História My Boyfriend Is Suga - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Nana, Suga, Yoongi
Exibições 165
Palavras 4.925
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Venho me despedir de mais uma fanfic!
Parabéns unni!Essa 'one shot' começou como presente ano passado,e termino ela como presente desse ano.
Para quem gostou desse mini fanfic com o Suga,venho dizer que vou fazer esse mesmo esquema com todos os meninos do Bangtan.
Boa leitura.

Capítulo 4 - Smile Again Pt.3


Fanfic / Fanfiction My Boyfriend Is Suga - Capítulo 4 - Smile Again Pt.3

Passaram-se longos cinco anos, desde que me mudei para Seul.

Cinco anos odiando meu pai.

Eu tentei fugir mais de seis vezes, mas sempre falhava então meu pai resolveu me colocar em um colégio interno.

Onde eu não podia nem respirar direito, que alguém contava para meu pai.

Ele colocou dois seguranças para me vigiar.

Eles ficavam dentro da sala, quando eu tinha aula. No refeitório, quando ia comer. Ficavam no lado de fora do banheiro quando precisava usar.

Eu já estava farta disso, mas tive que resistir.

Hoje tenho 22 anos, moro sozinha, em outro país, trabalho e faço faculdade de fotografia.

Meu pai e minha mãe tiveram mais uma filha, e eles a bajulam muito. Não que eu me importo, afinal, não moro mais com eles. Mas quando me tiveram, não era assim. Eu não fui planejada e fui rejeitada.

Ah, Suga... O grande amor da minha vida, eu não sei onde ele vive como vive. Não sei se esta bem, e nem se arrumou outra pessoa em sua vida.

Eu nunca o esqueci, e meu coração ainda bate forte quando vejo uma foto minha e dele. Eu espero que esteja feliz e saudável.

Como meu pai ficou com meu antigo celular, perdi todos os meus contatos, incluindo o numero de Anne e Yoongi.

Eu moro em Berlim, trabalho de manhã e tarde, e vou à faculdade à noite. No começo foi difícil me acostumar com os costumes, a língua e o fuso horário. Hoje já tenho vários amigos, todos de diferentes lugares do mundo. Todos tem uma historia diferente para contar, costumes diferentes, línguas diferentes.

Eu arrumei uma amiga, ela é japonesa, ela é um ano mais velha que eu, e nos damos muito bem. Deve ser porque nossos costumes são parecidos.

Meus colegas de sala são legais, não discutimos facilmente.

Olhei o relógio e vi que marcava 6:30, finalmente o trabalho tinha acabado. Peguei minha jaqueta e a vesti, arrumei minhas coisas e sai do departamento onde trabalhava.

_Até daqui a duas semanas. –Falei quando vi alguns colegas de trabalho.

_Até. –Disseram ao mesmo tempo.

_Vai viajar para algum lugar?

_Não, vou aproveitar para descansar em casa, e sair para tirar algumas fotos. –Falei tímida.

Peguei o elevador e apertei o botão para térreo, logo a porta se abriu, e entrei.

Sai do prédio e fui ate o ponto de ônibus que tinha ali perto.

Olhava a avenida movimentada e esperei meu ônibus chegar.

Assim que o ônibus chegou, me sentei no fundo e coloquei meus fones.

O trajeto ate minha faculdade levava 35 minutos. Não era longe, mas eu gosto de ir de ônibus, porque assim não preciso ficar andando nesse frio.

O ônibus parou em frente à faculdade e algumas pessoas desceram.

Hoje é o ultimo dia de aula, depois começa a semana do Natal e depois Ano Novo.

Diferente do trabalho, na faculdade tenho ferias de três semanas.

Entrei no meu campus, e fui até minha sala.

Ao longe vi Saori, assim que me viu acenou e veio ate a mim.

_Oi Nana, como foi o trabalho? -Ela disse sorrindo.

_A mesma coisa de sempre. - Falei com um semblante cansado.

_Sei que você não quer viajar nas férias, mas vem comigo pro Japão?

Olhei para ela sem animo.

_Você já perguntou isso.

_Eu sei, mas vamos você vai querer passar as festas sozinha?

