História My Ace - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, SHINee
Personagens Jinki Lee (Onew), Jonghyun Kim, KiBum "Key" Kim, Minho Choi, Minji, Personagens Originais, Taemin Lee
Tags 2ne1, Dança, Estudantes, Idols, Jongkey, Josei, Kpop, Romance, Shawol, Shinee, Skydragon, Taemin, Taemint
Exibições 27
Palavras 1.422
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sabem quem sentiu saudades de vocês? Exato, eu mesma! Gente, o último capítulo recebeu comentários tão fofos, mas tão fofos que eu printei e mostrei pra todo mundo. Vocês são os melhores leitores do mundo. Obrigada por mostrarem tanto amor e me colocarem para cima! Vou trabalhar duro para mostrar uma versão melhor de mim como escritora a cada dia.
Bom, não tenho tido tempo para escrever durante a semana então os capítulos devem sair nas segundas. De qualquer forma aqui está o novo escrito com muito amor como sempre.
Boa leitura!

Capítulo 12 - Capítulo 10: Revelações


Fanfic / Fanfiction My Ace - Capítulo 12 - Capítulo 10: Revelações

-E então? - Ele me puxou para sentar-me em um sofá que ficava no canto da sala. Falou enquanto segurava minhas mãos e sorria calorosamente.

 

-Bom...é…- Eu ainda estava absorta de palavras, eu não sabia bem o que dizer quando havia acabado de sair de um momento onde tudo que eu precisava era sentir.

 

-Vamos me diga como foi para você! Eu sei como foi para mim. Foi lindo ver vocês naquele palco. - Ele puxou o celular e me mostrou algumas fotos com um sorriso que brilhava tanto quanto seus olhos e cabelos dourados. Na verdade só naquele momento eu percebi que seus cabelos eram tão dourados quanto os de Taemin, algo como um traço de família. - Ah, e não ligue para o que o meu baixinho disse, ele tem essa mania de ficar dizendo “ensinei Taemin isso, ensinei Taemin aquilo”. - Ele falou esta última parte balançando uma das mãos e revirando os olhos. Gestos que me fizeram sorrir de uma maneira pura e sincera, de certa forma toda aquela situação me fez sentir emotiva. E é claro que ele percebeu.

 

-O que houve, pequena?- Ele disse abaixando o celular e segurando meu queixo para verificar se haviam lágrimas em meus olhos, e haviam.

 

-Não é nada, nada aconteceu. É que...eu sempre fui muito sozinha, oppa, eu abri mão de amigos e família para ser a garota diligente sempre centrada e bem sucedida. E agora, aqui no lugar que eu considero a ponte para tornar meus sonhos reais, eu encontrei vocês. Três pessoas que são como uma família em todos os aspectos. Unidos, talentosos, acolhedores. - Acabei por deixar rolar mais de uma lágrima enquanto Key segurava uma de minhas mãos e me permitia limpar meus olhos com a outra. - Eu estive tão perto de afastar mais pessoas queridas mais um vez, se você não tivesse me impedido eu estaria sozinha novamente agora, só eu e meu sonho.

 

-Oh, minha querida, sabe as vezes sonhos nos tornam solitários, mas isso só acontece quando deixamos a realidade de lado e colocamos nossos olhos apenas neles. Você tem um mundo girando convidativo à sua volta, não fique presa dentro de algo que ainda não chegou, apenas trabalhe duro para que chegue enquanto é feliz. - Ele limpava minhas lágrimas sendo tão caloroso e acolhedor que acabava fazendo com que eu chorasse mais. Vendo isso ele me abraçou, Key parecia tão sensível que era difícil de acreditar. Logo meu choro cessou e ouvi batidas na porta.

 

-Espere aqui, minha criança. - Key levantou-se e foi até a porta, abrindo-a eu pude ver que era Jonghyun, logo Key começou colocou a mão na cintura e começou falar. - Eu disse que iríamos já. Não é momento para brincadeiras.

 

-Eu sei que não, mas Taemin está te chamando. - A voz de Jonghyun entrou no quarto ao mesmo tempo que ele tentava entrar.

 

-Ela não está pronta ainda. - Key disse colocando a mão em seu peito e empurrando-o.

 

-Sun Hee, você está vestida? - Se dirigiu a mim.

 

-Neh, oppa. - Falei meio hesitante.

 

-Então está pronta. - Ele retirou as mãos de Key de seu peito. - Vá logo ver oq ue Taemin quer e eu a ajudarei com as bolsas. - Ele entrou no quarto e Key bufou revirando os olhos.

 

-Neh, Sun Hee, eu volto já, não dê muita atenção pras piadas desse ser baixinho.

 

-Ser baixinho pelo qual você é louco. - Jonghyun falou enquanto sorria triunfantemente e Key apenas deixou o quarto. Após isso ele se dirigiu a mim e puxou uma cadeira se sentando a minha frente. - Sun Hee, há algo que quero conversar com você.

 

-Wae…-Jonghyun nunca havia sido sério comigo, de fato ele sempre era de certo modo cômico, mas daquela vez não.

