História My Boyfriend is a Superstar - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Comedia, J-hope, Jung Hoseok, Min Yoongi, Namjin, Romance, Sobi, Sope, Suga, Taekook, Vkook, Yaoi, Yoonseok
Exibições 84
Palavras 2.781
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


DEMOREI MAS CHEGUEEEI
Finalmente as provas acabaram e eu posso escrever meus amados capítulos em paz! <3

Capítulo 5 - 04. Dançando no escuro


Desde o fatídico dia em que Hyosang re-apareceu, Hoseok se tornou quieto. Seus sorrisos eram raros e quando apareciam eram pequenos e rápidos, num piscar de olhos sua face voltava a inexpressividade completa.

Estava com medo. Medo do que Hyosang podia fazer a si, aos seus amigos, sua família, e até mesmo a Yoongi, já que este havia lhe-dado uma boa surra.

Essas preocupações afetavam-o tanto no trabalho quanto na faculdade, visto que estava a errar coreografias que antes sabia de trás para frente e a trocar pedidos dos clientes que ficavam enfurecidos com o ato.

Falando em Yoongi, o moreno estava sendo muito bom para o Jung, sempre o visitando em suas pausas no café, além de sempre conversarem pelo celular, quando o mais velho estava sem tempo de fazer uma visita pessoalmente.

Apesar de ainda estar com um pé atrás sobre se aproximar do rapper, Hoseok não podia negar que gostava daquele hyung rabugento, e por mais que doesse admitir, ele mandava bem no rap.

Yoongi: HOBI HOBI HOBI HOBI

Você: O que? Quem morreu?

Yoongi: Eu daqui a uns dias se não arrumar um professor de dança.

Você: Por que você precisaria de um professor de dança?

Yoongi: Meu chefe teve a brilhante ideia de me fazer apresentar uma valsa com uma modelo famosa para uma premiação que vai ter na semana que vem, o problema é que eu não sei dançar valsa.

Você: Bom, acho que meu professor poderia te dar umas aulas.

Yoongi: Não, Hobi.

Yoongi: Eu quero que você me ensine.

Você: Eu? Tem certeza?

Yoongi: Absoluta! Você é minha última esperança.

Hoseok pensou.

O que teria de mal em ensinar seu hyung a dançar?

Você:  Tudo bem, eu te ensino.

Yoongi: AHHHH HOBI OBRIGADO OBRIGADO OBRIGADO (Emoji de coração) 

Yoongi: Você não sabe o quanto está me ajudando.

Você:  KKK por nada hyung (Emoji feliz)

Soltou um riso baixo ao ver o quanto seu hyung parecia desesperado por sua ajuda.

Yoongi:  Você sabe onde fica a empresa né? É só falar o seu nome para a secretaria e ela vai te deixar entrar e também vai te dizer pra onde ir porque sinceramente, eu nem sei.

Você:  Agora? Não está um pouco tarde?

Yoongi: Como se você tivesse outra coisa pra fazer em pleno o sábado a noite (Emoji de língua)

Você:  Ei! Eu tenho muitas coisas para fazer sim!

Yoongi: Tipo?

Você: ...

Yoongi: Tô vendo "muitas coisas pra fazer"

 

Bloqueou o telefone jogando em um canto qualquer da cama e se preparou para ir até a empresa do rapper, já que que quanto antes começassem o ensaio daquele dias, mais rápido o Min poderia se tornar, digamos, um bom dançarino de valsa.

Certificou-se de pegar tudo que precisava, basicamente, o dinheiro para uma passagem de ônibus caso precisa-se  já que não possuía nenhum veículo e o celular que antes estava jogado pela cama, que, por sinal, estava uma bagunça.

Tinha certeza de que sua mãe iria enche-lo de xingamentos depois.

Desceu as escadas distraído quase trombando com sua mãe no caminho, essa que o xingou, obviamente.

