História My Boyfriend is a Superstar - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Comedia, J-hope, Jung Hoseok, Min Yoongi, Namjin, Romance, Sobi, Sope, Suga, Taekook, Vkook, Yaoi, Yoonseok
Visualizações 245
Palavras 1.851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Escrevendo ao som de Bounce porque sim
Bounce hino, volta meu JJ Project :(
Hoje tem a Divide Tour em BH, e advinha? Eu não vou mesmo sendo na minha própria cidade.
Por que?
Porque não consegui comprar ingresso a tempo :((((
Choremos
Um dia eu ainda vou ver o Ed
GENTE ALERTA RAPIDO
Nos últimos caps eu estava escrevendo "Você" e "Yoongi" na hora de relatar as conversas de chat dos dois, só que a burra aqui esqueceu que a fanfic estava em terceira pessoa.
Então agora nós veremos os apelidos que eles colocaram no contato um do outro.
Ok?
Ok
desuclpa <3

Capítulo 5 - 05. Dia de faxina


Acordar ao som de Let's Not Fall In Love não estava nos planos de Hoseok para o sábado de manhã, mas, não é como se ele se importasse, de qualquer forma.

Desceu as escadas murmurando a letra da música cujo o som vinha da sala, e ao passar por esta soltou um riso baixo ao ver Dawon se jogada no sofá, com um pote de sorvete no colo e um pacote de lenços ao lado trajando uma blusa do grupo "Sistar" e um short cor-de-rosa.

-O que houve, Unnie?-Perguntou para a irmã que começou a chorar de novo-Aigo! Não chore...

-O Chang terminou comigo Hoseokie!-Exclamou enfiando uma colher de sorvete na boca-Eu não faço ideia do que fiz de errado.

Sim, a Jung tinha um namorado, apesar de seu vicio em Min Yoongi. Chang era um rapaz legal, e fazia bem a sua irmã, mas, agora que havia terminado com essa, achava-o um babaca.

-Sinto muito Dawonie...-Falou consolando a irmã com afagos nos ombros.

-Trouxe mais sorvete!-Ouviram a voz suave da mãe que logo se aproximou dos dois filhos carregando um pote avermelhado recheado de sorvete de flocos, o favorito da Jung que se encontrava aos choros no sofá-Hoseok, cai fora, papo de mulheres agora.

Bufou indo até a cozinha no intuito de preparar algo para comer.

O lado ruim de viver entre duas mulheres era esse, sempre tinha  o famoso hora do "papo de mulheres" quando Hoseok praticamente era expulso de casa.

Porém, entretanto, todavia, com certeza preferia viver com a mãe e a irmã, que o amavam, do que viver sendo humilhado pelo pai, que desde o dia em que o Jung assumiu sua sexualidade para este, o desprezava.

Hoseok ainda podia sentir os arrepios que sentiu naquela noite, quando Hyosang deixou sua mascara cair, quando aquela notícia tão íntima vazou para a imprensa, quando o próprio pai disse todas as letras que preferia um filho morto do que um filho gay que mancharia toda a imagem da família.

Aquelas lembranças machucavam, machucavam demais.

Queria esquecê-las, mas não conseguia, por mais que tentasse.

Suspirou baixo antes de terminar de comer o simples café da manhã que havia feito ás pressas e com preguiça e sair pela porta da frente gritando um "estou saindo" que foi respondido com um "ok".

Precisa por a mente em qualquer coisa menos nos acontecimento de um ano atrás, precisava respirar um ar puro.

Aquele seria o dia da apresentação de valsa de Yoongi, este que fez questão de arrumar um ingresso V.I.P para que Hoseok pudesse assisti-lo de perto,

O rapper nos últimos dias estava cada vez mais nervoso, com medo de qualquer erro fizesse-o ser mais criticado do que já era por suas letras, um tanto pesadas na opinião da mídia coreana e por seu jeito nenhum pouco educado de tratar paparazzis e outras pessoas da mídia.

Resolveu mandar uma mensagem de positividade para o Min.

Hobi: Bom dia hyung, animado pra hoje a noite? (Emoji sorrindo)

Suga: Se animado você quer dizer muito nervoso, sim estou animado.

Hobi: Não fique tão nervoso, nós ensaiamos bastante, vai se sair bem.

Suga:  Deus te ouça.

Suga: De qualquer forma, quer tomar um café? Estou livre agora.

Hobi: Pode ser, também estou livre do trabalho hoje.

Suga:  Ótimo, tenho uma máquina no meu AP  que faz exuberantes cafés expressos.

