História My Angel - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bangtan Sonyeondan, Bts
Exibições 10
Palavras 2.558
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Suspense, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLÁ AMORAS!
Voltei!
Agora com um cap maior
E esse foi mais pra saber a história da Min-Ah
E por que Jungkook e Jimin realmente acabaram sua amizade
E o garoto misterioso apareceu viu?
No próximo capítulo ele vai aparecer mais (já que é o principal da história)

Beijineos!

Capítulo 3 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction My Angel - Capítulo 3 - Capítulo 2

"Charpter 2"

O alarme ecoou pelo quarto

Em segundos, me levantei da cama a caminho do banheiro

Coçava meus olhos e bocejava, ao me dar de cara com o espelho

E quase me assustar

Ignorei, Apenas me despi e entrei no banho...

Ouço barulhos do andar de baixo

Enrolo uma toalha em meu corpo e caminho devagar até as escadarias

Desci uma por uma, lentamente

-Ampa!? - Pergutei, arqueando uma sobrancelha

-Olá, minha querida! Voltei, não percebeu? Você provavelmente está se arrumando pra aula... Não vou lhe encomodar! - Sorriu doce

-Soo eu senti muito sua falta! - A abracei

-Eu também pequena... Sei que deve ser difícil viver sozinha depois de tudo oque passamos.... - Acariciou meus cabelos ainda molhados - E por isso! Eu ooobviamente lembrei de você na minha viagem! - Vasculhou algumas sacolas - Aqui - Me entregou uma caixinha

Uma peguena corrente de prata estava lá

A puxei com delicadeza, percebendo assim, que era um colar

Um pingente de floco de neve enfeitava a corrente

-AAH! Você lembrou... - A abracei novamente - Obrigada! Obrigada, obrigada, obrigada!! -

Neve....

Anos atrás...

2009

O gelo caia freneticamente, o chão já estava branco, pessoas nas ruas passavam um frio imenso

Min-Ah, fugia da base aonde seus pais foram exilados

Aquilo foi assutador pra apenas uma criança

Aquilo era comum

Vindo de um país comunista qualquer coisa pode ocorrer

Jun Soo, uma mulher com condições de vida exelentes, mesmo a morar no norte, recolheu a garota a quem conhecia a mãe

-Pra onde estamos indo moça? Quem é você? Por favor não me mate! - A pequena Min-Ah perguntou assustada

-Meu nome é Jun Soo, sem mais perguntas! - Segurou a mão da menina e as duas correram discretamente pelas ruas repleta de guardas

-Minha mãe sempre me disse pra não andar com estranhos - Semicerrou os olhos

-Shiu - Exclamou

-Ela pode ter morrido mas eu ainda respeito suas ordens! -

-Escuta! Você quer sair daqui não quer? - Perguntou

-Obvio! -

-Eu posso te ajudar, agora cala a boca e vamos! -

Depois de alguns minutos de caminhada rápida

-Isso... É um aeroporto!? - Pergutou animada

-Sim -

-A.... A gente..... Vai... A gente vai ultrapassar a fronteira!?!?!? - Exclamou.

-Sim Min-Ah! Fale menos, aja mais - Puxou novamente a garota

-Espera.... Como você sabe meu nome? -

-Fale menos, aja mais-

-Que eu saiba em tempestade de neve aviões não podem voar -

-Fale menos aja mais -

-Isso é praticamente suicídio -

-Você sofreu a lavagem cerebral quando menor? -

-Todos sofrem! Mas me consideraram lixo -

-Lixo? -

-Eu sei lá.... - Suspirou - Minha mãe sempre me manteve presa dentro de casa depois da notícia que não me levariam pra essa... Lavagem cerebral.... Eu sabia que sempre foi por proteção -

-Vamos- Disse uma última vez

-Por que você pode sair da fronteira? - Perguntou

-Aqui, quem tem "condições" tem permissão -

-Condições? -

-Chega de perguntas, você está cansada, não? -

-É... Mas quero ficar acordada mais um pouco... - olhou pela janela do avião

-Observar a neve? -

-Desde pequena faço isso... -

-Okay... - Fechou os olhos

-Soo - A menina sussurrou

-Hm? -

-Obrigada... - Sorriu tímida

-Só fiz oque prometi a sua mãe - Correspondeu ao sorriso da menor

-Oque prometeu a ela? Você a conhecia? -

-Min-Ah... Sua mãe sempre soube que brevemente morreria.... Por ordem do país, eu a conheci por esses seus lamentos altos... Minha promessa a ela foi te tirar daqui.... Ela sempre quis te ver tendo um futuro bom... Estudando oque gosta e sendo feliz... Eu sempre admirei o amor que ela tinha por ti... Ultrapassava até seu medo de morrer.... -

