História My Brother - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Imagine, Yoongi
Visualizações 101
Palavras 1.417
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


espero que gostem <3

Capítulo 24 - 24


Fanfic / Fanfiction My Brother - Capítulo 24 - 24

POV S/N

Já se passou três dias e eu continuo viva, por incrível que pareça. Eu estou me sentindo um lixo, me sentindo suja... Eu ainda podia sentir as mãos daqueles dois homens me tocando, isso se tornou um pesadelo.

Todas as noites eu chorava, mas agora parei. Parece que todas as lágrimas que eu tinha, simplesmente acabaram. Eu só queria que alguém me achasse agora, eu só queria estar perto do Yoongi, dos meus pais e dos meus amigos agora.

Por que essas merdas sempre acontece comigo?

Mina- Ora ora, ainda continua viva? Incrível.- a voz dessa menina me dá nojo.

- Quando isso acaba?

Mina- Vai acabar até o dia em que você estiver morta.

- Você não aceita o fato de que o Yoongi não te ama, né? Ele me ama.- ela deu um tapa em meu rosto.

Mina- Não se atreva a dizer essas coisas, Yoongi me ama sim, se ele te amasse já teria te encontrado.

- Você me dá nojo... Vai ver, ele vai me achar.- ela começou a rir.

Mina- Só nos seus sonhos, querida... Seria tão legal te ver nesse chão... Morta, mas quero ver você sofrer mais ainda.

- Mais ainda? Não acha que estou sofrendo o bastante?

Mina- Não, não acho... Hum, eles deveriam fazer algo a mais certo? Ah, já sei.- ela foi até um canto e entregou algo para os dois homens que abusavam de mim todos os dias- Se divirtam.- saiu rindo e comecei a tremer.

Eu estou com medo... Medo do que pode acontecer agora, o que será que ela deu pra eles? Os dois esconderam as mãos e se aproximaram de mim. Eu já não consigo mais me afastar desses dois, eu estou sem força nenhuma.

Homem2- Isso vai ser bem divertido.

Quando pude ver o que tinha em suas mãos, eu fiquei totalmente sem reação e paralisei na hora...

Faca... Ela deu faca pra eles.

Comecei a balançar minha cabeça, na tentativa disso ser apenas um pesadelo. Mas não é, isso tudo é real...

Um deles começou a passar a objeto gelado em minha bochecha, senti a mesma arder... Ele tinha feito um corte, comecei a chorar e essas malditas lágrimas resolveram aparecer justo agora, o corte começou a arder mais ainda e mais lágrimas saíram dos meus olhos.

Alguém me ajuda... Por favor...

POV Yoongi

Onde será que ela está? Por que ela não apareceu ainda? Pra onde você foi S/N? Pra onde você foi? Durante esses três dias, todas as noites eu só conseguia chorar de desespero.

Não fui pra escola e meus pais já ligaram pra polícia, eles estavam tentando rastrear seu celular, mas disseram que não estava dando.

Jungkook e Taehyung já a procuraram em tudo qualquer lugar, mas não a acharam. Já perguntamos pra varias pessoas, mas nenhuma sabia onde ela estava.

Um policial disse que se alguém ligar, eu teria que enrolar essa pessoa por 1 minuto para que pudesse rastrear o telefone da pessoa, mas ninguém até agora ligou. Eu só queria que tudo isso não estivesse acontecendo.

Eu estava sentado no sofá, são 2H da manhã, não consigo dormir de jeito nenhum. Meus pais também estão acordados e há 2 policiais aqui em casa. Tudo isso está me deixando muito nervoso, eu não sentia fome e comia bem pouco. Sono? Estou morrendo de sono, mas não conseguia dormir por causa do nervosismo.

Estava tudo silencioso, só dava pra ouvir os soluços da minha mãe. Até que ouvi o barulho que eu mais estava esperando...

O telefone.

Rapidamente o peguei.

- Alô? Quem é?

Mina- Olá meu amor...

- Mina? O que você quer?

Mina- Estou sentindo saudades de você.

- Você está com a S/N, né? Eu sei que tudo isso é obra sua.

Mina- Não se preocupe, a S/N está...

S/N- YOONGI, ME AJUDA!!- ouvi um grito e sabia que era o de S/N.

Mina- Cala boca, sua vadia...

- Onde você...

Mina- Até mais meu amor.

- NÃO...

Ela desligou... Olhei pro policial e vi sua expressão de tristeza, comecei a ficar bem preocupado.

- Deu um minuto?

Policial- Sinto muito... Não deu...

- Droga, droga, droga.- chutei a parede.- Isso é tudo culpa minha, tudo... Culpa minha.- comecei a chorar e senti uma mão em meu ombro.

Mãe- Filho, isso não é culpa sua.- alisou meu cabelo.

