História My Angel - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 18
Palavras 1.213
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oi, Boa Leitura ;)

Capítulo 16 - Capitulo 16


Fanfic / Fanfiction My Angel - Capítulo 16 - Capitulo 16

(Selena)

-Vamos!-disse ele puxando meu pulso com força.

-Ai! Me Solta!-disse em um gemido puxando meu pulso e massageando o mesmo.

-Você bebeu de novo?-disse ele e percebi uma marca de batom em sua blusa branca que no caso ele está sem seu blazer, apenas de blusa social.

-Agora isso é proibido?-disse enquanto me deito novamente no banco.

-Chega de conversa, venha!-disse ele e me esquivei vendo sua mão pegar o vento e o mesmo olhar para trás.

-Eu já disse que você é um idiota?-disse rindo e ele continua a me olhar seriamente.

-Já!-disse ele voltando a ficar na minha frente.

-A noite foi boa?-disse e ele me olhou sem entender, continuando a olhar dentro dos meus olhos.

-Como assim?-disse ele

-Não seja ainda mais idiota!-disse sorrindo e me levantando do banco.

-Você que está sendo idiota!-disse ele e ri me distanciando e começando a caminhar com cuidado para não tropeçar nos meus próprios pés.

-Venha!-disse ele agarrando meu braço com força me fazendo gritar de susto.

-Você é um louco sabia?-disse sendo arrastada por ele.

-Você é uma idiota, anda rápido!-disse ele me fazendo correr (praticamente).

-Eu te odeio!-gritei após ele me jogar dentro do carro.

-Eu sei!-disse ele entrando no mesmo e subindo o vidro fumê do carro. Bufei e o encarei por longos segundos. Não deveria me sentir uma corna, não somos nada além de "conhecidos meio desconhecidos".

-O que está fazendo?-disse ele e me joguei no banco de trás do carro.

-Não quero olhar pra sua cara!-disse me deitando no banco de trás. Após fechar  a minha boca ele parou o carro abruptamente me fazendo cair no chão do carro.

-Seu cretino filho da puta!-gritei o ouvindo rir.

-Desculpa, tinha um cachorro!-disse ele e bufei

-Sei! Um Cachorro!-resmunguei sentindo minha tontura voltar. Levantei minhas pernas e deixei minha perna totalmente desnuda, ele está concentrado nada vai acontecer.

-Chega... -disse ele olhando para trás me vendo de pernas para cima. Sorriu e mordeu seu lábio continuando a me olhar.

-Chegamos? Ótimo!-disse descendo minha pernas e abri a porta do carro sentindo meu corpo ir diretamente pro chão. Gargalhei e me levantei me apoiando em um dos seguranças que veio me "ajudar".

-Obrigada!-disse sorrindo e toquei em seu queixo o vendo sorrir, ele é bonito, olhos escuros da mesma cor do cabelo e moreno, ele é muito bonito.

-Poderia me levar pra dentro? Eu não quero cair novamente!-disse sorrindo e ele olhou rapidamente para Christian que no mesmo instante se aproxima.

-Pode assumir seu posto e não toque nela novamente!-disse ele olhando friamente para o cara. Ri e saí rumo a porta.

-Você não me respondeu idiota!-disse ouvindo minhas palavras saírem enroladas.

-Você não me explicou o porquê da pergunta, anjo!-disse ele e sorri o vendo segurar minha cintura e me guiar até à porta a abrindo seguidamente.

-Com licença! Preciso subir!-disse pedindo para ele se afastar (pedido negado).

-Ela pode ter coxas grandes, mas ela nunca será você, anjo! Eu quero você!-disse ele com sua mão em cima da minha coxa desnuda.

-Você quer a mim? Ela não interessa...?!-disse sorrindo e me aproximando dele beijando o canto de sua boca.

-Diz isso pois sabe que eu não vou lembrar de quase nada amanhã não é mesmo?-disse após beijar seu pescoço e me aproximar de sua boca, o vendo abrir seus olhos e me olhar profundamente.

-Faz isso pois sabe que me deixa excitado!-disse ele e senti sua mão embaixo do vestido tocando minha intimidade.

