História Mundos diferentes... - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Vampiros
Exibições 25
Palavras 852
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom só consegui postar agora pq tô na firma do meu pai....Então aproveitem!

Capítulo 10 - Um jardim que da direto a família...


Fanfic / Fanfiction Mundos diferentes... - Capítulo 10 - Um jardim que da direto a família...

   Ele me olhou surpreso, eu corei e num impulso o beijei, o beijo foi ficando cada vez mais rápido, ele passou a mão pela minha cintura e começou a beijar meu pescoço, ele beijou meu pescoço e do nada parou, eu apenas senti suas presas fincarem em meu pescoço, a dor era insuportável!
   Eu tentava me afastar, mas a tentativa foi em vão:
   -Maki...P..Para..Tá doendo!
   Sinto que ele queria parar, mas acho que sua sede era mais forte, forte ao ponto de ser incontrolável, eu então lembrei do colar que tinha deixado no banheiro.
   Eu não estava aguentando mais, a dor era insuportável, eu apertava a blusa dele tentando aguentar mais não dava, eu então desisti.
   Ele finalmente parou, e seus olhos de vermelho voltou para sua cor normal, azul.
   Parece que ele não estava acreditando:
   -A...Alany me desculpa! Eu...Eu não queria!
   -Não é sua culpa! Fica tranquilo!
   Depois de tranquilizar ele fui pro banheiro e tomei um banho, coloquei uma camisola e chamei os meninos pra ir dormir mais tinha um porem ...:
   -Onde eu vou dormi?
   -Eita merda! Esqueci de você!  E agora?
   -Ele vai dormir com você! -Disse Lyan e Leo.
   -C..Comigo!?
   -Vejo que não tenho muita opção!-Ele se deita na cama.
   Eu reclamo um pouco mais acabo sedendo, eu então apago a luz e me deito ao lado dele.
   Quando o dia amanhece, eu olho pro lado e vejo Maki dormindo, ele tinha uma cara de anjo, senti algo na minha cintura e percebi que era sua mão, eu coro da hora! Fico observando ele, tão pouco tempo de convivência e já amo esse moleque!
   Ele começa a acordar e eu num impulso fecho os olhos, eu sinto ele me abraçar e cochichar:
   -Se eu pudesse, passava minha vida toda assim, queria tanto que você fosse minha, que nunca se distâncias se se mim..
   -Se quiser eu posso ser sua, e só pedir formalmente.-Digo de olhos fechados e com um sorriso.
   Eu abri os olhos, ele estava corado, eu então me sentei :
   -Se arrependeu?
   -Não.-Ele se senta e segura minhas mãos- Alany quer namorar comigo?
   -Sim!!! 
   Eu o abraço, finalmente estou com o garoto que eu mais amo no mundo!
   Agente acabou dormindo de novo e acordou com o barulho dos meninos:
   -Tire as mãos dela! -Gritou Lyan.
   -Tire suas patas que ela é minha! -Disse Leo em cima dele.
   -C..Calma meninos! Que isso?!
   -Porque ele está assim?!-Disse Leo apontando pra nossa mãos que estavam dadas.
   -Ele é meu namorado agora!
   -Que!?-Gritou ambos.
   -Sim! E agora se apressem que agente tem que ir pro aeroporto!
   -Ok.
   Eles foram se arrumar e eu fui tomar um banho, coloquei um vestido branco, uma rasteirinha e o colar e claro!
   Fomos pro aeroporto e como sempre foi uma briga pros "cachorros" entrarem naquela caixinha.
   Eu e Maki nos sentamos, e me veio átona na mente, se eu sou filha de uma vampira com um homem normal, eu sou vampira ou humana? Acho que o Maki tem a resposta:
   -Maki?
   -Hum?
   -Eu sou humana ou vampira?
   -H..Humana porque?
   -N..Nada não, Maki?
   -Hum?
   -Eu posso virar vampira?
   -S..Sim porque?
   -Como eu viro?
   -Só se sua mãe te morder, Porque?
   -Nada, só curiosidade.
   -Hum.
  Eu fico olhando pela janela, e de novo penso como deve ser minha família, como eles são, se são legais.
  Na minha mente veio a história da ninfa que me roubou quando eu era um bebê:
   -Maki, você sabe algo sobre a ninfa que me roubou?
   -Hum, sei a história dela.
   -Me conta?
   -Ok, eu sei que ela era uma humana e se apaixonou por uma ninfa e..
   -Calma! Ninfa não são mulheres?
   -Sim.
   -Então ela era...
   -Sim, e no caso essa sedução virou amor, então o Conselho descobriu o caso da ninfa com a humana e como criaturas são proibidas de ter casos com humanos, foi decretado a morte das duas.
   -Que horror!
   -Então a ninfa transformou a humana em ninfa, e as duas fugiram, mais o que não sabiam é que Any estava atrás delas.
   -Any?
   -Ela é uma das guardas do Conselho sobrenatural, e também a mais forte, ela controla as águas.
   -Nossa que foda!
   -Então quando as duas pensavam estar seguras, Any abriu a água e seu parceiro atirou uma flecha diretamente no coração da ninfa, fazendo com que ela morrese.
   -Mas é a humana?    
   -Ela fugiu mais antes, jurou que iria matar todos do Conselho inclusive Any.
   -UOU que vida loka!
   -Hahahaha, você é uma graça.
   -Qual o nome delas?
   -Bom isso eu não sei.
   -Hum.
   Passei a viajem toda dormindo,e quando chegamos em Tóquio meu coração foi s mil!
   Maki nos levou até uma casa, lá tinha um jardim, eu me sentei na grama e fiquei a pensar:
   -Pronta pra conhecer a família?
   -Sim! 
  Ele me estendeu a mão e me levou até o jardim, eu olhava encantada todas as flores, um lugar muito bonito.
   Eu estava observando quando achei uma porta escondida no meio das plantas e ao lado uma chave:
   -Pode abrir-Disse Maki com um sorriso.
   -Ok então.
   Todos sorriram eu então peguei a chave respirei fundo e abri a porta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...