_Sim, você sabe que não quero voltar pra Ásia tão cedo.

_Aaah Nana, vamos comigo!Tem um grupo Coreano que eu gosto muito,   vai se apresentar pela primeira vez no Japão,e vai ser quando eu estiver lá e ainda vai ser na minha cidade, Osaka.

_E por que eu tenho que ir? -Falei desanimada.

_Porque se eles só falarem coreano eu vou ficar perdida. Vamos?

Saori ficou insistindo a aula inteira. Assim que acabou a ultima aula, me levantei e guardei minhas coisas, na intenção de ir embora.

_Naaana, fala que você vai comigo.

Ela me acompanhou o caminho inteiro, e ainda falando que se eu escutasse alguma musica do grupo, eu iria gostar.

_Ok Saori, eu vou com você.

_Seerio? -Ela falou empolgada.

_Não, agora para de falar disso. -A olhei rapidamente, e vi que estava triste.

Entrei no elevador, e ela logo atrás.

Saori morava no mesmo prédio que eu, isso foi uns dos pontos que fizeram nós nos conhecermos melhor.

_Não fica brava comigo. -Falei tocando em seu ombro.

_Não estou brava.

_Então por que esta com essa cara? -Perguntei sem entender.

_Eu achei que se eu insistisse mais você iria então eu comprei sua passagem também.

Arregalei os olhos, não sabia o que falar.

_Não tem problema, eu devolvo amanha, mas se quiser ir, eu vou sair do meu apartamento as 4:30 da manhã.

Depois que falou a porta do elevador se abriu e ela deu um sorriso forçado e depois saiu.

Sai logo atrás, e esperei que entrasse em seu apartamento.

Peguei minhas chaves e abri a porta, joguei a mochila no sofá e me deitei.

Senti-me mal, ela até comprou minha passagem. Sei que Japão não é Coreia, mas ainda não queria voltar.

O tempo foi passando e continuava no mesmo lugar, pensando se ia ou não.

Faltavam duas horas ate às quatro e meia, e eu finalmente resolvi.

Entrei no meu quarto e peguei minha mala em cima do guarda roupa. O abri e fiquei pensando o quanto de roupa iria levar.

Coloquei tudo que tinha de roupa de frio do guarda-roupa e coloquei na mala.

Coloquei dois saltos e dois tênis, peguei minhas roupas intimas da lavanderia e coloquei na mala.

Corri pro banheiro e tomei um banho demorado e relaxante.

Troquei de roupa e arrastei a mala até a sala.

Voltei ao quarto e pequei meus documentos. Mas não conseguia achar o passaporte.

_Tinha que acontecer alguma coisa. -Falei estressada

Revirei o quarto todo, até que achei no fundo de umas das gavetas do guarda-roupa.

Coloquei passaporte, carteira, documentos pessoais tudo na bolsa.

Voltei até a sala e peguei meu notbook e o carregador, coloquei na bolsa e verifiquei se tinha algo faltando.

Olhei o relógio e faltavam vinte minutos para as quatro e meia.

Desliguei tudo e apaguei as luzes. Coloquei a bolsa no ombro e fui arrastando a mala até a porta. Assim que tranquei a porta, vi Saori saindo de seu apartamento. Assim que me viu arregalou os olhos e sorriu.

_Realmente a esperança é a ultima que morre.

_Eu tinha que vir. -Ela me abraçou e depois apertou o botão do elevador.

Saori tinha chamado um taxi, e assim que saímos do prédio o taxi tinha acabado de chegar. Saori foi falando o caminho todo ate o aeroporto, fizemos o check-in e fomos comprar café.

_Saori, faz o meu pedido?Tenho que sacar dinheiro.

Ela concordou e disse que cuidava da minha bagagem.

Fui ate uns dos caixas eletrônicos e peguei uma boa quantia. Voltei ao café e vi Saori acenar. Tomamos nosso café enquanto esperávamos nosso voo.

A viajem foi um pouco cansativa, mas chegamos a Tókio quase na hora do almoço, depois pegamos um trem ate Osaka.

Visitamos alguns lugares e depois voltamos para a casa de Saori.

_Voltamos! -Saori falou e depois tirou seus sapatos para entrar na casa.

