História My Best Friend - Capítulo 45


Postado
Categorias Cher Lloyd, Justin Bieber
Personagens Cher Lloyd, Justin Bieber, Personagens Originais
Tags Drama, Justin Bieber, Romance
Visualizações 288
Palavras 1.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


LEMBRANDO QUE TUDO QUE FOR ESCRITO NESTA FANFIC É FICTÍCIO! NÃO ESTOU INDUZINDO NINGUÉM A NADA! QUALQUER PARTE DO CAPÍTULO QUE SEJA EXPLÍCITA É F-I-C-T-I-C-I-O, NÃO ESTOU DIZENDO PARA NINGUÉM FAZER OU EXPERIMENTAR O QUE É ESCRITO NOS CAPÍTULOS, TAMBÉM LEMBRANDO QUE É +18.

OBRIGADA, DENADA.

Capítulo 45 - Baseado.


Fanfic / Fanfiction My Best Friend - Capítulo 45 - Baseado.

Cassidy P.O.V

Os Campbell gostaram da sessão, eles queriam fazer uma reunião, não tinha data definida, mas disseram que iriam me chamar. Tinha chego em casa, estava exausta, me joguei no sofá e eu queria que este mês passase rápido para ver todos, quero levar Joel comigo, quero tentar algo com ele, é um homem doce, responsável, bonito, é um ótimo partido, e de uma vez por todas mostrar para Justin que eu não dependo mais deste amor doloroso que tenho por ele.

Estava morrendo de saudades da Vick também, faz um tempo que não nos falamos então decidi ligar pra ela.

Ligação on*

-Oi, vick?

-Oi, cassy!

-Desculpa a demora pra te ligar.

-Ah tudo bem, como está por aí?

-Bem, a revista já lançou e agora estou fazendo novas sessões.

-Isso é maravilhoso Cassy

-É, e como está aí?

-Ah tudo bem, Dylan teve algumas febres noite passada mas já está melhor, e o Chaz.. ah é o Chaz de sempre-riu-

-Estou com saudades de todos vocês-ri fraco e suspirei-

-Também estamos morrendo de saudade de você..agora me diz, fez amizades ai?

-Por enquanto amizade mesmo só uma, é a Kate, irmã do meu chefe e filha dos donos da agência.

-Ainda bem, pelo menos não fica sozinha, e você se deu bem com seu chefe?

-Sim-suspirei- muito bem.

-Hmm, rolou alguma coisa né? Pode me contar Cassidy Clifford!

-Não aconteceu nada demais, saímos uma vez, mas eu o vejo todos os dias.

-Já se beijaram? Foram pra cama?

-O que? Não, louca! Até agora só demos dois beijos.

-Que clichê Cassidy, achei que fosse mais rápida-riu-

-É diferente...-ri-

-Aiai, volte logo maninha, por favor.

-Em breve estarei aí.

-Estamos te esperando!, agora tenho que ir, Chaz e eu estamos dando uma geral aqui, enjoei destes móveis.

-Ok-ri- Tchau Vick, se cuida.

-Tchau maninha, você também.

Ligação off*

...

Estava me preparando para deitar, acabara de colocar uma calça de moletom justa e um tipo de top com mangas, meu celular vibrou e peguei o mesmo, era uma mensagem de Joel, a essa hora?.

SMS ON*

-venha até meu aqui, por favor.-JC

-Algum problema?-CC 

-Apenas venha Cassy.-JC

SMS OFF*

com muita preguiça calcei meus chinelos e desci as escadas, abri a porta e logo a fechei. Parei em frente a portado apartamento de Joel e dei dois toques lentos, o mesmo abriu a porta, estava apenas de calça moletom e sem camisa, que homem!.

-Entra.-falou sério-

Entrei em seu apartamento pela primeira vez, ele fechou a porta lentamente e me encarou ainda sério.

-Que foi?-falei sem jeito-

-Linda.-sorriu de lado- tão ingênua.

-Não estou te entendendo Joel.

-Você nunca me entende.-voltou a ficar sério- o que eu te disse hoje mais cedo não serviu de nada não é?