-Só anda com essa cabeça nas nuvens, deve ser por isso que anda trombando em todo mundo-Disse a Jung mais velha e ao observar o filho dos pés a cabeça percebeu que este iria saber-Onde pensa que vai a essa hora Jung Hoseok? E sem sombrinha?

Hoseok gelou, o que diria para sua mãe?

"Ah estou indo ensinar Min Yoongi a dançar valsa, que coincidência não?"  Não soava uma boa resposta em sua cabeça.

-Vou sair com os meninos-Mentiu com um sorriso de lado, ainda não estava preparado para contar a mãe e a irmã que era....o que eles eram mesmo? Amigos? Colegas? Conhecidos?

Não sabia dizer.

-Certo, mas não esqueça do guarda-chuva, com certeza vai chover hoje-A Jung diz entregando o objeto preto para o filho que soltou uma risada devolvendo para a mulher.

-Mãe, está um tempo ótimo, óbvio que não vai chover-Deu-lhe um beijo na bochecha-Te vejo mais tarde.

-Você vai ver garoto, quando chegar aqui todo molhado vou te mandar um "eu te avisei"-Resmungou a Jung voltando a fazer suas atividades.

 

Bem, sua mãe estava certa.

Não tardou em cinco minutos desde sua saída da casa até metade do caminho para a empresa para que os primeiros pingos de água caíssem, e logo, a chuva mais forte teve início, obrigando o jovem a se esconder no telhado de uma sorveteria até que aquela força da natureza acabasse.

Minutos se passaram e o tempo parecia continuar no mesmo, o que deixava o Jung apreensivo. Yoongi devia estar o esperando e se perguntando o  porque de tanta demora.

Odiava se atrasar para qualquer coisa, isso deixava Hoseok estressado, assim como quando via qualquer fora do lugar, ou bagunçado -que não fosse sua cama, pois essa, por mais que ele arrumasse, sempre voltava a ficar bagunçada depois de segundos, parecia uma espécie de mágica do Harry Potter ou algo do tipo na cabeça do Jung-. 

Depois de vinte minutos esperando a maldita chuva passar, resolveu que seria adequado mandar uma mensagem para o seu hyung avisando que provavelmente demoraria.

Você: Desculpe a demora, caiu uma chuva e fiquei preso em uma sorveteria 

Yoongi: Pelo menos tem sorvete ai.

Você:  Ah sim, tomar sorvete no frio vai me fazer muito bem, obrigado pela dica Dr.Min Yoongi.

Yoongi: Sua grosseria fere meu coração (Emoji triste)

Você: Oh, perdão vossa alteza, quer que eu seque suas lágrimas com o meu sorvete?

Yoongi:  Você não presta Hoseok.

Você: Falou o cara que manda as pessoas beijarem sua bunda em uma música. 

Yoongi: Okay, okay, nós dois não prestamos.

Você: Corrigindo, você não presta, eu sou um amor de pessoa.

Yoongi:  Tá bom amor de pessoa, poderia por obséquio me dizer em qual sorveteria está para eu humildemente ir te buscar?

Você: Não precisa se incomodar, eu me viro aqui.

Yoongi: Ah Hoseok pare de bancar o bom moço e libera logo esse endereço.

Yoongi:  E outras coisas também, de preferência (Moonface)

Você:  Min Yoongi! Não me faça trocar seu nome para Safado Aproveitador de novo.

Yoongi:  Você tinha trocado meu nome pra isso?  Que merda.

Você:  Não me julgue seu Safado Aproveitador e Boca Suja!

Safado Aproveitador e Boca Suja:  Hoseok você definitivamente não sabe apelidar as pessoas.

Safado Aproveitador e Boca Suja:  E não mude de assunto Sr.Jung, eu ainda quero saber onde você está!

Você: Querer não é poder, já falei que eu me viro assim que a chuva passar.

Safado Aproveitador e Boca Suja:  Tarde demais, já vi sua localização.

Você: ...

Você: Droga, não acredito que esqueci de desligar essa coisa.

