História Música perigosa - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 29
Palavras 733
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amores....obrigada pelos favoritos, estou muito feliz.
Pode parecer pouco mas, para mim é muito significativo.

Capítulo 14 - Somos amantes então?



— O que está fazendo aqui, Hyung?— disse assustada me afastando da porta.
— Ah pirralha, só vim fazer uma visita...— Só existe uma pessoa que me chama assim e, eu não estava nem um pouco afim de ver ela.
— Hoseok, vai embora por favor...— Falei empurrando a porta mas o mesmo a segurou. Ele entrou no meu quarto fazendo-me recuar cada vez mais até bater na parede. Estava assustada.
— Sério que você está assustada?— ele suspirou colocando um dos braços apoiados na parede ao lado do meu rosto, podia sentir sua respiração.— Eu só quero brincar...— falou revirando os olhos. Ele desceu seus labios até meu pescoço me fazendo arfar baixinho.— É só você controlar seus gemidos.
Sim, eu estava assustada.
Acabei gritando alto e ele se afastou, logo os meninos se aproximaram correndo até o quarto. Hoseok agora estava na porta me olhando com cara de pena. Yoongi aparareceu na mesma e correu para me abraçar.
— O que está acontecendo aqui?— ele diz olhando para Hoseok com cara de assustado.
—  Escutei ela gritando e vim ver o que estava acontecendo...devia estar tendo um pesadelo ou coisa do tipo.— Hoseok Disse se aproximando de mim e passando a mão em meu rosto. Me encarou com olhos furiosos quando percebeu que ninguém estava o olhando.
— Sim Yoongi, eu tive um pesadelo.— falei enterrando a cabeça em seu peito e deixando algumas lágrimas escorrerem.
— Tudo bem, quer ir dormir comigo agora?— fiz que sim com a cabeça e ele me guiou até o quarto que estava no fim do corredor. Olhei para trás e vi Hoseok na porta do meu quarto, com os braços cruzados enquanto me encarava.
— Cuidado com o bicho papão, pirralha. Ele pode vir te buscar á noite.— disse revirando os olhos enquanto seguia até seu quarto.
Yoongi me deitou na cama, eu ainda estava assustada, como o Hoseok tinha coragem de fazer isso? 
Fui despertada de meus pensamentos quando Yoongi deitou-se ao meu lado me envolvendo  em seus braços, soltei um suspiro de alívio e voltei a dormir.
Não demorou muito para amanhecer e todos se arrumarem para ir embora, fiz o mesmo e desci até a entrada do hotel. Jin estava ligando a Van e os outros 6 entravam aos poucos, dessa vez não teve Gritaria, nem empurra empurra.
Tae, que estava no banco do carona, ao lado do Jin, virou-se para mim.
— Está melhor?— perguntou preocupado.
— sim, Tae. Foi só um pesadelo— disse enquanto encarava Hoseok, que me olhava com ironia.— Não vamos falar mais nisso, ok?
— Pirralhos sempre se assustam quando dormem sozinhos.— ele ia continuar quando o interrompi.
— O que foi que eu fiz para você? Sinceramente Hoseok, não sei como foi capaz de...— quase contei tudo, mas parei, eu tinha medo do que poderia acontecer.
— Capaz de quê, Alice?— Jin perguntou confuso.
— De...de implicar comigo desde que nos conhecemos...— tentei não ficar nervosa, odeio mentir.
Nós seguimos até chegar em casa. Eu ainda estava atordoada, as vezes sentia vontade de chorar, estava em perigo. Pensei em todas as vezes que o Yoongi me protegeu e tentou me ajudar, agora não podia contar com ele. Estava sozinha, tinha medo de acabar com a amizade deles dois. Não podia deixar que nada prejudicasse a convivência entre todos.
Yoongi acariciava meus cabelos, era bom. Só isso era capaz de me acalmar em meio a tanta coisa que me confundia. 
— Seus cabelos tem cheiro de café...— ele disse sorrindo enquanto me encarava.
— Café?— Sorri, as vezes não conseguia entender as comparações do Yoongi, eram divertidas e sem nexo.
— eu gosto do cheiro do café, você não?— ele me encarou.
— gosto sim...— disse brincando com seus dedos que seguravam minha cintura.— quando vamos morar sozinhos de verdade? Sabe, só nós dois...— Sussurrei baixinho e soltei um suspiro.
— Depois do noivado...— o olhei confusa.
— Mas nós nem somos namoramos ainda...— sorri.— você nunca me pediu em namoro.
— Não?— ele me encarou por alguns segundos. Era realmente muito aéreo.— Ah, agora que estou pensando, você tem razão, não somos namorados. Somos amantes então?— balancei a cabeça confirmando.— Jin para o carro.— ele ordenou. Eu senti vontade de rir, mas me segurei, não sabia que loucura ele ia cometer.
— Como assim, "Para o carro", mais respeito!— O Hyung o olhou bravo.
— Desculpe Hyung, é que preciso fazer uma coisa agora...— todos o olharam e ele me retirou do colo com cuidado e saiu do carro.
 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...