História My boyfriend was a ghost ! ~Imagine Changkyun~ - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Monsta X
Personagens Hyung Won, I'M, J-hope, Jimin, Jin, Joo Heon, Jungkook, Ki Hyun, Min Hyuk, Personagens Originais, Rap Monster, Show Nu, Suga, V, Won Ho
Visualizações 135
Palavras 837
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Talvez um amor recíproco...?


Fanfic / Fanfiction My boyfriend was a ghost ! ~Imagine Changkyun~ - Capítulo 13 - Talvez um amor recíproco...?

Depois da aula vaga fomos liberados e voltamos pra casa, ja havia almoçado, trocado de roupa, e agora estava apenas deitada na minha cama olhando pro teto, pensava em diversas coisas, mas por um momento I'M passa por minha cabeça, começo a pensar nele, acabo que percebo estar sorrindo, coro levemente e enfio minha cabeça no travesseiro sorrindo igual uma louca.

Mãe- Filha? Tá viva?- tiro minha cara do travesseiro e olho um pouco pra porta e volto a deitar na cama do jeito que estava- Posso entrar?

___- Entra.- ela abre a porta e olha pra mim- Quer algo?

Mãe- Vamos conversar... faz tempo que não temos uma conversa de mãe pra filha.- ela senta no pé da cama, me observa um pouco- Porque está vermelha?

___- Mãe... sabe... talvez ache isso totalmente estranho, sem noção, louco, falta de ver gente... mas... eu tinha um fantasma com quem conversava e ele mudou meu jeito de ser... você percebeu que eu mudei do dia pra noite não foi?- ela assentiu com uma cara desconfiada- Foi graças a ele mãe... meu fantasma mudou meu jeito...

Mãe- Tá... você tá bem? Não ta com febre?- ela coloca a mão na minha testa.

___- Mãe... eu estou ótima... nunca estive melhor!- ela sorriu.

Mãe- Tá... e por algum acaso você ainda tem contato com esse "fantasma"?

___- Sim mãe... esse fantasma era o I'M...

Mãe- Quem que é I'M mesmo?

___- É filho dos viznhos novos.- ela faz uma cara confusa.

Mãe- Tá... eu preciso que me conte exatamente tudinho, porque estou mais perdida que filha da puta no dia dos pais...- eu ri, deitei a cabeça no colo dela e comecei a contar tudo enquanto a mesma acariciava meu cabelo, desde o começo, do primeiro dia que ele apareceu no quarto até o beijo...- Minha filha ta apaixonada por um ex-fantasma!- ela me abraçou.

___- Mas que motivo pra comemorar hein mãe?- ela riu.

Mãe- Não vejo a hora do mocinho entrar pra família!

___- Mãe!

Mãe- Que foi? Escapou...- rimos- Agora... vamos conversar de uma coisa séria.- ela muda a expressão.

___- E oque seria?

Mãe- Sua virgindade.- me engasgo com a própria saliva.

___- Sempre direta você não?- ela riu, começou a falar sobre diversas coisas de virgindade, usar camisinha, não sair dando pra qualquer um, e vários outros assuntos que toda mãe fala pra sua filha.

P.O.V I'M

Deitado na cama em mais um de meus momentos de brisa, estava pensando na _____, se eu deveria falar o que sinto pra ela, ou deixo quieto, aliás... não sei se sente o mesmo, ela é tão proxima de Kihyun... lembro do beijo que por sorte ela correspondeu e solto um riso de lado, fico por um longo tempo lembrando de tudo que aconteceu entre nós dois... acho que vou virar um bobo apaixonado... se é que ja não estou... ligo pra Jooheon e o mesmo logo atende.

Ligação on

- Alô?

- Jooheon? Oi, sou eu, I'M.

- Seu apelido me buga cara...

- As vezes me bugo também... normal!~ rimos de leve- Então... To ligando pra ver se você nao pode me dar conselhos...

- Que tipo de conselhos?

- Cara... você acha que eu deveria falar pra _____ o que sinto por ela?

- Okay né... cupido eu agora...~ eu ri de leve- Mas então... cara, fala logo de uma vez que você é apaixonado por ela, que quer casar com ela, ter muitos filhinhos bonitinhos e que quer ter ela pro resto da vida em seus braços até vocês morrerem abraçados em um desses bancos que balançam no jardim da casa de vocês!~ ele fala rápido- Nossa... até perdi o ar.

- Não exagera né Jooheon... pelo amor de Cristo!~ ele riu.

- Mas fala pra ela o que sente, agora é só torcer pra que ela sinta o mesmo, estarei torcendo aqui!~ eu ri de leve.

- Valeu pelo apoio Cupido Jooheon!

- Nada miguinho! Vai em paz, tchau!~ ele desliga o celular e eu desço as escadas encontrando minha mãe postiça na cozinha, ela é uma mulher qualquer que vivia sua vida com o marido sem filhos, porém com uma ajudinha, fizeram a cabeça dela e do marido que ela tinha um filho (eu), deu nisso...

I'M- Mãe... preciso da tua ajuda.

Mãe- Em que?- ela vira pra mim enquanto secava as mãos no pano de prato.

I'M- Pretendo pedir uma menina em namoro... porém não tenho dinheiro pra comprar a aliança, e não vim aqui te pedir dinheiro... só quero que me dê uma ideia do que dar a ela como presente, algo que ela goste... e nada de coisas clichês! Flores, chocolates...- coloco o dedo indicador dentro da boca e coloco a língua pra fora fazendo uma cara de nojo.

Mãe- Quem é a menina de sorte?- ela senta na cadeira e manda eu sentar na outra, faço o que ela mandou.

I'M- Sabe o casal e seus dois filhos que conhecemos no primeiro dia que chegamos aqui?- ela assente- É a filha da moça...

Mãe- Ela parece uma boa menina!

I'M- E é.- sorrimos- Então... algo em mente?

Mãe- Sim, e vamos preparar tudo hoje! Essa ideia me deixou animada!- sorri e levantamos para começar a fazer o presente.



Notas Finais


Finalmente estou chegando nos afins esperados por um bom tempo... 🌚
Espero que tenham gostado mores! 💕💕💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...