História My Brave Sunshine - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias RWBY
Tags Blake X Yang, Bumblebee, Ruby X Weiss, Rwby, Weiss X Ruby, White Rose, Yang X Blake
Exibições 117
Palavras 1.762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Festa, Ficção, Hentai, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


FELIZ DIA DAS CRIANÇAS ATRASADO PRA VCS!
Mesmo que você não tenha mais um corpo de criança, sua alma e espírito devem continuar jovens, como as de crianças, para que assim você vire um velho(a) divertido :P <3
Mais um capítulo pra vcs, e esse promete u.u
Bom, boa leitura pra vcs, e até lá embaixo <3

Capítulo 5 - Why her and not me?


Fanfic / Fanfiction My Brave Sunshine - Capítulo 5 - Why her and not me?

Ainda abraçada com Yang, podia ouvir as batidas de seu coração, que estavam tranquilamente calmas, quase como uma sinfonia, ao fundo, a buzina de uma moto ecoava pela casa:

-Está mais calma?- Yang mal se preocupou com a chegada da pizza, ela apenas me soltou um pouco para limpar minhas lágrimas com o dedo

-Estou com medo.-disse dando um sorriso entristecido

-Não fique, como eu disse, eu não vou te deixar.-ela me deu um sorriso acolhedor, fazendo toda a minha alma aquecer

Fiquei observando aqueles olhos que me encaravam com sinceridade, e sentindo sua respiração calma, como se ela tivesse certeza de que nada ruim fosse acontecer, porém, acho que gatos pretos realmente dão azar, pois eu sempre tive um muito grande.

-Yang… A pizza chegou.- Ruby entrou pela porta com a caixa em mãos, Weiss foi entrar também, mas Yang não permitiu

-Você não entra aqui enquanto não pedir desculpas para ela.- a loira disse irritada

-…- a rainha de gelo não respondeu nada, mas pude ver seu olhar se direcionar para Ruby, que fazia uma cara como se estivesse esperando algo

-Como eu pensei, você fica aí fora.- Yang ia fechar a porta, quando a memina de cabelos brancos colocou o pé na frente e entrou a força

-Desculpa, Blake.- Yang se assustou com a sinceridade no olhar da menina que me encarava- Eu não confio muito em Faunus, mas… Eu confio na Blake… Eu confio em você. Então me desculpe, de verdade.- Ruby pulava de felicidade e Yang ainda não parecia acreditar

-Tudo bem.-respondi sorrindo para a menina que me deu um sorriso em resposta

-Por essa eu não esperava.- a loira fechou a porta e pegou a pizza na mão da irmã- Mas! Vamos esquecer essa pequena briga, porque eu estou morrendo de fome.-todas rimos com o olhar da loira que brilhava de alegria

A pizza tinha dois sabores, calabresa e mussarela, eu e Weiss pegamos mussarela, mesmo ela dizendo que não queria comer pizza, e Yang e Ruby pegaram calabresa, acho que como já imaginavam, Yang comeu os outros dois pedaços que sobraram de calabresa e Ruby terminou de comer a de mussarela, a fome delas não tinha fim:

-Elas realmente são irmãs.-Weiss comentou se sentando ao meu lado no sofá

-Não resta dúvidas.-respondi olhando a bagunça que elas faziam na cozinha

-Blake, me desculpe, de verdade.

-Não se importe tanto com isso, eu já te desculpei, nós somos amigas afinal de contas, certo?

-Certo, obrigada.-ela respondeu suspirando de alivio

-Hey! Vocês duas!- nos viramos para a cozinha e vimos Ruby com um pote de biscoitos-Querem um?

-Aposto que as duas já estão satisfeitas, irmãzinha.-Yang apareceu do nada ao meu lado, passando um de seus braços por trás da minha cabeça

-É-É, eu passo.-acabei gaguejando sem querer

-Na verdade, eu quero um.- Weiss pediu e Ruby veio lhe entregar- Obrigada.- a mesma agradeceu antes de dar uma boa mordida

-O que querem fazer agora?- Ruby perguntou vindo em direção a sala

-Não tenho a menor ideia.- disse dando de ombros

-Podemos jogar videogame, ou algum jogo de tabuleiro. Bom, não importa muito, eu vou ganhar de vocês em qualquer um mesmo.- Yang comentou sorrindo vitoriosa

-Não é como se você fosse invencível, fagulha.- Weiss provocou

-Pergunte para Blake, Elsa. Eu sou foda.- as duas trocaram olhares e realmente jurei ver raios saindo dos olhos das duas

-Que tal jogarmos Uno?- Ruby propôs- Assim veremos quem é a melhor.

