História My Brother - Imagine Kim Jong-Dae (Chen) - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, Kai, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekyun, Chanyeol, Chen, Exo, Incesto, Jong Dae, Kim Jong Dae, Suho
Visualizações 123
Palavras 702
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu não morri \0/

Voltei com mais um capítulo, acho q ta minúsculo sorry

Capítulo 12 - 12


Fanfic / Fanfiction My Brother - Imagine Kim Jong-Dae (Chen) - Capítulo 12 - 12

Acordei com um peso em minha cintura, olhei para baixo e vi que era o braço de Jong-Dae. Me virei para ele e o fitei sorrindo

-Que homão da porra... Todo meu! -sussurei Sorrindo cerrando os olhos

-Bom dia pra você também! -Disse ele ainda de olhos fechados.

-Bom dia! Estou com fome, faz café da manhã hoje? -Ele abriu um olho e me olhou incrédulo.

-Ta abusadinha hoje né S/N? -ele disse e eu ri

-Eu tenho meus direitos Kim Jong-Dae! - disse fazendo um bico e tentando fazer cara de brava, o que falhou simultaneamente quando o mais novo soltou um suspiro abrindo seus olhos me fazendo rir

-Ta bom! Eu faço o café, mais eu quero uma coisa em troca... - o mesmo me olhar com um olhar malicioso e eu o empurro fraco.

-Você não vale nada Kim Jong-Dae! - Ele riu e se lenvantou junto a mim e fomos ao banheiro fazer nossas higienes matinais. Ele terminou primeiro e foi começar a fazer o café da manhã, assim que acabei desci e sentei na mesa.

-O que teremos hoje para o café Sr.Kim? -Disse fazendo uma voz grossa me contendo para não rir.

-Teremos panquecas rechadas, Kimchi e um bolo de chocolate -o mesmo disse engrossando sua voz me fazendo soltar uma gargalhada. Assim que me controlei balancei a cabeça em negação olhando para o menor cozinhando.

Ele terminou de fazer o café e colocou na mesa e se sentou junto a mim. Tomamos nosso café e olhei no relógio eram 9:58 quase cuspi a comida no prato de novo com o susto que levei

-PELO AMOR DE G-DRAGON TO ATRASADA! - Levantei atropelando tudo pelo caminho indo em direção ao quarto ja tirando as roupas, entrei no quarto pondo uma roupa melhor e desci correndo. Jong-Dae me olhou comendo um pedaço de bolo rindo.

-Se cuida! Annyeong - dei um beijo na bochecha do mesmo e sai sem esperar resposta, corri o mais rapido que pude para chegar a cafeteria, quando cheguei vi os olhares se virando para mim, andei normalmente até o balcão e coloquei meu avental.

-Garota onde você tava?! Ta quase uma hora atrasada!

-Desculpa, acordei tarde e ainda tomei café com meu irmão. - Sai em direção as mesas e anotei os pedidos.

-Bom dia o que o senhor deseja? - disse virando mais uma folha com um pedido para uma em branco

-Desejo você, posso? -Olhei para o homem e revirei os olhos, tarados assim era normal, também o uniforme que o dono nos dera parecia com uma roupa de estriper ou sei lá o que!

-O que o senhor deseja? - perguntei no tom mais calmo e Pacífico que consegui

-Um café por favor! -ele me olhou sem paciência e passou a fitar o nada.

-Ok aguarde um pouco - me curvei e voltei ao balcão entregando os pedidos para Baek e Channie, quando ia voltar Baek segura minha mão.

-S/N... Podemos conversar depois?...

-Claro Baek! - sorri e voltei a fazer os pedidos.

[. . .]

Estava esperando Baek sair para irmos embora juntos, assim ele poderia falar o que queria, confesso que esta a curiosa para saber o que era e...

-Vamos? - Sou interrompida de meus pensamentos ao ouvir a voz de Baek atras de mim

-Sim

Começamos a andar e o caminho inteiro foi um silêncio, de vez em quando olhava para ele e ele estava com a cabeça baixa olhando para o chão

-Então... O que você queria dizer..? - disse quebrando aquele silêncio constrangedor entre nós.

-S/N isso e meio complicado... - Ele parou de andar e eu fiz o mesmo ficando a sua frente.

-Aish! Fala logo Baek! To curiosa! - fiz bico

-Posso agir?

-O qu... - antes que pudesse ter qualquer reação Baek põe as mãos em meus ombros e me beija, por algum motivo que não faço a minima idea do qual seja, cedi ao beijo retribuindo. Me lembrei de Jong-Dae e quis me afastar, mais lembrei tambem que o que fizemos é errado, como agimos é errado, pratiquei incesto com meu irmão e estou agindo naturalmente! Como isso pode acontecer? Chega, mesmo que eu o ame não posso continuar com isso, tenho que esqueçe-lo, não queria usar o Baek mas... Pode funcionar não é? É possível...

Desculpa Jong-Dae

Coloquei as mãos em seu rosto e retirbui o beijo


Notas Finais


Espero que tenham gostado, se preparem, domingo e talvez sabado será um capítulo atras do outro :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...