História My Beautiful Doctor (Park Jimin) - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~annylima24

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin
Tags Bts, Jimin
Visualizações 104
Palavras 1.215
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demoramos mas voltamos.
Estamos com muitas atividades escolares, por isso demoramos.
Mas está aí.
Boa Leitura.

Capítulo 9 - Pequenas Esperanças.


Fanfic / Fanfiction My Beautiful Doctor (Park Jimin) - Capítulo 9 - Pequenas Esperanças.

     Hoje durante o meu turno no hospital, o Doutor Yah, que cuidou do Jimin no dia em que ele passou mal, me chamou pra conversar, eu já tinha explicado antes a ele que Jimin não reagia mais aos tratamentos, disse que isso estava acabando comigo, a dor que eu estava sentindo estava me corroendo por dentro, porém, em hipótese alguma eu o deixaria, não agora, não sabendo disso, o amo muito pra simplesmente virar as costas pra ele em um momento como esse. Foi sabendo disso que ele me deu a melhor de todas as notícias. 


      -Doutora Hyunah, sente-se por favor - diz o Doutor Yah assim que entro em sua sala.  


      -Queria falar comigo? - pergunto sentando em uma cadeira a sua frente. 


      -Sim, eu tenho uma ótima notícia pra te dar, bom, pelo menos eu acho.  


       -Então vamos, fale logo - digo já animada. 


     -Consegui um transplante de medula óssea pra o Jimin, e enquanto mais rápido ele vinher, mais rápido faremos o procedimento e mais rápido ele ficará longe dessa agonia.

 
      -Eu não acredito! - grito levantando da cadeira, vendo ele sorrir satisfeito. 


      -Pois é,  eu disse que era uma ótima notícia. 


     -Ótima? Ultrapassa isso, é uma notícia perfeita - digo sem conseguir conter meus ânimos - Vou falar com ele o mais rápido possível, tenho certeza que ele ira aceitar - sento novamente. 


      -Ótimo, assim que falar com ele entre em contato comigo, tem meu número, correto?  


     -Tenho sim. Vou agora mesmo falar com ele - levanto rápido e acabo ficando tonta, quase desmaio no meio do consultório.  


        -Hyunah, você está bem? 


      -Uhum, estou sim. Muita emoção, só isso - rio sem jeito - Estou saindo, muito obrigada por tudo.


    -Eu só fiz o meu trabalho - ele sorrir e eu saio de seu consultório ainda um tanto quanto destontiada, acho que minha pressão deve ter dado uma pequena anomalia devido a notícia que eu ganhei, seja o que for, hoje nada vai estragar meu dia. 


      Vou até o consultório da Sanny e pra minha sorte ela estava sem pacientes. Toda eufórica, já vou dando de vez a notícia completa, ela ficou mais feliz que eu. Combinamos de ir almoçarmos juntas, ela disse que seria melhor eu dar  a notícia pessoalmente e eu concordo com ela.  Estamos no refeitório do hospital a cerca de uns 10 minutos e eu nem se quer encostei na comida, fazem uns dias que só de olhar pra comida, seja ela qual for, meu estomago embrulha por completo. 


     -Não vai comer? - indaga Sanny já terminando seu prato.  


     -Estou sem fome.  


      -Sem fome durante quase um mês? 


       -Não faz tanto tempo assim. 


      -Faz sim. As tonturas voltaram?  


     -Não. Pensando bem eu senti tontura hoje sim, mas não vem ao caso, foi só emoção, só isso. Por que? 


      -Você tem se prevenido quando vai ter algo com o Jimin? Tipo camisinha. 


      -Bom, pra ser sincera, nós geralmente esquecemos e ... espera - paro pra pensar aonde ela quer chegar com isso - Não,  mas não mesmo pode tirar essa hipótese da sua cabeça, isso é meio que impossível. 


       -Não é não, o problema dele era no sangue não nas partes baixar. 


       -Sanny! - dou um tapa de leve em seu braço repreendendo o seu comentário - "O problema dele era"? 


