História My angel! - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens Jackson, Mark, Personagens Originais
Tags Got7, Markson, Romance
Exibições 123
Palavras 856
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura.

Capítulo 12 - Eu estou apaixonado pelo Mark!


Eu estou apaixonado pelo Mark!

 

— Você é um mentiroso. — Me solto. — Esse é o real significado de tudo? Eu deveria só substituir ele?

— Do que você está falando?

— Hyung! — Chama o garoto que eu nem sei o nome, mas que destruiu em minutos a minha felicidade, eu sei que ele não teve culpa eu deveria agradecê-lo?

— Lay? — Ele olha para o irmão e logo me olha de novo. — Mark me fala o que aconteceu.

Deixo lágrimas molharem o meu rosto, não respondo nada, ando o mais rápido que posso. Sinto meu braço ser novamente puxado.

 

— Eu já disse pra me soltar.

—Me diz o que está acontecendo.

— Kai! — Digo apenas esse nome.

— Onde você... O Lay te falou dele? — Ele continua me segurando.  — Mark, eu e o Kai acabou há muito tempo.

— Você mentiu disse que nunca tinha ficado com um homem, me colou no mesmo quarto que era dele, eu sou só um substituto, tudo que temos é um contrato.

Tento me soltar, enfim consigo.

— Porque está assim, isso não é a pior coisa do mundo, se é isso você pode mudar...

— Acha que é esse o problema? Será que você não vê? — O empurro, fazendo o mesmo dar passos pra trás. — Eu estou apaixonado por você, é tão difícil ver que eu te amo.

Digo exasperado, sentido a chuva continuar caindo sobre nós dois.

— Mark...

— Não, eu não quero ouvir, acabou. — Jackson arregala os olhos. — Chega, não tem mais contrato, eu abro mão da clinica, mas eu não vou continuar com isso, eu não posso... Eu não... Eu não consigo...

Ele me encara sério, mas não diz nada. Ando e saio de vez da casa.

 

*********

 

Depois de algum tempo ainda chovendo forte chego ao meu apartamento, subo e abro a porta, molho todo o chão.

— Hyung? — Jinyoung levanta do sofá. — O que houve? Porque está aqui? Não deveria tá na casa do Jackson Hyung?

— Não me fale dele. — Digo sério.

— Vocês brigaram? Tudo bem Hyung isso acontece entre namorados.

— Não existe namoro Jinyoung. — Rio sem humor. — Preciso te falar uma coisa. — Digo depois de ele me entregar uma toalha, seco meus cabelos.

— Melhor você tomar um banho primeiro e colocar algo quente.

— Não, tem que ser agora. Não existe namoro. — Falo de uma vez. — Nunca houve.

— Do que está falando?

— Eu e o Jackson... Nunca namoramos de verdade, ele me propôs um contrato, a nossa clinica... Ele comprou por isso eu aceitei o contrato.

— Por quê? Porque fez isso? Poderíamos ter dado um jeito...

— Me desculpe, eu desisti da clinica, eu não aguento mais esse contrato, e ainda tem a multa...

O vejo chorar, me abraçando logo em seguida.

— Não me peça desculpa, eu sei que fez isso por mim também. — Diz ainda me abraçando. — Você sempre querendo cuidar de tudo não é? Não se preocupe com isso, podemos começar do começo sempre. — Ele rompe o abraço. — O Jackson fez algo?

— Não, quer dizer... O motivo de eu não aguenta mais isso é que... Eu me apaixonei por ele. Eu estou completamente apaixonado pelo Jackson, mas ele ainda gosta de outro.

— Eu sinto muito por tudo isso Hyung.

— Ei, tudo bem, você não tem culpa de nada.

 

******

 

 Depois de uma péssima noite de sono me levanto, ainda é muito cedo, caminho ao quarto que o Jinyoung está dormindo agora.

Sorrio o vendo dormir, volto ao meu quarto e visto uma roupa qualquer, termino e vou em direção à porta, tenho quer ir a clinica e pegar algumas coisas.

 

JINYOUNG ON

Acordo e vejo a casa vazia, encontro um bilhete no centro na sala do Mark Hyung, dizendo que foi a clinica.

Escuto a campainha tocar e vou abrir.

— Jackson Hyung? O que faz aqui?

— Eu preciso falar com o Mark.

— Ele não está. — Digo ríspido. — Vá embora. 

— Ele te contou não é?

— O que? Que você o propôs um contrato? Ah isso, sim ele me contou, chorando ele me disse chorando que te ama, você o fez sofrer. — Digo sem pensar, exasperado.

— Eu não queria isso... — Reviro os olhos com suas palavras. — Eu estou apaixonado por ele.

— O que? — Arregalo meus olhos — O que disse?

— Eu estou apaixonado pelo Mark, ele era diferente eu só não achei que eu fosse me apaixonar de novo, eu preciso dizer isso a ele, preciso me explicar.

— Ele não está, mas eu sei onde ele foi. — Vou ao centro e pego as minhas chaves da clinica, volto sacudindo elas. — Eu sei onde ele foi, ultima chance com ele. Ele foi pegar algumas coisas na clinica então você entra e fala com ele.

— Porque está fazendo isso? Pensei que ia estar me odiando.

— Quem disse que não estou? Só que, eu sei que ele te ama a mais tempo do que ele mesmo, eu não acreditei nesse namoro atoa não é? Só vocês não percebiam isso. Então vai atrás dele e dessa vez faça certo, ou então o deixe de uma vez.

Jackson pega as chaves. — Obrigado. — O vejo sumir pelo corredor.  Só espero está fazendo a coisa certa, e pela minha vida eu espero que eles se entendam ou o Mark vai querer me matar, certeza.


Notas Finais


Obrigado por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...