História My Best Friend - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jinyoung, Mark, Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags 2jae, Jackbam, Markjin, Yugyeom De Vela
Exibições 160
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então, cá estou eu com outra fic Markjin, desculpe, mas é meu otp :3
Eu sei que eu to demorando pra k7 pra postar outro cap. da minha outra fic "You are my light" :v
(Eu peço desculpas por isso, quem lê a fic já deve me odiar ;-;)
Mas, enfim, eu fiquei com vontade de escrever uma fic nova (não abandonei a outra).

Capítulo 1 - Um


- Mark! – a criança adorável chama o amigo. – Vamos brincar!

 

Um pouco afastada do filho a mulher o observava falando sozinho, com o suposto “Mark”.

 

- Amor, você não acha estranho, o Jinyoung falando sozinho? – o homem se pronunciara, observando o filho também.

- Ah, é normal, ele é só uma criança! Tem a imaginação fértil! – disse sorrindo.

- Hm, sim, é verdade. – concordou sorrindo também.

 

Realmente, ele era só uma criança.

 

// -- //

 

Anos se passaram Jinyoung agora, encontrava-se no terceiro ano do colegial. Tinhas seus melhores amigos, Jaebum, Jackson e Bambam – que são namorados, inseparáveis – e Yugyeom.

Mais um dia normal, aparentemente. Quando ouve rumores que dois alunos iriam vir, praticamente a escola inteira virou de cabeça pra baixo, as garotas fofocavam na sala de aula que os dois alunos eram lindos pra caralho.

Jinyoung como sempre, jogou o famoso “Foda-se”, o que dois alunos novos fariam a diferença na sua vida?

Jaebum só falava nisso a aula inteira, sobre os dois alunos novos, e que ele conhecia um dos dois, que era seu amigo de infância. A sala de aula, dos cinco amigos, ficou em um completo silencio quando o professor de história entrou na sala, já jogando os nomes de duplas que iriam fazer o trabalho.

Jinyoung com sorte – ou não – ficou com Bambam em dupla. Não que Bambam fosse ruim em História, mas é porque ele não fazia nada, absolutamente NADA.

- O trabalho é para sexta-feira! – o professor anunciou.

Fodeu.

Já era quarta-feira, teriam amanhã pra fazer o trabalho.

- Bambam, a gente vai fazer o trabalho hoje! – mandou virando-se para trás.

- Mas a gente tem am-

- Amanhã eu quero descansar! – virou-se novamente para á frente e anotando tudo da lousa, em seu caderno, nem se importou em responder Bambam com um, tapa na cara quando ouviu o mesmo dizer “Depois não pega ninguém, e fica reclamando!”

O restante do dia fora normal, assim que a hora de ir embora deu as caras, Jinyoung ficou esperando Bambam, em frente á escola. Assim que avistou o amigo, o mesmo foi correndo em sua direção e assim seguiram para a casa do mais velho.

- O que é isto? – perguntou Bambam segurando uma folha um tanto amassada, e velha em mãos. – É você e quem? – se referiu ao desenho amassado.

- Ah, eu desenhei isso com uns seis anos de idade... Era eu e Mark. – explicou.

- Ah... Igual aquele ali? – apontou para a casa da frente, se referindo ao suposto, novo vizinho – pelas caixas espalhadas na frente da casa. – de Jinyoung.

- Ele é imaginário Bambam... – riu do amigo, se levantando e indo até a janela.

- Eu sei que é só um desenho mal feito... – recebeu um, tapa em seu braço ao dizer aquilo. – Ai! Doeu! – passou a mão no braço. – Enfim, mesmo sendo um desenho mal feito, parece um pouquinho... – ficou pensativo. – Tipo... Os cabelos loirinhos.

- Não acho... – disse voltando a mesa do computador. – Alias, tem bastante gente loira por ai... Jackson é uma delas. – começou a procurar o assunto do trabalho.

- Hm, sim... – concordou indo até a mesa e colocando o desenho sobre a mesma.

Eles procuraram tudo sobre o tema passado, e foram anotando e decidindo quais ficariam no trabalho, até ouvirem a mãe de Jinyoung o chamar.

- O que é mãe? – gritou.

- Venha aqui na cozinha! – ela gritou de novo.

- Aff. Volto já, Bam. – disse o moreno e o outro concordou. – O que foi mãe? – chamou-a assim que chegara na cozinha. – Aconteceu algo?

- Não, só quero que me faça um favor. – ela disse secando as mãos com o pano de prato. – Quero que dê boas vindas, aos nossos novos vizinhos.

- Por quê? – olhou para ela sem entender o real motivo daquilo.

- Ué, não quero que os novos vizinhos achem que meu filho é mal educado! – ela virou-se para Jinyoung. – Vai logo! – entregou o pote com a torta de limão, as mãos do filho.

- Aish! – reclamou assim que saiu, para fora da casa. Atravessou a rua e tocou a campainha, forçando um sorriso nos lábios. Seus olhos arregalaram-se quando fixaram a pessoa a sua frente. Era mesmo ele? Como isso era possível?

- Hm, em que posso ajudar? – sorriu simpaticamente.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ^^
E ai? O que acharam? Comentem :3
Nos vemos na próxima

Beijos da bolinho de arroz ~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...