      -Era, afinal, temos o transplante não temos? - concordo - Então. Agora querida, não mude de assunto, se realmente você estiver grávida eu quero ser madrinha - diz Sanny debochada.

 
      -Aigoo,  não tem como conversar com você, vou voltar pro meu consultório que é o melhor que eu faço. 


        Levanto deixando a bandeija sobre a mesa e vou saindo, escuto Sanny gritar um "Te amo" e respondo com um "eu sei disso". Todas as vezes que Sanny deu algum palpite sobre algo sério ela sempre acertou, e as probabilidades dela novamente está certa são bem grandes, mas se ela não tiver,  vou obriga-lá a nos pagar uma rodada de Soju mas se ela estiver certa, tenho certeza de que vou ouvir o seu famoso "Eu te disse, não disse? Pois é filha eu te avisei. " 


       Entro no meu consultório, atendo mais alguns pacientes e continuo pensando na hipótese que a Sanny citou hoje mais cedo, isso impregnou na minha cabeça de uma forma terrível. Após pensar bastante, chego a conclusão de que eu só vou ter minha paz novamente se tirar essa dúvida. O problema é eu não posso simplesmente chegar na minha ginecologista e dizer que quero fazer um teste de gravidez, ou posso? 


        Saio da minha sala praticamente correndo e vou até a sala dela, antes que ela vá embora, afinal, a maioria dos médicos já estão saindo, chego a sala da Doutora Lee e pego ela quase encerrando o seu turno.


         -Doutora Lee? 


       -Hyunah o que aconteceu?  


      -Eu preciso te perguntar uma coisa. Será que nós podemos conversar?  


        -Claro, vamos entre. - ela abre a porta novamente e nós entramos em seu consultório. 


      Assim que nos acomodamos explico a ela que já faz quase um mês que venho enjoando com frequência que tenho tido tonturas momentâneas e que engordei um pouco, ela fez a mesma pergunta que a Sanny me fez e levantou ainda mais a hipótese de que eu poderia sim estar grávida,  ela disse que com minha permissão faria alguns exames pra assim ter certeza. Amanhã vou ter que vim pra o hospital mesmo sendo minha folga, mas está tudo bem,  afinal é por uma boa causa. 


             ~Dia seguinte~


       Cheguei bem cedo pra poder fazer os exames que a doutora Lee me pediu exames, digamos que básicos exames de sangue, verificou minha pressão, peso,  entre outros,  e por mais que eu seja médica e saiba que é mais do que importante fazer exames de rotina no tempo certo,  eu odeio esses exames gerais. Já são quase 15:30, estou no consultório da doutora Lee esperando ela terminar de olhar os meus exames, vejo a mesma sorrir satisfeita e olhar pra mim. 


         -Pois é Hyunah,  você vai ser mamãe. 


          -Ma...mãe? 


      -É,  os testes deram mais que positivo, não tem pra onde correr - ella gargalha - Você vai ser mamãe.  


     *Eu não acredito eu não acredito* 

 

 Levanto e recebo o abraço mais caloroso que poderia ganhar hoje, agradeço a Doutora Lee e vou correndo falar com a Sanny, mostro a ela todos os exames, e como eu já havia previsto tive que ouvir o seu bordão: "Eu te disse. Não disse? Pois é filha eu te avisei". Acho que a Sanny ficou mais feliz do que eu. Saio do hospital aos pulos louca pra chegar em casa e contar ao Jimin, agora nada pode dar errado.  Jimin aceitou fazer o transplante daqui a três dias, ele vai passar pela cirurgia e com toda certeza vai ficar bom logo logo, estamos namorando oficialmente e agora Deus resolveu nos presentear com um menininho ou uma menininha, ainda não sei, o importante é que eu posso afirmar que vou ama-lo com todas as minhas forças porque é o fruto do meu amor com o meu Park Jimin. 


     Chego em casa já gritando o nome do Jimin pelos cômodos da casa, subo as escadas correndo e abro já o chamando, a alegria no meu peito era tanta que eu achei que fosse explodir. Porém... 


           -Ji... min? JIMIN!!!! 


Notas Finais


Eita, como assim gente?
Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...