História Mundos diferentes... amor igual - Capítulo 40


Escrita por: ~ e ~MITWISLOVE

Postado
Categorias Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Felipe "Febatista" Batista, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Mike, Pac, Pedro Afonso Rezende Posso, Rafael "CellBit" Lange
Tags Anjos, Cellps, Demonios, Foda-se A Realidade, Jvtista, Magia, Mike, Mitw, Pac, Tazercraft, Universo Paralelo
Exibições 243
Palavras 2.554
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Super Power, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 40 - Segunda Temporada - Fairy tail?!


Fanfic / Fanfiction Mundos diferentes... amor igual - Capítulo 40 - Segunda Temporada - Fairy tail?!


/{Tarik Pacagnam}\



{No capítulo anterior [Mike]}



Caímos no chão e um pessoal estranho olhou pra nós, espera, o cara tem cabelo Rosa? Nossa, nada a comentar 

-Quem são vocês? - uma voz se fez presente, olhamos e vimos um velho baixinho olhando desconfiando pra gente 



{No capítulo atual}



Ouvi uma voz desconhecida foi ouvida por mim, abri meus olhos - que estavam fechados - e pisquei algumas vezes para me acostumar com a claridade do lugar de onde me incontrava. Assim que abri os olhos puder ver um velhinho nanico, de roupas laranjas com um símbolo estranho e cabelos branco e espichado. Franzi a o senho e tentei me levantar, mas não consegui 

Olhei pra cima de pude ver que o resto do pessoal estava em cima de mim. Tentei forçar mas isso só me deu uma dor aguda nas minhas assas. Acho que desloquei 

-Quem são vocês? - o velhinho pergunta novamente. Olho em volta e vejo um cara só de cueca... Que peitoral em. Uma loira dos peitoes. Uma ruiva de armadura e um cara de cabelo... rosa?

-Saiam de cima de mim seus idiotas - digo baixo. Os garotos "acordaram" e ficaram em pé. Me levantei e olhei em volta mais uma vez 

-Ah, desculpe por isso - Mike disse envergonhado. Revirei os olhos

-Tudo bem, mas quem são? - pergunta o velhinho novamente 

-Affs, somos Tarik, Mikhael, João, Batista, Felipe e Rafael - respondo de braços crusados

-Mestre, eles são confiáveis? - perguntou a ruiva 

-Nao sei erza - respomdeu o velhinho - Sou Makarov, o Mestre da guilda 

-Oque é uma guilda? - cellbit pergunta com cara de taxo 

-OQUE? - estranhamente todos daquele lugar gritaram em coro 

-MEUS OUVIDOS SAO SENSIVEIS - grito com o cara de cabelo Rosa. Nós encaramos por algumas segundos e depois veríamos as caras

-Vocês são magos? - uma garotinha de cabelos azul, amarrados em lalau pergunta se aproximando 

-Nao se aproxime Wendy, eles podem ser perigosos - disse o nudista

-Eles não são, não eles - ela aponta pros garotos - mas ele - ela olha pra mim 

-Oque ele tem? Ele não é igual ao outros? - a ruiva pergunta 

-Nao, ele tem uma áurea mais pesadas, maligna pra falar a verdade - Makarov responde me olhando estranho - Bem, já que falaram vossos nomes vamos falar os nossos

-Sou Wendy Marvel - disse a azulada 

-Sou erza escarlet - disse a ruiva

-Sou Gray ( Ray: Nao sei fazer o nome desse porrinha) - disse o nudista

-Sou Lucy heartfilia - disse a loira dos peitoes

-Sou Natsu dragneel - disse o rosado 

-De onde vocês vieram? - pergunta Makarov 

-De outra dimensão - responderam Felps e jv

-Tipo edolas? - erza pergunta com uma cara de assustada 

-Não sei oque é isso, mas acho que sim - Mike responde 

-Oque vocês são? E porque tem assas? - Wendy pergunta. A mesma de aproxima e passa a mão nas minhas assas, me fazendo dar um inalditivel gemido de dor - Oque foi?

-Oque? - pergunto confuso. Como ela conseguiu escutar?

-Esta machucado - ela aponta pras minhas assas - Tenho uma audição boa, pude ouvir que reclamou de dor, está machucado?

