem diferente do primeiro beijo esse era mais selvagem já que do jeito que Aphrodi correspondeu nem precisou pedir passagem, os dois ficavam cada vez com mais desejo Daemon segura a cintura dele o puxando mais pra si, fazendo Aphrodi soltar um gemido de prazer porem o maldito ar começou a faltar e os dois tiveram que quebrar o beijo.

- quer...parar. De...me interromper..desse..jeito..- ofega ele com as bochechas avermelhadas.

- mais... eu gosto assim - responde ele recebendo um soquinho no ombro.

- DAEMON, APHRODI venham já pra dentro- Grita uma Yuno muito irritada, os dois se olham e começam a rir.

- Melhor irmos não? - fala aphrodi já indo pra dentro de casa.

- Claro já vou - responde ele enquanto vai Aphrodi pra dentro, ele começa fitar o céu pensativo.

- Rex e Sakura quem são vocês? e porque esses nomes passaram na minha cabeça? - se pergunta porem novamente ouvi Yuno gritar pra ele.

- Bem isso não importa...

Fala entrando pra dentro de casa e vendo a imagem de um Aphrodi corado enquanto Yuno está com uma cara maliciosa sorrindo junto de Suzuno e Kazemaru, vendo aquela cena ele sorri e vai se juntar aos seus amigos e sua família.

 

 

 

 

 


Notas Finais


quer saber o que aconteceu com o daemon? descubra aqui

https://spiritfanfics.com/historia/inazuma-eleven--uma-historia-de-amor-5949383


sobre aquelas imagens de dimensões diferentes as duas primeiras foram claras referencias a fanfics de duas amigas minhas

https://spiritfanfics.com/historia/uma-nova-luz-6212389 ( tem 2 temporada)

https://spiritfanfics.com/historia/tudo-por-voce-4794808


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...