História My Alpha Fetish - JiKook (ABO) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 501
Palavras 1.302
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


HELLO GIRLS AND BOYS!

Bom dia, boa tarde, boa noite ou boa madrugada!

Muito obrigada pelo carinho, pelos favoritos e pelos comentários, vocês me deixam muito feliz!

Boa leitura! ><

Capítulo 4 - Hand slide.


Fanfic / Fanfiction My Alpha Fetish - JiKook (ABO) - Capítulo 4 - Hand slide.

4. Slide by hand.

 

Agora eu estava na mesa do refeitório, junto de Tae e Hope, o alfa perguntava toda hora se o focinho do ômega havia melhorado, e o loiro não era nem tonto em dizer que sim. Toda aquela melação estava me dando ânsia.

 

 

Rolei meus olhos pelo local, procurando Jin ou até mesmo LuHan. Lembro-me muito bem da quedinha que eu tinha pelo chinês, como se fosse ontem, ele sempre fora muito atencioso comigo... Até eu me declarar pra ele. De começo achava que era recíproco, porém o chinês me deu um fora da forma mais sutil - como ele mesmo dizia.

 

Meus olhos pararam de encontro com os olhos da cor de mel de Jeon, fazendo-me abrir um pequeno sorriso. Apesar do alfa ser fechado, ele já havia feito amigos e estava entre eles numa rodinha.

 

O acastanhado sorriu de canto, logo cutucou Min Yoongi e apontou pra mim, deixando-me curioso para saber o que falavam. Os dois alfas riram e saíram do refeitório com seu bondinho, passando pela minha mesa. Pude sentir dedos ágeis deslizarem pela minha pele, me fazendo automaticamente seguir o olhar desda mão que me alisara, até os olhos, e ali, pude ter a visão da maravilhosa feição de Jeon passando rapidamente perto de mim. Senti uma corrente elétrica transitar pelo meu corpo inteiro, me fazendo arrepiar.

 

- Que isso Jiminnie? Parece que desceu a pomba gíria em você... - TaeHyung me olhou risonho e ao mesmo tempo malicioso.

 

- N-nada... - Cocei a garganta, abaixando o olhar sobre as minhas fritas.

 

- ChimChim, me dá pouco? - O alfa pediu, me despertando do transe.

 

- C-claro Hobi, pode pegar tudo. - Empurrei minha bandeja para o alfa, que começou a atacá-la igual louco.

 

- Vai acabar engasgando, Hoseok! - TaeHyung alertou, olhando o alfa com o cenho franzido.

 

×

 

O fim do dia foi sossegado, tirando o fato de que; eu e o alfa trocamos vários sorrisos e até algumas brincadeiras sem graças.

 

Antes que eu pudesse atravessar o portão da saída, novamente senti mãos fortes envolvendo minha cintura e me virar pra frente da pessoa. E adivinha? Era JungKook.

 

 

- Até amanhã Jimin. - Sorriu de canto, dando leve aperto na minha cintura, e depois adentrou um carro.

 

Jeongguk é um alfa muito difícil...

 

×

 

06:48 am.

 

PUTA QUE PARIU! Eu estou mais do atrasado, nessa caralha!

 

Rapidamente fiz xixi, vesti um moletom qualquer - que por sinal, ficou muito bonito, pois eu havia passado por um espelho antes de descer as escadas -, coloquei meu boné e o óculos, peguei os livros de hoje e mandei um beijo no ar pra omma, enquanto saía de casa, correndo até o ponto de ônibus.

 

- E depois você vem dizer que não é nenhum milagre você acordar cedo, Park Jimin... - A primeira coisa que TaeHyung fez quando me viu, foi me dar um "sermão" e depois me dar tapinhas de conforto nas costas.

 

- Bom dia, Jimin. Dormiu bem hein! - Hoseok tirou sarado, pelo rosto estar todo vermelho, por ter corrido.

 

Formei uma carranca no rosto e revirei os olhos, ignorando o que o alfa havia dito.

 

- Quem tá vindo ali? - TaeHyung apontava para um novo Honda, semi-cerrando os olhos para ver se conseguia enchergar.

 

De repente o carro parou à nossa frente, e quando o vidro foi abaixado pude ver Jeongguk ali, com óculos escuros e um sorriso perverso.

 

- Quer carona, Jimin? - Aquela pergunta me fez rir internamente e olhar pro ômega e o alfa que estavam ao meu lado. O loiro fez um aceno com a cabeça como se dissesse "vai logo".

 

Sorri para os dois no ponto de ônibus e olhei para Jeon que já bufava por ter que esperar - Quero. - mordi o canto do lábio inferior, enquanto me aproximava da porta do carro - Tchau meninos, até na escola. - Sorri novamente, entrando no carro.

