História Mundo Sobrenatural - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach, Fairy Tail, High School DxD, Naruto
Visualizações 90
Palavras 2.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Harem, Magia, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


peço desculpas por qualquer erro, terminei de escrever agora e digamos que não estou muito sóbrio

Capítulo 2 - Capítulo II



4 anos se passaram desde que Naruto e Akeno se conheceram e agora iremos saber um pouco o que ocorreu nesses 4 anos. (Assim mesmo, para com preguiça de mostrar mais coisas)


 Naruto ha descoberto que Akeno tinha 14 anos também, se ela tinha 14 anos e teve que corpo como seria ela com 18? Só de imaginário ele quase acabou tendo uma hemorragia nasal, tudo por causa do maldito mestre pervertido.


Nesse tempo Naruto e Akeno brincavam mais vezes, já que era uma das poucas coisas que eles podiam fazer, havias os livros mas não são opção. Baraqiel começou a chamar Naruto para fazer missões, o mesmo explicou que pertence a uma guilda de aventureiros e usava magia para mudar sua aparência.


Naruto sacou que era assim que ele conseguiu dinheiro. Naruto começou um achar divertido saindo em aventuras com Baraqiel, era muito bom monstros de rosto ou até mesmo oco que apareciam de vez em quando.


Mais em umas diás, algo aconteceu, algo que fez Baraqiel se change para Kuho com sua família, um ataque. Sim, Akeno e Shuri sofreram um ataque enquanto Baraqiel e Naruto para fora, mais por sorte que se adaptem ao tempo e deram conta do recado.


Quando partiram para viagem a Kuho, Naruto Recupera o tempo todo, no mundo tinha tecnologia, mas na opinião de Naruto são um par de meios de transporte que vendem por caminhão. E assim foi a viagem deles até Kuoh.


Ao mesmo tempo que se apresenta como um namorado, um dos mais novos.


Atualmente

Capítulo 2 - Começo De Um Problema


Casa De Naruto 
              Quarto - 6:00


Triiiim!


"Merda". Ele murmurou irritado, não gostava de acordar cedo. Olhou para o despertador e em o o desligou. Ele soltou um suspiro cansado, ele tinha ficado até tarde acordado vendo tv. Ele ainda estava irritado com esse mundo, como eles têm uma televisão e não é um meio de transporte mais rápido do que uma carroça?


Ele já está de lado para sempre e ele se viu com um peso em sua barriga, ao seu lado, a sua escolha, a sua escolha. A mesma vez, toda machucada, com marcas de corrente por todo o corpo, ao que parece ela era maltratada.


"Ei parceira é hora de acordar". Ele balançou levemente a gata que grunhiu em resposta fazendo ele sorrir, ele sabia que ela já estava acordada. "Vamos lá parceira, se você acordar eu te darei carne". Koharu ao ouvir a palavra carne abriu um de seus olhos e passou a fitar o loiro, buscando ver se era verdade. "Eu prometo". A gata por fim resolveu levantar, ela sabia que quando o loiro prometia algo ele sempre cumpria. "Quer tomar banho Koharu ?". Naruto perguntou a gata que rapidamente saiu do quarto arrancando risadas de Naruto, ela não gostava mesmo de banho. "Bem, se ela não quer há quem queira". Ele se levantou e foi em direção ao banheiro para tomar banho.

DxD


Naruto ágora estava Comendo Seu café da manhã Que consistia em lámen, enquanto Koharu comia SUA Saborosa, deliciosa, apetitosa carne. "Você devia comer devagar, assim não vai conseguir saborear a carne". A gata soltou um grunhido de irritação para o loiro, ele estava na sua 7 tigela, quem era ele para falar algo dela. "Pronto, agora é só lavar". Ele se levantou, pegou sua tigela e colocou na pia em e um lavou.


Depois de guardar a louça, ele pegou sua mochila e zanpakutuo que havia deixado ao lado da mesa, e foi em direção a porta da frente. "Koharu estou indo, cuide da casa". A gata terminou de comer rapidamente sua carne e correu em direção ao loiro, pulando em seu ombro, fazendo ele soltar um suspiro. "Koharu você não pode ir para a escola comigo". Ele encarou a gata de maneira séria e não se surpreendeu ao vê-la o encarar do mesmo modo.


"É sério Koharu, animais não são permitidos". Ele tentou argumentar novamente, mas foi em vão, Koharu quando botava algo em sua cabeça, fazia até o fim. "Certo, certo, já vi que não tem jeito". Era incrível como essa gata o conseguia ser teimosa. "Façamos o seguinte, quando eu chegar na escola você vai andar por ai". A gata acenou para o loiro que começou a andar para sair de casa.

DxD

Naruto caminhava lentamente em direção a escola, e no trajeto para a mesma ele não perdia a oportunidade de reclamar da falta de um meio de transporte melhor do que uma carroça. Isso deixava Koharu com gotas em sua cabeça.


