História My Anchor - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Visualizações 148
Palavras 1.265
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 21 - 21


Fanfic / Fanfiction My Anchor - Capítulo 21 - 21

Lauren P.O.V

- E então, muito ansiosa? - olhei minha namorada arrumar suas coisas.

- Muito - sentou ao meu lado na cama - Universidade Yale é um sonho - peguei sua mão entrelaçando nossos dedos.

- Eu imagino que sim - beijei sua mão - Estou muito orgulhosa de você - ela me olhou sorrindo - Desde a quinta-série você dizia que iria cursar história na Yale, e olha só, vai mesmo.

- Estou tão feliz, e empolgada por saber que vou ter as meninas comigo - sorriu - Aquele apartamento vai ser uma bagunça.

- Quero nem imaginar - ri.

- Você vai mesmo ficar com a gente? - me olhou.

- Sim, não vou passar muito tempo por causa do trabalho, minha turnê vai começar mês que vem e só volto em maio.

- Ficar dois meses sem você não é legal - fez bico.

- Você acha que vai ser fácil para mim? - a abracei de lado - Vou passar esse mês no apartamento com vocês, fico dois meses em turnê e depois volto para seus braços.

- Vai ser a melhor parte - me deu um selinho.

- Sabe qual a melhor parte? - susurrei.

- Qual?

- Dormir todos os dias com você - sorri sapeca.

- Lauren Jauregui, sua pervertida - bateu em meu braço.

- Aí Camz - acariciei meu braço - Que grosseira.

- Você sabe que eu te amo, não sabe? - me olhou piscando os olhos.

- Sei? - a olhei desconfiada - Bom, talvez você me ame - dei de ombros - Mas - apertei seu nariz - Eu amo muito, muito, muito, muitão assim ó - abri os braços tanto quanto podia - Você - abaixei os braços.

Ela me olhou sorrindo e deixou um beijo delicado em meus lábios.

- Sabe quanto eu te amo? - ergui uma sobrancelha à questionando - É infinito, não tem como eu te falar, mas posso te mostrar todos os dias da minha vida.

- Promete me amar para sempre?

- Prometo meu amor - beijou mais uma vez meu lábios.

Depois do dia que conversamos sobre morarmos juntas, as meninas ficaram super animadas e contaram para nossos pais, no começo eles acharam um pouco cedo para irmos embora, mas depois que as meninas receberam as respostas da Universidade, eles acharam que seria legal termos nossas responsabilidades.

Ajudei Camila a terminar de arrumar suas coisas, e saímos da casa da minha namorada indo ao nosso novo lar, as meninas já estavam no apartamento que alugamos, era bem perto da Faculdade delas.

Chegamos ao prédio, e Jeremy nos ajudou com as malas, o apartamento já era mobiliado. Haviam quatro quartos, um banheiro, uma cozinha média, uma sala grande e uma pequena lavanderia perto da sacada. Camila e eu vamos dividir um quarto, o que gerou piadinhas da parte de Dinah dizendo que não queria dormir ao som de gemidos.

- Nosso novo lar amor - disse Camila me dando um selinho demorado quando abrimos a porta do apartamento.

- Estou feliz que vou ficar todos os dias com você - sorri beijando seu nariz.

- Não começa com viadagem vocês duas não - escutamos a voz de Dinah e a olhamos toda largada no sofá.

- Cala boca - pulei em cima da minha amiga no sofá.

- Sai daqui sua sapatão - me empurrou me fazendo cair de bunda no chão.

- Vocês vão se machucar idiotas - disse Camila passando pelo sofá indo ao corredor indo para nosso quarto.

Me levantei do chão e me sentei no sofá olhando para a TV que passava um clipe da Beyoncé.

- Você não cansa de escutar as músicas dela todo dia não? - a olhei vendo-a toda concentrada no clipe.

- Não, cala a boca que você está atrapalhando - mandou.

- Que grosseria, eu hein.

- Vai ver o que a bunduda está fazendo vai meu anjo - balançou a mão no ar.

- Ela deve estar deitada - revirei os olhos.