-Eu.... - A pequena não conseguia expressar

-Não precisa dizer... Eu sei que a ama incondicionalmente também - Sorriu uma última vez antes de pegar um livro para se ler

A menor sorriu, mesmo triste, sentia a presença amorosa de sua mãe ali

-Min-Ah! Mais uma coisa - A mulher procurou algo - Aqui, ela mandou lhe entregar... Carregue consigo sempre! -

-Um colar de floco de neve? -

-Ela também me explicou sua paixão pelo frio... -

-Obrigada novamente... - Sorriu

2014

-MIN-AH! A do norte.... - Um garoto disse

-Não me chame assim... Eu já falei... - Agarrou firmemente seus livros

-Own... Ficou com raivinha? -

-Ei! Oque é esse colar? - Uma garota puxou de seu pescoço

-ME DEVOLVA! É da minha mãe! - Tentou pegar novamente, jogando os livros no chão

-A tal que foi exilada? Hahaha.... Sente falta dela?- O garoto riu

-Agora é meu! - A garota foi coloca-lo no pescoço

-YOON! Não se rebaixe ao nível dela! - Puxou a joia de suas mãos assim despedaçando a corrente

-NÃO! - Empurrou o garoto e pegou o colar todo estragado de sua mão

-Não toque nele sua vagabunda! - Contribuiu o empurrão

A menor caiu no chão, puxando risos dos dois

Foi juntar seus livros... Não tinha nada que poderia fazer

-Cheguei tarde demais? - Seu melhor amigo juntou tudo do chão para a garota e a ajudou a levantar

-Não, ainda bem que nem veio... Você não deve me defender... - Suspirou pegando os objetos de suas mãos - Alias obrigada -

-Eles quebraram o colar da sua mãe?! -

-Sim Jungkook.... - Abaixou a cabeça

-Ah eles não fizeram isso! - Apertou os punhos

-Olha Jeon... Seus pais não gostam muito quando anda comigo... Que tal.... -

-Eu me afastar? - Perguntou

-Bem... Sim... -

-Não! Não estou nem aí pra eles! Se eles soubessem 1% de como você é de verdade... Mas nem isso sabem! -

A garota suspirou

-Eu vou levar isso pra joalheria! Amanhã te trago -

-Não! Se a Soo me ver sem esse colar.... Vai ficar muito decepcionada! - O puxou de sua mão

-Okay... Tudo bem... Tudo bem! - Levantou as mãos em redenção - Vamos? -

-Ta... Vamos -

Os dois caminhavam silenciosamente pelas ruas de seu bairro

Ao chegar, a menina da de cara com Soo

-Min-Ah... Eu vou trabalhar em Seoul! Quando puder... Te mando uma passagem para lá - Segurou os ombros da menor

Pegou suas malas e depositou um beijo na testa da garota

-Soo! Eles... - Mostrou o colar para a mais velha

-Ai meu deus! Quem fez isso!? - Pegou de sua mão

-Os bullys... Como sempre - Suspirou

-Eu vou levar comigo! Te entrego novinho em folha quando nos vermos de novo ok? - Sorriu

-Tudo bem... -

-Te amo minha querida... Até depois!- Acenou e se foi

-Tão rápido assim? - Abaixou a cabeça - Você vai demorar... Eu sei... -

Suspirou

Mas sua vida continua

2016

Agora

-Enfim tenho meu colar de novo! - Abraçou o mesmo e logo o pos - Não te abandonei omma! - Olhou para cima sussurrando

-Não tem que ir pra aula? - Apontou pro relógio em seu pulso

-Ai meu Deus! É verdade! - Subiu as escadas correndo

Secou o cabelo, se arrumou, pos suas roupas, sapato, mochila e correu

Pegou uma maçã na fruteira e mordeu a mesma

-Tchau! - Deu um beijo na bochecha da mais velha e correu

-Boa aula querida! - Acenou ela

Correu, ao chegar o sinal já havia batido

Atrasada

Chegou na sala

-Licença! - Fechou a porta e se sentou no seu lugar

-Atrasada novamente Min-Ah? - A professora pergunta seria, nem parecia mais a doce e respeitosa mulher do dia anterior

-Bem... Eu... - Sorriu sem graça - Minha ampa finalmente chegou em casa depois de trabalhar muito por... Um ano aparentemente... - Pensou

-Ampa? - Perguntaram

-Sim! Ela quem cuidou de mim depois da morte dos meus pais... A chamo de ampa como mistura de omma e appa... Ela sempre fez o trabalho dos dois... - Sorriu mostrando confiança

-Okay! Você aparentemente parece feliz pela volta da sua "ampa", irei relevar isso por hoje -

