História My Angel - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 24
Palavras 1.743
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi, Boa Leitura
(Fico muito feliz em saber que estão gostando dessa fic.
Obrigada pelo apoio e carinho, beijo na bochecha de cada um <3 ^-^)

Capítulo 15 - Capitulo -15-


Fanfic / Fanfiction My Angel - Capítulo 15 - Capitulo -15-

(Selena)

-Ai! Que droga! Christian você me assustou!-disse o vendo sorrir e descer sua mão até minha cintura.

-Deveria ser menos “Pensativa” e olhar o que acontece a sua volta!-disse ele

-Eu estava bem até você parecer dessa forma!-disse tentando não rir dessa situação.

-Você continua linda até pensando!-disse ele e sorri

-Você quer parar de mentir dessa forma?-disse

-Não estou mentindo!-disse ele em rodopiando e sorrindo me fazendo sorrir da mesma forma.

-Eu não sei dançar!-disse baixo e ele deu uma risada baixa e rouca no meu ouvido.

-Mais ou menos!-disse ele e sorri me aconchegando de certa forma em seus braços enormes. Me sinto tão pequena quando estou de frente pra ele.

-Agora é a hora que eu tenho que te entregar para um pervertido qualquer... -disse ele

-Para com isso! Talvez essa “pessoa” não seja um “pervertido” - disse sorrindo

-Eu não quero isso!-disse ele e sorri

-Mas é necessário! É apenas uma dança!-disse sorrindo

-Espero que esse “alguém” não se aproxime tanto!-disse ele e tentei não rir. Chega a ser engraçado essa possessividade dele, isso é bom, mas também ruim.

-Ok! Mas não arranque os olhos desse alguém!-disse sorrindo olhando em seus olhos brilhantemente azuis.

-Não prometo nada!-disse ele e sorri sentindo seus lábios macios nos meus. Ele me girou e ao abrir meus olhos vi uma mulher morena (a mesma que me chamou de puta na corrida do “amigo” de Christian) Ela é a Rachel? A puta Rachel? Meus olhos fervem de raiva, não sei por que, mas me sinto mal ao ver a forma como ela se jogou em ciam dele, ele nem para se esquivar, que putos!

-Você é a mais linda dessa festa, sabia?-disse o cara que me agarra com força, o olhei e é ninguém mais ninguém menos que Eduardo.

-Você?-disse surpresa e ele sorriu

-Seu príncipe encantado!-disse ele sorrindo e se aproximando para beijar a minha bochecha. Não acredito nisso, não acredito que terei de ficar 10 minutos com ele colado dessa forma a mim.

-Poderia se afastar?-disse tentando afastá-lo

-Está com medo pelo o que Christian possa fazer?-disse ele

-Agora consigo entender porque não se dão bem!-disse evitando olhar para ele.

-Ele parece se divertir muito bem, até porque não se importou por estarmos dançando tão próximos!-disse ele soltando uma risada baixa em meu ouvido. Ele me rodopiou pela segunda vez agarrando minha cintura de forma que só senti com Christian.

-Não faça mais isso, seu idiota!-disse tentando me soltar do mesmo que me apertou com mais força impedindo qualquer movimento. Quanto nojo eu sinto dele agora!

-Finalmente!-falei baixo após ser rodopiada por ele que sorriu, fim da dança.

Avistei Sam e Jennie que pelo o que vejo me observavam.

-Oi!-disse pegando a bebida de Sam que me olha surpresa.

-Que idiota!-disse Jennie e assenti virando a bebida de Sam de uma só vez.

-Me sinto mal, muito mal!-disse baixo me sentando ao lado de Jennie

-Como assim? Você quer ir ao banheiro?-disse ela assustada e ri baixo.

-Não, eu me sinto suja por ele ter feito aquilo!-disse e ela assentiu olhando para Eduardo o encarando que sorri para "nós" levantando sua taça de vinho.

-Daqui a alguns minutos é o jantar, acaba rápido e podemos ir embora!-disse Sam e assenti

-Olá meninas, donzelas, damas, cavalas... Ops!-disse Alexia um pouco “animada” rimos e ela se jogou em cima do sofá.