-Sim, acabei deslocando na queda - respondo com um pequeno sorriso 

-Posso ajudar? - assinto com a cabeça. Ela se aproxima e uma luz azul clarinha sai de suas mãos, a mesma coloca em minhas assas e a dor some - prontinho

-Uou, valeu - digo e posso ver a cara de ciúmes do mike. Hora de brincar huehuehue - Onde estamos?

-Na Fairy tail, a primeira guilda de Fiore - Lucy responde orgulhosa 

-Oque é uma guilda? - jv pergunta 

-Uma guilda é um lugar em que você pode arrumar um emprego e ganhar ienes, um lugar onde vários magos se encontram - makarov responde - me sigam

Começamos a andar, no meio do caminho fiquei ao lado do Mike. Assim podendo aperta a bunda dele, fazendo-o ficar corado. Suspirei e fiz minhas assas e calda sumirem, os garotos viram e fizeram o mesmo com as aureolas e assas. Enquanto nós andávamos o silêncio era eminente, ninguem ousava falar uma palavra sequer

Depois de andarmos um pouco chegamos a um salão aberto com algumas mesas e cadeiras, um palco, um bar e uma escada para ir ao segundo andar. Quamdo chegamos ao salão, que acho ser o principal, fomos alvo de olhares confusos 

-Quem são eles Mestre? - uma garota também baixinha de cabelo azul pergunta se aproximando 

-Eles são se outra dimensão Levy - o "mestre" responde ela nos olha com os olhos arregalados 

-Outra dimensão? Tipo edolas? - pelo amor do capeta, que caralhos é edolas?

-Tipo isso - respondo. Andamos mais um pouco até que Makarov nos fez sentar numa mesa

-Agora vamos começar as perguntas - disse o mesmo 

-Interrogatório? Ninguém merece - coloco minha cabeça entre meus braços 

-O nome de vocês já sabemos - makarov coloca a mão no queixo - De onde vocês são? Especifiquem 

-Somos de outro mundo, outra dimencao para ser mais específico - Batista começa a falar - Somos do céu 

-São seres celestiais? - Lucy exclama, mesmo se ver acho que ela está com um brilho nos olhos 

-Corrigindo - começo a falar - Eles são seres celestiais 

-E você? - esculto a voz de Gray. Levanto minha cabeça e eles se assustam, sério que eles notaram os olhos brancos agora?

-Sou um demônio - digo eles se colocam em posição de batalha. As mãos de Natsu pegaram fogo. Lucy pegou uma chave. Gray fez um punho e colocou em cima da outra mãos aberta, de la saia uma névoa azul. Erza estranhamente ficou com outra roupa e alguma espadas começaram a rodea-la. Makarov e Wendy não fizeram nada

-Mas ele não vai fazer nada - Mike disse tentando aliviar a situação 

-Não confiamos, já tivemos problemas demais com demônios - exclamou erza, o ódio era eminente em seus olhos 

-Não ligo se confiam ou não em mim - digo frio, como eu era antes - Mas se tocaram neles - aponto pro garotos - Cabeças vão rolar 

Seus olhos se aregalaram. Acho que eles nunca ouviram uma voz de demônio, mesmo que já tenham tido "problemas" com alguns. Mas tenho certeza que não foi com os meus, pois todos são cruéis cruéis e tenho certeza que ganhariam deles

-Parem seus pirralhos - Makarov disse. O olho confuso,  errtamente s eles já tiveram problemas com demônios, ele já deveria te em atacado 

-Mas Mestre, ele pode fazer parte da tártaros - disse Gray, irritado
 
-Oh cueca gelada, eu não faço parte de nada - digo irritado. Me levanto e fico frente a frente com ele, nossas testas estavam coladas e lançavam olhares raivosos. Tinha até um pequeno raio indo de um olho para o outro (Ray: quem assite anime sabe, aquele raiozinho entre os olhos) 

-Me chamou de que? Demônio - esse cara tá me irritando 

-De cueca gelada, nudista - digo estreitando os olhos 

-Ah você vai ver - ele veio pra cima de mim. E antes que eu notasse, ja estávamos quaze todos brigando 