- É culpa minha sim mãe, eu... Eu gosto da S/N, eu a amo.

Pai- Nós já sabíamos disso.

Mãe- Já sabemos que vocês dois tem algum tipo de relação.

- O-o que? Como assim?

Pai- Vocês dois ficavam juntos o tempo todo, já desconfiávamos que vocês dois iriam acabar se apaixonando.

- Vocês não estão bravos?

Mãe- Bom, a gente deveria estar, até porque vocês dois são irmãos... Mas, a gente já sabe que não adiantaria nada impedir vocês dois, porque vocês iriam continuar juntos. Mas fazer o que, né? Se vocês dois ficarão felizes, também ficarei.

Pai- Sim, é errado, mas se separarmos vocês, vai piorar as coisas e não melhorar.- abracei os dois e sorri.

- Vocês são os melhores pais do mundo, amo vocês e obrigado por entender.

Pai- Você ama muito a S/N, né?

- Sim, eu posso fazer tudo por ela... Ela é o amor da minha vida.

Mãe- Nós vamos achá-la, ok?

- Ok...

POV S/N

Abri meus olhos e minha visão estava turva, não consegui mexer nenhuma parte do meu corpo, olhei através da janela e já é dia... Deve ser umas 11H da manhã.

Aqui me deixa com muito medo, é um lugar velho e com certeza pode ter ratos ou baratas aqui... Esse lugar é sinistro. Aqueles dois homens me machucaram bastante, eu nem sei como eu ainda estou viva.

Há vários cortes em meu corpo, eu só queria morrer agora... Pelo menos eu não vou estar sofrendo. Fiquei olhando pro teto, até que lembrei do meu celular.

Como pude ser tão burra? Aish, olhei em volta, achei minha roupa e me arrastei até lá, tá doendo? Tá, mas eu preciso sair desse lugar.

Com muito esforço, finalmente cheguei perto da minha roupa. Eu continuava com as mãos amarradas, então tive que dar meu jeito... Mexer - na verdade tentar mexer - no meu celular com os dedos do pé.

Eu liguei meu celular e comecei a olhar em volta, eu estava tensa, a qualquer momento eles podem aparecer. Quando o aparelho já estava ligado, fui pra chamada de emergência e tentei discar o número do celular do Yoongi. 

Aish, por que isso é tão difícil? Quando consegui, apertei o botão pra ligar, me aproximei mais um pouco do celular pra poder escutar e esperei ele atender. Por favor atenda, por favor atenda...

Yoongi- Alô? S/N?- praticamente gritou.

- Shhh, não grita...- falei em quase um sussurro.

Yoongi- Onde você está? Eu estou preocupado, droga, S/N você está bem?

- Nada bem, eu quero sair daqui Yoongi...- falei já chorando.

Yoongi- Não se preocupe meu amor, você vai sair daí, o policial já está rastreando seu celular.

- Yoon...- ouvi o barulho da porta ser aberta- Droga.- sem saber o que fazer, empurrei o celular pra qualquer canto.

Mina- A cada dia você me surpreende mais ainda, querida.- riu- Acho que está pedindo pra sofrer mais, certo? Por isso trouxe mais um pra se divertir.

Dessa vez não foi 2 homens que entraram e sim 3... Minha vontade agora é matar aquela menina, socar a cara dela, até ela morrer... Essa desgraçada.

POV Yoongi

- Está conseguindo?- já era a milésima vez que eu pergunta pro policial.

Fiquei desesperado quando vi que S/N estava me ligando, sua voz está fraca, da pra perceber que ela está sofrendo muito mesmo... E ela deixou o celular ligado, então da pra ouvir tudo que está acontecendo lá. 

Mina, eu sabia que era ela, sabia que foi ela que pegou a S/N, ela vai ver... Quero que ela morra e queime no inferno.

Policial- Sinto muito, mas não estou conseguindo.

- O que? Você é um policial, como não está conseguindo?- perguntei já alterado.

Mãe- Yoongi, por favor, se acalme.

- Me acalmar por que? Sabia que essa merda de polícia não iria ajudar em nada, nem rastrear o celular da S/N não consegue.

Enquanto eu e o policial discutia, no celular eu ouvia gritos de socorro vindo do meu celular, aquilo era uma tortura pra mim, eu preciso salvar a S/N...

A porta foi aberta e olhei pra mesma.

***- Eu posso ajudar...

- N-Namjoon?

*continua*


Notas Finais


aaaaaaaa será namjoon o super man da fanfic? será que ele irá conseguir? descubra amanhã no jornal hoje q
bom gente, infelizmente esse é o penúltimo capítulo e como teve pouco hot na fanfic, o último capítulo vai ser pesadeixon uuuuuuuu
espero que tenham gostado, desculpe qualquer erro e beijinhos de cookie💙🍪


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...