História My Boss - Imagine - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, V
Tags Amor, Boss, Bts, Imagine, Taehyung
Exibições 43
Palavras 926
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Fluffy, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Annyeonghaseyoooo ~
Desculpem a demora, sério, eu demoro demais eu sei 😅

~ Boa leitura 😘

Capítulo 16 - Why?


Fanfic / Fanfiction My Boss - Imagine - Capítulo 16 - Why?

A claridade no meu rosto me permitiu acordar. Abri meus olhos lentamente e olhei para o teto, o fitando. Preguiçosamente, olho para o espaço vazio ao meu lado, olhei por toda volta e não vi sinal de ninguém... me senti como se estivesse em um filme e ao olhar para a cômoda ao meu lado eu tive o que esperava: um bilhete de Taehyung.

"Bom dia meu raio de sol, eu tive que sair cedo, minha irmã irá viajar hoje e eu vou acompanhá-la até o aeroporto. Eu não quis te acordar pois você dormia como um anjo. Tem café da manhã na mesa. Logo eu voltarei.
                                          Daddy"

Ele fez questão de colocar 'Daddy' — eu corei com o pensamento. — Olhei o relógio na parede e o mesmo marcavam 9:00, ah, acho que logo ele estaria aqui.

Me levanto e vou ao banheiro fazer minha higiene matinal, entro no banheiro e de repente sinto uma leve dor. Me segurei na pia, fechando os olhos. Lentamente eu fui até a banheira.

Preparo o banho. A água estava quente e eu podia relaxar. Minutos depois eu saí dali e vesti uma roupa seca.

Fui até a cozinha e vi um copo de suco, pão com geléia e barras de cereal em cima da mesa. Comi aquilo e voltei para a cama, pegando meu celular, e comecei a fazer coisas aleatórias.

(...)

— S/N? — eu levei um susto ao ouvir a voz de Tae ecoar no quarto.

— Oh! — meu coração disparou. — Estou aqui.

Por que você está fazendo o meu coração tremer?

— Desculpe por isso. — ele veio até a cama, se sentando nela e me pondo seu colo. — Eu não quis te acordar...

— Não se preocupe está tudo bem, Daddy. — sorri e fiz questão de dar ênfase no "Daddy".

— Você gostou desse nome? — essa pergunta tinha duplo sentido.

— S-sim...

— Hum... pois eu também. — senti ele morder meu lóbulo. — Dormiu bem S/N?

— Dormi sim... — eu tremi um pouco. Taehyung me causava arrepios.

— Você está nervosa, meu amor? — ele aperta suas mãos na minha cintura e desce sua boca até meu pescoço. Era o que me faltava. — Não precisa estar.

— Tae... p-por que você sempre faz isso? — me olhou confuso — Me causa arrepios e me deixa nervosa...

— Não sei... desculpa, mas você é irresistível. — ele ri e me deita na cama, logo me beijando. Encerramos o beijo e eu o olhei. — Não farei nada, calma.

Porque você está fazendo o meu coração tremer?

Taehyung logo se senta na beira da cama e retira sua camiseta, parecia estar molhada. Estava chovendo lá fora... devia ser por isso, nem havia percebido.

Aquele corpo maravilhoso pode ser visto devido à claridade, meu rosto podia ser confundido com um tomate, mas eu hesitei em tocar, não queria parecer uma louca por abs. Apesar de ser.

— Está tudo bem, S/N? — eu apenas mexi com a cabeça, em um 'sim'. Ele se levanta e vai até seu closet, trocar de roupa.

Saí da cama e fui até o seu closet, sorrateiramente eu o observava, Taehyung se olhava no espelho, ajeitando sua camisa.

— Gosta do que vê, S/N? — Droga. Ele me viu. Me escondi atrás da pare de e fiquei em silêncio. — Sei que está aí, apareça.

Apenas corri até a sala e fingi estar vendo TV.

Por que você está fazendo o meu coração tremer?

(...)

— Sabe o que eu estava pensando em fazer? — Tae diz quebrando o silêncio na sala.

— O quê??

— Pintar meu cabelo. Que cor cairia bem?

— Qualquer cor em você cai perfeitamente bem. — sorri boba. — Hum... castanho?

— Pode ser vou seguir sua opinião, afinal, tudo o que você faz é ótimo.— eu corei

— N-Não exagera... — outra vez o silêncio tomou conta da sala. — Tae... eu quero ir embora.

— Quer ir agora? — ele passou a mão por meus cabelos e me olhou.

— Sim!

— Arrume suas coisas, já eu te levo.— ele disse isso com um semblante triste.

(...)

Estávamos à caminho da minha casa e Tae mantinha seus olhos fixos no asfalto, ele parecia estar pensando em algo. Poderia ser sobre o trabalho, realmente é muito desgastante.

Chegamos na frente de casa e ele desceu do carro, nem dando tempo de eu conseguir abrir a porta. Ele a abre pra mim e eu saio do carro.

— Obrigada. Quer entrar? — eu segurei a mão dele, ele sorriu quadrado e acenou com a cabeça. Aquele sorriso... ah mas como eu amo aquele sorriso.

Ele entrou em minha casa e olhou por volta dela, analizando cada parte. Na sala havia um sofá médio marrom, uma mesa de centro, uma estante contendo uma TV e alguns retratos, nada mais do que isso.

— Essa é você? — ele aponta para uma foto.

— Sim, eu tinha 7 anos. E essa ao lado é minha mãe. — sorri. — Minha mãe mora em outro país, nosso contato é muito difícil, já faz algum tempo que ela se mudou para a Itália.

— Oh... que coincidência, a minha também. — ele fitou a foto.

Tempo depois nos sentamos no sofá. Eu apenas o observava e contemplava seu rosto, ele se vira pra mim e me flagra o observando, apenas sorri envergonhada e Taehyung me surpreende com um beijo, aparentemente calmo.

Por que você está fazendo o meu coração tremer?

...continua.


Notas Finais


Hehehehe. ❤ Gostaram? Espero que sim ^^

Tenho outras fics:

Eu te amo (JungKook): https://spiritfanfics.com/historia/eu-te-amo--imagine-5897896

Sweet Blood (Jimin): https://spiritfanfics.com/historia/sweet-blood-7147724

~ Chu


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...