-Oh gelinho, não vai deixar dele te zuar ne? - Natsu entrou na briga 

-Cala a boca esquentadinho - dissemos Gray e eu. E assim foi, mas der repente correntes brancas rodearam nossos corpos justo na hora que eu iria dar um soco na cara do Natsu 

-Tarik - ouvi a voz de mike. Olho pro mesmo, a fúria estava estampada em seus olhos. Dei um sorriso amarelo

-Que foi mike? - logo as correntes sumiram e eu acertei o soco no Natsu, mas em consequência minha orelha foi puchada por Mike, até que eu me sentasse - Ai ai ai ai

-Francamente, oque você tem na cabeça de ficar brigando - ele ficou nervosinho hehehehehe. Eu me divirto com ele assim? Muito 

-Foi mal, so tava me divertindo - digo e ouço um grito 

-SE DIVERTIR BRIGANDO É COISA DE HOMEM - era um cara grandão com cabelos brancos e espichado 

-Cala a boca elfman - gritaram e ele se calou 

-Bando de pirralhos - Makarov exclamou, com uma veia na testa 

-Ele que começou - Gray apontou pra mim

-Quem começou foi você - rebato ja me preparando pra partir pra cima dele

-CHEGA - Mike e Makarov gritam. É melhor eu me calar que eu ganho mais

-Depois eu converso com você, paczinho - ai. Meu. Cu. Não fala nesse tom mikhaé, eu não quero ter uma ereção aqui porra - Makarov, onde tem banheiro?

-No andar de cima - Mike olha pra mim como se dissesse "Te espero lá"

-Obrigado - ele vai andando e eu, lógico, me teletransporto ficando a sua frente

Fomos até o banheiro e ele rapidamente tranca a porta, me e prencando contra a mesma. Me deixando com a bunda empinada a sua direção e com os brancos para trás. Senti o mesmo serem presos, assim como o resto do meu corpo

Ele usou as correntes

-Tarik, Tarik, Tarik - ele diz balançando a cabeça negativamente - Olha oque você faz Tarik 

-Oque eu fiz mikinho? - digo manhoso, com um tom de falsa inocência 

Senti ele apertar minha bunda com força. Gemi baixo 

-Você participou de uma briga Tarik, que coisa feia! - ele exclama descendo sua mão até minhas bolas, ainda cobertas pelo pano da roupa - Isso não se faz!

-Diculpa, num façu maix - digo com o mesmo tom anterior. Sinto as correntes soltarem meu corpo, olho pra baixo e vejo que nao estava com uma ereção 

-Só vou te desculpa depois - ele diz ao meu ouviso, quando passa por mim e abre a porta. Me teleportei pro mesmo lugar de antes - desculpem a demora 

-Tudo be... - O velhote interrompido quando a porta a porta da guilda se abre brutalmente e alguns caras de branco entram

-Makarov - disse um cara de óculos - Zeref, foi localizado

A expressão de todos foi de puro terror. Oque esse Zeref tem afinal?

-Localizado? Tem certeza lahar? - perguntou erza, o mesmo acentuou e olhou pra nos 

-E quem são eles? - ele pergumta

-Somos de outra dimencao - digo suspirando. Ele fica me olhando estranho - Tem algo na minha cara pra você ficar olhando?

-... - ele não fala absolutamente nada, apenas vira a cara 

-Pac, você tem que aprender a segurar sua língua - cellbit diz
-Concordo - os outro falaram 

-É muita sacanagem - digo olhando psra frente e percebendo os olharem que Natsu lançava para Lucy e vice-versa. Andei até o rosado e o puchei lar um local mais afastado de todos - desmbucha

-Oque você quer? - ele fala com raiva 

-Diz logo, que olharem eram aquela pra Lucy? - lanço um sorriso malicioso e ele cora 

-Q.que olhares? - ele gagueija

-Ah Natsu, diz logo que você gosta dela

-Tá, eu gosto dela mas... - ele baixa cabeça e eu dou um tapa na mesma - ai

-"Ai" nada, vai lá e diz oque você sente pra ela - digo me virandompara ir embora, mas viro novamente e deu um sorriso macabro - Ou, você quer ser comido por um demônio? Adoro carne humana 

Ele arregala os olhos e vai correndo pra onde a Lucy estava. Volto pro meu lugar é fico observando os dois conversando, até que lágrimas começam a se formar nos olhos da lucy e a mesma beija o Natsu 

-Já era hora - Levy comenta ao meu lado 

-Nada que um impurraozinho não resolva - digo com um sorriso

-Pra um demônio, você parece muiro humano - ela olha pra mim com um sorriso meigo

-Já fui humano, não faz muito tempo - fecho os olhos e os abro novamente - bem, onde esse tal de Zeref está?