Fiz o mesmo e me sentei no sofá.

_Sua amiga é tão bonita. -Sorri com o elogio da mãe de Saori. -Qual é o seu nome?

_Nana, Kim Nana.

_Aah, você é coreana, é um prazer te conhecer.

_O prazer é todo meu, senhora.

 

Dois dias se passaram desde que cheguei a Osaka. O show do tal grupo coreano seria amanha, e Saori não parava quieta.

Hoje me bateu uma saudade do Yoongi.

Passava algumas fotos que tinha salvado pelo email, e meus olhos começavam a arder.

Deixei uma foto do Yoongi como papel de parede do celular, bloqueio o celular assim que vi Saori entrar na sala.

_O que você estava fazendo, para bloquear rapidamente o celular?

Desviei o olhar e tentei fugir do assunto, levantei do sofá e passei por ela, mas assim que passei ela pegou o celular da minha mão.

_Yah!Devolve! -Tentei pegar, mas ela começou a correr.

O pior que Saori sabia a minha senha.

Tentei alcança-la, mas ela conseguiu desbloquear.

_Yah, se você não queria falar para mim que começou a gostar do grupo que te falei não tem problema. -Não entendia nada do que ela falava. -Por que pegou uma foto pré-debut do Suga?Mas ele esta bonito nessa foto, como nunca vi ela?

 

Arregalei os olhos, como ela sabia do Suga?

_Devolve o celular. -Falei grossa. -Como você sabe do Suga?

_Suga é uns dos integrantes do , Bangtan Sonyeondan o grupo que eu gosto, o grupo que vamos ao show amanha.

 

Cai de joelhos no chão e fiquei paralisada. Minha cabeça rodava.Escutava Saori me chamando,mas não conseguia responder.

_Nana!Me responde,esta tudo bem?

Me levantei com a ajuda de Saori e me sentei no sofá.

_Me conta o que acabou de acontecer.

_Nada demais…. Minha pressão caiu, e eu não sabia que esse menino fazia parte do grupo...eu apenas peguei essa foto na internet.

_Ah, foi isso então, vou trazer água para você.

 

Saori saiu da sala e eu comecei a respirar rapidamente.

Não era possível, Suga realmente virou cantor, era o que ele sabia fazer de melhor. Ele cantava algumas musicas que ele compôs para mim, ao telefone.

Eu não estava acreditando nisso, ele deve estar diferente, e mudado, e nem deve se lembrar de mim.

Fui ate o banheiro e chorei, não foi uma boa ter vindo ao Japão. Não estou preparada para vê-lo.

 

POVS SUGA

 

Tinha chegado a Osaka e estava no meu quarto escutando música. Quem diria que eu virasse cantor, uma história complicada.

Não estava nos meus planos, mas depois que briguei com a minha família e fui a Seul procurar Nana, minha vida mudou.

Procurava ela dia e noite,nunca a achei,passei fome e frio,mas nunca desisti,ate hoje eu a procuro.

E como eu precisava de dinheiro passei a cantar minhas musicas na rua, ganhava uns trocados, e um dia um ajusshi me recomendou algumas audições, quando que imaginaria que meu rap seria bom para passar em uma audição?

Eu acho que foi um milagre, porque estava passando necessidade.

E por ter “sumido” do mapa, meus pais me odeiam, e não aprovaram de eu fazer musica.

Isso me abala, sempre fico mal, mas uso essa tristeza para compor musica.

Meu jeito de ser ainda é o mesmo, porem fiquei mais arrogante.

Não sei o por quê.

Nunca se quer beijei alguém depois de Nana.

A verdade é que eu comecei a vê-la em todos os lugares. Onde eu vou,ela esta la.Então quando eu chego perto de alguma menina eu não consigo nem cumprimentá-la,a não ser as fãs,parece que a “Nana” que vejo sabe do meu amor pelas fãs.

Nos shows ela sempre fica comigo, ao meu lado, nunca na plateia, ela sempre esta sorrindo, o jeito que mais gosto, o sorriso gengival.

A roupa dela é a mesma, ela esta com a roupa que a vi pela ultima vez.

Ela começou a aparecer na época que debutei, há um ano a trás.

