História My Beautiful Doctor (Park Jimin) - Capítulo 10


Escrita por: ~ e ~annylima24

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Bts, Jimin
Visualizações 102
Palavras 1.286
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oieee. Voltamos seus lindos.
Capítulo feito pela ParkDuda.
Não me matem por causa desse capítulo.
Amamos vocês.

Capítulo 10 - Melhores dias.


Fanfic / Fanfiction My Beautiful Doctor (Park Jimin) - Capítulo 10 - Melhores dias.

 Jimin estava  no chão desmaiado, sua pele estava pálida e gelada, mas eu não podia me desesperar, é apenas mais um desmaio, logo isso vai acabar. Liguei para a ambulância e logo fomos para o hospital. 


         Agora estamos no hospital, as coisas parecem que não estão normais. Estou na sala de espera e Jimin ainda está desacordado. Vejo o doutor Yah e corro até ele, suas expressões não são boas. 


         -Doutor, como Jimin está? 


         -Vamos para a minha sala, lá conversaremos melhor. 


        Concordo e o sigo até sua sala, ele parece preocupado. 


        -Doutor, está me matando do coração. 


     -Sinto muito, mas serei direto. O Jimin teve uma piora muito grande, e não está reagindo a nada. 


     -Mas isso eu já sei. Será que tem como adiantar logo a cirurgia? 


     -Esse é o problema, ele está muito fraco, se fizermos a cirurgia com ele nesse estado, ele provavelmente não irá resistir. 


      Não disse mais nenhuma palavra, apenas senti as lágrimas escorrerem pelo meu rosto. 


    -Não se desespere. - continuou - Assim que ele estiver um pouco melhor, faremos os procedimentos. 


        -Ok. 


     Ouvimos alguém bater na porta e o Doutor vai atender, era uma enfermeira avisando que Jimin acordou. 


       -Vamos? - pergunta o Doutor. 


       -Vamos. 


      Entrei no quarto onde Jimin estava e o vi, tão fraco, tão pálido, era torturante ver aquela cena. 


        -Oi meu amor - disse sentando ao seu lado. 


       -Oi... - disse com a voz fraca. 


     -Olha, não se preocupe, logo logo isso vai acabar, você vai fazer a cirurgia e vai ficar tudo bem. 


      -Doutor, pode nos deixar a sós por um momento. - Jimin falou sério. 


      -Ok. - disse o doutor Yah saindo em seguida. 


      -Meu amor, está tudo bem? - perguntei preocupada. 


      -Amor, eu não...não vou fazer a cirurgia. 


     -Como assim? O doutor acabou de... 


     -Eu sei o que ele disse, ele também conversou comigo, mas eu sei que não vou resistir a cirurgia, eu já estou muito fraco, já estou no fim... 


      -Não! - lágrimas já rolavam em meu rosto. - Você precisa tentar, você não pode... 


      -Existe muitas pessoas precisando dessa cirurgia. 


      -Você é uma delas. 


     -Você não entende! Eu vou morrer de qualquer forma, eu vou apenas fazer uma cirurgia que não vai adiantar pra mim, mas que poderia salvar a vida de alguém? Eu não posso fazer isso. 


       -Por favor.. 


      -Eu te amo, mas eu não vou fazer a cirurgia. 


     -Você precisa saber uma coisa Jimin. É que eu estou... 


      -Está o quê? 


     -Nada, deixa pra lá - eu não consegui dizer que ele seria pai, não naquela situação. 


      Comecei a chorar como uma criança e fui saindo do quarto um pouco tonta, cheguei no corredor e sentei no chão, a única coisa que podia fazer era chorar. Senti meu celular vibrar em meu bolso, olhei e era o Kookie, eu não poderia atender naquela situação, então desliguei, mas ele voltou a ligar, então atendi. 

 

           <<Ligação On>>
         -Hyunah? 


          -Oi Kookie. 


        -Por que está com a voz assim? Está chorando. 


         -Não, está tudo bem. 


       -Nonna, eu te conheço. 

 


    -Kookie, é que... - eu não podia dizer a situação de Jimin, não podia preocupa-lo. - Eu acabei de saber que estou grávida. 


      -Meu Deus!! - sua voz eufórica me fez sorrir por um segundo. - Parabéns!! Estou muito feliz, muito mesmo. Como o Jimin reagiu a isso? 


     *Tirando o fato de que ele não sabe...*


      -Super bem, ele ficou muito feliz. 


     -Que bom que está tudo bem, porque eu liguei pra te dizer que aqui está tudo uma maravilha, está tão bom que a família do Tae quer que fiquemos aqui por mais tempo do que o planejado. 


        -Quanto tempo mais? 


