História My best friend is my love. - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Comedia, Drama, Romance, Violencia
Exibições 3
Palavras 747
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura :3

Capítulo 2 - Um dia qualquer


Fanfic / Fanfiction My best friend is my love. - Capítulo 2 - Um dia qualquer


        Na manhã de uma terça qualquer,acordo com os barulhos irritantes do despertador. Me levanto irritada apenas para desligá-lo. Me direciono ao banheiro e tomo um banho. Aquela água fria, me fez despertar apenas um pouco. Escovo meus dentes e visto meu uniforme. Desço pela enorme escada e finalmente chego na cozinha.
_Bom dia.
_Bom dia filha. -Disse Noona e meu pai Yejun.
          Bom,meus pais tinham esses nomes diferentes pelo simples fato de, nós sermos descendentes de coreanos. E  eu,não tenho quase nenhum traço, mas, meus pais,parecem verdadeiros coreanos.
          Apenas me sentei e tomei meu café da manhã. Peguei meus pertences e me despedi dos meus pais e fui para o colégio. Chegando lá,Jungkook me recebe com abraços.
_Oi Yun-Seo. -Disse me abraçando forte.
_Oi Kookie! -Disse retribuindo o abraço.
_Fiquei te esperando um tempo. -Disse cruzando os braços e fazendo um bico.
_Amo esse seu jeito fofo de agir. -Disse bagunçando seus cabelos.
_Olha lá,a professora já está na sala. Vamos? -Disse ele .
_Tá,vamos biscoito. -Disse rindo de sua cara séria.
            A aula foi bem entediante e kookie ficava toda hora cantarolando e como ele se sentava atrás de mim,aquele som ecoava no meu ouvido toda hora. Na hora do lanche,sentei no mesmo lugar de sempre. No banco da parte exterior do colégio.
                Sento cruzando as minhas pernas. 
_Sabia que você estava aqui Seo. 
Seo era meu apelido desde a minha infância. E cá entre nós,nunca gostei dele.
_Este é meu esconderijo secreto. -Disse séria.
_Bom,não é mais secreto. -Disse ele rindo.
_É pois é.
_Seo,quer ir jogar videogame na minha casa? -Disse ele sorrindo.
_Ah,tudo bem. Mas não trapaceie igual aquele dia. -Disse fazendo bico.
_Tudo bem. Agora quem ganhar,vai ser por mérito nosso. 
_Espero.
_Mas você também roubava viu? -Disse ele me encarando com um semblante sério.
_Tempos antigos pequeno biscoito.
_Sabe que não gosto de ser chamado assim. -Disse ele cruzando os braços.
_E eu não gosto de ser chama de Seo. -Disse fazendo bico.
_Estamos quites então. -Disse ele com as mãos nas minhas costas.
Aquele som do sinal,ecoava forte no meu ouvido e tivemos que voltar para a sala. A próxima aula era de matemática. A professora entra pela sala.
_Bom dia crianças. -Disse Min-jun sorrindo.
_Bom dia. -Dissemos.
_Vou passar o dever de casa. -Disse ela escrevendo pelo quadro negro.
          Fiquei o tempo todo tentando resolver aqueles problemas de matemática. 
_Quer ajuda? -Disse kookie.
_Não precisa,obrigada. 
_Deixa de ser orgulhosa. -Disse kookie se trazendo sua cadeira.
          Depois de alguns minutos,já sabia resolver aquele enorme dever. Kookie realmente poderia ser um ótimo professor de matemática. 
_Obrigada professor kookie.
_De nada. -Disse contente.
          A aula acaba e como ele morava quase do lado da minha casa,dividíamos nossos caminhos juntos.
_Te espero para jogarmos videogame.  Até mais. -Disse ele abrindo um enorme sorriso.
_Até kookie. -Disse sorrindo.
          Chego em casa e jogo a mochila pelo chão,subo as escadas e troco de roupa. Vou em direção a cozinha e encontro Noona. O meu pai Yejun estava no trabalho.
_Oi mãe. O que tem para o almoço?
_Oi filha. Seu prato preferido,guizado de frango.
_Ebaaaa! -Disse dando leves pulinhos. Sinceramente,acho que peguei o jeito de agir do kookie.
          Repeti várias vezes. Depois,me despedi da minha mãe,indo para casa de kookie. 
_Seooo você veio! Entra. -Disse me puxando.
_Licença.
_Já coloquei o jogo. Boa sorte. -Disse sorrindo.
_Vamos ver quem ganha. -Disse bagunçando seus cabelos.
          Resumindo,ele ganhou quase todas ás vezes,ganhei apenas 2 vezes.
_Ganhei de novo! -Disse ele sorrindo.
_Que bom. -Disse cabisbaixa.
          Estávamos morrendo de fome e claro,comemos biscoitos recheados,salgadinhos e refrigerante e doces.
_Estou farta. -Disse.
_Eu também. -Disse kookie abrindo um largo sorriso.
          Como já estava meio tarde,tive que ir para casa. Aperto a campainha e espero alguém abrir a porta.
_Filha. Que bom que chegou! -Disse Noona me trazendo para dentro.
_O que foi mãe?
_É que estávamos preocupados pois esta bem tarde mocinha. -Disse Noona.
_Desculpe mãe. É que nem vi a hora passar...
_Vamos comer? -Disse Noona apontando para a mesa.
_Não obrigada. É que eu já comi na casa do kookie.
Subi para o quarto e sentei em minha cama. Peguei meu celular e coloquei em músicas aleatórias. Recebo uma mensagem de Jungkook:
_Boa noite Seo. Você chegou bem em casa?
_Sim. 
_Que bom. Fico mais aliviado..
_Obrigado por hoje, foi muito bom.
_De nada. Fico contente que você gostou.  Nos vemos amanhã no colégio. Boa Noite.
_Boa Noite kookie.
               Encerrei a ligação e fechei meus olhos lentamente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...