História Music Club - Capítulo 7


Escrita por: ~

Visualizações 5
Palavras 739
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Esse capitulo foi feito pela minha irmã, ela que me atrasou com o capítulo do domingo passado... Então, fiquem com o capítulo extra. :3

Aviso:

O capítulo contém

Suspense
Terror
Mistério
E bebidas alcoólicas

Capítulo 7 - Capítulo Extra.


Fanfic / Fanfiction Music Club - Capítulo 7 - Capítulo Extra.

Poderia começar essa história pelo jeito clássico "Era uma vez" mas ela não teve um fim. Brian o garoto gênioso que veio do Canadá, meu vizinho e melhor amigo. Aos sábados me arrastava até a floresta próxima a nossa cidade, aquela caminhonete esportiva de seu avô, mas essa vez foi diferente ele levou uma amiga ruiva, a Sasha, e para minha surpresa seu irmão que havia chegado a cidade recentemente... Tudo bem, eu não estava adaptada a olhar aquele garoto, esqueci de avisar eles são Gêmeos. Mas os olhos de Cristopher são mais escuros e suas atitudes responsáveis, percebi quando ele olhou o irmão de maneira assustadora após Brian abrir a garrafa de vodka e oferecer para Sasha e Eu, alias meu nome é Alissa. Em pouco tempo Sasha e Brian sumiram em meio a floresta, eu sabia bem o que eles iam fazer e a onde, confesso que fiquei irritada por ter sido abandonada com Cristopher, ele me olhava esperando que eu reclamasse de seu irmão ou algo do tipo. Viro de costas e saio andando de maneira indiferente mas paro após ouvir o barulho de alguns galhos se quebrando atrás de mim, era Cristopher me seguindo, falo de maneira desafiadora:

- Creio que vá acabar se machucando se me seguir. E também é tedioso lá.

Percebo o seu espanto ao dirigir palavras a ele, fico impressionada com sua resposta imediata e curta.

- Acho que não pode ficar pior.

Contínuo andando até ver o lago, tiro meu vestido azul olhando Cristopher encostado em uma árvore com os braços cruzados e mantendo seu rosto sem expressão. Ando até o lago e pulo sentindo um pequeno choque térmico quando a água gelada toca minha pele quente. Rapidamente retorno a superfície enchendo meus pulmões de ar e com os lábios tremulos. Deslizo meu olhar novamente para Cristopher e Observo um sorriso de canto milagrosamente surgir.

- Geralmente as pessoas gostam de ver as outras se ferrarem!!

Digo saindo do lago e andando até ele novamente, olho para o céu e percebo que uma tempestade está perto de chegar ao local. Coloco o vestido novamente e começamos a andar até a caminhonete, Brian e Sasha surgem com os cabelos meio bagunçados e um pouco ofegantes, fico meio espantada não esperava que ele ficasse com alguém que nem conhecesse. 

- Uma tempestade está vindo, vamos embora ou esqueceram algo no meio da floresta?

Falo entrando na caminhonete e esperando a turma. Quando começamos a sair do local vejo de relance no espelho do automóvel um senhora com os cabelos grisalhos e os olhos muito enrugados para minha surpresa Brian também havia visto mas a reação dele foi a mais estranha possível, pisa no acelerador como se estivesse sendo seguido por um urso de 3 metros. Ao chegar na estrada um ônibus misterioso surge atingindo-nos violentamente a caminhonete e lançada para fora da estrada enquanto capota algumas vezes.

Abro os olhos e percebo que estou em um hospital, a enfermeira corre até minha cama e diz que estava ali a uma semana, que as coisas poderiam parecer confusas de início ou eu não lembrar de nada. Mas as únicas palavras que saem de minha boca são:

- Onde Está Brian?

A enfermeira olha para uma mulher com um colar com o símbolo de piscicologia é a mesma balança a cabeça em confirmação, e a mulher diz:

- Sasha e Cristopher já estão de repouso em casa, lamento dizer mas... Brian está em coma em estado grave.

Meus olhos pesam se fechando e tenho um sonho estranho, Onde consigo ver Brian e Sasha no meio da floresta sendo observados enquando se beijam. Não queria ver aquilo então corro e vejo uma cabana, velha e com um cheiro insuportável a velha surge novamente e diz algo que me deixa com as pernas bambas "- Os mortos sempre cobram suas dividas." Olho para o céu quando sinto uma gota quente cair em meu rosto, e percebo que começará a chover sangue, Cristopher sai de dentro da cabada gritando algo um som agudo mas algo me impede de escutar, sinto uma dor indescritível como se um taco de beisebol se chocasse com meu crânio e tudo se escurece novamente não demora muito para acorda e ver Sasha ao meu lado pintando minha unhas dos pés de vermelho.

- Que belo apagão em garota...

Sasha fala me olhando com aqueles olhos azuis poderosos e um sorrizinho sincero. Cristopher anda até a cama com uma bandeija repleta de comidas que adolescentes amam.

Continua?


Notas Finais


Se quiserem que minha irmã continue fazendo esse capitulo é só comentar.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...