História My Best Friend - Capítulo 10


Postado
Categorias Cher Lloyd, Justin Bieber
Personagens Cher Lloyd, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Drama, Justin Bieber, Romance
Visualizações 627
Palavras 1.664
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 10 - Discussão diante do mar.


Fanfic / Fanfiction My Best Friend - Capítulo 10 - Discussão diante do mar.

Cassidy P.O.V

Acabamos de chegar do restaurante, foi até bom...entrei em meu quarto e tirei meus saltos os colocando no closet, fui ao banheiro e me despi colocando minhas peças de roupas no sexto de roupas sujas, provavelmente amanhã a camareira lavaria, isso que é hotel.

Após terminar meu banho, me deitei na cama e tentei dormir, mas o fato que amanhã veria minha Diva me mantinha ansiosa e disposta, virei de um lado para o outro mas nenhum era confortável o bastante, resolvi dar uma volta, fui até o closet e tirei minha camisola, coloquei uma calça de moletom um tanto justa, coloquei uma camiseta preta escrito "I love Basebol", no Rio fazia um pouco frio de noite por incrivel que pareça, por último calcei minhas havaianas e saí de meu quarto o trancando em seguida, comecei andar pelo corredor longo até chegar no elevador, apertei o botão e em cerca de alguns minutos ele abriu-se as portas, entrei no mesmo e apertei para o penúltimo andar para o Lazer, senti o mesmo descer e logo as portas se abriram, alguns cômodos do hotel estavam apagados, a piscina azul brilhava com a luz da lua, eram aproximadamente 00:00 e pouco, a rua por incrível que pareça estava um tanto barulhenta e movimentada, mas nada atrapalhava o barulho maravilhoso do mar trazendo e levando suas ondas, me sentei de pernas cruzadas na borda da piscina, admirava a água mexendo sozinha por conta do vento fraco e gélido, ouvi algumas risadas vindo do mesmo caminho que acabara de vir, era Justin e Selena, tentei me esconder atrás de algumas flores que estavam atrás de um enorme coqueiro, não queria interromper, queria saber o que Justin iria fazer...

Eles riam e se abraçavam, Justin ameaçou joga-la na piscina, Selena deu um grito de "Não" e Justin pediu silêncio.

-Não vou fazer silêncio Bieber!-disse risonha, o que? Só eu posso chama-lo assim!-

-Vai sim!-riu-

-Então me faça calar.-provocou-

Justin ficou alguns segundos a encarando, não, ele não podia fazer isso, ele não correspondeu meu beijo, me deixou arrasada, praticamente acabou comigo, ele não pode beijar alguém que não conhece nem 1 mês direito...mas Estava enganada, ele atacou os lábios da morena, ela acariciava sua nuca com as unhas, ele segurava sua cintura e apertava conforme a intensidade do beijo, eles pararam com alguns selinhos, Justin falou algo baixo que não consegui ouvir mas fez Selena sorrir maliciosa, eles saíram correndo igual dois idiotas para dentro, agora o que iria vir? Transaria com ela?

Saí do lugar que me encontrava e voltei para onde estava e sentei-me da mesma maneira, não pude conter mas meu coração implorava, as lágrimas começaram a cair, por que estou sofrendo por ele? Ele não me merece!..dizia minha mente talvez...mas o coração por mais trouxa que seja insistia dizendo que ainda tenho chances, não, eu não tenho, quem me vê agora diria que sou fraca, olhei para a piscina e vi o reflexo de uma garota que chora por nada, ele apenas esta sendo meu amigo e eu sofro por isso? Mas...Ele Não consegue seguir a vida dele comigo? Por que com ela?...minhas lágrimas iam de encontro com a água da piscina, me levantei rapidamente e fui até o elevador, apertei diversas vezes o botão, logo abriu e novamente diversas vezes apertei para cobertura, o mesmo começou a subir, as portas abriram e fui andando pelo corredor parei em frente a porta de Justin e senti uma raiva imensa me dominar, as risadinhas de Selena nada discretas invadindo até o corredor, suas risadas tinham cessado e logo ouvi gemidos, por grande impulso chutei a porta fazendo um barulho estrondoso, arregalei os olhos vendo a grande merda que tinha feito, corri para meu quarto e passei o cartão rápido, entrei no quarto e tranquei a porta, meu coração estava acelerado, caralho eu realmente tenho problema.