Já fui a muitos médicos, e os mesmos me passam o mesmo remédio.

Comecei a ter muita dor de cabeça depois que ela apareceu, o que me dificultou a produzir musica.

Se não fosse por ela, nunca teria ido a Seul, e nunca estaria em um grupo.

A verdade é que eu a amo ainda. Mereço um premio por ser o maior trouxa do mundo.

Eu só quis debutar para ver se Nana me encontra. Para tê-la de volta, aos meus braços.

Foi um amor de adolescência, mas ela ainda esta no meu coração.

Sonhei tanto com ela, e se um dia a encontrar, não saberei usar as palavras.

 

Tirei os fones e vi que já era hora de ir até o lugar do show, para fazer a passagem de som.

Me troquei e vi que Taehyung me esperava.

_Ainda esta vendo a Nana? -Ele perguntou preocupado.

_Sim, e ela esta ali. -Apontei do outro lado do corredor.

_Isso me da medo. -Ele riu e pegamos o elevador.

 

Não entendo como Taehyung foi fazer uma audição, e ainda debutou no mesmo grupo que eu. Ele é o único que sabe que vejo uma mulher por todos os lugares. Ele me contou tudo o que aconteceu na noite que brigamos.

Eu fiquei bravo, mas agradecido, foi melhor ele tê-la encontrado, do que algum marginal.

Ele tentou me ajudar a encontra-la, mas nem sinal dela. A única pista que eu tinha era que ela estava em Seul, pois Anne me mostrou a mensagem.

Depois de um tempo descobri que ela estava em uma escola interna, mas não sabia qual.

 

POVS Nana

 

Hoje seria o dia do show, e já estava passando mal, mas tentava não mostrar a Saori.

Já que eu concordei em vir com ela, não posso recuar.

Saori resolveu ir bem cedo à fila do show, e por causa do fuso horário eu estava um caco.

Coloquei algumas blusas e por cima uma jaqueta de couro, uma calça jeans clara, rasgada nos joelhos e um tênis.

Passei maquiagem e prendi o cabelo.

E la estávamos,em uma fila enorme,e eu congelando.

Hoje era véspera de natal, e estava muito frio, e tinha previsão de neve.

Passei algumas e incansáveis horas na fila, e as 18:00 os portões abriram.

Saori comprou lugares na frente, ou seja, posso ficar cara a cara com Yoongi.

Enquanto Saori e mais o lugar todo gritava chamando o nome do grupo, eu bocejava.

Então as luzes se apagaram, e minha cabeça já começou a girar.

Assim que eles subiram ao palco, pude ver claramente o rosto do Yoongi, aah, como ele estava bonito, mas muito magro.

Não posso falar nada, pois também estou nessa situação.

Não consegui aguentar e algumas lagrimas começaram a cair sobre os meus olhos.Droga,Saori pode ver.Limpei rapidamente as lagrimas e fiquei o observando.

Não consegui sorrir nenhuma vez. Eles falavam alguma coisa em Japonês, mas a maioria era Coreano, então “traduzia” para Saori.

Eles saíram do palco e depois voltaram com outra roupa, Yoongi estava sorrindo, e foi então que percebi uma pessoa familiar ao seu lado.

TAEHYUNG?! Não acreditei no que meus olhos virão, ele estava ruivo, e estava sorrindo, o mesmo sorriso de antes.

Então Yoongi começou a cantar, e eu conhecia essas letras.

Tomorrow, aah, umas das musicas que Yoongi compôs, então não resisti e chorei baixinho.

Foi assim a musica inteira, a voz do Yoongi é tão bonita, que poderia escutar o dia inteiro, assim que a musica acabou enxuguei as lagrimas e ergui o rosto.

Então meus olhos se encontraram com o de Yoongi, e Yoongi olhou para os lados, e arregalou os olhos, e voltou a olhar para mim.

 

POVS SUGA

 

Percebi que uma garota chorava ao som de Tomorrow, fiquei a olhando a musica inteira, e quando a musica acabou ela levantou o rosto, e para a minha surpresa, ela parecia muito a Nana.

Olhei para os lados e vi que a “Nana” que enxergava estava lá, como sempre, sorrindo.