 

-Você devia abaixar essa glicose anal as vezes, Jung Hoseok-O moreno quase deu um pulo da mesa ao ouvir a voz grossa do rapper soar em seu ouvido.

-Hyung, quase me matou do coração!-Falou com a mão no peito, que estava acelerado pelo susto.

-Não exagere tanto Jung, vem vamos comer um sorvete-Falou puxando o mais novo até a bancada onde ficava os sabores.

-Nada disso hyung, isso vai te deixar gripado!-Falou em um tom autoritário.

-Ah deixa de ser careta, mamãe, é só um sorvete-Deu de ombros pegando os diversos e variados sabores que estavam naquela bancada, sobre o olhar de desgosto de Hoseok.

-Se ficar doente eu vou rir-Resmungou voltando a se sentar na mesa onde estava antes.

-Você tem certeza que não vai querer-Perguntou recebendo uma negação em resposta-Você é quem sai perdendo.

Yoongi não demorou a devorar o sorvete, deixando os lábios um pouco sujos ao terminar.

-Aish, está todo sujo, parece uma criança-Murmurou passando um dos dedos na boca rosada do mais velho, tentando tirar os vestígios do sorvete, acabando por se perder naquelas imensidões escuras que eram os olhos do seu hyung.

Ao perceber que havia passado tempo demais alisando os lábios de Yoongi se afastou completamente envergonhado, podendo ver de longe o rubor em suas bochechas, tão vermelhas quanto uma maça.

-B-Bem, já podemos ir?-Questionou evitando olhar o Min nos olhos.

-Sim-Respondeu simplista o outro e saíram da sorveteria dividindo um único guarda-chuva que havia sido trago pelo rapper, o que não foi tanto necessário já que logo estavam no carro de Yoongi.

O curto caminho até a empresa foi silencioso, Hoseok estava envergonhado e confuso enquanto Yoongi não parava de pensar em como os dedos de Hoseok eram quentes e macios.

Assim que chegaram passaram por uma secretária, que na opinião de Hoseok era um tanto grudenta e parecia ser louca pelo rapper.

Não que se importasse, é claro.

-Oppa, saiu tão apressado daqui, pensei que estava com problemas-A garota dizia praticamente se esfregando no Min-Precisa de alguma coisa, oppa?

A forma que ela falava oppa era irritante na visão de Hoseok e tentava ao máximo não a olhar com cara de desgosto.

-E esse quem é, oppa?-Perguntou olhando o Jung dos pés a cabeça com uma expressão não tão boa.

-Ele vai me ensinar a dançar para a apresentação que o louco do Namjoon me colocou-Diz tentando ser educado com a garota-Hoseok, essa é Hyerin, Hyerin esse é Hoseok.

-É um prazer conhece-lo-Disse e em menos de um segundo voltou a focar no moreno-Oppa, por que não pediu um especialista para te ensinar, ele parece ser só um estudante qualquer...

Ela havia acabado de o insultar? Odiava aquela garota em menos de um minuto de conversa.

-Hyerin se eu quisesse contratar um especialista eu contratava, mas eu quis Hoseok, lide com isso-Yoongi disse curto e grosso e a  garota encolheu os braços-Vamos Hobi.

Assentiu fazendo questão de ignorar o ser desprezível também conhecida como Moon Hyerin.

-Desculpe por ela, Hyerin é um pouco chata quando quer-Diz quando já estão dentro do elevador.

-Se forçar aegyo com voz de esquilo é um pouco chato não quero saber o que é muito chato-Falou arrancando risos do mais velho.

-Você realmente não presta, Jung Hoseok.

-Só percebeu isso agora, Min Yoongi?

 

-Eu desisto isso é difícil demais!-Yoongi reclamava se jogando em um dos sofás que tinha na sala prática, agora usada apenas pelos dois.

-Mas só dançamos por dois minutos! Deixa de ser preguiçoso, hyung!-Diz Hoseok tentando puxar o mais velho daquele sofá, sem muito sucesso.