"Grrrrr!" - A gata rosnou enquanto olhava pra uma casa, em cima da mesma havia um gato preto com duas caudas, Naruto olhou pelo canto dos olhos e viu também o gato de duas caldas. Ele fez uma carinho na cabeça de Koharu, ha mesma entendeu o recado, era para deixar para lá.


'Realmente, essa gata não é uma gata comum' - A voz da Zanpakutuou ecoou na mente de Naruto que concordou  com a mesma, talvez sua gata fosse um Yokai. Bem agora não era hora de pensar nisso e sim na escola que estava a sua frente, ele olhou para a gata que entendeu o recado, era aqui que eles se despediam, ela pulou de sua cabeça e foi andar por ai.


Ao adentrar na escola a primeira coisa que notou era que tinha demônios nessa escola e dois Anjos Caídos, um ele tinha certeza que era Akeno mas o outro ele não tinha ideia. Agora ele precisava tomar cuidado, já que o mesmo não tinha mais contato com Shinigamis.

DxD

Naruto agora estava parado em frente a sala do 3° e sua turma era a B, ele bateu na porta e 5 segundos depois ela foi aberta pelo professor.
"Você deve ser o aluno novo certo ?" - Naruto assentiu - "por favor entre e se apresente para a turma" - o loiro entrou e foi em direção ao quadro sem olhar para os alunos, terminando de escrever seu nome ele se virou para os alunos e reparou em uma garota em especial.


Ela tinha um longo cabelo preto preso por uma fita laranja, tinha olhos roxos e um corpo de dar inveja em muitas mulheres, se tratava de Akeno, sua outra amiga contando com Koharu e sua zanpakutou. Todos, tirando Akeno o encaravam pelo motivo de seus olhos terem cores diferentes.


Akeno estava com um sorriso, Naruto havia prometido que viria quando fizesse 18 anos e aqui estava ele bem em sua frente, ele realmente não quebra uma promessa

.
"Olá turma, me chamo Naruto Hatake é um prazer conhece-los e por favor tomem conta de mim" - o loiro sorriu e em seguida se curvou.
"Agora que estamos apresentados por favor Hatake-san, sente-se atrás da Gremory-san" - o professor apontou para uma garota ruiva, e como foi pedido ele se sentou atrás da mesma que se virou para ele.


"Olá, me chamo Rias Gremory, Akeno me falou muito de você Naruto-san" - a ruiva estendeu a mão para o loiro que aceitou o cumprimento.


"Você já sabe quem eu sou mas me chamo Naruto Hatake é um prazer conhece-la - ele apertou a mão dela, depois disso eles conversaram um pouco até terem a atenção chamada pelo professor.


O sinal do intervalo tocou e todos saíram rapidamente da sala menos Naruto que ia devagar, ele não conhecia a escola então iria para o terraço, mas sentiu alguém segurar seu pulso. Era Akeno, ela falou que o levaria para conhecer os outros membros do clube de ocultismo, ele apenas deu os ombros, que mal faria?


Ele conheceu todos os membros, que no caso eram apenas 3 contando com Akeno que ele já conhecia. Depois disso eles voltaram para a sala, mas no caminho ele recebia olhares de morte dos alunos masculinos que tinham na escola, por causa de Akeno que estava agarrada em seu braço e não queria solta-lo.


Naruto agora se encontrava saindo da escola junto de Akeno, ela havia perguntado se ele queria ir em sua casa, ele falou que deixaria para ir no fim de semana, ela concordou e se despediu com um beijo em sua bochecha o fazendo corar um pouco.


Naruto seguiu para sua casa, ele notou que Koharu ainda não havia voltado, ele apenas deus os ombros, ela sabia se virar. Ele andava tranquilamente até que em um beco viu uma garota sendo ameaçada por um homem com uma faca. Ele iria ignorar, já que o mesmo sentiu que era a assinatura do segundo Anjo Caído que estava na escola, mas ao ver como ela estava desesperada ele resolveu intervir, nocauteando o homem.


"Está bem ?" - ele perguntou a ajudando se levantar.


"E-estou sim, obrigado" - ela respondeu para o loiro que estava a observando, ela usava um vestido branco e tinha um cabelo longo na cor preta - "Me chamo Yuma e obrigado novamente" - ela se curvou para ele.


"Prazer Yuma-san, me chamo Naruto" - ele se apresentou para ela com um sorriso que a fez corar um pouco - "então por que estava nesse beco ?"


"Bem... ele falou que me arranjaria um emprego e me disse que o lugar era passando por ali" - ela apontou para o final do beco.


