História My Baechu - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias G-Friend, Girls' Generation, Red Velvet
Personagens Eunha, Jessica, Joy, Seulgi, SinB, Sowon, Taeyeon, Tiffany, Wendy, Yeri, Yuju, Yuri
Tags Seulrene, Sinju, Taeny, Wenrene
Exibições 57
Palavras 1.635
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Orange, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora, tinha que estudar para português e descobri que não gosto do renascimento kkkkk enfim boa leitura 👉👈❤❤

Capítulo 4 - Tarde Juntas


Fanfic / Fanfiction My Baechu - Capítulo 4 - Tarde Juntas

        PV : Wendy

Quando SinB chegou, Irene estava dormindo feito um anjinho,ela e tão delicada, que parecia uma bonequinha de porcelana, da até medo de tocar e quebra

-Valeu Wendy, não sei como te agradecer- a mais velha fala se aproximando de mim e de Irene

-não precisa..Se você quiser passa a tarde com a Yuju, vai sem problema, eu fico aqui com ela - falo olhando a morena

-E sério? - fala com um sorriso

-aham...eu não tenho nem um compromisso pra hoje mesmo - retribu-o o seu sorriso

-aigoo...Você é a melhor prima do mundo- fala, e se joga em cima de mim

-ashi..tá bom, tá bom, para de ser gay- falo sorrindo e ela me solta

-Eu e a Yuju voltamos a noite -assenti e ela sai da casa das Kim

olho pra joohyun e ela parece está em um sono tão profundo e gostoso, mas eu tinha que acorda-la, já estava na hora do outro remédio, ashi eu não quero acorda ela, seria muita maldade, talvez ela esteja em um sonho bom..

             Pv : Irene

um campo de flores, o amor da minha vida, e um céu lindo, o que eu posso pedir mais? Nada! Já tenho tudo que quero, Seulgi olhava pra mim com um sorriso lindo que só eu tinha o direito de ser privilegiada a olhar

-Irene-ah…eu nunca vou te deixa- fala segundo minha mão

Sorrio após ouvi suas palavras- eu também nunca vou te deixa pikachu -aperto suas bochechas e lhe dou um selinho

Seulgi se levanta e olha para trás de mim, faço cara de confusa olho pra trás e vejo Joy, só pode tá de brincadeira

-Seulgi...-A chamo e ela vai em direção a Joy

-desculpa Kim..mas, você perdeu- Joy fala e segura a mão de Seulgi, elas desaparecem da minha vista

-você falou que não ia me deixa - falei baixinho e meu rosto começou a ficar molhado, me encolhi naquele grande espaço, eu estava sozinha…

                             (…)

-Irene, Irene-ah acorda- era uma voz conhecida abro os olhos, minha visão não estava muito boa, então ainda não via a pessoa, esfrego os meus punhos nos meu olhos e olho para a dona da voz conhecida, era Wendy, ela ainda estava aqui? Nossa, tenho que me lembra de agradecer ela depois

-Wendy-ah - não sei por que, mas eu abraço ela, a mesma retribui e eu escondo meu rosto na curva do seu pescoço, estava bastante envergonhada por ter a abraçado

-você está bem? Eu ouvi você soluçar- a ruiva passa a mão na minha costa

Fosso uma "não" com a cabeço e aperto ela, é tão macia, que parece um ursinho..ursinho..era assim que eu chama Seulgi droga! Por que simplesmente não esqueço essa garota? Ela só me faz mal, quando volto a realidade, percebo que já fazia um tempo que eu estava colada a Wendy, coro intensamente e a solto, ela sorri. O sorriso dela e muito lindo da vontade de encarar-lo por várias horas, mas, eu não vou fazer isso e estranho e ela vai pensar que sou louca

-você tem que toma o remédio - ela fala e eu faço uma careta, eu não gosto de tomar remédios, isso me lembra quando eu era pequena e tinha que tomar várias deles, tive até que tomar hormônios porque nasci prematura

-ashi eu não gosto de remédios -faço um bico e novamente parece aquele sorriso lindo..ai meu kokoro, faz isso não moça

-mas é pro seu bem manhosa, espera aí que eu vou buscar - ela vai em direção a cozinha

Espirro, droga esqueci que ainda estava gripada, espera..eu não vi a SinB aqui e já estava de tarde, Wendy ficou comigo esse tempo todo? meu deus conheci a menina hoje e já estou dando trabalho pra ela. Wendy volta com uma pílula e uma copo de água, a mesma entrega para mim, ela ri, provavelmente deve ser da minha demora pra bota na boca

-quer que eu te de na boca também? - fala sorrindo

- seria bom - mumurro olhando para a pílula

-Que? - me olha confusa

-nada não - sorrio nervosa e toma a droga do remédio- obriga Wendy-ah por ficar comigo, você já pode ir pra casa se quiser, eu já te dei muito trabalho -olho pro teto

- não foi nada, já faz tempo que eu não cuido de um bebezinho e você parece um -aperta minhas bochecha e eu gemi de dor- e a nossa tarde juntas? Você já esqueceu é? -eita...esse remédios já estão mexendo com os meus neurônios, até tinha esquecido da tarde com Wendy