-Como se você pudesse ajudar - lahar fala com um tom superior 

-O do óculos, não falei com você - digo rude - onde ele está?

-Você é muito insolente - ele fiz irritado, apenas dos os ombros 

-Ele está na floresta das runas - Diz um outro carinha com numa cicatriz 

-É muito lonje, não iremos chegar a  tempo - Makarov pensa em voz alta

-Pac, você pode nos telestrasportar? - Batista pergunta e a atenção de todo foi apurada em mim

-Tá loco Batista, ele vai gastar muita energia - reclamou Mike

-Vovô, essa floresta é muito lonje? - pergunro olhando pro velho baixinho 

-Um pouco, três horas de trem - quamdo ele falou "trem" o rosto do Natsu ficou Verde 

-Acho que posso teleportar todos que vão - digo. Eu sei que gasta muita energia, mas sei la, é como se algo dissesse pra eu ajudar 

-Pac, não faz isso - olho nos olhos esverdeados de mike e dou um sorriso 

-Eu vou ficar bem - ele, hesitante, concorda com a cabeça - quem vai?

-Muito bem pirralhos - Makarov escolheu algumas pessoas e fizemos um círculo 

-Não posso fazer um portal porque não estamos em nossa dimencao, e se eu fazer ele pode dar "comflito" com o que o jv fez - digo pensando alto - Só não se assustem 

-Porque iríamos nos assustar? - disse erza, era possível ver a raiva em sua voz. Suspirei e comecei a ficar na minha forma de demônio. Minhas assas apareceram, junto com minha calda e dpi chifres, minha roupa foi susbistutuida por um terno negro e meus olhos, antes brancos, tenho certeza que ficaram também negros

Olhei pra eles e até os garotos estavam com cara de assustados. Não perdi tempo, pedi um foto ou algo que lembre a floresta, um carinha entregou um - Como eles chamam - lacrima. Olhei rapidamente a mesma e me concentrei, assim teleportanto todos 



/{Mikhael linnyker}\



Assim que chegamos a floresta olhei pro pac, o mesmo estav voltando ao normal e estava um pouco cambaleante. Quando o mesmo iria cai o peguei no colo, olhei em seu sereno rosto e vi que ele tinha desmaiado

-Ele desmaiou - comento e sinto uma energia negativa 

-Zeref - olho pra frente e vejo um cara quase igual so pac, ele era pálido, usava um vestido preto com uma faixa branca e seus olhos eram vermelhos 

-Vejo que encontrou magos novos, Makarov - disse o tal de Zeref

-Eles não são meus magos Zeref - me assustei com o tem de voz de Makarov, antes tão animado agora tão rancoroso

-Hun, esse garoto que está em seus braços é interessante - ele diz olhando pro pac, que ao pouco estava acordando 

-Ah obrigado, você também é bem interessante - Pac sai dos meus braços e fica frente a frente com Zeref 

-Sua energia negativa é pior que a minha - Zeref fica assustado. Mas também quem não ficaria 

-Sou um demônio, mago negro, energia negativa é meu forte e meu fraco - Pac fals com um sorriso 

-Interessante, mas que falta de educação. Sou Zeref - ele estende a mão 

-Prazer, sou Tarik - pac pega a mão dele e aperta 

-Tarik, cuidado com seu futuro, uma guerra se aproxima - Zeref diz sério. Mas, uma guerra?

-Sei disso - logo após pac falar, o bendito portal de abre a baixo de nos - Adeus Zeref, o mago negro 

-Adeus Tarik, o rei dos demônios 
 


Notas Finais


💙Tem erros? Tem, to com preguiça de revisar

💚Guerra? Que guerra?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...