-Eu não sinto o mesmo, não ainda-falei sem jeito-

-Eu sei que não Cassidy! É tudo tão rápido mas eu sou o problema entende? Eu me apaixono muito rápido, por mais que eu tente desviar esse sentimento eu não consigo.-desviou o olhar-

-Vamos tentando então, tenta me conquistar, eu também preciso de outra pessoa na minha vida.-suspirei-

-Você ama outro?-me olhou estranho-

-Sim, eu amo, amo mais do que deveria, mas ele nem pensou em mim e me trocou, me iludiu da pior forma.-falei angustiada-

-Não sofra por alguém que não te merece Cassidy.

-O problema é que eu não me dou bem no amor, meu ex namorado está noivo e o outro preso porque me deu um tiro, eu nunca acho a pessoa certa!-explodi-

-Você levou um tiro?-falou espantado-

-Minha vida é mais dramática do que você imagina.-ri sem graça-

-Vamos nos ajudar Cassy...-chegou mais perto- eu garanto que vai ser feliz, basta você querer.

Joel colou seu corpo ao meu e levou suas mãos até minha cintura, posicionei minhas mãos em seu peitoral e olhei em seus olhos.

-Eu quero.-sorri-

Seu lábio se encontrou com o meu e começou-se um beijo calmo, sem pressa alguma, como se tivéssemos todo o tempo do mundo. Suas mãos ágeis me colocaram lentamente no sofá, Joel ainda me beijando ficou por cima de mim, o beijo tão intenso cessou e nos olhos um no olho do outro.

-Daqui pra frente vai ser diferente...-sussurrou-

-Garanto que vai-susurrei de volta-

-O que acha de passar o resto da noite aqui?-deu um selinho longo em mim- 

-Adoraria.-sorri-

...

Estavamos deitados em sua cama conversando aleatoriamente, era bom ficar perto dele, eu não me cansava dos assuntos e nem de ouvir sua voz. Já era um pouco depois das uma da manhã, senti o sono pesar em meus olhos, a respiração de Joel ficou lenta, percebi pois estava deitada em seu peitoral, escutando cada batida do seu coração, olhei para seu rosto e ele dormia serenamente. Coloquei o cobertor sobre nós e também dormi depois de alguns pequenos segundos.

Justin Bieber P.O.V

Eu estava totalmente cansado disso tudo, eu queria fugir e nunca mais ver essas baboseiras e nem a Sofia, ela é tão irritante. Algo que me preocupa e me deixa cada vez mais puto a cada dia é o fato de que Cassidy pode estar com outro homem, pode estar amando ele, beijando ele, indo pra cama com ele, só de pensar nisto meu coração rasga no meio. Estou a noites sem dormir completo, meus olhos estão ficando com olheiras gritantes, ando desajeitado, eu estou tão sem rumo, eu NÃO quero me casar, eu sinto que quando eu dizer "Sim, Aceito", eu vou morrer.

Jeremy queria que eu fosse morar com Sofia em uma nova casa, era só o que me faltava, não suporto ela nem alguns dias da semana, imagine todos os dias? Eu explodo!, mas algo que eu estou tentando ignorar a dias são aquelas coisas que não foram vistas por ninguém além de mim e Cameron, cujo esta no quarto dele, são drogas, de qualquer tipo, dizem que alivia, e se eu tentar? Vai que tira toda essa dor da falta dela? E se tirar minha vontade de estragular a Sofia? E se tirar minha angústia?...

Eu abri aquela porta e encarei aquela gaveta, eu precisava de algo pra me acalmar, álcool não está fazendo efeiro algum, eu quero sair dali e nunca mais voltar, mas pouco a pouco meu coração vai perdendo a fé, perdendo a voz...ninguém vai me salvar da solidão, dessa escuridão, Cassidy não vai voltar pra mim, eu sei que não, existem tantos caras melhor que eu, eu não a mereço.

Com toda coragem possível em meu corpo entrei naquele quarto e tranquei a porta, abri a gaveta e vi vários saquinhos com maconha, tinha cocaína e algumas siringas, eu não vou usar tudo, apenas o que eu me sentir bem. Optei pela famosa maconha, sem nenhuma prática embolei um baseado e o acendi com o velho isqueiro que ali tinha, aquele cheiro era bom. Depois de algumas tragadas meu corpo se relaxou, confesso que dei algumas tossidas por má experiência, mas realmente me fez bem, por mais que isso seja o pior inimigo de qualquer pessoa.

Eu estou desistindo de mim mesmo cada vez mais.

.

.

.

.

.

OPA linda! 4 dias sem postar! Sorry please! Vou postar mais agora em diante💙



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...