Voltei a olhar e percebi que ainda estava lá, arregalei os olhos e fiquei a olhando.

Mas que droga, agora vejo duas Nanas, ninguém merece.

Porém essa estava mais madura, a cor do seu cabelo era outro, seu rosto angelical ainda era o mesmo, mas tinha algumas mudanças.

Assim que voltei para o backstage chamei Taehyung.

_O que aconteceu Hyung?Parece que viu um fantasma.

_Eu estou vendo duas Nanas agora. -Falei assustado.

_O que-e? -Arregalou os olhos e ficou olhando para todos os lados. _Onde elas estão?

_A Nana de sempre esta ali. -Apontei para perto do palco. -E a outra esta na plateia.

Ele ficou olhando a plateia e arregalou os olhos.

_Hyung!Me ajuda! -Ele falou apavorado. -Estou vendo a Nana da plateia.

Não sabia o que fazer aquela Nana, é a verdadeira?

 

Voltamos para finalizar o show e nos despedir. Procurei-a, e percebi que tentava sair do local, uma menina tentou a puxar, mas ela estava pálida, e saiu do local.

Eu precisava a encontrar, não sabia se era ela, mas tinha que descobri.

Assim que saímos do palco, fui ate o camarim e peguei uma garrafa de água e uma blusa.

Esbarrei com Jin, e falei que iria resolver algumas coisas.

Sai pela porta dos fundos e coloquei o toca da blusa.

Procurei na frente da casa de show e nada. Desisti de procurar e ia voltar.

Mas assim que ia entrar na rua que tinha a porta dos fundos, vi a garota agachada com uma garrafa de água em uma mão, e a outra se abanava.

Cheguei perto e me agachei também, ela levantou a cabeça e fez uma cara de susto.

 

POVS NANA

 

Ele estava na minha frente, mas parecia mentira. Fechei os olhos e abri novamente, mas ele ainda estava lá.

_Você é a Nana? -Ele falou em Coreano.

Eu tinha medo da resposta dele, mas se falasse que não?Iria mudar alguma coisa?

_Sim, eu sou. -Minha voz saiu rouca.

Ele respirou e fechou os olhos,assim que os abriu,vi que chorava.

Ele se levantou e me ajudou a levantar.

Ficamos olhando um para o outro, sem falar nada, apenas olhando.

Depois de alguns minutos Yoongi me abraçou.

Meu corpo se arrepiou com o seu toque. Sem delongas correspondi, e as lagrimas ainda caiam do meu rosto.

_Me desculpa Yoongi, me desculpa. -Chorava como nunca antes e soluçava.

Suga fazia o mesmo, mas seu choro me fazia chorar mais ainda.

Eu não sei por quantos minutos ficamos daquele jeito, mas o som do meu celular tocando fez que nós nos separássemos.

_Alô?

Falei assim que atendi minha voz ainda era de choro. Saori estava preocupada comigo, mas falei que podia ir para sua casa, que logo voltaria.

_Era sua amiga? -Suga disse me abraçando.

_Suga…. Não faça isso. -Falei me soltando.

_Ah, você já tem alguém... Me desculpe. -Suga falou cabisbaixo, mas logo abriu um sorriso.

_Estou muito feliz em te ver. -Podia notar que ele começou a sorrir muito,é engraçado,ele nunca sorria,agora sorri muito.Eu que sorria muitas vezes agora raramente mostro os dentes.

_Yoongi… -O chamei baixinho.

_Sim?

_Eu não tenho ninguém, eu só estou com medo de alguém te reconheça.

Ele sorriu e puxou a minha mão, e me levou novamente ao lugar do show.

 

POVS SUGA

 

Eu ainda não tinha acreditado que era ela,e fiquei feliz quando falou que não tinha ninguém.Agi sem pensar,mas não iria fazer nada se ela tivesse realmente alguém.

A levei ate o camarim onde estavam os outros integrantes do grupo.

Assim que entrou, Taehyung arregalou os olhos.

_Nana? -Ele veio em nossa direção e abraçou.

_Taehyung! -Nana correspondeu seu abraço, e logo se soltou.

Fiquei com ciúmes, mas entendia que ambos estavam com saudades.