-Min Yoongi deixar de preguiçoso? Isso sim é algo impossível de acontecer-Ouviram uma terceira voz presente e Hoseok pôde sentir sua garganta secar e empalidecer, estava de frente para o dono da empresa, Kim Namjoon, que também cantava com seu nome artístico Rap Monster.

-Namjoon-hyung me respeita, foi você que me meteu nessa roubada-O Min resmungou fechando os olhos por um segundo.

-Certo, certo-Revirou os olhos-Você deve ser o Hoseok, certo?-Yoongi fala bastante de você.

-S-Sim senhor-Respondeu com o fio de voz que lhe-restava.

-Não me chame de senhor, não sou tão velho, pode me chamar apenas de Namjoon-Estendeu a mão para o mais novo ali que apertou ainda um pouco surpreso.

Era um grande fã do trabalho de Kim Namjoon, mas é óbvio que não diria aquilo, não queria passar a impressão de ser um sasaeng.

-É um prazer conhece-lo senh-Namjoon-Diz Hoseok.

-O prazer é todo meu-Namjoon sorriu mostrando suas covinhas-Já estava mais do que na hora de Yoongi apresentar seu namorado para os amigos.

-N-Namorado?!-O rapper e o dançarino disseram ao mesmo tempo.

-Nós não...nós não namoramos-Hoseok falou envergonhado.

-Oh não? É que Yoongi fala tanto de você que deu a entender isso-Namjoon respondeu.

-Ok Namjoon, o que quer?-Yoongi perguntou dando fim a aquela conversa estranha.

-É assim que você trata seu chefe Min Yoongi?-Fingiu estar magoado-Vai ver só quando receber seu salário.

-Eu devia ganhar em dobro por ter que dançar valsa! Por que diabos você fez uma oposta  com Junmyeon?-Yoongi dizia enquanto caminhava até o bebedouro.

-Ele estava me provocando, em minha legítima defesa-Namjoon tentou se defender.

-Hum...desculpe perguntar mas, o que exatamente aconteceu?-Hoseok era curioso, muito curioso.

-Bem, eu estava em uma reunião entre amigos com Junmyeon, dono da SM, quando ele começou a falar da idol de sua empresa que iria participar de uma dança em um evento beneficente, porém não tinha um par para dançar valsa com si, o que era bastante surpreendente. Até que ele tocou em um assunto delicado, a dança do Yoongi, que por sinal é horrível. Ele brincou com aquilo, que até então foi engraçado, mas como eu não resisto, acabei fazendo uma aposta com ele que incluía, basicamente, que Yoongi faria par com a idol da SM e que ele dançaria brilhantemente sem nem precisar ensaiar com a garota.

-Isso foi a aposta mais ridícula que eu já ouvi, se eu não aprender a dançar até sábado que vem vão me zoar pelo resto da minha vida-Resmungou outra vez Yoongi.

-Bom, Hoseok vai conseguir fazer você dançar, eu espero-Os dois olharam para o mais novo ali.

-Eu farei o possível-Hoseok diz sorrindo.

-Ótimo, boa sorte Jung Hoseok-Namjoon diz antes de sair pela porta-Jin deve estar me esperando em casa, até mais.

-Até-Responderam.

-Bem onde estávamos?

-Desistindo?

-Pode tirar essa bunda dai e vamos dançar Min Yoongi!

 

-Bem então você tem que fazer ass-AHHH!-Soltou um grito ao ouvir o estrondo do relâmpago e as luzes se apagarem em seguida-HYUNG? O QUE FOI ISSO?

-Ei, calma é só um apagão, isso acontece quando chove-Yoongi disse ao ver que o moreno estava segurando em seu braço com força-Não precisa me esmagar por isso.

-D-Desculpa-Se soltou ainda assustado, tinha muito medo do escuro.

-Você tem medo do escuro?-Yoongi perguntou e Hoseok quase engasgou com a saliva.

-N-Não, s-s-só me assustei mesmo-Mentiu descaradamente.