A aula começou, entediante e desanimadora como sempre

Alguns alunos caíram no sono

Outro prestavam atenção

Outros apenas pensavam em coisas aleatórias... Esse era o caso de Min-Ah... Oque ela estaria pensando? Se veria aquele tal garoto da sala de dança outra vez

Teve a ideia de tirar o intervalo para procurá-lo

Suspirou, sabia que aquilo tomaria seu tempo dali em diante

A segunda aula começa

Min-Ah, como se senta perto da janela que dava vista a uma quadra de basquete, olhava alguns garotos jogarem quase profissionalmente, oque a chamou muita atenção

Um garoto com os cabelos escuros estava na beira da quadra, sua altura era de mais ou menos 1,80 pelo oque a garota chutava, mãos no bolso da calça de moletom preta larga, roupa despojada e rosto angelical

Seus olhos estavam fechados, sentindo a brisa fria que estava passando

Min-Ah sorriu um pouco sem motivo algum

Mas logo se tocou quem ele era

O garoto abriu os olhos, observou em volta e bagunçou os cabelos

Viu a menina o encarando atentamente e riu

Ela sentiu seu rosto queimar e seu corpo gelar apenas por aquele sorriso

Acenou discreto, e ela também

-Min-Ah! - O professor de inglês chamou sua atenção - Você entendeu? -

-Oh! Yes teacher! Of course, i understand everything you said! -

Ele se sentiu satisfeito com a resposta rápida da garota e continuou sua explicação

Ela olhou para a quadra novamente e ele não estava mais lá

Fechou o punho, segurando a pequena raiva em si

Terceira aula

Os garotos do basquete descansavam na arquibancada

Os alunos já estavam ansiosos para o intervalo

A professora com aparência de 57 anos, começou a explicar sua matéria

Min-Ah continuava em seu mundo da lua

Pelo menos conseguiu ver o rosto inteiro do menino misterioso da sala de dança

Aquilo a deixou mais confiante

Finalmente, intervalo!

A garota fora correr

Mas Jungkook chamou sua atenção

-Min-Ah! Yoongi tem um roteiro pra você no auditório.... Tenho que ir entregar um... Quadro pro grupo de Artes! Te encontro depois... - Acenou

A menina bufou

Esqueceu completamente dos grupos

Subiu até a gravadora

-Licença! - Abriu a porta - Oque queria? - Perguntou

-Bem... Votaram pro próximo a ser entrevistado... - Olhou em sua papelada

-E? Quem foi? -

-Eu... Pediria pro Jungkook o entrevistar mas... Ele tem problemas sérios com o Jimin -

-Ah... Fiquei sabendo... - Bufou

-Então, você entrevistará o líder do grupo de basquete! Park Jimin, conversei com a professora dessa sua quarta aula e ela deixou você ficar livre pra cumprir essas coisas - A entregou um papel com todas as informações - Ele... Tirou hoje o dia todo, assim como o time, pra treinar pro campeonato que vai ter esse final de semana, ele não irá se importar se fizer as perguntas... Espero... - Suspirou - Apenas isso! Vá! - Acenou

-Okay - Acenou de volta

Procurou o nomeado Park Jimin por toda escola

Enfim o achou, comendo alguns salgadinhos numa mesa com os colegas

Eles estavam lanchando, Min-Ah se sentiu desconfortável, pois, eles treinam o dia todo, e no tempo livre ela resolve atrapalhar

-Olá? - Perguntou

-Quem seria você? - O líder perguntou - Espera! Eu sei! Melhor amiga do... Jungkook, novata, chegou ontem, conhecida por cabelo de agua sanitária... Acertei?-

Todos riram

Estou vendo que isso será mais difícil do que imaginei

Min-Ah pensou

-Sim, acertou... Park Jimin... - Revirou os olhos - Eu... Faço parte do grupo da auditora da escola... Rádio e etc, eu poderia o entrevistar? - Foi direta

-Seja clara! Você quer meu número, não?- Sorriu

Bang

Que sorriso!

Min-Ah poderia morrer ali agora

Mas não se importou com o fato da beleza do garoto.