Nós nos sentamos e apresentei todos pra ela.

_Uau, como o mundo é pequeno. -Nana riu, ao ver Jimin e Namjoon. -Mas é bom vê-los.

NamJoon se arrepende do passado,mas deixou claro que agora é uma boa pessoa.

 

POVS NANA

 

Conversamos por bastante tempo, até que Namjoon fez uma pergunta que não queria responder.

_Você esta morando aqui em Osaka? -Percebi que Yoongi tinha ficado nervoso, eu mais ainda, não queria contar que não posso ficar perto dele.

_Não,só estou visitando,vim com a minha amiga, que é muito fã de vocês.

Suga ficou relaxado quando falei que não morava aqui.

_Então você mora na Coreia? -Taehyung perguntou sorrindo.

Não sabia o que falar meu coração já estava doendo.

_Não também….estou morando na Alemanha,em Berlim.

Olhei para Suga e o vi de olhos fechado, ele queria chorar, tinha certeza.

_Oh...entendo. -Taehyung falou cabisbaixo.

Coloquei minha mão no ombro de Yoongi, ele me olhou e voltou a fechar os olhos.

_Meninos, se vocês me dão licença, vou levar o Yoongi para tomar um ar.

Ajudei Suga a levantar e o levei para fora do camarim. La fora estava muito frio, então preferi o levar para perto do palco.

_É serio isso Nana? -Ele perguntou deixando as lagrimas caírem.

_Sim. -Eu me sentia a pior pessoa do mundo, estou fazendo Yoongi sofrer novamente.

_Vem aqui. -O chamei e o abracei forte.

_Mas agora que te reencontrei….você não pode fazer isso comigo.

_Suga… -Ficamos por um tempo assim,mas seu manager o chamou,teria que voltar ao hotel.

_Nana vem comigo?

_Não posso, tenho que voltar para a casa da minha amiga.

_Nãao, por favor, tenho tanta coisa para falar com você.

_Yoongi, faz assim, vai para o hotel e amanha nos encontramos.

Com muito custo Yoongi aceitou, trocamos números de celulares e cada um seguiu um caminho.

Não vou mentir, queria ter ficado conversando com Suga, mas isso era a coisa certa a se fazer.

Quando cheguei á casa de Saori, tive que explicar o que aconteceu, tudo, com detalhes, mas é lógico que menti.

Assim que deitei, recebi uma mensagem se Suga.

 

*Chegou bem?*

~Sim….e você?

*Cheguei bem, mas estou com saudades*

~Você deve ter sentido muita a minha falta~

*Muito... Mas não vamos falar do passado, vamos falar do presente.*

~Okay okay~

*Eu vou voltar pra Seul amanhã.*

~Mas já?~

*Sim, amanhã é minha folga, porque depois começa alguns festivais de natal.*

~Entendi…~

*Quer voltar comigo?*

~Não posso... Tenho que voltar para a Alemanha junto com a minha amiga... e ela vai depois do ano novo ~

*Yah, você pode ficar o quanto tempo quiser com sua amiga, mas comigo não, vem comigo?Prometo que você vai voltar antes do ano novo, mas por acaso,só se você quiser,pode passar o ano novo comigo também?*

~ Vou pensar, daqui a pouco mando uma resposta. ~

 

Chamei Saori e falei que teria que ir pra Seul.

_Mas por quê?

_Aah... Eu… é que agora que estou aqui, acho melhor resolver algumas coisas que ficaram sem terminar.

_Oh, então acho melhor você ir. -Ela sorriu e me abraçou. -Obrigado por ter vindo comigo pro Japão, você é a melhor amiga de todas!

_Eu sei,eu sei,quando eu voltar pra Alemanha,você vai ter um presente!

_Serio?O que é?

_Surpresa.

 

POVS SUGA

 

Revirava e revirava na cama, esperando uma mensagem da Nana.

_Suga, da pra parar de ficar se mexendo na cama? -Hoseok falou irritado.

Já estava desistindo e indo dormir, mas recebi uma avalanche de mensagens dela.

~ Okay, vou com você.

~ Só preciso comprar a passagem.

~ Qual horário você vai?