-Eu passo.- disse já pegando meu livro que estava em cima da mesa no centro

-Está com medo de perder para mim de novo? Não se preocupe, dessa vez não tem aposta.-Yang deu uma gargalhada ao ver eu revirar os olhos

-Aposta?- Ruby e Weiss perguntaram

-Esqueçam, vamos jogar.-Yang desceu do sofá

Ruby subiu para seu quarto para pegar o baralho, enquanto isso, Weiss se sentou com classe no chão e logo o demôninho veio deitar em seu colo, já Yang, praticamente se jogou, a loira se encostou no sofá e eu aproveitei aquele espaço todo para mim e me deitei no mesmo.

Elas começaram a jogar, mas eu nem prestei muita atenção, só percebi que Ruby estava perdendo feio, já que estava com muitas cartas na mão, a mesma desistiu e se sentou ao lado de Weiss que estava competindo com Yang:

-Hey! 2 vs 1 não vale!- a loira reclamou

-Não é você que é a foda?- Weiss retrucou sorrindo vitoriosa para a loira

-Pelo menos a derrota de vocês vai ser mais humilhante.

Yang estava com três cartas, enquanto Weiss só tinha duas,a mão de Yang estava boa, uma +4, uma muda de cor e um 0 azul, a disputa estava demorando bastante, então resolvi intervir

-Por que não joga essa e atrasa ela um pouco?- sussurrei em seu ouvido e apontei para a carta +4

-Você é má, Blaky.- ela sorriu para mim- O melhor sempre fica pro final, não acha?- ela respondeu sussurrando em meu ouvido de volta

-Pare de cochichar e faça sua jogada, Xiao Long!- a menina de cabelo branco gritou já impaciente

-Está com pressa para perder?- ela respondeu colocando a carta que muda de cor na mesa- Azul.

-Droga.-Weiss se irritou e teve que comprar cartas, ao puxar uma única carta, ela sorriu vitoriosa, ela jogou uma +4- Amar- ela foi interrompida pela loira que jogou seu +4

-Uno. Azul e… Ah é. Compre oito.- a loira ria ao ver a expressão de derrota da menina de cabelos brancos

-MAS QUE MERDA!- a rainha do gelo jogou suas cartas na mesa e fez a maior bagunça

-Que droga, Weiss.- Ruby se jogou no chão com uma cara de fracasso

-Eu disse que eu sou foda.-Yang esticou uma mão para cima e me olhou sorrindo- High five!- a mesma gritou quando bateu em minha mão

-Você é muito infantil.-respondi ainda lendo o livro

-Eu posso ser bem matura quando eu quero, sabe?- a loira respondeu sorrindo malicioso e mais uma vez, me fazendo revirar os olhos

-Eu acho que vou embora, meu pai já está me ligando.- Weiss disse mostrando a tela do celular

-Está ficando tarde, acho que vou indo também.- comentei olhando o relógio

-Mas já??-Ruby questionou com uma cara fofa

-Vocês podem voltar qualquer dia, quero dizer, a Blaky pode voltar qualquer dia.-Yang provocou Weiss que não tardou em responder

-Não vou me arriscar de voltar e ver você e a Blake se comendo.- corei no mesmo instante e cobri meu rosto com o livro- Se peguem sozinhas.

-Não é uma má ideia.- Yang comentou rindo

-Você realmente não têm jeito, irmã.-Ruby comentou com uma mão na testa

-Que foi? Nunca peguei uma Faunus.-eu queria de verdade não estar escutando essa conversa

-Aff, que seja. Meu motorista chegou, até amanhã na escola.- Weiss disse indo em direção a porta

-E-Espera.- Ruby foi atrás da mesma e encostou a porta

-E você, vai ficar com esse livro até quando?-a loira sussurrou em meu ouvido, me fazendo arrepiar, logo em seguida lhe dei um soco- Ai! Por que me bateu?!