E sim ficou ainda mais brava com seu argumento

-Não...! Claro que não! Isso é sério! Tenho compromissos... Da pra agilizar?- Suspirou

-Ta... Tudo bem... -

-Mas não aqui né? - Sugeriu

-Nossa como você é rápida.... Já está querendo ficar a sós! - Riu

-ESCUTA! - Bateu o caderno com a papelada na mesa, estourando toda a atenção daquele pátio para si - Eu não estou aqui para brincadeiras senhor Park Jimin! Chega dessas coisas sem graça! PARE! ISSO NÃO ESTÁ LEGAL! EU SÓ ESTOU TENTANDO FAZER OQUE FUI MANDADA, SERÁ QUE NÃO DA PRA ENTENDER!? - Suspirou arrumando os cabelos - Deixe pra depois, ja perdi minha paciência demais aqui - Revirou os olhos e saiu de lá

-HEY! Garota! - Chamou sua atenção

-É Min-Ah, Park Jimin - Se virou

-Okay... Me... Desculpe... Eu não achei que... Isso a irritaria tanto - Abaixou a cabeça

-Mal lhe conheço e já não estou te reconhecendo - Arqueou uma sobrancelha

-Vamos logo com essas perguntas! Me siga por favor -

Se dirigiram até o vestiário, que no momento estava fechado

Ele se sentou no banco e ela também

-Então - Limpou a garganta - Posso começar?-

Concordou

Min-Ah ligou um gravador de voz que Yoongi havia lhe entregado

-Você e Yang Mi, a lider de torcida, tem um relacionamento a mais que amizade? - Perguntou

-Que isso!? - Exclamou - Ta louca? Que pergunta é essa!? -

-Min Yoongi que pôs isso aqui!-

-Ah... Pulo essa -

-Por que resolveu fazer essa mudança radical? Me refiro... Antes era o completo oposto do que é hoje -

-Bem... Pulo essa... -

Min-Ah... Ignorou as próximas perguntas, lembrando do melhor amigo

-Por que magoou tanto o Jungkook? -

Sentiu o olhar cheio de brilho do menino se transformar em algo fosco e aterrorizado

-Essa pergunta... Está mesmo na folha? -

-Não - Ficou seria - Mas eu quero muito saber o por que -

Desligou o gravador

-Min-Ah... - Olhou fixamente para as pupilas dilatadas em atenção

-Você sabe que o magoou... Não sabe? -  Perguntou - Oque rolou? Pra terem se afastado tanto assim? -

-O orgulho... Me consumiu... - Abaixou a cabeça - Éramos um grupo de amigos... Teve.... Um certo dia que todos foram se afastando... Após um ocorrido grave - Suspirou - Eu e Jungkook continuamos nossa amizade, mas... Eu... Não queria mais aquela vida de garoto certinho... Aquilo estava me prendendo! Eu... Queria ser livre pelo menos um dia... - Olhou para cima novamente - Eu tive que me afastar dele... Pra... Viver a vida que eu tanto queria -

-Mas... Você podia ter conversado com ele! Jungkook poderia sentir o mesmo que ti! -

-Acha que não me arrependi!? Eu o tratei mal! O xinguei e tive orgulho disso.... Eu não estava me reconhecendo.... -

-Por.... Por que!? -

-Eu não sei... - Seus olhos marejaram - Eu até pediria desculpas... Mas sei que ele não iria aceitar... -

-Quem disse? Seu orgulho!?-

-Quer me magoar mais do que já estou? - Perguntou deixando as lágrimas caírem - Eu... Não vou mais responder essas bobagens... Se vire por si - Se levantou, lavando o rosto

-Saiba... Que era pro Jungkook estar lhe perguntando essas coisas agora... -

-Que? -

-Yoongi... Sabia dos problemas de vocês dois e... Pediu para eu mesma vir...-

-Ele fez o certo - Abriu a porta

-NÃO DISSE QUE SE ARREPENDE!? - Gritou

-SIM MIN-AH! E MUITO! - Responde - MAS É TARDE DEMAIS! -

-Um dia vocês vão ter que conversar...-

-Fale isso pro Jungkook... Ele vai rejeitar na primeira oportunidade -

-Vai saber.... - Suspirou - Alias.... Jimin... Nunca é tarde pra se fazer o certo -

-Vou pensar em suas palavras -

-Pense bem -

A porta se fechou

Ao Min-Ah levantar... Um barulho alto de algo caindo ecoou

Um gemido de dor, logo em seguida alguns resmungos baixos também ecoaram

-Quem está aí!? - Perguntou

A pessoa se calou

Ela andou lentamente até os armários que ficavam ao meio do vestiário, olhou atrás deles e...

-Jeon? - Perguntou deixando seu caderno cair - MAS QUE PORRA VOCÊ ESTA FAZENDO AQUI!? - Exclamou incrédula


Notas Finais


Jeon irá se safar dessa?
Oque ele estaria fazendo lá?
Jimin irá falar com Jungkook e pensar nas palavras de Min-Ah?
Kook se sentiu mal pelos erros de Jimin ou o orgulho não o permitiu disto?
O garoto misterioso... Oque ele estava fazendo da quadra de basquete?

Que ocorrido grave foi esse que Jimin mencionou?

Muitas perguntas
Ainda nenhuma resposta

Annyeonghaseyo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...