~ Vou estar te esperando no aeroporto.

~ Yoongi,estou com saudades.

 

Lia cada mensagem sorrindo, respondi contente

*Vou no voou das 11 da manha,compra pela internet a passagem,quando desembarcarmos em Seul,vamos para o meu apartamento*

~Okay sir.

~Ate amanha.

~Boa noite, saranghae.

 

Não resisti o sorriso e respondi

*Boa noite, my love.

 

Me cobri ate a cabeça e dormi.

Fui o primeiro a acordar, arrumei minhas coisas e fiquei esperando a hora passar.

_Que milagre Suga acordar cedo. -Revirei os olhos com o comentário que fizeram na mesa do café da manha.

 

Eu estava feliz, não tinha como falar que não, estava estampado na minha cara.

Assim que chegamos ao aeroporto fiquei preocupado. Havia muitas fãs no local, não ia conseguir encontrar Nana.

Com muito sofrimento, fizemos o check-in e as diversas coisas que precisam fazer. Peguei meu celular e disquei o numero de Nana.

_Yeoboseyo?

_Nana, é o Yoongi, onde você esta?

_Estou na minha poltrona do avião, por quê?

_Por nada, só queria saber se estava aqui... Acho que vai ser difícil nos encontrarmos no aeroporto de Incheon, então vou mandar o endereço e você fica me esperando na entrada do apartamento, ok?

_Ok, sem problemas. Vou desligar.

_Nana…

_Hum?

_Você não vai fugir né?

_Não Yoongi, fica tranquilo.

 

Eu não queria perdê-la novamente, não mesmo.

 

POVS NANA

 

Eu entendia a preocupação de Suga, eu também não queria perde-lo.

O voo foi rápido, e assim que desembarquei chamei um taxi e mostrei o endereço que Suga tinha enviado.

O ahjusshi me ajudou com a mala e como combinado fiquei esperando Yoongi aparecer.

_Esperou muito? -Escutei falar e depois Suga me abraçou por trás.

_Um pouco. -Sorri tímida e entramos no apartamento.

O apartamento não era grande, mas tinha uma vista incrível.

_Você não tinha que morar junto com os meninos? -Falei deitando no sofá.

_Mas eu morro, eu comprei esse apartamento com ajuda da Anne, mas ela não para em casa, então a maioria das vezes eu fico aqui.

_Eu quero ver a Anne. -Falei fazendo bico.

_Só amanha, porque ela dorme no dormitório da faculdade dela.

_Aaaan, ela esta fazendo faculdade! -Falei orgulhosa. -Do que ela faz?

_Psicologia. -Suga falou e trouxe água para eu beber.

_Bem a cara dela, mas então por que vocês compraram esse apartamento?

_Porque depois que ela se formar, ela vai morar aqui. -Suga terminou de falar e tirou o copo de água da minha mão. -Mas vamos falar de nós.

Era incrível como Suga fazia me derreter. Inesperadamente, meus lábios são tomados. Era o nosso primeiro beijo depois de cinco anos.

O beijo era necessário, e ficava mais feroz. Suga mordeu meus lábios me fazendo gemer.

Suga soltou minha boca e desceu para meu pescoço. Ele tava chupões fortes, com certeza ia ficar marcas.

E uma mão boba entrou por baixo da minha blusa.

_Você quer parar? -Suga respondeu sorrindo.

_Não.

_Você quer aqui ou no quarto?

_Yoongi, tanto faz, mas para de enrolar, porque só com esses beijos eu já estou louca.

Ao falar isso, Suga tirou minha camisa e logo o sutiã. Ela chupava um e apertava o outro. E foi descendo ate minha intimidade, onde tirou minha calça junto com a calsinha. Introduziu dois dedos me fazendo gemer alto. Assim que tirou os dedos, fiquei e, cima dele, rebolei em cima do seu membro, fazendo soltar gemidos abafados.

_Rebola com mais força. Aah.aah.

 

POV'S SUGA

 

Eu a teria de novo, e isso me fazia delirar. Depois que tirou minha roupa, começou a chupar meu membro, e eu gemia cada vez mais alto.

_Naanaaaaaaa, eu não aguento mais. -Falei e o liquido quente escorreu, fazendo Nana engolir.

