História My Angel (Jikook) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, V
Tags Bts, Jikook, Vhope
Exibições 153
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vou dispensar apresentações haha.
Essa é minha primeira Fanfic, então espero que vocês tenham piedade. Peço desculpas desde já se encontrarem algum tipo de erro e aceito muito bem as críticas construtivas.
Espero que gostem. BOA LEITURA.

Capítulo 1 - Cap.1


Fanfic / Fanfiction My Angel (Jikook) - Capítulo 1 - Cap.1

 

Sábado de manhã e minha campainha começa a tocar descontroladamente. Olho o relógio ao meu lado que marca 8h50. Quem deve ser a uma hora dessas? QUE MERDA.

 

-JÁ VAIIIIIII. - Grito do meu quarto colocando um short rapidamente para atender o apressado que estava em minha porta.

-Oi Jimin, se lembra de mim? - Meu Deus, o que ele está fazendo aqui? Esse sorriso, esse menino, como poderia esquecer?

-Jeon? É você mesmo? Como chegou até aqui? - Tantas perguntas numa hora só, preciso me acalmar.

-Calma Jiminie, respira um pouco. – Disse com aqueles dentes branco e totalmente alinhados perfeitamente.

- Quer entrar? Você parece um tanto cansado.

-Ah, eu adoraria. Como tem passado desde que eu fui embora?

-Bem, na medida do possível. - O respondi de forma simples.

-Fico contente. Jimin, eu tenho um favor para pedir- Agora ele parecia apreensivo.

-Só vou colocar uma roupa decente e já volto, fica à vontade. – Falei já voltando para meu quarto e procurando uma cueca e uma camiseta.

 

FLASHBACK ON

 

            Estou no meu curso semanal de idioma quando um garoto entra em minha sala todo desconcertado. Ele é bem mais alto que eu e parece ser mais novo, muito bonito por sinal. MAS HEIN? Desde quando EU, PARK JIMIN, acha outro menino bonito? Me poupe né. Melhor prestar atenção no conteúdo.

 

-Oi, você poderia me emprestar uma caneta? Acho que perdi a minha no caminho. – Que sorriso meigo.

-Oh, vou ver se tenho uma. - O avisei e lhe entreguei assim que encontrei uma no fundo da mochila.

-Depois eu devolvo, obrigado.

 

   Após o término do curso, estava quase no portão e escuto uma pessoa gritando dentro da escola e decido olhar para trás. Lá estava o menino novo da minha sala com a caneta em sua mão.

 

-Muito obrigado mesmo pela caneta. A propósito meu nome é Jungkook, mas pode me chamar de Kookie. – Ele é muito simpático também.
           -Meu nome é Jimin, prazer. – Apertamos as mãos e um choque percorreu meu corpo assim que fiz contato com sua pele macia – Prazer mesmo, mas eu tenho que ir. Nos vemos semana que vem, tchau - Dei as costas e saí.

A partir desse dia, Kookie e eu criamos uma relação de irmãos, mas infelizmente ele teve que se mudar de Busan para a capital e não conseguimos manter contato.

 

 

FLASHBACK OFF

 

 

   Voltei para a sala e encontrei um Jungkook todo largado e relaxado.

 

-Bom Kookie, qual o favor que você ia me pedir?

-Então, cheguei hoje de Seul e estou em um hotel aqui perto. Será que eu posso ficar aqui um tempinho até achar um lugar pra mim? – Soltou tudo muito rápido e com esperança nos olhos.

-Mas é claro, fique o tempo que quiser. Não tenha pressa, eu fico aqui sozinho o dia todo e seria bom ter alguém para conversar.

-Obrigado hyung, te amo. – Ele praticamente se jogou em cima de mim e me deu um beijo no canto da boca, ficando envergonhado depois do ato.

 

 

 

>>><<< 

 

 

   KOOKIE ON

 

   Fiquei muito feliz quando Jimin me deixou ficar em sua casa. Voltei para Busan para morar e dessa vez não pretendo me afastar do meu ChimChim.

   Desde a primeira vez que nos encontramos eu notei algo diferente nele, só não sei o pode ser, ainda não descobri.

 

-Quando você pretende trazer suas coisas pra cá? – Me perguntou da cozinha.

-O mais rápido possível. Quando você está tranquilo? Eu não quero dar mais trabalho.

-Que isso, você não me atrapalha em nada. Eu ainda te ajudo. –Seu sorriso me contagiava. – Se você quiser podemos pegar hoje mesmo. Só vou tomar um banho e vamos lá no hotel.

-Ok, eu fico aqui quietinho te esperando.

  

   Ele foi então tomar seu banho e eu comecei a ver umas coreografias no celular. Eu tinha me formado em artes cênicas no final do ano passado. Percebi que o barulho do chuveiro tinha acabado e logo deduzi que Jimin já havia terminado. Logo escutei gritos do banheiro pedindo a toalha e eu fui sem pensar duas vezes.

Fui em seu quarto, peguei a toalha que estava em cima da cama e quando entrei no banheiro vi a cena mais HIPNÓTICA de todas: Jimin totalmente nu, abaixado de costas para a porta, pegando as coisas do chão.

Fiquei ali parado como uma estátua e assim que percebeu minha presença, se assustou e derrubou tudo que havia em suas mãos tentando se cobrir. Pena que já era tarde demais. Vi tudo o que tinha que ver.

 

 

JIMIN ON

 

   Assim que fechei o registro do chuveiro e saí do box, notei que não tinha pego minha toalha e nem minhas roupas. Como não estava sozinho pedi para Jungkook pegar para mim e como sou um tanto desastrado bati o braço em meus pertences, deixei cair no chão e abaixei para pegar. Não escutei um ruído se quer e pensei que Kookie não tinha escutado meu pedido, mas me enganei feio. Ele estava ali, petrificado me olhando intensamente.

 

-Meu Deus Kookie, saí daqui, vai – Disse mais alto do que pretendia. Ele não me respondia, não se mexia, não reagia de forma alguma. – Vamos, me dá isso.

Peguei a toalha de sua mão e me enrolei saindo do banheiro querendo enfiar a cabeça num buraco

 

>>><<< 

 

   Estávamos no carro a caminho do hotel onde Kookie estava hospedado e desde a cena no banheiro, não tínhamos trocado uma só palavra.

 

-Hyung, desculpa ter entrado daquela maneira no banheiro. Não era minha intenção. Você me perdoa? – Impressionante como a inocência dele continuava viva.

-Esquece isso e está tudo bem. Acidentes assim acontecem.

-Não Jimin, não acontecem. Eu não consigo nem olhar para você sem sentir vergonha, como posso ficar na sua casa assim? – Demorei um pouco para ver que ele estava chorando.

-Jeon Jungkook! Para de chorar. Foi um fato e já passou. Não fica assim – Falei segurando seu rosto bem próximo ao meu. Tão próximo que conseguia sentir sua respiração descompassada.

-Como eu te adoro Jiminie. Vamos lá pegar minhas coisas e depois eu pago a hospedagem.

 

   Depois dele pagar, voltamos para meu apartamento e Jungkook já estava mais a vontade, mas ainda com vergonha de mim.

      Vai ser complicado tirar essa cena da cabeça dele, mas tenho umas ideias.


Notas Finais


Deixem os comentários e os favoritos se gostarem.
뽀뽀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...