-Talvez!-sussurrei o vendo sorrir e me beijar de forma quente, bem mais quente que as outras vezes.

-Não devia ter feito isso, anjo!-disse ele beijando meu pescoço e me pegando em seu colo e no mesmo instante andando para algum lugar.

-A noite com a Rachel não foi boa o suficiente?-disse me separando dele após entrarmos em seu quarto. Ele me encara com raiva me fazendo ver o volume em sua calça.

-Ela estava muito bonita naquele vestido preto, marcava bem suas coxas e seios, ela queria transar, mas não estava afim!-disse ele sorrindo e mordendo seu lábio inferior. Senti meu sangue ferver de ódio. Isso é jeito de se falar?

-Por que não?  Você disse que ela estava bonita e que seu vestido "marcava bem suas coxas e seios"!-disse fazendo uma voz "sexy" nas ultimas palavras. 

-Porque eu quero você!-disse ele e ri alto me aproximando da cama dele.

-Você está muito excitado!-disse rindo após ele me pegar em seu colo rapidamente

-O que está fazendo?-disse após ele me jogar dentro do banheiro.

-Você está bêbada e está falando besteiras, e eu não vou transar com você bêbada desse jeito!-disse ele tirando meus sapatos após me fazer deitar na privada.

-Ué! Só disse que está excitado, isso é mentira?-disse o olhando por completo com a blusa aberta, mostrando seu abdômen totalmente definido, sorri e mordi meu lábio inferior.

-Você...-disse mas ele sorriu me pegando no colo novamente.

-Ai! Está gelada! Seu idiota!-gritei após ele me me colocar em baixo do chuveiro.

-Shh..! Eu estou aqui e não estou sentindo nada, agora fica quieta se não vou acabar te machucando!-disse ele e bufei assentindo o vendo sorrir e beijar minha testa, um beijo molhado e carinhoso. Me encolhi em seus braços sentindo as gotas frias de água caírem sobre minha pele que antes estava quente.

-Tá bom!-disse e ele riu fechando.

-Eu tenho pernas pra andar, sabia?-disse após ele me tirar do banheiro.

-Não quero que caia novamente!-disse ele e sorri vendo ele me encarar e pegar meu roupão, peguei o mesmo de sua mão e fechei a porta do banheiro.

-Ai droga!-disse correndo, mas antes tropeçando no tapete ouvindo sua risada baixa. Lavei minha boca e vesti o roupão, sai do banheiro o vendo sentado na cama pensativo.

-Ela não é o tipo de mulher que interessa a um  homem como você?-disse o encarando

 encarar a parede a sua frente

-Quem?-disse ele e bufei o vendo me encarar "sem entender".

-Rachel!-disse de forma obvia passando por ele que apenas me encara.

- A mim ela não interessa!-disse ele se aproximando para me beijar.

-Eu quero você, não ela!-disse ele voltando a me beijar e senti suas mãos me colocarem em seu colo.

-O que pensa que está fazendo?-disse e ele sorriu tirando seu cinto. Ri e o vi desabotoar sua calça, ele se agachou sobre mim e beijou meu pescoço calmamente.

-Você é um idiota!-disse enroladamente em seu ouvido o ouvindo rir e mordi sua orelha.

-Anjo...!-ouvi ele sussurrar e o beijei devagar sentindo suas mãos agarrarem a minha cintura me puxando para o centro da cama e para mais perto de si, me fazendo sentir seu membro pulsando embaixo da calça.Sorri e continuei o beijando (tentando acompanhar o ritmo acelerado dele com essa boca insaciável).

-Eu sei o que quer dizer...!-disse o encarando em cima de mim. 

-E eu também sei que eu quero muito fazer isso... com você!-disse baixo e o vi sorrir e me beijar.

-Eu quero ser sua agora!-disse e o vi me olhar surpreso e por alguma razão procura algo coisa em meus olhos. O beijei novamente, mas ele está me evitando de alguma forma.

-Você...!-disse ele e senti o sono pesar sobre mim, o ouvi sussurrar algo e senti seu beijo em pescoço, antes de apagar por completo.


Notas Finais


Desculpe os erros :)
Ass: Mah :)
Xoxo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...