Hobi:  O que? AP?

Suga: É, sabe, apartamento...

Hobi: Eu sei o que significa Yoongi! (Emoji revirando os olhos)

Yoongi: Certo, certo.  Vou te passar o endereço.

Yoongi: Deixa só eu procurar porque sempre esqueço.

Yoongi: Não me julgue por isso!

Só então percebeu o que havia acabado de acontecer.

Min Yoongi tinha acabado de o convidar para ir até seu apartamento, e isso deixou Hoseok extremamente nervoso.

O motivo?

Ele não fazia ideia.

(...)

-JIMIN! JIMIN! JIMIN!-Gritou esmurrando a porta da casa do mais novo que era na mesma rua que a sua, roendo as unhas de nervosismo, estava vestido de acordo? O seu cabelo estava arrumado?

-O que foi hyung? O que faz aqui cedo assim?-Perguntou o baixinho coçando os olhos de forma fofa e dando espaço para o mais velho entrar.

-Jiminnie deixa de ser preguiçoso, já são dez da manhã! Até o Suga já está acordado-Resmungou se sentando no sofá da casa do Park, já que tinha intimidade o suficiente pra isso.

-Suga é? Já pegou intimidade até pra dar apelidinhos  pro seu namorado?-Hoseok corou e acertou o mais novo com uma almofada estampada de flor-Ai! Não precisa me agredir.

-Yoongi-hyung me chamou pra ir até o apartamento dele e eu não sei porque, mas, eu estou muito nervoso com isso-Confessou brincando com seus dedos frios.

-Você está nervoso porque gosta dele-Deu de ombros o Park-Ou melhor, está apaixonado por ele, perdidamente apaixonado.

-O QUE?!-Se levantou em um pulo-ISSO É UM ULTRAJE!

-Hoseok ninguém fala ultraje em pleno 2017, se toca!-Park revirou os olhos-Hyung, pare de negar, todos sabemos disso, você está apaixonado por Min Yoongi.

-Não estou não-Cruzou os braços como uma criança birrenta.

-Sério?-Arqueou uma das sobrancelhas-Então por que está tão desesperado? Ele só te chamou para ir até o apartamento dele, já que não está apaixonado por ele não devia se importar tanto com a aparência.

-Eu estou confuso...-Resmungou se olhando em um espelho-Eu estou tão feio!

-Não está não, você está lindo! Vai lá conquistar seu macho, Jung Hoseok-Empurrou o amigo para fora de sua casa dando uma arrumada -ou bagunçada- em seus fios antes-E lembre-se, camisinha é pra ser usada.

-VAI SE FERRAR JIMIN!-Gritou assim que a porta se fechou-Garoto abusado...

Enquanto caminhava pelas movimentadas ruas de Seul, Hoseok se pegava pensando em tudo que Jimin o havia dito, ele estava apaixonado pelo rapper? Era por isso que estava tão nervoso por estar indo visitar o apartamento do moreno?

Tentava ao máximo não se lembrar do quase beijo que deram.

Ah, Hoseok nunca amou tanto o escuro como naquele dia, e nunca odiou tanto a luz ter voltado bem no exato momento em que seus lábios quase tocaram os do Min.

Então era isso? Estava apaixonado?

Afastou esses pensamentos de sua mente assim que chegou no prédio onde o Min havia o passado o endereço. Era até bonito, bem diferente do estilo do Min, o edifício era branco com alguns detalhes de cor cereja, e bem alto, tão alto que Hoseok não conseguiu contar os andares.

Abriu a porta de vidro e caminhou até o recepcionista que parecia entediado com sua própria vida.

-Bom dia, eu vim visitar uma pessoa no apartamento 101-Conferiu o celular para ver se falara certo-Meu nome é Jung Hoseok.

-Hoseok é? Pode subir, o senhor Min está te aguardando.

Assentiu agradecendo o senhor e subindo pelo elevador, já que nem morto subiria aquelas enormes escadas, não podia, em hipótese alguma chegar suado e cansado no apartamento do mais velho.

Se perdeu em seus pensamentos e quase ficou preso no elevador quando parou no andar correto, entretanto, por sorte conseguiu correr antes que as portas metálicas se fechassem.

Bateu na porta duas vezes sentindo que seu coração podia sair pela garganta, imaginando a situação e fazendo uma careta, logo substituída por um sorriso ao que a porta de madeira se abriu revelando um Min Yoongi com os fios negros um pouco bagunçados, uma regata preta um pouco larga e uma bermuda branca.