 

Jeon deu partida e eu coloquei o cinto, o ar condicionado estava ligado e no rádio tocava Si Tu Novio Te Deja Sola do J. Balvin. Senti uma das mãos do alfa tocar a minha coxa, logo ele estava falando. - Fico feliz que tenha aceito minha carona, Jiminnie...

 

Mordi o canto do lábio inferior, olhando pra sua mão na minha coxa. - É... Eu também... - Puxei sua mão e a tirei da minha coxa, colocando sobre o seu colo, o que resultou de um bufo baixo vindo do alfa.

- Chegamos. - Parou o carro e tirou o cinto, logo saiu do carro; quando eu ia abrir a porta, o acastanhado foi mais rápido, me fazendo sorrir em forma de agradecimento.

 

 

- Obrigado Jeon. - Saí do carro, esperando o alfa trancar o mesmo, logo o ele estava entrando comigo na escola, e vários olhares estavam sendo direcionados para nós.

 

- Vamos na quadra? - Jeon sussurrou.

 

- Não sei... Acho que seus amigos estão lá, não tenho muito contato com eles, apenas Yoongi. - Mordisquei a carne dos meus lábios, enquanto olhava para os meus pés.

 

- Eles vão gostar de você. E, não sabemos se estão lá...

 

- Ahnn... Tudo bem então. - Desveei o olhar, seguindo o alfa até a quadra e encontrando apenas Yoongi lá - agradeci mentalmente por isso -, treinando com a bola de basquete.

 

- Heey, Yoongi! - JungKook comprimentou o alfa com um abraço de irmão, e logo cochichou algo no seu ouvido, fazendo os dois rirem. Aish, que palhaçada!

 

- Jimin, esse é o Yoon... - Antes que o alfa terminasse, o interrompi. - Sim, eu o conheço. Oi Yoongi. - Abri um sorriso forçado.

 

- Oi Jimin.

 

- Que climão hein... - JungKook riu, me fazendo revirar os olhos.

 

- Pois é... Você não se importa se eu for ver se o Tae já chegou, não é, Jeon? - Perguntei, desinteressado de estar ali.

 

- Não, claro que não, Jimin...

 

- Obrigado... Tchau JungKook, tchau Yoongi.

 

Saí da quadra não aguentando mais ficar lá, caminhei até o pátio, esperando pelo ônibus do nosso bairro.

 

- JIMINNIE!!! ME CONTA COMO FOI!!! - TaeHyung desceu do ônibus, já berrando como sempre.

 

- Calma cachorrão! Vem, vou te contar tudo! - Puxei o ômega até o jardim, deixando Hobi com cara de paisagem.

 

- Tá, agora conta! - O loiro sorria como nunca, após se sentar no banco.

 

- Ah, não aconteceu nada demais... Ele disse que ficou feliz por eu ter aceito a carona e colocou a mão na minha coxa... - Dei de ombros.

 

- ELE COLOCOU A MÃO NA SUA COXA? - O ômega arregalou os olhos.

 

- Sim, por quê?

 

- E VOCÊ FEZ O QUE?

 

- Fala baixo TaeHyung! - Franzi o cenho, olhando sério para o loiro - Eu tirei a mão dele, ué.

 

- O QUE? - O olhei com olhar de repreensão - Desculpe. Por quê você tirou a mão dele?

 

- Porque sim... Por mais que ele seja um alfa bonito, não quero ser apenas mais um, sei que ele já pegou a Tiffany e o BaekHyun. - Suspirei.

 

- Ah, entendi Jiminnie... Mas está tudo bem, eu sei que ele vai gostar de você, gatinho. - O loiro me abraçou, sorrindo ladino.

 

- Aish, tanto faz... - Fiz biquinho, soltando-me do cão. - Vamos pra sala, já vai tocar o sinal.

 

- Ok... Pode ir, preciso falar com o Hobi... - Sorriu.

 

- Vai lá, cachorrão.

 

Logo, eu já estava no meu lugar, batucando a caneta na mesa, morrendo de tédio sobre o que a professora de filosofia dizia, até uma bolinha de papel ser jogada contra as minhas costas. A peguei do chão e abri de baixo da carteira, para que a bruxa não visse.

 

"Gostaria de sair comigo, Jimin?"

Kook.

 

 

TIRO!!! EU LEVEI UM TIROO!!!


Notas Finais


E aí, o que estão achando desses dois? *black moon face*

JungKook tá bem playboyzinho xD

Se gostarem não deixem de comentar, favoritar e adicionar à biblioteca!

Muitos beijinhos e até o próximo! :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...