História My bitter and sweet love - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 10
Palavras 729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Segunda vez que tento uma fanfic foi de coração <3 Boa leitura

Capítulo 1 - Jung Hoseok


Fanfic / Fanfiction My bitter and sweet love - Capítulo 1 - Jung Hoseok



Kim Taehyung pode-se dizer quer e um menino metido e preguiçoso pelo fato de não ir à escola desde os seus oito anos de idade. Desde o falecimento de seus queridos pais o menino jamais seria o que foi um dia, desde o dia em diante, ele nunca mais saiu de sua mansão. Taehyung que era um menino bondoso e querido com todos, virou um menino frio, carrancudo e muito sensível, mas por dentro ainda tinha bondade em seu coração e seus empregados viam isso. Ele esperava que alguém o salvasse daquele ciclo infinito que sua vida tinha se formado, o menino perguntava-se se sua vida valia algo além de um peso e incomodo para as pessoas que conviviam ao seu redor. 
O menino que se encontrava deitado em sua cama parcialmente arrumada, desistiu de ficar deitado o dia inteiro. Ele levantou de sua cama e deu passos pequenos até seu closet e quando entrou se deparou com um cheiro de amaciante que entrou em suas narinas. Ele procurava uma roupa confortável, por fim optou por um moletom cinza recém-lavado e uma calça solta, não se arrumou perfeitamente, pois sabia que não sairia de casa, esse pensamento o fez dar uma risada de pura descrença e ironia. Uma batida repentina em sua porta o fez pular.
- Entre. – Disse o menino que saia de seu closet mais apresentável do que quando acordou.
- Desculpe-me a intromissão jovem mestre. – Disse uma de seus milhares de empregados e empregadas. – O Sr. Kwan necessita de sua presença na sala em dez minutos. – Diz a menina, curvando-se e saindo do quarto de Taehyung, fechando a porta atrás de si. Lee Kwan era um homem bondoso e forte que trabalhava a anos servindo a família Kim, quando o infeliz acontecimento há oito anos ocorreu devastando a família, prejudicando ainda mais seu primogênito e único filho Taehyung, Kwan foi o único que cuidou de Tae e nunca desistiu de fazê-lo sair de casa, mas infelizmente ainda não havia conseguido. Mas deixara claro que não desistiria.
 O menino locomoveu-se até a sala no andar de baixo. Tae percebeu que algo havia mudado.
Será que trocaram a mobilha? - O menino se perguntou mentalmente, mas deixou o pensamento de lado.
- Jovem mestre, que bom vê-lo. - Kwan me dá um sorriso sincero. -Desculpe-me tira-lo de seus aposentos, mas como já sabe o senhor irá fazer dezessete anos amanhã, e queria que o jovem mes... – O menino já sabia exatamente o que Kwan iria dizer então apenas levantou sua mão em sinal que não queria ouvi-lo. - Entendido senhor... – Kwan curvou-se e saiu imediatamente da sala com um olhar tristonho.
Tae bufou desapontado consigo mesmo. Ele não gostava de tratar as pessoas daquela maneira muito menos Kwan, mas não queria sair daquela casa. Só queria se trancar em seu quarto, mas por carinho a Kwan ele decidiu pensar bem desta vez, mas infelizmente não podia fazer isso agora já que ele teria aula de matemática com sua professora particular.
Falando no Diabo - Pensou Tae entediado.
- Taetae é ótimo vê-lo, está cada dia mais bonito. – Disse Yang Mi piscando seus longos cílios postiços para Tae. Ele odiava o apelido que Yang Mi o dera, mas ficava calado já que ela era uma das melhores professoras de matemática da coreia, ele não podia simplesmente a demitir. 
- Obrigada Yang Mi, bem-vinda. Vamos começar a aula? – Disse Tae querendo que a mulher parasse de encarar sua boca, quando Yang Mi percebeu que Tae havia notado seus olhares deu um breve sorriso malicioso, Tae rolou seus olhos entediados para a mulher que nem o percebera e começou a explicar a matéria. Assim que Yang Mi saiu pela porta Tae sentiu um breve aroma fresco da tarde, mas logo em seguida fechou a porta.
- Jovem mestre desculpe o incomodar, mas poderia me dar um minuto de seu tempo? – Kwan havia aparecido repentinamente.
- Claro, fale. – Disse Tae. – Eu queria avisa-lo que eu providenciei para o senhor um professor de dança, ele se chama Jung Hoseok e virá trabalhar daqui a uma semana, logo após a senhorita Yangi Mi dar suas aulas de costume, na mesma hora de sempre. – Tae fez uma careta ao ouvir o nome Yang Mi. 
- Jung Hoseok?...  – Taehyung disse aquele nome e amava o jeito que sua língua dançava ao pronunciar aquele belo nome.  
                                          
                                                                                                           Continua...            
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado... <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...