História My Best Choice (Park Chanyeol) - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo, Heterossexualidade, Kai, Lay, Park Chanyeol, Romance, Sehun, Shoujo, Suho, Xiumin
Visualizações 802
Palavras 1.819
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi Jujubas 💘
Me desculpem pela demora, mas eu estou sem internet então fica difícil de postar...
Como vcs estão em ? Eu to mais ou menos, ainda to surtando por causa do MAMA.
Estou completamente orgulhosa de todos os meus amores ( BTS, EXO, Zico, MX, Got7, Seventeen - Que por acaso lançou MV novo, aliás, vcs já viram o estrago? - Taemin mozão e Twice 💘).
Quem tiver assim como eu se manifeste nos comentários, vamos interagir ♡

Capítulo 26 - Sim, Yeol !


Fanfic / Fanfiction My Best Choice (Park Chanyeol) - Capítulo 26 - Sim, Yeol !

Não há nada como nós, não há nada como eu e você.                               Juntos através da tempestade.               Não há nada como nós, não há nada como eu e você.                                Juntos !                                                  Nothing Like Us - JungKook.

Eu me encontrava totalmente nervosa enquanto esperava no camarim revendo novamente todo o meu plano. 

 Os garotos estão fazendo um show como de costume, mas a diferença é que hoje, especialmente hoje é o aniversário do Chanyeol e enquanto eles comemoram no palco, eu estou aqui no pequeno sofá só esperando para ter meu amado em meus braços para poder lhe desejar um feliz aniversário. 

 Daqui do camarim eu posso ouvir um "parabéns pra você" sendo cantado tanto pelas fãs quanto pelos membros, e a minha vontade é de ir comemorar junto deles, mas eu não posso. Não por enquanto. 

 Eu e o Chanyeol estamos muito bem juntos e seria mentira se eu dissesse que isso que acontece entre nós não é quase um namoro, porque é. A única coisa que falta é um pedido oficial e uma aceitação da minha parte. 

Eu e ele conversamos a um tempo atrás e eu lembro de ter dito que não estava preparada e que não era o momento para isso. Ele pareceu entender de boa, mas volte e meia ele brinca me pedindo em namoro e comenta como seria se eu aceitasse. Eu me sinto mal, porque sei que apesar de ser uma brincadeira isso é algo que ele realmente quer, minha avó uma vez me disse que toda brincadeira tem um fundo de verdade e eu levo isso a sério. 

 Isso parece ser a coisa mais normal do mundo aos olhos das outras pessoas, mais aos meus não. Me comprometer novamente, e ainda por cima com um idol como o Chanyeol não é pra qualquer um. As fãs já sabem que o Chanyeol está tendo algo com alguém, e algumas delas já estão a me atacar sem ao menos saber quem sou eu. Imagina se eu mostrar as caras ? Não quero que joguem ovo podre na minha casa, obrigada ! 

 O manager diz que os garotos já estão saindo do palco e eu me escondo devidamente para que o Chanyeol não me veja, ele não sabe que eu estou aqui. 

 Escuto vozes se aproximarem e logo elas penetram o silêncio do camarim, daqui posso ver os meninos cansados e soados por terem feito mais uma apresentação como as milhares que eles são acostumados a fazer. E no meio de todos eles posso ver meu amor com um lindo sorriso no rosto demonstrando sua felicidade extrema. 

 Kai - O que você achou do show de hoje ? - Direciona a pergunta para o Channie. 

 C- Há, eu amei. Obrigada rapazes, é sério, estou feliz por terem comemorado comigo ! - Seu sorriso aumenta de tamanho. 

 Baek- Chanyeol, você sabe que estamos aqui pra tudo não é ? - O garoto assente e os rapazes dão um abraço em grupo, se soltando logo depois - Porém - Baek faz questão de infatizar essa última palavra - a surpresa ainda não acabou.

 C - Quê ? Como assim ? - Há, essa é a minha deixa.

 Eu - Tcharam - Pulo para fora do meu esconderijo - Surprise baby ! - ele me olha assustado e sem dizer uma palavra sequer me abraça forte deixando transparecer toda a saudade que sente de mim por não poder me ver a exatas 3 semanas. 

 Ele - O que está fazendo aqui ? 

Eu - Vim te fazer uma surpresa ora. É seu aniversário e pensei que gostaria de me ver - Nos soltamos e eu posso ver que seu sorriso aumentou 5x mais, não é atoa que ele é chamado de happy vírus. 

 Ele - Eu gostei muito - Me dá um breve selar que logo é interrompido por Baekhyun. 

 B - Ta tudo muito lindo, tudo muito belo e coisa e tal, mas eu também quero um abraço, eu também estou com saudades ! - Diz irritado.

 Eu - Há Baek, vem aqui ! - Faço um biquinho e puxo a criança na minha frente pra um abraço.                                                                            X 

C - Espera, esse é o carro do seu irmão ? - Chanyeol pergunta assim que chegamos no estacionamento.

 Eu tive que pedir/implorar para que o manager deixasse eu roubar o Chanyeol por algumas horas e depois de muita exitação da parte dele ele enfim deixou. Acho que ele não aprova muito isso que temos. 

 Eu - Sim, não sei se você sabe, mas eu não tenho dinheiro pra comprar um carro. 

 Ele - E por que você não anda no meu ? 

 Eu - Por que você não tem ? - Entramos no mesmo. 

 Ele - Hu, magoou. Eu posso comprar um se você quiser ! 

 Eu - Chanyeol, é sério, não tem necessidade disso. 

 Ele - Ok, ok - Levanta a mão em sinal de rendição - Aonde vamos ? - Ele pergunta assim que dou partida no carro. 

Eu - É surpresa !                                                                                            

 Chegamos ! - Estaciono o carro. 