 

-Não tenho muito tempo porque tive que enrolar Taemin e pior ainda, tive que enrolar Key para conseguir ter essa conversa. - “Ommo, o que ele vai dizer?”, minha mente sofreu um pequeno gelar. - Eu vou ser bem direto, preste atenção. Sabe aquilo que dizem sobre nem todo mundo que diz ser seu amigo ser de verdade? Pois então, se aplica nesse caso, se aplica a você.

 

-Oppa, o que quer dizer? - Acho que foi a primeira vez na minha vida que eu fiz uma pergunta sem querer saber a resposta.

 

-Minzy não é a boa amiga que você acha que é. - O meu rosto estava ostentando um grande “O QUE?” Tá bom que eu não conhecia ela há muito tempo, mas ela não me parecia o tipo de pessoa que seria ruim. Se bem que pessoas ruins ou falsas nunca aparentam ser porque se aparentassem nós não nos enganaríamos. - Minzy já sabia que você iria ser convidada para a companhia de Ga-In antes que falasse com você.

 

-Oppa, espera, como sabe disso? Eu não estou entendendo.

 

-Tem que entender porque Key deve voltar a qualquer momento e ele não sabe disso.

 

-Por que não? - Perguntei sem entender muita coisa ainda.

 

-Porque se ele soubesse já teria arrastada a garota pelo pátio e desfigurado a cara dela. - Ele falou me olhando com a cabeça virada. - É meio óbvio que Key é protetor com quem ama. Mas eu estou tentando resolver essa situação do meu jeito. Agora, pela milésima vez, preste atenção: Minzy provavelmente não te disse isso, mas o cargo, por assim dizer, dela na companhia está em jogo. Com todo o problema que houve com Chaerin ela acabou se tornando dispersa nas atividades e Ga-In está procurando uma substituta. De início ninguém sabia que seria você, mas com o tempo e observando o jeito como Ga-In olhava para você a galera acabou percebendo. Isso chegou aos ouvidos de Minzy e ela se sentiu ameaçada.

 

-Oppa...espera é muita informação. Mas ela fez algo até agora para me prejudicar ou eu deveria apenas tomar cuidado? - Eu estava inclinada para frente querendo saber como eu fui enganada e por qual motivo exato.

 

-Ela fez, mas fez indiretamente. Ela espalhou por aí que você e Taemin começaram a namorar depois da proposta de Ga-In e a mesma vive dizendo que acha pessoas solteiras trabalham melhor. Basicamente ela tentou fazer seu crédito com Ga-In descer.

 

-Ok, então enquanto eu estava lutando contra mim mesma e meus sentimentos tinha alguém espalhando rumores sobre mim e sobre uma pessoa que não tinha nada a ver com minha luta? -  Eu comecei a sentir meu rosto fervilhar. Como eu já disse, eu não suporto envolver outras pessoas nos meus problemas e agora haviam tentado envolver alguém que era mais que especial para mim.

 

-Sim, mas espere porque eu disse “tentou” e não “conseguiu”. - Ele gesticulou para que eu me acalmasse enquanto ele falava. - Eu sou influente aqui, você talvez tenha ouvido de uma rivalidade com um tal de Ji-Yong e Chaerin vs. Eu e Key. Bom, na verdade o problema é só comigo e Yong, mas Key e Chaerin se meteram. - “Key no meio de uma rivalidade, tá aí algo que eu não sei se quero ver.”

 

-Eu me lembro desses dois, ela comentou um pouco sobre.

 

-Então, esse cara que também respondem por G-Dragon, aliás não me pergunte o que leva uma pessoa a escolher um nome artístico desses porque até hoje eu não entendi e nem vou me dar o trabalho. É compositor, rapper, e Chaerin também, ela responde por CL. Ela é uma boa pessoa, me lembro de quando ainda não estava envolvida com ele, mas quando ele está por perto ela acaba se deixando levar.

 

-Neh, Minzy também disse isso. - Eu ainda estava furiosa e mencionar o nome da mesma me trazia maus sentimentos.

 

-Pois então, acontece que ele é competitivo demais e eu sou um dos mais renomados compositores aqui, e bem, ele não gosta de dividir o posto. Mas assim, isso é história nossa, o problema aqui tem a ver com você. Eu já falei com Ga-In, disse que vocês dois não estavam em um relacionamento sério, pelo menos não ainda.

 

-E o que ela disse?

 

-Ela disse que…-Ele foi interrompido quando Key invadiu o camarim pisando firme seguido de Taemin.

 

-O que ela disse não importa porque Sun Hee vai ser a primeira colocada e eu vou acabar com aquela cobra que ousou mexer com minhas crianças.

 

Pronto, cenário montado. Taemin estava se sentindo culpado, era nítido na sua expressão, Jonghyun estava surpreso de vê-los entrar na sala, e Key, bem, Key era uma leoa defendendo as crias.


Notas Finais


Posso falar? Eu gosto de ver Key diva em ação e se vocês também gostam eu aconselho esperarem pelo próximo capítulo.
Gostaram? Eu espero que sim. Deixem nos comentários suas opiniões, mais uma vez, muito obrigada e um grande beijo.

P.S. Eu amo o GD e a CL, ok? E a Minzy é uma das minhas main dancers favoritas. É só para a dramatização;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...