História My angel! - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Mark, Personagens Originais
Tags Got7, Markson, Romance
Exibições 137
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi gente!

Desculpe qualquer erro, não tive tempo pra revisar.

Espero que gostem.

Boa Leitura.

Capítulo 11 - Irmão do Jackson!


Irmão do Jackson!

 

Dividir a cama com o Jackson?  Acho que isso não vai ser ruim. Nós já dividimos antes eu só não era apaixonado por ele ainda... Ou era?

Bom... Hoje eu sei que estou e isso é assustador!

Ele age tão diferente às vezes, mas e se ele não gostar de mim? Eu preciso ter certeza antes de falar ou fazer qualquer coisa.

 

********

 

Agora estamos deitados nessa cama grande aos olhos de qualquer um, exceto pra mim mais parece que estou preso em uma latinha.

Estamos dividindo a mesma cama o mesmo coberto e olha ele é grosso demais estou morrendo de calor nem sei mais se é porque ele é quente ou se eu que estou quente com o Jackson aqui debaixo comigo.

Acho que ele já está dormindo, já eu não estou conseguindo e não é nem por causa dos trovões eu só... Olho para o teto desse quarto sem me mover.

Viro-me para o lado contrario dele.

Ah! Está impossível dormir.

Viro-me para o outro lado.

Isso está se tornando mesmo irritante, ah! Eu quero dormir!

Viro novamente para o outro lado.

— Aish, será que você pode parar de se mexer tanto. — Jackson diz ligando o abajur. — Eu nem ouvi nenhum trovão depois que nos deitamos.

— Eu não estou conseguindo dormir. — Falo em tom de irritação. — Que culpa eu tenho?

— Eu preciso dormir.  Eu tenho que trabalhar amanhã, trate de dormir.

— Seu grosso, a culpa é sua. — Digo bravo e me levanto Jackson puxa meu braço caio na cama ele coloca seu braço por cima de minha cintura apertando de leve, seu corpo fica bem encostado ao meu sua cabeça se encontra acima do meu obro sinto sua respiração bater em meu pescoço. — O que está fazendo?

— Eu quero dormir, agora fecha os olhos e dormi. — Ele suspira. — Não se preocupe com nada, eu estou aqui.

Se antes eu estava calmo, agora acho que vou morrer. Como lidar com isso? Agora é que eu não vou consegui dormir mesmo.

 

*********

 

— O QUE? — Jinyoung grita após eu te contado que estou morando com o Jackson. — Quando vocês decidiram isso? Vocês vão se casar?

— NÃO! — Não temos nenhum namoro de verdade. — É só por um tempo, você está chateado?

— Chateado? Tá brincado? Eu estou muito feliz por vocês.

Ele sorri e bate palmas, acho que não vai ser assim quando ele descobrir que é tudo um contrato.

 

********

 

Aqui estou eu, me espreguiçando sentando nesse sofá esperando pelo Jackson que ainda não chegou do trabalho.

Oh meu Deus estou parecendo uma esposa esperando o marido chegar.

Ouço a campainha tocar.

Chego até o portão, quem é esse garoto?

— Oi! — Fala o garoto mascando algo. — Quem é você? Onde está o meu irmão?

— Que irmão? O Jackson é seu irmão?

— Isso ai. — O deixo entrar. — E você quem é?

— Eu? Sou... Vamos entrar.

Chegamos à sala da casa.

— Eu ainda não entendi o que você faz aqui. Meu irmão deixou de trazer pessoas depois do Kai.

— Eu estou morando aqui por um tempo.

— Wow! Sério? O Hyung disse que ninguém mais moraria nessa casa depois do Kai.

— Quem é Kai?

—Você não sabe? É o ex-namorado do Hyung.

— O que? — Digo e rio. — O Jackson nunca namorou um homem.

— Ah ele namorou sim. Eles se amavam, mas a nossa vó ficou colocando pressão o Hyung enfrentou ela, mas ele já tinha aceitado o dinheiro que ela tinha lhe oferecido o Hyung ficou desolado com isso, mais o menos isso.

“Nunca um homem” Ele mentiu?

— Eles viveram juntos?

— Ah sim viveram, estranho em você é amigo do meu irmão e não sabe dessas coisas. No começo eles dormiam em quartos separados, vem eu te levo onde ele dormia, eu até gostava dele.

Porque estamos na frente do meu quarto? Não pode...

— O que estamos fazendo aqui?

Ele abre a porta com tudo, e arregala os olhos.

— Nossa está bem diferente. Os moveis são outros a cor e completamente diferente. Mais eu sei que esse é o quarto do Kai, esse quarto é o preferido em toda a casa do Hyung por isso ele deu pro Kai. Você é mesmo amigo do meu irmão?

— Eu... Eu sou o namorado dele.

Ele arregala os olhos e me encara.

— Você...? Porque não disse isso antes?

Não o respondo nada apenas saio andando vou em direção à porta da frente, só quero sair dessa casa. Dou de cara com o Jackson que está levemente molhado, provavelmente está chovendo de novo.

— Acho que você vai dormir comigo de novo — Ele sorri. — Está chovendo. — Continuo sério. — Que cara é essa?

— Eu estou indo embora. — Passo por ele que puxa meu braço. — Me solta.

— O que tá acontecendo Mark?

— Você é um mentiroso. — Me solto. — Esse é o real significado de tudo? Eu deveria só substituir ele?

— Do que você está falando?

— Hyung! — Chama o garoto que eu nem sei o nome, mas que destruiu em minutos a minha felicidade, eu sei que ele não teve culpa eu deveria agradecê-lo?

— Lay? — Ele olha para o irmão e logo me olha de novo. — Mark me fala o que aconteceu.

Deixo lágrimas molharem o meu rosto, não respondo nada, ando o mais rápido que posso. Sinto meu braço ser novamente puxado.


Notas Finais


Oi gente! Então o que acharam?

Pode parecer tudo capítulo, mas é necessário.

Está fic também já está no fim.

Obrigado por ler.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...