Ele - Tem certeza ? - Pergunta olhando torto para o local em questão.  

Eu - Sim - Saímos do carro e eu pego uma cesta dentro do porta malas, logo eu o guio para o local certo. 

 Ele - Sinceramente, isso da medo.

 Eu - Há,para Yeol é claro que não.  

Ele - Se você acha normal andar numa floresta as uma da manhã eu não posso fazer nada. 

 Eu - Primeiramente que não é uma floresta e sim um bosque, segundo que já estamos chegando e terceiro que é super seguro. Você que é um medroso ! 

 Passei o resto da trilha com o Chanyeol reclamando no meu ouvido, e eu tive que me segurar pra não dar uns bons tabefes nele pra que ele calasse a boca. 

 C - Uaaau - Ele exclama quando chegamos ao nosso destino. 

Sei que ele está encantado pois o lugar é realmente lindo. Se trata de uma parte do bosque com uma cachoeira linda de água cristalina e ao lado dela há uma cabana de madeira com algumas luizinhas brancas iluminando o local. É a verdadeira visão do paraíso. 

Eu vinha aqui com meus pais quando era criança, o terreno é de um amigo extremamente ricos deles.

 Eu - Vem ! - Puxo Chanyeol pelo braço e vamos até a cachoeira. Pego dentro da cesta algumas toalhas e estendo no chão onde nos sentamos. 

Ele - Como achou esse lugar ? - pergunta olhando ao redor. 

 Eu - Eu vinha aqui com meus pais quando era criança, o terreno é de um amigo do meu apah, pedi permissão e ele me deixou vir aqui - Sorrio retirando as coisa de dentro da cesta. 

Em alguns minutos nós começamos a devorar tudo que está a nossa frente e eu só consigo pensar em como o Chanyeol está me fazendo feliz e em como eu estou certa do que irei fazer em alguns minutos.

 Acabo de tomar o último gole do meu vinho e passo a língua pelos lábios na intenção de prolongar mais o sabor. 

 Ele - Você quer mais vinho ? - Pergunta ele já com a garrafa em mãos. Eu apenas rio e nego com a cabeça. 

Eu - Não posso beber muito, estou dirigindo. 

 Ele - Uh, verdade ! Então acho que vou parar também - Coloca a garrafa de lado -  O que vamos fazer agora ? 

 Eu - Bom, tecnicamente nós ainda temos - Olho no relógio - 2 horas antes de eu te levar pra casa, então podemos fazer o que você quiser. 

 Ele - Jura ? - Sorri maliciosamente se aproximando de mim - O que eu quiser ? - assinto - Há, eu adorei saber disso - Sussurra em meu ouvido e logo seus lábios estão roçando os meus. 

 Sem perder tempo ele aprofunda o beijo buscando mais contato entre nós dois. Suas mãos me puxam para o seu colo e as minhas vão para o seu pescoço agarrando os fios pretos de sua nuca. Sua boca febril é como um labirinto que eu simplesmente quero ficar perdida por toda a minha existência e eternidade. 

 Nossas línguas são moldes perfeitos que se completam e se entrelaçam numa dança erótica.

Há, eu estava com saudades ! 

 Com um movimento rápido ele me deita na toalha e se encaixa entre as minhas pernas voltando a atacar meus lábios. Suas mãos adentram minha camisa e ele as guia pelo meu corpo - que diga-se de passagem ele já conhece extramamente bem - deixando cada lugar que ele toca em chamas, sinceramente eu sinto como se fosse o cara encapuzado do mv do Bts e o Chanyeol o Suga botando fogo em tudo. 

 Seus lábios traçam um percurso para o meu pescoço onde ele deixa inúmeros beijos molhados e chupões avassaladores me fazendo gemer em seu ouvido. Se tem algo que eu amo no Chanyeol esse algo é o jeito como ele consegue me deixar sem nenhum pingo de sanidade com apenas alguns beijos e toques nada castos. Há como eu amo esse homem ! 

E falando em amor. 

 Eu - Channie - interrompo o nosso beijo, mas ele parece não querer parar e continua a dar selares em minha pele exposta - Preciso te dar seu presente - Digo tentando me concentrar em meu plano e não em sua boca quente sobre minha pele fria.  

Ele - Tem que ser agora ? Você já esta me dando meu presente - Diz com a boca sobre minha clavícula. 

 Eu - Sim seu foguento, tem que ser agora ! E não, não é de sexo que estamos falando - Ele bufa e se senta me ajudando logo depois. Sorrio e dou um leve selar em seus lábios então tiro da cesta um pequeno embrulho e dou pra ele. 

 Eu - Eu pensei muito em o que conprar pra você, e, foi um pouco complicado pra mim, porque eu sinceramente não sabia o que dar pra um cara que tem praticamente tudo ! O fato é, que, bom... Eu acho que tenho que te dar algo que você quer mais no momento. Pelo menos eu acho que você quer muito. Então... - Faço um sinal com a cabeça pra que ele abra e assim ele faz.

 Seus olhos ficam surpresos assim que ele vê o presente. 

 Um pequeno Chaveiro com a Palavra SIM piscando. Parece bobo, porém se ele entender o que significa, acho que ele vai ficar muito feliz. 

Chanyeol me olha confuso como se esperasse de mim uma explicação sobre o presente e eu apenas rio, imaginei mesmo que ele não sacasse de primeira. 

 Eu - Essa é a resposta para a pergunta que você vêm me fazendo a algum tempo Yeol. 

 Ele abre a boca num O e me olha meio abobado - Isso significa que... 

 Eu - Sim Yeol, eu aceito ser sua namorada ! 


Notas Finais


E, foi isso...
Espero q tenham gostado ♡
Finalmente esses dois namoraram !


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...