_Yoongi, eu to sem fazer isso a 5 ano,então deixa eu aproveitar.

Ela falou e voltou a rebolar em cima do meu membro, e com o subir e descer, seus peitos faziam o mesmo.

Então parei Nana e a fiz encurvar, assim podia chupar e ter uma visão privilegiada de seus peitos.

_Seus peitos cresceram. -Falei logo abocanhando um seio seu.

_Eu só tinha 17 anos Yoongi. -Ela riu me fazendo sorrir junto.

Afastei um pouco e inverti as posições, pequei um preservativo e coloquei em meu membro, e com cuidado entrei nela, e aos poucos ia aumentando a velocidade.

_Yoongii, vai mais rápido. -E com seu pedido, estocava mais rápido e fundo.

_Quer segunda rodada? -Ela concordou e a deixei de quatro.

Da ultima vez eu tinha a machucado, então fui com cuidado e entrei, ela gritava, mas não ligava.

Estoquei mais vezes e depois sai.

Deitei cansado no sofá e ela logo deitou por cima de mim.

_Suga, agora que você esta famoso, não podemos namorar.

_Podemos namorar escondido, e você vai voltar para a Alemanha de qualquer forma.

_Você vai me esperar?

_Para quem esperou 5 anos,mais 5 não vai matar.

 

Arrumamos tudo e preparamos alguma coisa para comer, assistimos a um filme, e acabei adormeci ao lado de Nana.

 

POV’S NANA

 

Suga dormia ao meu lado, seu rosto mostrava estar cansado, não tinha força de carregá-lo ate o quarto. Então me agarrei a ele e dormi.

Assim que acordei, senti um cheiro muito bom vindo da cozinha, e me deparei com Yoongi cozinhando.

_Então quer dizer que você sabe cozinhar? –Abracei pela cintura, fazendo ele se virar.

_Eu só aprendi com Jin. –Sorri e me sentei-me à mesa, logo fui servida.

 

Passamos o natal juntos, e reencontrei Anne, ela estava mais linda do que nunca,quando me viu,não acreditou que era eu, passamos a semana toda colocando a conversa em dia. E o dia de eu ir embora tinha chegado, Suga mal falava comigo e chorava pelos cantos.

Assim que cheguei ao aeroporto de Berlim,Saori estava me esperando,fomos comer alguma coisa, contei o que fui fazer em Seul e contei algumas que comprei por lá.

_E o meu presente? –Saori disse sorrindo.

_Aqui. –Mostrei um álbum do grupo que ela gostava, assinada por todos.

_Oh my good. -Ela gritou, fazendo as pessoas ao lado nos olharem. –Nanaaaaa, obrigado, como você conseguiu isso?

_Segredo.

 

Minha vida não ficou diferente depois disso, apenas ficou mais corrida, pois sempre tenho que ligar para Yoongi, e os nossos horários nunca se batem, mas enfim, eu amo aquele homem, não importa a distancia, eu sempre vou ama-lo.

 

Escutei o sinal bater, arrumei minhas coisas e sai da sala.A próxima aula seria aula pratica,fui ate meu armário e peguei as coisas necessárias,assim que fechei meu armário um menino esbarrou em mim,fazendo minha câmera cair no chão.

_EI!Olha por onde anda! –Peguei minha câmera para ver se estava tudo bem.

_Sorry. –Olhei para cima e vi Yoongi.

_Suga...?

_Shhhi. –Ele colocou o dedo em meus lábios. –Vai precisar de um concerto?

_Acho que não, mas... Por que você esta aqui?

Ela se levantou e começou a andar.

_Estou aqui a trabalho.

Assim ele se foi, me deixando sem entender nada, sai do campus e fui ate o lugar da aula pratica.

_Então pessoal, o nosso modelo de hoje, vai ser esse rapaz aqui. –Assim que meus olhos se encontraram com os dele, não pude deixar de sorrir.

Ele deu uma piscada e sorriu.

_Realmente ele é meu namorado.


Notas Finais


Então é isso gente,espero que tenham gostado.
Fiquem ligados para a próxima mini fanfic com o Taehyung!
Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...