     *Eu vou ficar sozinha quando Jimin morrer*


      -O planejado eram seis meses, mas querem que fiquemos aqui por um ano. O que acha? Se precisar que eu volte por qualquer motivo, pode dizer, eu volto imediatamente. 


       Segurei as lágrimas. 


     -Não Kookie, pode ficar, aproveite bastante e não se preocupe comigo, eu estou bem. 


         -Que bom, obrigado. 


      -Por nada. Kookie, eu preciso desligar agora, mas qualquer problema pode me ligar. 

  
        -Tchau, beijos. 


          -Beijos... 
                         <<Ligação Off>>

 

Eu preciso convencer Jimin a fazer essa cirurgia! 

 

Dois dias depois... 

 

   Jimin não mudou de opinião, e também não teve muita melhora, pra ser sincera, já teve várias complicações. 


       Nesse momento estou na sala de espera, Jimin está na UTI e ainda não o vi hoje, mas ontem ele se despediu de mim como se fosse a última vez, o que me deixou muito desconfortável. 


          -Senhorita Hyunah - era o doutor. - Precisa subir comigo agora.    


       Não questionei, apenas subi quase correndo, o que será dessa vez? 


       Entrei na UTI com o doutor, e vi Jimin da pior forma que poderia ter visto, meu coração apertou, ele estava mais magro que o normal, e seu olhar era de desespero. 


        -Que bom que você chegou... - disse em voz fraca. 


        -Meu amor, te amo, te amo. 


        -Hyunah, apenas me escute, ok? 


        -Ok... - eu estava cada vez mais preocupada. 


     -Hoje eu posso dizer com toda certeza que eu te amo como nunca amei ninguém, minha flor... Você fez com que meus últimos dias fossem melhores do que minha vida inteira sem te conhecer. - eu queria o atrapalhar, queria dizer que ia ficar tudo bem, queria dizer que ele ia ser pai. - Então meu amor, não fique triste, você me deu a melhor vida que alguém poderia ter. Você foi a última e a melhor coisa que consegui conquistar em minha vida. Me desculpa, me desculpa te fazer chorar, era esse meu medo no início, te fazer sofrer. Você não imagina o quanto eu te amo, e esse amor não morrerá comigo, jamais, eu sempre vou te amar. Eu quero que você siga em frente, quero tenha um namorado, um noivo, um marido, filhos, e que conquiste a família que sempre sonhou - você já me deu essa família, pena que não sabe. - Ei moça, seja feliz, pois você me fez o homem mais feliz do mundo. Se você soubesse o que fez comigo, se você soubesse como me ensinou a amar, se soubesse o quanto eu te amo, você estaria sorrindo. Meus últimos meses soram melhores do que a vida inteira de muita gente. Então só posso pedir desculpas! Desculpa por não ter conseguido ser seu marido, e não ter conseguido ser o pai dos seus filhos. Eu te... - a única coisa que se fez ouvir foi um suspiro, seu último suspiro. 


       -Não!! Não Jimin, por favor.... ALGUÉM FAZ ALGUMA COISA. - o médico e as enfermeiras foram até ele, mas não houve correria, e nem ninguém tentando reanimar... nada. 


       -Sinto muito, ele se foi... - disse o doutor. - Não há nada que possamos fazer. 


       -Não!! - eu chorava como uma criança. 


       A pior dor que já senti: A dor de perder Park Jimin. 


       -Jimin, meu amor, por favor, desculpa por eu não conseguir dizer em quanto era tempo, você vai ser pai... Você vai ser pai. Não, por favor, não.... 

 

..... 


        E foi assim, o pior dia da minha existência. 

 

1 ano depois...

 

    <<Ligação On>>

      -Ei Nonna, volto amanhã pra te perturbar. - era Kookie. 


       -Finalmente, achei que não voltariam mais. 


       -Desculpa te decepcionar - ele sorrir. 


      -E Jimin está bem? 


      -Qual deles?  - isso mesmo, o Kookie não sabe que ele se foi. Só saberá amanhã. 


       -O Jimin marido. 


       -Ele está bem. 


      -E o Jimin filho?  - isso mesmo, o nome do meu filho é Park Jimin. 


        -Está ótimo. 


       -É tão antigo esse negócio de por no filho o mesmo nome do pai. 


        -Você sempre diz isso. 


       -Exato... Ei, tenho que desligar, vou aproveitar meu último dia aqui. 


        -Ok, tchau. 
                     <<Ligação Off>>

Eu sofri tudo sozinha, mas consegui sobreviver. 


Notas Finais


Eu preciso divulgar a fanfic da minha amiga, a fic é com o G-Dragon e é uma maravilha.
Link: https://spiritfanfics.com/historia/mafioso-9821874


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...