História MY Blood and YOUR Love - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Ruki Mukami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yui Komori, Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers, Lolicon
Exibições 44
Palavras 815
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Harem, Magia, Mistério, Romance e Novela, Violência, Visual Novel
Avisos: Sadomasoquismo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hey Guys!
Estamos aqui com o cap. de...
Ah, deixa.
Boa leitura!

Capítulo 32 - "Visitas=Encherem Meu Saco"


P.O.V Keiko

-Então pessoas, esse é Luke Queen.- falei enquanto apontava para Luke.

-Oi...- ele falou tímido.

-Tio Luke!- os gêmeos falaram enquanto pulavam em suas cadeirinhas.

-Olá. Seja bem-vindo.- também disse Yui enquanto se sentava entre os gêmeos.

-... Keiko, podemos conversar?- me chamou Reiji.

-... Sim.- me levantei séria e fomos até um canto.

-Por um acaso eu te dei permissão para trazer esse...

-Olha o respeito.

-Esse homem?

-Não. Mas eu sou uma das governantas dessa casa. Posso trazer quem eu bem entender.- Falei sarcástica e tentei voltar à mesa, mas ele segurou meu braço.

-Eu não permiti sua saída.

-E eu não te perguntei nada.- falei e puxei meu braço, e voltamos à mesa.

-Bom Luke, pode se servir. Sinta-se em casa.- falei enquanto me sentava no colo de Ayato.

-Obrigado...- ele falou enquanto se servia em meio à todos.

...

Estavam todos comendo, e o silêncio continuava a reinar.
Só as crianças que faziam alguns barulhos, e Yui fazia: "Shh!"

-E então... Como veio morar aqui, Luke?- perguntou Reiji sério.

-Eu me mudei para cá depois que fui transferido da empresa em que trabalho.- ele falou enquanto dava uma garfada na comida.

-Hum... Em que empresa trabalha?

-Trabalho no escritório das empresas Kuroyukihime.

-Nunca ouvi falar.- falou Reiji e o olhou desconfiado.

-Nossa Reiji, ainda diz que nós não somos educados!- falou Kanato.

-É Reiji, deixa o tio Luke quieto!- falaram os gêmeos.

-Não tem problema, crianças...- Luke ri.

-Subaru, você tem que aprender com o Luke.- falei e ele revirou os olhos.

-Okay, eu quero o silêncio de volta.- falou Subaru.

-Ótimo, também quero.- disse Reiji, e acho que metade das pessoas que estavam na mesa, reviraram os olhos. Se pá, as cozinheiras também reviraram os olhos.
Pera...
"Se pá"?
Ahn... Keiko, oque houve?
Tá, foco...

ENFIM!

.   .   .

-O jantar foi muito... Err...

-Silencioso? É, eu sei.- falei e rimos.

-Ahn... Era essa palavra que eu procurava.- ele disse e rimos novamente.

-Bom, você gostou?

-Ahn... Eh...

-Não? Eu entendo, os Sakamaki são meio... Digamos assim... Possessivos.- falei e dei uns tapinhas em seu ombro.- Eu já disse que você é um gigante?

-Ahn... Falou agora.- rimos.

-Qual a sua altura?

-2,29 cm.

-É OQUE?!- dei um salto para trás.

-Pois é.- ele riu.

-Você é um gigante!- falei e voltamos a andar. 

-É, já fui zoado por isso.- ele riu e chegamos no portão.

-Bom, eu só vou até aqui. Obrigado por ter a enorme paciência de ficar conosco.- eu ri.

-Haha, não têm que agradecer.

-Bom, até. Nos vemos na porta da escola das crianças.- abro o portão.

-Até...- ele acena e vai embora.

Eu fechei o portão, e entrei em casa.
Nós já terminamos os estudos, então isso quer dizer que não preciso me arrumar para ir a escola.

-Keiko-Sama, eu gostei do Luke.- Kanato correu até mim.

É, ele ainda me chama assim. Acho que já haviam notado isso, não é?

-É, ele é legal.- falei e o olhei. Ele me olhou com cara de:
“Cê A-M-O-U ele né?”

-Tá, eu gostei dele.- ele me olhou com cara de:
“Fala logo.”

-Tá, eu mais que gostei dele.- ele me lançou um olhar de “Ah, safadenha!”- AH, PARA COM ISSO! Eu não tenho telepatia.

-Tá bom... Mas ele é um gatinho...- ele falou com a voz mudada, brincando.

-Tá, já entendi.- eu ri e andei até meu quarto e do Ayato —infelizmente— e a porta estava aberta.

-Quem é aquele...

-Respeito é bom e eu gosto.

-Aquele homem?

-Luke Queen, quantas vezes vou ter que repetir? É tão difícil de decorar?- Fechei a porta e peguei um roupão.

-É. E você está bem ignorante comigo. Sou seu futuro esposo.- ele falou arrogante enquanto agarrava meu braço com força.

-E eu pouco me importo com isso.- falei e tentei puxar meu braço, mas dessa vez falhei.

-EU vou ser seu marido. E como você disse, respeito é bom e eu TAMBÉM gosto.- ele falou e consegui puxar meu braço, mas com força até demais.

-Pois é. Mas ainda não somos casados. E você sabe muito bem que nós não nos amamos. Só vamos nos casar por interesse e contrato.- eu falei e ele me fuzilou com seus olhos verdes.

P.O.V Keiko OFF

P.O.V Ayato ON

"Você sabe muito bem que nós não nos amamos. Só vamos nos casar por interesse e contrato."
Essa frase me machucou.
Machucou e muito.
Porquê?
Porque eu a amo.
Por mais incrível que pareça, eu a amo.

Mas é lógico que não vou demonstrar.

Eu ainda amo a Yui.
Sempre vou amar.

...

Eu devo demonstrar mais o meu amor?
É, já me deram esse conselho.
Mas como?
Tenho que brigar pelas duas.
Keiko:
Reiji, Kou, Shu e provavelmente Luke.
Yui: Shu, Mukamis, e... E todos os Sakamaki.

Mas aí vai a pergunta:
Por quem luto?
Vale a pena lutar?


Notas Finais


Então...
Sorry por não ter postado esses dias... Semana de revisão e provas de final de ano... Sabe como é né?
Bom...
Espero que tenham gostado.
Beijos e bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...