História My Brother... My Love... -(Imagine Park Jimin) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Tags Bts, Bts Imagines, Imagine Jimin, Imagines, Incesto, Jimin, Park Jimin
Exibições 291
Palavras 1.051
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Festa, Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - My Brother... My Love...


Fanfic / Fanfiction My Brother... My Love... -(Imagine Park Jimin) - Capítulo 1 - My Brother... My Love...

{ Amores, esse foi o último imagine do BTS, em breve eu vou começar a publicar os do GOT7 hihihi.

Fiquem atentos ao meu perfil, me sigam para receberem as notificações de quando eu publicar algo ^^   É só ir no meu perfil e apertar em "Seguir". 

Espero que gostem~ }



“Jiminnie...” -chamei em um tom manhoso


“Hum?” -ele se sentou no sofá e acariciou minha perna


“Nossos pais? Onde estão?” -sentei em seu colo colocando um perna de cada lado


“Estão viajando...esqueceu?” -ele mordeu o lábio inferior e eu soltei meu peso completamente em cima de seu membro


Ele gemeu arrastado e passou mão pela minha cintura.


“Não faça isso...” -ele beijou meu queixo


“Por que não? Você gosta...eu faço de tudo para te agradar...” -coloquei minhas mãos debaixo de seu blusa


“Mas...aish...”


“Me diz...o que tem acontecido com você? Você anda muito distraído e chato...” -alisei seu rosto com meu indicador


“Nossos pais vão acabar descobrindo isso...” -suspirei e abaixei a cabeça -“Eu te amo. Você sabe disso...mas não quero que se prejudique...”


“Prefere outras garotas...” -ele riu e levantou minha cabeça carinhosamente


“Eu jamais trocaria você por outra garota...só que se nossos pais descobrirem, eles vão nos afastar...”


“Eu faço qualquer coisa pra ficar perto de você...” -ele sorriu e me deu um selinho


“Eu sei...eu também faço qualquer coisa...” -sorri -“Vamos dormir?” -assenti com a cabeça e ele me pegou no colo subindo as escadas em seguida


“Eu posso andar...” -ele riu e entrou no quarto dele me colocando na cama em seguida


Abri os braços pedindo um abraço e ele sorriu deitando em cima de mim, me abraçando.


“Eu te amo...” -ele disse baixinho


“Eu também te amo...” -disse perto de seu ouvido


Ele rolou para o lado e me puxou. Eu me aconcheguei em seus braços e ele depositou um beijo em minha testa.


[...]


Estávamos na festa de um dos amigos de Jimin e uma garota não parava de dar em cima dele.


~Ela só pode estar querendo conhecer a morte.~


Eu estava isolada, nunca fui de gostar de festas. Então, simplesmente sentei em uma cadeira e fiquei observando tudo.


Pessoas bebendo. Pessoas se pegando. Pessoas dançando...pessoas...pessoas...


Eu já estava ficando irritada e com dor de cabeça. O som estava muito alto e eu sentia que minha cabeça iria explodir.


Levantei da cadeira e fui até o quintal da casa. Sentei no gramado e fiquei olhando o céu.


Ele estava repleto de estrelas.


Estava frio, mas eu não liguei. Só queria ficar longe daquele barulho todo.


“Vai ficar aqui fora?” -Jungkook sentou-se ao meu lado


“Não gosto de festas...” -senti algo macio cair em meus ombros, era seu casaco


“Tá meio frio...” -ele sorriu e me puxou para um abraço -“Você está bem?”


“Mais ou menos...”


Ele me conhecia muito bem. Por ser meu melhor amigo sabia de várias coisas sobre mim. Até sobre meu amor por Jimin.


“Por favor, já é a segunda vez que eu vejo você triste. O que ele fez?”


“Ele não fez nada...eu só tenho medo de que ele faça...”


“Se ele te ama, não vai fazer nada, (S/n)...”


“Okay, okay...vou parar de ligar para isso.”