-Okay, então fique ai que eu vou checar o gerador no corredor-Sentiu o moreno se afastando e segurou sua mão em um ato de desespero.

-NÃO!-Gritou e logo se arrependeu do que fez-Q-Quer dizer...só...você pode tropeçar nesse escuro...sabe.

-Você não precisa mentir para mim, é normal ter medo de alguma coisa-Hoseok assentiu mesmo sabendo que o outro não veria.

Logo outro relâmpago forte se fez presente e Jung pelo susto, abraçou o Min com força.

-N-Não me solta hyung, por favor-Sussurrou  com os olhos fechados.

-Eu não vou te soltar-O Min sussurrou de volta alisando os fios do mais novo-Nunca.

Passaram um tempo assim, apenas abraçados, era uma sensação boa, apesar do medo ainda presente em Hoseok.

-Ei, vamos para o meu escritório? Lá é mais claro-Hoseok assentiu segurando na mão de Yoongi e sendo levado por este até o local.

Ao chegarem, Yoongi fez questão de abrir as cortinas, revelando a enorme Lua daquela noite, que iluminou a sala antes escura rapidamente.

-Fiz questão de pegar essa sala por causa disso, é lindo como a Lua fica de noite-Sorriu gesticulando para que o mais novo chegasse mais perto da grande janela.

-É lindo-Murmurou Hoseok com os olhos vidrados na janela borrada pela chuva.

-Por que não tentamos ensaiar agora?-Min sugeriu.

-No escuro? Tem certeza?-Jung perguntou apreensivo.

-Não estamos totalmente no escuro, a Lua está nos iluminando-Sorriu estendendo a mão para que o outro a pegasse-O que me diz?

-Se você consegue, eu consigo-Segurou a mão do outro começando a dança silenciosa.

Hoseok adorava dançar, isso era óbvio.

Mas de todas as vezes que havia dançado, nenhuma o havia feito se sentir tão bem quanto aquela, os corpos se movendo em sincronia, a música tocando apenas em suas cabeças distraídas, a Lua sendo testemunha do turbilhão de sentimentos que os dois seres sentiam naquele momento e o escuro que já não assustava mais o Jung pareciam ser a combinação perfeita.

E então terminaram até a parte que haviam treinado.

Não disseram nada naquele momento, seus corações sabiam o que tinham que fazer.

Os rostos se aproximavam cada vez mais, os braços de Yoongi rodeavam a cintura de Hoseok enquanto os braços de Hoseok apertavam os ombros de Yoongi com pouca força.

Podiam sentir a respiração quente dos dois se mesclando e o som de suas batidas dos corações de tão próximos que estavam.

E antes que qualquer espaço entre os dois sumisse, a luz voltou derre pente, fazendo os dois se afastarem imediatamente.

-A l-luz voltou-Hoseok apontou o óbvio e Yoongi apenas assentiu, ainda tomado pelas sensações de quase ter beijado o moreno-Acho melhor eu ir para casa...minha mãe deve estar preocupada.

-Eu te levo-Min diz indo pegar sua chave mas sendo impedido pelo mais novo.

-Não precisa, já parou de chover, eu vou andando mesmo.

E apesar de muito Yoongi ter insistido, Hoseok negou, dizendo que aquela seria sua última decisão, sem volta.

Enquanto caminhava pelas ruas da cidade, a única coisa que se passava na mente de Hoseok era no que poderia ter acontecido se a luz não tivesse voltado naquele exato momento, e se assustando ao pensar, que gostaria muito que o escuro ficasse um pouco mais entre eles.

 

 

 


 


Notas Finais


Meus dedos estão doendo, minha cabeça tá pegando fogo e estou com sono.
AQUELE MOMENTO DA VIDA QUE VOCÊ ESTÁ QUASE BEIJANDO O CRUSH E VEM AQUELA LUZ LINDA E ESTRAGA TUDO, QUEM NUNCA NÉ?
Relaxa minha gente, o beijo deles tá mais perto do que vocês imaginam, hihihi.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...