-Esse vestido... -disse ela estendo sua taça para mim, a peguei e ela sorriu ainda com um pouco de raiva.

-Ele ia me derrubando na entrada!-disse ela e rimos um pouco alto atraindo alguns olhares.

-Isso é porque você é desastrada!-disse Sam

-Nem tanto!-disse ela

-Sei!-disse Sam sorrindo. Olhei o salão e nada de Christian. Não acredito que ele está com aquela... Aquela puta!

-O que foi?-disse Alexia

-Christian sabe se divertir em festas não é mesmo?-disse após vê-lo sendo levado para o corredor um pouco distante do salão principal.

-Vem! Vamos nos divertir também!-disse ela me puxando para fora.

-Aonde vão?-disse Jennie

-Não se preocupe, eu a levo pra casa!-disse Alexia e sorri acenando um tchau.

-Pega!-disse ela me entregando uma taça com uma mistura que ela preparava minutos atrás.

-Obrigada!-disse sorrindo e nos sentamos no banco enorme do jardim.

-Porque está com essa cara?-disse Alexia batendo em sua perna para que eu apoiasse a minha cabeça. Sorri e me deitei no banco.

-Estava eu e Christian dançando juntos... Dai houve a troca de “casal”, e por incrível que pareça eu cai nos braços do Eduardo...!-disse e ela gritou não muito histérica (de forma quase normal).

-E houve briga? Como assim? Ai cara, porque eu fui ficar com aquele engomadinho sem sal? -disse ela e ri da sua cara.

-O que foi?-disse ela

-Não aconteceu nada disso, ele ficou dançando com a Rachel, eu acho que esse é o nome dela, ela é uma branca de cabelos negros, a de vestido preto que mostrava tudo menos roupa...!-disse e ela riu.

-Sério? E... -disse ela

-E ai que eles entraram para os fundos talvez os quartos e talvez estejam transando nesse exato momento!-disse

-Que? Rachel e Christian? Aguas passadas, ele detesta ela já ela ama ele, porém está com o Eduardo!-disse ela

-Sério? Ok! Mas porque eles estão demorando tanto, ele estava sorrindo pra ela que estava quase comendo ele em pé no meio do salão, eu me sinto meio mal com isso, mas por quê? Que droga!-disse pegando a garrafa da mão dela e bebendo de uma vez só

-Ei! Vai com calma! Deixa pra mim!-disse ela e rimos

-Eu não sei o que te dizer, mas vem cá vamos continuar bebendo e se martirizando sem saber o porquê-disse ela sorrindo e batemos uma garrafa na outra.

-Ele é um idiota!-disse

-Todos são!-disse ela e sorrimos.

-Christian é um puto assim como os outros!-disse ela e ri

-Eu entendo ele!-disse e nos encaramos

-Como assim?-disse ela e trocamos nossas garrafas quase vazias.

-Ainda não tive coragem pra ir pra cama com ele!-disse e ela cuspiu sua bebida me fazendo rir.

-Sério? Não acredito! Então quer dizer que vocês nunca... -disse ela fazendo alguns gestos me fazendo rir ainda mais.

-Não nós nunca... -disse fazendo os mesmo gestos.

-Uau! Então é por isso que você está com essa cara e bebendo desse jeito? Mas porque vocês ainda não fizeram? Tem medo?-disse ela e assenti

-Eu tenho, mas é algo complicado!-disse e ela balançou a garrafa negativamente.

-Venha cá, se deite e me conte tudo!-disse ela e assenti me deitando novamente.

-Acho melhor pararmos por aqui, já estou tonta! E você também!-disse me levantando, mas caindo me seguida, é estou muito tonta!

-Tá, não vamos falar sobre isso nesse estado, eu vou me esquecer e eu não quero isso! Vem cá e vamos falar de como Eduardo é ridículo!-disse ela e assenti olhando para o “casal” que está a nossa frente perto de algumas árvores.

-Vamos lá! Mas vê se fica quieta!-disse Alexia e assenti a seguindo até onde eles estão.

-Não acredito que estamos indo ver eles se pegarem!-disse baixo e ela riu.

-Vou tirar uma foto, querida!-disse ela tirando seu celular que caiu diretamente no chão.