“Vamos dançar.” -ele levantou e estendeu a mão para mim


[...]


Eu estava dançando como nunca. Eu estava...rebolando? Sim.


“(S/n)...não sabia que você dançava assim...” -Jungkook disse enquanto eu rebolava, às vezes roçando minha bunda em seu membro -“Seu irmão...tá olhando...” -ele disse perto do meu ouvido e eu virei ficando de frente para ele


“Se ele pode ficar de gracinha com as amigas dele, eu posso ficar dançando com o meu melhor amigo, né?” -falei alto colocando meus braços em volta do pescoço dele


“E se ele me bater depois?” -ele perguntou perto do meu ouvido


“Ele não vai fazer isso.” -ri, olhei para trás e vi meu irmão nos olhando com raiva


Mandei um beijo para ele e o mesmo começou a andar até mim. Quando chegou, me puxou pelo braço me arrastando para a saída do local.


“YA! Você é maluco?!” -ele continou me puxando -“YA!” -ele parou e me olhou fixamente antes de me beijar


“Por que você faz isso, hein?” -ele perguntou segurando minha cintura -“Por que gosta de me provocar assim?”


“Não sei do que você está falando...” -soltei-me dele e andei até seu carro, entrando em seguida -“Vamos para casa.” -eu disse séria


Ele suspirou e entrou no carro, o ligando em seguida.


No meio do caminho havia um engarrafamento.


“Ah...que ótimo...” -ele bufou e eu pulei para o banco de trás


Tirei meus sapatos e prendi meu cabelo.


“Vai ficar assim? Me ignorando?” -revirei os olhos mesmo ele não vendo


“Não tinha que ter se metido, eu estava dançando com o Jungkook.”


“Dançando? Chama aquilo de dança? Você estava se esfregando nele!”


Saímos do engarrafamento e estávamos quase chegando em casa.


“Se você pode ficar de conversa com suas amiguinhas eu posso dançar com quem eu quiser e como eu quiser!” -falei elevando o tom da minha voz e ele freou bruscamente


“Então, é isso? Por isso fez aquilo?” -ele virou o cabeça para trás e riu -“Eu não fiz nada.”


“Eu não sou cega!” -ele pulou para o banco de trás e colocou-me em seu colo


“Você sabe que é a única pessoa que eu amo e que sempre vou amar! Por que ainda sente ciúmes quando me vê com uma garota?” -abaixei minha cabeça e ele a levantou carinhosamente


“Elas são bonitas...” -ele riu


“Você é linda. A menina mais linda que eu já vi.” -iniciamos um beijo calmo


De calmo o beijo foi para apressado e quente, contendo desejo, malícia.


Ele apertou minha cintura e eu já podia sentir seu membro ereto mesmo ele estando com calça. Ele estava muito excitado.


Suas mãos deslizavam sobre as laterais do meu corpo, Jimin achou o zíper do meu vestido, abriu e ficou por cima de mim.


“Tão gostosa...” -ele fez uma trilha de beijos molhados em meu pescoço com algumas mordidas fracas


Rapidamente ele tirou meu vestido e se despiu.


Jimin puxou-me para o seu colo colocando seu membro em minha entrada, penetrando devagar até entrar completamente em mim, gemendo rouco perto do meu ouvido.


Gemi baixo e ele segurou minha cintura, ditando os movimentos. Gemidos altos e baixos saíam de nossas bocas até chegarmos em nosso máximo.


Apoiei minha cabeça na curva de seu pescoço e ele alisou minhas costas. Sentei-me ao seu lado ainda ofegante, como ele.


Jimin me olhou e sorriu.


“Acho que preciso fazer isso de novo...” -ele alisou minha coxa


“Eu sei...eu também preciso...”


~Segundo round... ~


{ Sim, acabou, porque que eu sou do mal HSHAUSHUAHSH

Fiquem atentos ao meu perfil! Os imagines do GOT7 vão ser publicados em breve! 

Obrigada por ler! 

~Kissus~ }




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...