-Cassy?-disse meu pai do outro lado da porta-

-Hm?-disse depois de alguns segundos-

-Você ouviu um barulho?

-n-não, por que?-gaguejei, merda!-

-por nada..Boa noite.

-Boa...

Me joguei na cama e respirei fundo, daquele jeito mesmo acabei dormindo.

09:35AM

Acordei com uma dor de cabeça insuportável, me levantei e fui até o banheiro, fiz minhas higienes matinais e tomei um banho, fui até o closet e coloquei um short branco e uma camiseta do time de futebol brasileiro com meu nome escrito que tinha ganho do meu pai, coloquei uma havaianas branca e fiz um rabo de cavalo em meu cabelo, peguei meu celular e saí do quarto o trancando em seguida, vi meus pais saindo do quarto deles aproveitei e fomos juntos no elevador, fomos para o lazer e uma mágoa me veio ao lembrar das cenas de ontem, tentei ignorar esses pensamentos e me sentei ao lado de meu pai na mesa, logo foram todos chegando com a típica cara de sono amassada, estávamos todos tranquilos tomando nossos cafés até Selena dizer.

-Ouvi um barulho ontem de madrugada...oque era?

-Não sabemos, mas foi muito estranho, eu e Miranda achamos que era alguém fazendo palhaçada mas o elevador não abriria e desceria tão rápido.-justificou meu pai-

-A porta é eletrônica, talvez é algum problema nela, um circuito não sei...-tentei abafar o caso-

-Talvez seja.-disse meu pai-

terminamos o café da manhã e ficamos jogando papo fora até Ryan dizer que iria na piscina todos acharam uma boa ideia, depois de trocados com as roupas de banho pulamos na piscina, alguns hóspedes do hotel também estavam nadando e desfrutando do hotel.

Que horror, é como se eu nadasse me minhas lágrimas já que chorei na piscina ontem, começamos uma partida de vôlei na água com os equipamentos esportivos do hotel, um garoto entrou em meu time como também outro entrou no time que até agora era de Ryan, olhei para o garoto e era ele, aquele que eu quase desidratei de secar na praia, seus cabelos castanhos escuros, boca rosada, pele branca feito neve, olhos verdes, braços com músculos bem definidos e um tanquinho impecável...quem será ele?.

-CASSIDY-gritou vick- presta atenção menina-riu maliciosa-

-Ai não grita-ri-

-Gringas-sorriu o garoto para mim-

-É...-disse meio sem jeito-

-Prazer, Felipe.-estendeu sua mão-

-Cassidy-apertei a mesma-

-Você não é um rostinho conhecido, quando chegou?-disse simpático-

-Ontem-sorri-

-Que legal, ficou sabendo do show de vai ter?-disse rebatendo a bola-

-Beyoncé?-sorri de orelha a orelha-

-Sim! Você vai?-sorriu alegre-

-Claro, eu adoro ela, você vai?

-Sim, não perderia por nada...então, te vejo lá?

-Claro-sorri-

Agora estou derretida, tanto por culpa do sol como daquele pedaço de mal caminho conhecido como Felipe.

...

Depois de algumas partidas restantes o jogo acabou, saí da piscina e me sequei com a toalha, Justin me olhava de soslaio furioso, não adianta aquele palhaço sentir ciúmes, não vou me afetar na frente dele, Felipe é um cara que aparenta ser legal, não quero dar um fora nele por causa do meu amigo ciumento.

14:50

Estava andando perto da praia com Chaz e Justin, foram o únicos que queriam sair um pouco do hotel, vimos um tumulto do outro lado da calçada, as pessoas se espalharam após alguém entrar no hotel que estávamos hospedados.