- Vai também, aproveita e da umas dedada nela.

- Me respeita garota - ela riu - Não faço essas coisas.

- Ah, vai se fuder né Lauren - eu ri - Quem vê pensa que é virgem.

- Eu sou - a olhei.

- Claro, minha mãe também - revirou os olhos - Olha lá, a branquela toda gótica - apontou para a TV onde passava meu novo clipe - MILA, VEM VER SUA NAMORADA NA TV.

- Para de gritar infeliz, daqui a pouco a gente é expulsa - falei.

- Calada.

Escutei passos no corredor e vi Camila vindo toda desengonçada até se sentar no nosso meio no sofá.

- Que bad em Lo - comentou Camila - Mas está gostosa.

- Me poupe - Dinah revirou os olhos.

- Fiquei linda nesse clipe - falei.

- Menos Lauren - disse Dinah.

- Cadê Ally e Normani? - perguntou Camila.

- Foram no mercadinho aqui do lado comprar nossa janta - respondeu Dinah - Daqui a pouco chegam.

Ficamos assistindo canal de músicas até as meninas chegarem do mercadinho e ajudamo elas a guardarem as coisas. Camila e eu arrumamos nosso quarto, quem não era tão grande, mas confortável. Tomamos banho e fomos jantar já eram dez horas, porque não decidimos o que comer.

- Essa lasanha ficou uma delícia Laur - disse Ally.

- Obrigada meu anjo - sorri para a garota.

- Lauren vai cozinhar todos os dias agora - disse Dinah.

- Meu cu.

- Lauren - Ally e Camila me repreederam.

- Desculpa, foi sem querer.

- Aí amiga, vai sim, você cozinha muito bem - falou Normani.

- Obrigada Mani, mas não, tenho preguiça.

- Segue normal você com preguiça - disse Camila.

- Cuida da sua vida - falei mostrando a língua para ela.

- Mostrou a língua é porque quer beijo - se aproximou me dando um selinho.

- Não vou aguentar a viadagem dessas duas não - disse Dinah.

- Isso é inveja porque você não namora - falou Ally secando sua mão.

- Não namora porque fica com frescura na bunda - comentou Normani e Dinah se engasgou com o vento.

- Mani -  Dinah disse arrastado e Normani bufou se levantando da mesa.

- Vou dormir, boa noite para vocês, amanhã é sábado e não quero acordar cedo - falou - E sem gemido vocês duas hein - apontou para Camila e eu.

- Não prometo nada - disse Camila me fazendo arregalar os olhos.

- Eu corto seus dedos - saiu entrando em seu quarto.

Dinah olhou para nós duas e para Ally que apagava as luzes da cozinha, seu rosto estava vermelho.

- Está fazendo frescura com quem Dinah Jane? - perguntei.

- Com ninguém, eu hein, boa noite - saiu corredor a fora entrando em seu quarto.

- Meninas, perceberam que A Normani e a Dinah estão meio estranhas? - perguntou Ally.

- Não - franzi o cenho.

- Sim, desde a formatura elas estão meio esquisitas uma com a outra, sei lá - disse Camila.

- Eu não percebi nada - falei.

- Normal né Laur - disse Ally rindo - Quer saber, vou dormir também, boa noite meninas.

- Boa noite - respondemos juntas.

Camila e eu fomos ao banheiro escovar os dentes, e depois fomos nos deitar, Camila reclamou de tontura então peguei um remédio para ela. Apaguei a luz do quarto e me deitei no peito de minha namorada.

- Estou tão feliz com o nosso apartamento amor - falou.

- Eu também - sorri - Imagina quando nos casarmos e tivermos nossa casa.

- Vai se casar comigo?

- Claro que sim - levantei minha cabeça enchergando o borrão de seu rosto na escuridão do quarto - Que pergunta boba.

- Fico feliz, porque você é a única que eu casaria - disse.

- Acho bom mesmo - beijei sua boca - Boa noite linda.

- Boa noite anjo - beijou minha cabeça - Amo você - sussurrou.

- Eu também amo você.


Notas Finais


Demorei, mas cheguei.
Tudo bom?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...