-eita...verdade, tá vendo? você não deveria me dar esses remédios, já até tinha esquecido - faço um bico

-tá bom..mas agente não pode sair, você pode ficar com febre, vamos fazer um programa caseiro o que acha? - eu não gosto de ficar em casa, mas essa droga de gripe não me deixa sair, ashi eu queria tomar sorvete

-aaahhh mas eu queria sair - faço um bico, cruzo os braços e ela ri

- mas você não pode baechu -ela cora awnn que apelido fofo

-awn que fofo..eu gostei - aperto suas bochechas e ela fica que nem um tomate

-então...Vamos pedir uma pizza e ver filmes? sei lá - ela cosa a nuca ainda envergonhada

Sério, eu tenho que dar um apelido para ela, mas, acho que não vou achar um apelido tão fofo, quanto o que ela me deu, olho para Wendy e ela estava com uma blusa do olaf, talvez ela goste dele

- claro..olaf - coro, não sei se ela vai gosta desse, mas eu tô sem idéia agora, ela sorri, talvez tenha gostado

-er...eu vou pedir a pizza e..Você escolhe o filme aí - fala um pouco nervosa e um pouco menos corada, ela sai, provavelmente vai procura seu celular

volto do mundo da lua e vou procura um filme descente, minha appa só gosta de filmes velhos e minha omma só daqueles romântico, melequentos e gays, depois de uma tempo procurando, acho um que SinB trouxe quando  veio dormir aqui, era de terror, eu não gosto desse tipos de filme, mas era o único que prestava. Wendy volta depois de um tempo

-SinB falou que ela não vai poder dormir aqui..parece que o Tyler e a Tia Jessica brigaram e ela tá com medo que ele faça alguma coisa pra tia Sica - fala um pouco triste, Tyler e tipo a ovelha negra da família ninguém gosta dele

-nossa...mas, você vai dormir aqui né?- falo um pouco ansiosa

-ah..Si..sim - ela cora, me controlei para não ir até ela é morde aquela olaf… o que?- Então..o que você escolheu pra gente? - ela senta do meu lado e pega  o filme da minha mão -não sabia que gosta desse tipo filme

-Não gosto..mas eu não vou assistir filmes gays nem velhos - ela sorri e me faz sorri também

- o cara da pizza falou que não vai demorar..mas, se passa de trinta minutos a pizza vai ser de graça - fala e fica mexendo nas mãos

-E o que agente faz durante isso? -pergunto

-não sei..só conversa mesmo..um que tal perguntas e respostas? -fala ela, e deita a cabeça nas minha pernas..aí eu me pergunto, aonde foi a timidez dela?

-tá..eu começo!..Por que você veio pra Seul?-pergunto

-as pessoas lá no Canadá são..Como posso dizer..Elas não gosto de pessoas como eu - responde e me olha

-pessoas como você?

-ei...Agora quem pergunta sou eu - ela ri - hum...Por que a SinB não gosta do Tyler? ele parece legal

-…por que foi ele que separou a tia jess da minha appa..Na verdade foi a tia Jessica com ele, ela traio minha appa com Tyler aí minha appa descobriu tudo, então elas se separaram, minha mãe era secretaria da minha appa aí você sabe o resto

-aham...mas, ela não deveria odiar ele..Já que a culpa não é só dele -fala, me olhando direto nos olhos, isso me da um pouco de tensão e vergonha

-ele é muito malvado com ela, sério, a tia jess foi muito burra de ter largado a Appa - falo e boto uma mão na sua bochecha

- Mas se a tia jessica não tivesse traído sua Appa, seus pais não se conheceriam e você não tinha nascido- ela fala, né que ela tinha razão

-certo - falo aproximando meu rosto do seu, eu realmente queria beija-la, quando senti sua respiração bater contra a minha boca, me deu um arrepio, a maldita campainha toca quebrando o clima, o mundo está contra mim só pode, ela se levanta e vai até o entregador, pelo menos a pizza foi de graça, já que ele demorou muito. Wendy vem até mim, como se não tivesse acontecido nada e bota a caixa entre nós duas

-você vai querer um prato?- a ruiva pergunta

-não - me levanto e boto o filme, volto ao meu lugar e pego uma fatia, a ruiva faz o mesmo então o filme começa e eu não estava prestando muito atenção no nele, eu realmente ia beija Wendy na aquela hora? Será que eu tô com uma paixonite por ela? Acho que não, eu conheci ela hoje,  mas eu chamei a menina pra dormir aqui, que abusada eu não? Ela pode pensar que eu sou um tipo de tarada ou sei lá, balanço minha cabeça para afastar esses pensamentos e olho para Wendy, ela está meio encolhida provavelmente está com medo, chego mais perto dela, envolvo o meu braço no seu e deito minha cabeça no seu ombro, eu sei que tô sendo abusada, mas eu não sou besta!, ter uma ruiva dessa aqui na minha casa, de bandeja e eu não vou aproveitar? Nem pensar, finalmente olho pro filme e parecia que ele estava no meio…


Notas Finais


Desculpe qualquer erro.. quem quiser conversa comigo, dar sugestões ou até uma bronca meu Tiuti e @BaechuRepolha

Tchauzinho ✌💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...