-Deve ser algum famoso-riu chaz-

-É a Beyoncé-zombou Justin-

-Quem dera se ela se hospedasse no Fasano-ri-

-Gente que tal irmos ver o Cristo redentor?-disse Chaz-

-Boa ideia.-falamos eu e Justin em uníssono-

-Alma gêmeas.-zombou chaz- vamos pegar um táxi?

-mas são 13 km daqui até o Cristo-ri- 

-mas vamos ir e voltar, é muito para as perninhas de cinderela do chaz-riu Justin-

-na volta a gente pega.-ri-

Fomos jogando conversa fora até percebermos que chegamos, subimos até lá, tinham várias pessoas, o sol estava queimando minha pele, o calor era grande mas de vez enquando batia um vento, chegamos no Cristo e eu fiquei praticamente de boca aberta, era enorme, muito bonito de se admirar, peguei meu celular e tirei várias fotos, da estátua, do Justin, do Chaz, eu Chaz e Justin, Chaz e Justin, eu e Justin, eu e chaz e assim foi.

Ficamos em cerca de 45 minutos por lá, já eram quase 16 horas, caminhávamos pela praia calmamente.

-Eu tô com fome-reclamou chaz-

-O que você quer?-perguntou Justin-

-Não sei, vou perguntar pra vick.-pegou seu celular-

-mas como ela vai saber?-disse confusa-

-Ela sabe.-deu de ombros- Açaí-respondeu depois de alguns minutos-

-Onde vende isso?-perguntou Justin-

-Ali serve?-apontou para um tipo de sorveteria escrito "Açaí mais sabor"-

Justin revirou os olhos e olhou para o mar, Chaz foi comprar o Açaí e Justin e eu ficamos ali esperando.

-Você tava de papinho com o cara da praia, se conheceram?-disse sem me olhar-

-Sim, o nome dele é Felipe, também vai no show da Bey. 

-Legal-disse seco-

-Ta com ciúmes Bieber?

-Eu? Claro que não.-deu de ombros-

-Orgulhoso.-ri-

-Não sou orgulhoso.

-É sim, não consegue admitir nada Justin, você pode até transar com quem quiser e eu não posso nem falar com um cara-bufei-

-Você é virgem ainda Cassidy, por acaso se quiser transar com aquele desconhecido vá em frente porque eu só transei com garotas que conheço.-falou irritado-

-Você não conhece Selena, Justin-gritei-

-E como sabe que transei com ela?-falou me olhando com uma sobrancelha arqueada-

-Eu não sei...só falei.-tentei desfazer a burrada-

-Ah não, você sabe sim, mas como sabe se todos estavam dormindo naquela noite Cassidy? Estava me espionando?

-Não eu não estava Justin!

-Então me fala porra!-gritou-

-EU VI VOCÊS NA PISCINA BIEBER, QUANDO ESTAVA VOLTANDO PARA MEU QUARTO MINUTOS DEPOIS QUE VOCÊS SAÍRAM OUVI OS GEMIDOS NOJENTOS DE SELENA VINDO DO SEU QUARTO!-gritei, todos nós olhavam confusos já que não entendiam oque falávamos, gringos discutindo em uma praia não deve ser comum-

-Você é ridícula Cassidy, vê se cresce! Você me ama sem ser correspondida e fica atrapalhando minha vida pessoal, eu não preciso de você interferindo nos meus momentos, você é minha amiga, não minha namorada Cassidy, muito menos minha mãe pra me dizer oque fazer, então para Cassidy, para que já está muito feio.

Senti inúmeras facadas no meu coração, as palavras dele doíam mais que facadas de verdade, saí andando na direção que viemos, voltaria a pé mas não voltaria com ele, estava destruída, ele tinha razão, eu o amava, e por ama-lo eu interferia na sua vida amorosa, eu não posso mais fazer isso, se continuar assim vou perder sua amizade cada vez mais, o que preciso fazer de agora em diante é guardar o que penso apenas para mim...e não me importar tanto.


Continua...


Notas Finais


Eita josten 💔


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...