História My Angel - Capítulo 32


Escrita por: ~ e ~idksuckers

Postado
Categorias Barbara Palvin, Cameron Dallas, Chaz Somers, Cher Lloyd, Cody Simpson, Dylan O'Brien, Francisco Lachowski, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Barbara Palvin, Cameron Dallas, Chaz Somers, Dylan O'Brien, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallette, Ryan Butler
Tags Drama, Escola, Família, Festa, Luta, Novela, Romance, Shoujo Romântico, Violencia
Visualizações 492
Palavras 1.145
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡
⬇⬇⬇⬇NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS⬇⬇⬇⬇⬇
⬇⬇⬇⬇NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS⬇⬇⬇⬇⬇
⬇⬇⬇⬇NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS⬇⬇⬇⬇⬇
⬇⬇⬇⬇NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS⬇⬇⬇⬇⬇
⬇⬇⬇⬇NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS NOTAS FINAIS⬇⬇⬇⬇⬇
♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡

Capítulo 32 - You?


Fanfic / Fanfiction My Angel - Capítulo 32 - You?

Cailtin’s Pov On

Minha entrada tinha causado todo tipo de reações que eu pretendia. Minha parte do plano ainda estava apenas começando, eu estava pronta para fuder com a vida de todos aqueles idiotas e no fim Justin iria ser meu de novo, ele iria ficar comigo, apenas comigo, de onde nunca deveria ter saído. O plano estava correndo perfeitamente, só faltava me livrar da ninfetinha nova dele, tudo iria voltar aos velhos tempos.

Depois de mandarem todo mundo embora, me escondi numa pequena salinha, que deveria ser das fachineiras e fiz a ligação tão esperada do dia.

— Me fala que já pegou a ninfetinha.

— Respira Cailtlin, não confia mais em mim, boneca. o mesmo riu por conta do apelido que me deu.

— Fala logo, porra. — falei da forma mais seca possível, eu não estava com paciência para rodeios.

— Eu acho que você está esquecendo quem manda aqui. — bufei. — Está tudo correndo como planeado, a garota do Bieber está aqui. — meu sangue ferveu ao ouvir suas palavras, eu era a garota do Bieber, não essa criançinha que ele usava pra o satisfazer as suas nessecidas, que eu penso que nem isso ela sabia fazer.

— ELA NÃO É A GAROTA DELE!

— CALA A BOCA, PORRA. — me acalmei e logo respirei fundo. — Minha parte está feita, agora cumpra com a sua. — não deixou eu falar nada e logo desligou.

Eu estou de volta, e melhor que nunca.

 

Justin’s POV

Eu já estava dando em louco, já tinham passado mais de 10 horas e os garotos  não tavam achando nada, o cara realmente havia sido esperto dessa vez, quando eu o encontrar o vou matar com as minhas próprias mãos. Eu já estava completamente desfeito, já estava sentindo sua falta, perdi a conta de quantos cigarros já fumei, meus olhos já estavam vermelhos e ja estava viajando.

—JÁ ENCONTRAM ALGO, PORRA?

—Não Bieber o cara foi muito esperto. — Robert falou, e joguei o que restava em cima de minha secretária no chão.

—Bieber se acalma, nós vamos achar ela. — Chaz disse me tentando me reconfortar, mas não tava ajudando, Ryan estava tentando rastrear o celular á bastante tempo mas sem sucesso nenhum.

—Seu celular está tocando bro.— Chaz disse me fazendo sair do transe. —Atende, pode nos ajudar com alguma coisa.

— É mesagem.— falei quando peguei o celular.

“Eu não estava brincando. Espero que você adore isso tanto quanto eu adorei.”

Li aquilo e já estava perdendo a pouca paciência que tinha, apertei play no video, e senti meu mundo cair.

— MAS QUE PORRA É ESSA?

 

Emma’s POV

Eu estava acabada, estava sentindo tanta dor, não só física mas também emocional, nunca pensei que isto poderia acontecer comigo, minha vida não era normal antes de me mudar para o Canadá mas não era deste jeito, eu me estava sentido uma fraca por não conseguir fazer nada, estou aqui amarrada nesta cadeira apenas sentindo dor, fome e medo, e não havia nada que eu pudesse fazer.

Eu me sentia inútil.

Eu continuava sentada em uma cadeira com as minhas mãos e pés atados, já fazia horas que eu estava assim, minhas pernas doíam pelos cortes profundo tal como a minha bochechas, meus olhos estavam extremamente pesados, mas não me permiti fechá-los. Tentava me soltar de todas as formas quando tomei um susto com a porta sendo aberta bruscamento, revelando aquele homem que eu tanto sinto nojo neste momento.

