História My Angel (Jikook) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jungkook, V
Tags Bts, Jikook, Vhope
Exibições 151
Palavras 793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Próximo capítulo: Segunda feira.

Capítulo 2 - Cap.2


Fanfic / Fanfiction My Angel (Jikook) - Capítulo 2 - Cap.2

KOOKIE ON

 

   Assim que chegamos ao apartamento de Jimin me senti meio desconfortável em estar sozinho com ele depois de hoje cedo. E só de lembrar do que aconteceu uma sensação invadiu meu corpo. Por sorte eu estava sozinho na sala, pois já começava a ficar vermelho.

-Ei, quer levar as coisas para o quarto? – De onde ele surgiu?

-Posso descansar uns 5 minutinhos? Estou morrendo.

-Sem problemas. Eu vou fazer o almoço, quer alguma coisa especial para comer?

-Não, o que você fizer está ótimo. Aliás onde eu vou dormir?

-No meu quarto né querido.

-Você tem um colchão sobrando?

-Não, vamos ter que dividir a cama ou eu posso dormir no sofá. – Dividir a cama? O que?

-Não, de jeito nenhum. Você fica na sua cama e eu fico no sofá. Imagina se eu vou tirar o seu conforto.

-Kookie, a gente vai dividir a cama então e sem discussão.

   Suspirei me sentindo cansado e derrotado. Isso não vai dar certo.

 

 

JIMIN ON

 

   Uma das ideias para fazer Jungkook se soltar e perder a vergonha comigo era dividir a cama. Não era grande coisa, mas não podia simplesmente enquadra-lo, que tipo de amigo eu seria?

   De repente meu celular começa a vibrar em meu bolso e vejo que é Hoseok mandando mensagem.

 

Oi sumido, como vai?

Bem, sabe quem voltou para Busan e está aqui em casa?

Quem?

O Kookie.
Lembra dele?

PORRA!!!! A tempos eu não vejo ele.

Logo mais vamos nos encontrar. Vou te fazer uma visita e levar meu namorado junto.

Namorado Hoseok? GLÓRIA, GLÓRIA, ALELUÍA.

Kkkkk, para de ser idiota.

Depois conversamos, Tae está me chamando.

BJSSSSSS, tia te ama!

 

 

   Como sinto falta do Hoseok e suas palhaçadas.

 

 

>>><<< 

 

   Terminei de preparar o almoço e resolvi chamar Jungkook que estava no quarto colocando suas coisas em meu guarda-roupa.

   Abri a porta e vi Kookie com um short fino com a bunda pra cima. Cheguei de mansinho e o segurei pela cintura. Nem eu entendi o porquê fiz isso e vi Kookie se arrepiar por inteiro. Logo me dei conta da merda que estava fazendo e o soltei.

 

-Desculpa, eu só... – Não sabia o que dizer. Devo estar ficando louco.

-Ah, tu-tudo bem. – Ótimo, deixei o garoto nervoso. Parabéns Jimin.

-Vim te chamar para almoçar. Depois você termina de arrumar isso.

-Vamos então.

 

   Fomos para a cozinha e ele se serviu. Fiz o mesmo e nos sentamos um de frente para o outro em silêncio, que não durou muito.

 

-Então, em que você pretende trabalhar?

-Bom, eu quero ser coreógrafo.

-Jura? Eu trabalho com isso. Se quiser eu levo você no estúdio pra fazer um teste, tem uma vaga esperando por você.

-Jiminie, eu te amo muito. Você caiu do céu, meu anjo – Repentinamente ele me deu um selinho e saiu saltitante.

   

>>><<< 

 

   Ainda não acredito no que Kookie fez, passei a tarde toda imaginando coisas improprias e notei que já estava na hora de dormir.

   Kookie já estava sentado na sua parte da cama e me arrependi amargamente de ter dado a ideia de dividirmos a mesma. Ele estava apenas de cueca o volume no meio de suas pernas estava muito visível. Seus cabelos estavam úmidos e isso o deixava mais sexy, no nível extremo. HÃ???

   Não estava conseguindo me concentrar em outra coisa a não ser naquele ser que estava tão exposto em cima de minha cama.

-Hyung? Está tudo bem? Você está suando.

   Eu simplesmente não conseguia raciocinar, só fiquei ali parado apreciando a vista quando o vejo muito próximo a mim.

-Jim... – Não o deixei terminar e por impulso o beijei com vontade, arranhando suas costas e cintura.

   Ficamos dessa forma até o ar acabar e aí eu percebi o que tinha acabado de acontecer.

 

-O que foi isso Jimin? Você está ficando louco? PORRA!!!

-Eu não sei o que deu em mim. – Estou morrendo de vergonha dele.

-Parece que o jogo virou não é mesmo? – Ele está rindo? COMO ASSIM?

-Você está rindo? Não faz sentido, era pra você estar com odeio de mim ou algo do tipo.

-Jiminie, larga de ser idiota, eu não consigo te odiar. Vamos dormir.

   Nesse momento eu estou com a cara no chão. Esse menino é tão especial, mas o desejo que eu senti naquele momento ainda não passou e uma onda de prazer ainda invade meu corpo. Decido me deitar e logo sinto seus braços me rodeando e descendo para minhas pernas. Resolvi então ignorar, já que o mais novo estava dormindo e não tinha a consciência do que estava aprontando.

   No meio da noite, sinto Kookie se movimentar e notei algo duro em minhas costas, uma respiração quente em meu pescoço e ouvi gemidos bem baixinhos, mas estava embriagado de sono e voltei a dormir.


Notas Finais


Capítulo novo. Espero que gostem.
뽀뽀


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...