"Devia tomar cuidado Yuma-san, nem sempre as pessoas são o que parece" - ela assentiu e notou ele se afastando - "bem já vou indo, até qualquer dia Yuma-san"


"Espere Naruto-san!" - ela o chamou o fazendo se virar para ela - "deixe eu te agradecer por me ajudar" - ela fez uma cara fofa para o loiro.


"não precisa"


"Eu insisto, que tal sairmos ?" - ela perguntou corada.


"Sair ?"


"Sim, que tal hoje as 5 horas em frente aquela loja ?" - Naruto olhou para a loja que a mesma estava apontando - "Te vejo lá" - ela saiu correndo.


"E-ei!" - ele tentou chamá-la mas já era tarde - 'que tipo de pessoa agradece alguém a chamando para sair ?'


'Ao que parece ela é uma pessoa assim' - sua zanpakutou falou novamente com ele - 'se bem que o que ela quer não é agradecer' - o loiro concordou, suas intenções claramente eram outras, bem ele ia ver o que iria dar.


Chegando em casa ele se encontrou com Koharu, entrou dentro da casa e jogou a mochila no sofá e foi para o banheiro tomar um banho. Depois do banho, colocou uma roupa normal e desceu para a cozinha e foi pegar algo para comer na geladeira.


"Yuma" - ele murmurou seu nome pensando no que ela queria com ele, enquanto abria a porta da geladeira, pegou um pote de lámen e o colocou para esquentar. Enquanto o lámen estava esquentando ele subiu para o quarto para se arrumar, voltou arrumado e comeu o lámen.


Ele olhou para o relógio e viu que estava quase na hora, faltava uns 10 minutos.


"Koharu vou dar uma saída" - ele avisou sua gata que não deu bola e continuou dormindo, ele saiu de casa e chegou no local marcado 2 minutos antes do horário marcado.


'Ela está atrasada' - ele olhou para o relógio - 'por que toma mulher se atrasa ?' - alguém trombou com ele e deixou cair um papel, ele pegou o papel e viu que tinha algo escrito nele - 'cuidado com ela' - ele leu o que estava escrito - "então ela quer fazer algo comigo mesmo" - ele murmurou pensativo.


"Olá Naruto-san!" - ela se aproximou acenando para ele que acenou de volta - "desculpe se te fiz esperar"


"Não, eu cheguei um pouquinho antes de você, enfim aonde vamos ?" - ele colocou o papel no bolso e passou a fita-la.


"Não sei" - ela andou até ele e colocou seu braço entre o dele.


"Eu acho que quando se chama alguém para sair, deve-se pelo menos saber onde vai levar a pessoa" - ele falou com uma gota animada em sua cabeça.


"Detalhes" - ela começou a puxa-lo para qualquer direção.


'Onde eu fui me meter'

DxD
 
Eles andavam pela rua conversando e de vez em quando paravam em algumas lojas, geralmente de roupas.


"Então o que achou ?" - ela perguntou a ele que estava quase tendo uma hemorragia nasal, ela estava apenas de calcinha e sutiã, ambos brancos.


"Combinou com você"


"Ótimo, por que agora é sua vez" - ela foi até o loiro e começou a puxa-lo - "eu escolhi uma roupa perfeita para você" - ela falou alegremente.


"Como ?"


Alguns minutos depois


"Ficou Fofo"


"Prefiro raposas" - ele murmurou, ele não gostou da fantasia de gato preto que estava vestindo no momento.


"Vamos levar!"


"Nem a pau!" - ele voltou rapidamente para o provador.


Depois dessa visita ruim a loja de roupas na opinião de Naruto eles foram tomar sorvete em uma lanchonete ali perto, Naruto pegou de chocolate e Yuma de morango. Depois seguiram até uma praça que estava deserta, já era quase 22 horas.


"Foi um dia divertido"


"Eu tenho que concordar" - ele sentiu a mão dela tocando de leve na dele e depois a segurando, a mão dela era tão macia - 'como seria ela segurando outra coisa ?' - ele balançou a cabeça para se livrar de tais pensamentos - 'maldito mestre pervertido !' - ele amaldiçoou mentalmente seu mestre.


"Naruto-san você faria uma coisa por mim ?' - o loiro estranhou a pergunta mais resolveu responder.


"Se for algo que eu possa fazer" - ela correu um pouco parando alguns metros a frente , porém ainda de costas para o mesmo.


"Poderia morrer por mim?" - ele piscou algumas vezes, ele teve entendido direito?


"Poderia repetir? Acho que não ouvi direito"


"Então eu vou falar bem, não o seu ouvido para o que está mais disponível" - ela perguntou novamente e deu alguns passos para trás.


"Sério, essa brincadeira não é legal" - ele falou com um semblante sério.


"Mas você não disse que faria qualquer coisa?" - suas roupas são trocadas por outras e sua aparência também, ela parece mais velha, além de asas negras atrás da mesma.

 

 

 



"Bem ... merda"



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...