História My Boss × Kim Minseok - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), EXO, Park Bo-gum, VIXX
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Hyuk, Jimin, Jungkook, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Park Bo-gum, Personagens Originais, Sehun, Seolhyun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Exo, Fanfic, Hot, Xiumin
Visualizações 79
Palavras 1.107
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 33 - Aquela Que Dará a Luz Ao Elemento...


Fanfic / Fanfiction My Boss × Kim Minseok - Capítulo 33 - Aquela Que Dará a Luz Ao Elemento...

   Minseok acordou no sofá da sala, ele viu que passava um poquinho da meia noite, ele se levantou e foi para o quarto, viu Crystal dormindo nua em sua cama, deu um sorriso de canto e se ajoelhou ao lado dela, o movimento fez a garota despertar do sono.

— Senhor Kim, — ela se sentou na cama olhando pra ele. — Onde o senhor estava?

— Nada demais só em outro planeta descobrindo o porque dos meus poderes... Eu to morrendo de fome.

— Fiz torta pra você.

Ele tirou as roupas ficando apenas com seus boxers, saiu do quarto e foi pra cozinha, ela foi atrás, tirando a torta que tinha guardado e dando para ele, Crystal tinha um sorriso nos lábios, como ele ficava sexy usando apenas a roupa íntima. Minseok pegou um pedaço da torta e comeu, ela riu ao ver o homem com as bochechas cheias e a boca com migalhas de torta.

— Que é?

— Você é tão fofo comendo, parece um coelhinho.

Ele deu um sorriso de canto e continuou comendo, depois que ele acabou, agarrou a garota pelo pulso e sorriu.

— Está com sono?

— Perdi o sono quando o senhor apareceu.

— Maravilha.

Ele puxou a mulher pelos cabelos, a colocando de costas para ele, abaixou seus boxers e ficou passando os lábios pelo pescoço dela, dando aquela boa sensação.

— Seja lá o que aconteceu comigo naquele planeta... Eu voltei com tantas reações diferentes. Fome, excitação, hiperatividade...

— E quem tem que sofrer com os efeitos sou eu.

— Você faz o que eu mandar então é.

Ele começou a encostar seu membro, já duro, em sua intimidade, ela roçava de propósito, em um ato rápido, ele penetrou e segurou os pulsos dela, colocando os dois para trás e prensando ela contra a parede.

— Eu não quero... Que as empregadas acordem.

Minseok segurou os pulsos de Crystal com uma mão e segurou a boca dela com outra, aquilo nem doía mais, ela conseguiria conviver sendo apenas aquilo que seu chefe gostaria, ela gostava de senti-lo e havia parado de sentir dor, as vezes, seu próprio corpo pedia por ele.

-×-

Wallace Ming não sabia que era o escolhido para combater os elementos, mesmo que não entendesse o que era aquela aura estranha que o atingiu naquela noite, ele não se importava, estava muito triste, já fazia um dia que ele havia sepultado sua mãe.

Ele tinha acabado de acordar e estava no banheiro, lavou o rosto e viu o quão ruim estava sua aparência, ele estava acabado, havia viajado e voltado da China em menos de dois dias, se recusava a ficar de luto, se recusava a aceitar que ela não estava mais lá.

— Cuida dela papai...

Quando ele secou o rosto com a toalha e se olhou no espelho, ele viu que seu reflexo estava estranho, seu reflexo estava sorrindo, com uma gosma preta saindo de sua boca, seus olhos eram negros e havia uma aura o cobrindo, ele colocou seus óculos e olhou novamente no espelho, e seu reflexo ficou normal.

— O que...

Vozes começaram a encher a cabeça do homem enquanto se olhava no espelho, estava confuso.

"Kim Minseok, Oh Sehun, Kim Jun Myeon, Park Chanyeol, Byun Baekhyun, Do Kyungsoo, Zhang Yixing, Kim Jongin, Wu Yifan, Huang Zitao, Kim Jong-dae, Lu Han, elimine-os... Kim Minseok, Oh Sehun, Kim Jun Myeon, Park Chanyeol, Byun Baekhyun, Do Kyungsoo, Zhang Yixing, Kim Jongin, Wu Yifan, Huang Zitao, Kim Jong-dae, Lu Han, elimine-os..."

Ele conhecia todos os nomes, mas porque aquela voz estava tão presente ali? O que ela queria dizer? Porque devia eliminá-los? Porque se via de um jeito estranho no espelho.

— Eu devo estar muito triste mesmo...

Ele suspirou e saiu para ir ao trabalho, chegando na empresa, ele deu de cara com Kyungsoo na entrada, uma vontade muito grande se apoderou dele.

Destruí-lo.

Matá-lo.

Eliminar elemento.

— Wallace você está bem?

Kyungsoo percebeu que ele estava espumando pela boca, suas mãos tremiam e seus olhos escureceram quase que imediatamente.

— É que... Eu não to muito bem senhor Do.

Os efeitos que a morte causava nele sumiram, e ele continuou segundo seu caminho enquanto o outro se perguntava o que estava acontecendo com ele, na verdade, até Wallace se perguntava o que estava acontecendo com ele ultimamente, tinha medo de que a doença de sua mãe fosse hereditária.

Ele entrou no seu escritório e a sua secretária apareceu trazendo uma pilha de papéis para que ele analisasse, mas quando ela saiu, ele se surpreendeu ao ver o que estava escrito no primeiro papel.

"Destrua os elementos e mate a árvore da vida".

Ele retirou o primeiro papel da pilha e o segundo estava com a mesma coisa escrita, todos os papéis tinham o mesmo conteúdo, ele se levantou e pegou uma imagem de Minseok que tinha na parede do escritório e a jogou no chão com toda a sua força, começou a chorar de desespero e arranhar as paredes.

— O que eu tenho de errado...

-×-

Crystal estava andando pela empresa com documentos para que fossem entregues ao seu chefe, fazia um tempinho que ela tinha dormido com Minseok, e ela estava sentindo que algo estava errado, sentia algumas dores e umas sensações estranhas, mas achava que aquilo não passava de uma doença, até que ela ouviu um choro, ela entrou na sala e viu o estado de Wallace.

— Senhor Ming?

— Eu... Preciso de ajuda...

Ele desmaiou e Crystal largou as pastas no chão, ela pediu ajuda e um dos funcionários que estava lá ligou para a ambulância, Wallace estava desmaiado mas murmurava coisas sem nexo, a secretária foi até ele, tentou levantá-lo, mas ele gritou, fazendo ela se assustar e largar o corpo adormecido dele no chão.

— Não me toque... Aquela que dará a luz ao filho do elemento gelo.

Crystal arregalou os olhos e tentou segurá-lo novamente, mas ele insistiu em gritar e dizer as mesmas palavras.

— Não me toque... Aquela que dará a luz ao filho do elemento de gelo.

Ela o largou na sala e saiu correndo, ela não poderia estar grávida de Minseok, algo estava errado, mas se Ming sabia que o seu chefe tinha poderes, ele dificilmente estaria errado, ele deveria ter um poder também.

"As forças da morte podem reconhecer quando o elemento se multiplica, e acham facilmente a dua descendência."

Crystal parou para tentar achar a voz, e se deparou com uma luz muito brilhante.

— Crystal Ban Yu, não se assuste, eu sou a Mama, e você precisa proteger o que está carregando na barriga. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...