— Mas olha se não é a pequena Emma.— ele se baixou ficando á minha altura e começou a acariciar minha perna me fazendo fechar os olhos por conta da dor nos cortes. — Sentiu minha falta? — sorriu sínico, apertando minha coxa me fazendo dar um grito de dor.

Me solta.— disse quase num susurro o fazendo sorrir maliciosamente.

— Vamos brincar um pouco. — ele pegou no que parecia ser uma câmera e colocou com um tripé, e pareceu carregar num botão qualquer.

— O que você vai fazer? — tentei que minha voz soasse segura, mas acabou saindo trêmula e sem nenhuma confiança.

— Brincar um pouco... — deu de ombros, meu corpo estremeceu e senti meu coração bater mais rápido. — E mostrar pro seu amozinho que não é único a provar você.

Sam, começou se aproximando fazendo todo meu corpo tremer de medo, suas mãos passeavam pelo meu corpo, quando chegou na minha cara me tentou beijar mas eu o mordi no lábio com todas as forças que me restavam fazendo um grande machocado alí.

— VADIA. — mais um tapa foi dado fazendo toda minha face arder de novo, Sam tentava parar o sangue que escorria pelo lábios, seus olhos estavam vermelhos de raíva, ele se aproximava de novo tirando minha única peça de roupa que me impedia estar de calcinha na sua frente. — Agora vamos brincar um pouco. — suas mãos começaram a passear de novo pelo meu corpo deixando leves apertos e beijos que me fazia sentir nojo, minhas lágrimas caíem sem dó.

O mesmo tirou meu soutien me deixando exposta enquanto sorria e se aproveitava do momento, eu só conseguia chorar e esperar que aquilo acabasse, quando ele ameaçou tirar minha calçinha, a porta foi aberta com tudo, me fazendo ter a visão do homem que eu menos esperava ver naquela momento.

— Larga ela. — ele se aproximou de Sam com os punhos fechados.

—Qual é chefe, távamos só brincando. — o mesmo encolheu seus ombros, me fazendo ter mais nojo. — Não quer irritar o Bieber? 

— AGORA. — Sam assentiu. — Isso não era o acordo. — ele esfregava suas mãos no cabelo impaciente, pegando a arma e apontando na sua cabeça o que fez meus olhos arregalarem. — O que você gravou até agora pode mandar pro Bieber. Mas que seja a última vez que você toca nela, ou faço um furo bem no meio da sua testa. — sem falar nada, sam logo correu  se afastando de mim indo em direção á camera, e fazendo algo agora com um computador na sua frente.

— Você está bem? — ele foi ao meu encontro, tirando sua camisa deixando á vista aquele corpo que eu já não via faz tempo, e logo colocou a camisa em mim que ficava cobrindo até minhas coxas, eu fiquei o olhando chocada tentando entender tudo isso, enquanto o mesmo analisava todos os meus cortes com um olhar sereno.

O que ele estava fazendo aqui? Ele estava com Sam? O que está acontecendo?

Mil e uma perguntas roandavam minha cabeça, nunca me tinha sentido tão confusa em toda minha vida, primeiro a garota misteriosa que vem fuder com tudo aparece, depois Justin dá uma de louco pra cima de mim, asseguir sou sequestrada e quase estrupada, e por fim o homem que eu menos esperava ver, aparece. Depois de anos, ele estava ali na minha frente, eu apenas o encarava sem palavras, eu realmente não sabia o que falar, com todas as forças que sobravam em mim tentei falar a única coisa que eu consegui, apenas num sussuro.

— Ethan?

 


Notas Finais


Já não chegava Cailtlin de volta e agora ETHAN DE VOLTA SJFGIKGEIGU

Este capitulo é bem mais pequeno, mas prometemos depois compensar. Vamos tentar postar todas sextas ou sábados, a não ser que algo não nos permita.
Obrigada a todos e esperemos que gostem, não se esqueçam de comentar pois ajuda bastante! BJS ANJOS ❤

♡TRAILER: https://www.youtube.com/watch?v=FvUe7cpS60Y
♡ YT: https://www.youtube.com/channel/UCshCTdZZL4DvIgyY-dZ9djA

♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡
BOM ANO 2017 PARA TODOS VOCÊS ANJOS!!!
♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡ ♡ ❤ ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...