-Se você conseguir deixá-lo em suas mãos sem que caia, ok querida!-disse e rimos um pouco alto fazendo com que ele se vire, nos abaixamos imediatamente e rimos baixo. Estamos bem bêbadas e isso é errado, bem errado.

-E ai?-disse

-Ficou escura e embaçada, vem cá tenta você!-disse ela e peguei o celular que caiu de cara no chão.

-Ops!-disse e rimos.

-Vamos embora!-disse ela e saímos de quatro até chegarmos perto do banco onde estávamos sentadas antes.

-Cadê a foto?-disse e ela me entregou o seu celular coma tela trincada.

-É não tem nada aqui!-disse

-Tá desligado!-disse ela

-E porque você me deu assim?-disse e ela riu

-Não sei eu achava que estivesse ligado! É só ligar!-disse ela com a voz enrolada e cheia de erros.

-Que idiota!-disse tentando não rir

-É, acho que sim!-disse ela e rimos bem alto. Liguei o celular após procurar com os solhos semicerrados o pequeno botão e por fim ver a tela acesa.

-Amém!-disse e ela riu

-Não ficou boa, esse cretino teve sorte... Dessa vez!-disse ela com a voz enrolada, mas de forma séria (o que há entre os dois?).

-Realmente! Seu dedo ficou tampando a parte principal da foto! Você é muito ruim!-disse e ela riu

-Eu sei! Culpe a Sam!-disse e rimos

-O que tem eu?-disse Sam

-Nada!-disse ela

-Vocês estão bêbadas!-ela gritou me deixando surda, tampei meu ouvido esquerdo enquanto Alexia revira os olhos.

-Vocês são loucas!-disse ela e sorri enviando um beijo pra ela que riu.

-Quem é esse?-disse Alexia após o “homem” aparecer por trás da Sam

-Um amigo! Estamos caminhando por aqui!-disse ela e nos entreolhamos e sorrimos

-Ah! Tchau meninas! Vamos Gregor!-disse ela e ele acenou um tchau saindo com ela

-EU sabia!-disse

-Também! Esse vestido deixou ela muito linda! Nem parece aquela emo!-disse ela e assenti

-Verdade!-disse enquanto eles caminham para longe de nós.

-Desencalhamos uma, falta outra!-disse ela e sorri

-Isso!-disse batendo na mão dela, na verdade acertei sua cara. Estou tão tonta que vejo suas Alexias!

-Ai Desculpa! Eu vi você duas vezes!-disse e ela riu com as mãos no rosto.

-Ai!-ela exclamou enquanto rimos.

-Gosto de você Selena!-disse ela encostando sua cabeça em meu ombro me fazendo sorrir com essa frase.

-Eu também gosto de você!-disse e ela riu bebendo um pouco.

-Espero que essa amizade dure!-disse ela

-Também!-disse e batemos nossas mãos em punho fechado.

-Agora vamos esvaziar isso aqui!-disse ela e assenti me ajeitando no banco.

-Um! Dois! Três!-contei e bebemos quase tudo de uma vez só.

-Yes!-disse ela estendo sua mão para um “hifive”.

-Yes nada! Ainda falta!-disse e bebemos o restante.

-Yes!-dissemos juntas e rimos. Ficamos rindo de tudo e de todos que passavam para ir embora e nos olhavam “surpresos”

-Oi menina!-disse Alexia para uma garota que nos olha paralisada (estou vendo dois, mas ela diz que só tem um).

-Ei! Diz oi ô criatura!-ela gritou e tampei sua boca. A criança saiu correndo.

-Sua louca!-disse enquanto rimos, minha cabeça está rodando. É só fechar os olhos e tudo vai ficar normal...

-O puto chegou!-ouvi Alexia sussurrar e senti passos pararem na minha frente, abri meus olhos e Christian está parado me olhando com certa “raiva”.

-Te vejo amanhã! Tchau!-disse ela saindo. Acenei um tchau e tenho a leve impressão de que ele continua me encarando.

-Ah! Olá!-disse sorrindo pra ele.


Notas Finais


Desculpe o erros !
:) Xoxo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...