-Você só fala merda.- respondi me levantando e procurando meu laço

-Não falo não.- Yang respondeu fazendo um bico fofo- Aqui.- a mesma esticou a mão com meu laço- Apesar de eu achar que você fica bem mais bonita sem laço, não acho que goste de ficar sem ele.

-Tem razão, obrigada.-disse o pegando de sua mão e o colocando em minhas orelhas

-Voltei.-Ruby disse abrindo a porta- Ah, você já vai indo, Blake?

-Sim, ainda tenho que estudar.- respondi a abraçando

-Podia estudar aqui.- Yang propôs

-Não acho que ia conseguir me concentrar.- ri, mas logo em seguida corei com o sentido duplo da frase- E-Eu vou indo, até.- andei mais rápido até a maçaneta e assim que fui fechar a porta atrás de mim Yang apareceu

-Não quer que eu te acompanhe?- ela perguntou encostada no batente da porta

-Não, minha casa não fica tão longe, e eu sei me defender.- respondi levemente irritada

-Eu sei, mas se eu ficasse por perto, teria certeza de que você chegaria bem.- ela sorriu um pouco triste

-Eu te mando uma mensagem quando eu chegar, não se preocupe de mais, viu?- cheguei mais perto e beijei sua bochecha

-T-Tá, até amanha.- a loira respondeu levemente corada

Fui me distanciando da casa das irmãs e pude ver Yang me observando, assim que fui virar uma rua, a loira me deu tchau usando as mãos, sorri e lhe respondi fazendo o mesmo gesto, andei até metade da rua, mas fiquei curiosa para saber se Yang tinha entrado, e acabei voltando só para bisbilhotar.

Ela havia se sentado na calçada e observava a lua que ainda surgia, o seu brilho iluminou Yang assim que saiu detrás de um prédio, fazendo com que o cabelo da loira refletisse os feixes de luz, ela estava linda com aquele sorriso bobo no rosto, no que será que ela pensava?

Sua irmã abriu um pouco a porta e a chamou para entrar, não consegui ouvir sua resposta, mas deve ter sido algo como “Já estou indo”. Mas, quando a loira foi se levantar para entrar, uma menina baixinha e com um guarda-chuva a chamou, a fazendo virar para trás assustada, não consegui ouvir a conversa, mas eu sei bem o que eu vi…A menor chegou cada vez mais perto do rosto de Yang, a mesma observava de cima com um olhar irritado no rosto, e se surpreendeu quando a menor lhe puxou pela camisa para um beijo roubado.

Num impulso idiota, sai correndo dali em direção a minha casa, fechei os olhos e tentei imaginar que tudo aquilo que eu vi teria sido um sonho, escutei algumas gotas baterem no chão de madeira, passei a mão no rosto e percebi que lágrimas escorriam no mesmo:

-Por que…? Por que estou chorando…?

Desabei exausta na cama, e fiquei me fazendo sempre a mesma pergunta, eu estava perdida, até que meu celular em meu bolso vibrou, demorei um pouco para pegá-lo, mas, quando eu liguei a tela, me surpreendi ao ver que era uma mensagem da Yang.

“Yang: Blaky!! Já chegou em casa?

Yang: Estou me arrependendo de não ter ido com você.

Yang: Por favor me responda.”

-Idiota!- joguei meu celular longe e nem me preocupei em saber se ela havia quebrado ao não

Agora eu havia entendido o motivo de tanto choro, eu estava magoada e com raiva, com raiva por ter que admitir uma coisa idiota, e magoada por ver...

Yang beijar outra pessoa.

Por ver…

A garota que eu amo, beijando outra que não sou eu.


Notas Finais


VOLTEY
Altas confissões, né?
Xenti
Eu to com dó da Blake ;-;
Foi drama? Foi
Mas mesmo assim quebrou meu coração </3
Bem, desculpem os erros e vejo vocês no próximo capítulo XD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...