-Bom dia-Sorriu o mais novo-Ué, onde está o Yoongi? Não estou vendo ele...-O mais velho riu irônico-Ah, hyung você está ai, não te vi.

-Quer parar de zoar a minha altura?-Resmungou dando espaço para o Jung entrar que ao se deparar com a bagunça quase soltou um grito-O que foi viu outra barata?

-OUTRA?-Deu um pulo para trás-Min Yoongi, quanto tempo faz desde da última vez que fez uma faxina?

-Não sei...dois messes?

-DOIS MESSES?!-Exclamou Hoseok-Hyung olha só pra isso!

Haviam pilhas de roupas jogadas por todos os cantos, meias perdidas pelo corredor, folhas diversas espalhadas pela mesa de centro e até mesmo misturadas com as roupas e Jung pôde até ver uma cueca perdida em cima do controle da televisão.

-Isso está me dando agonia-Resmungou-Vamos arrumar isso agora!

-O que? Ah não Hoseokie-Reclamou o mais velho-Eu estou cansado...

-Devia ter pensado nisso quando começou a fazer essas bagunças-Cruzou os braços-Pode ir levantando essa bunda do sofá e vem me ajudar com essas roupas!

-Se eu não te ajudar você vai ficar me enchendo o dia todo né?-Min perguntou.

-Você me conhece tão bem-Sorriu o Jung-Vamos começar pelas roupas, onde fica a lavanderia do seu andar?

(...)

-Aigo, estou morto!-Se jogou no sofá o mais velho-Acabou?

-Só estamos no começo preguiçoso, ainda falta seu quarto que eu tenho certeza que está três vezes pior que a sala, a cozinha, e seja lá quantos banheiros você tenha nessa mansão, digo, apartamento.

-Por que você me odeia tanto, Hobi?-Reclamou com uma cara fofa que não convenceu o mais novo-Cruel...

-Anda logo Sr.Preguiça-Puxou o outro-Espera, sei como isso vai te deixar feliz...tem rádio aqui?

-Tem ali-Jung foi até lá conferindo os CDs do mais velho e colocando um que o chamou atenção e que era de seu gosto, o álbum Divide-Pronto, ficou mais animado?

-Não-Riu da expressão do mais baixo indo até a cozinha que apesar de não está tão suja assim, tinham uns ou outros pratos sujos acumulados na pia.

Lavaram-os com cuidado para não quebrar, apesar do moreno mais velho ter quase quebrado dois quando se distraiu.

A distração tinha nome e sobrenome: Jung Hoseok.

Como um ser podia ser tão bonito, tão perfeito para si? 

Era o que se passava na mente do Min.

-Yoongi cuidado com o pra...-Tarde demais, o prato se espatifou no chão-Parabéns, vai ter sete anos de azar!

-Mas isso é só com espelhos...-Franziu a testa.

-Ah é...

Riram antes de começarem a limpar os pedaços de prato.

(...)

-Hoseok eu acab....-Sorriu ao ver o moreno cochilando em seu sofá, com uma expressão fofa e aparentemente com um pouco de frio já que se encolhia o máximo que podia.

Voltou até seu quarto e tirou de lá um coberto quentinho passando pelo corpo do moreno, e, inocentemente -ou talvez nem tanto- reparando nos lábios carnudos e entre-abertos do Jung.

Pareciam tão saborosos, tão...beijáveis...

Se aproximou.

Hoseok não acordaria, acordaria?

Se aproximou um pouco mais, e então, finalmente encostou seus lábios nos de Hoseok, ficando apaixonado pela aquela boca no momento em que sentiu-a.

Mas, logo se afastou, antes que o mais novo acordasse, e isso seria bastante constrangedor.

Olhou para o relógio, faltavam cerca de quatro horas até o momento que tinha de estar no evento, então não faria mal dormir um pouco, já que estava cansado.

Se aconchegou no sofá mantendo uma distância segura de Hoseok.

O que não adiantou muita coisa, já que o Jung virou-se abraçando o corpo imóvel de Yoongi que, por sua vez, sorriu deixando um beijo rápido na testa do mais novo.

-Yoongi...-Congelou ao ouvir seu nome ser dito pela figura de fios castanhos, ele estava acordado?

Esperou alguns segundos e relaxou sorrindo bobo, ele estava sonhando, sonhando com si.

-Espero que sejam bons sonhos-Murmurou antes de pegar no sono também.

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


LEIAM AS NOTAS INICIAIS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...