História MY brother...( oneshot ) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Papyrus, Sans
Tags Amor Proibido, Blueberry X Papyrus, Incesto, Undertale, Yaoi
Exibições 137
Palavras 1.187
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Hentai, Lemon, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capitulo Único.


~ PAPYRUS ~

Acordei com o sol artificial que Undyne fez para nos manter vivos no Subsolo. Seus raios entravam pela janela e arregaçavam meus olhos com a luz forte em demasiado.

- Papyrus! Anda,vamos. Você vai acabar se atrasando para o seu trabalho de sentinela em Hotland! - Meu irmão mais novo entrou no quarto com tudo.

- Desculpa brô,tá OSSO me levanta daqui...

- Levanta! - Ele correu até mim e pulou no meu estômago. 

Caralho... Eu tô só de cueca! 

- Levante seu preguiçoso!

- O-Ok brô! - Disse corando. Senti uma leve agitação no meu membro. Cara... Isso é tão errado!

Blueberry se levantou do meu colo e riu. Aquele sorriso é tão fofo... Ele nunca será meu,jamais irei roubar um sorriso do meu irmão,muito menos um beijo... Ele só me vê como um irmão,um amigo que sempre o apoia. O que ele acharia se soubesse que eu o amo? Essa pergunta passa e passa pela minha cabeça,enquanto tomo banho,escovo os dentes,penteio o cabelo penso nisso sen parar... Eu odeio este sentimento. O sentimento que alguém ou algo nunca será seu. O medo de ser rejeitado por quem mais amo é um pesadelo infinito,um labirinto de terror.

Descendo as escadas,vi ele abrindo a porta e sorrindo para mim. Acendi um cigarro e passei pela porta,ele veio logo atrás.

- Você parece ansioso como sempre,brô. Tudo por causa de um trabalho.

- É o melhor trabalho de todos! Eu,o magnifíco  Blueberry,irei dar o meu melhor para impressionar Alphys e me tornar membro da guarda real!

Ele é tão fofo...

- Chara tá lá?

- Acho que sim. O humano sempre dá duro com o treinamento da Alphys. Mas eu dou mais! 

~ MINI QUEBRA DO TEMPO ~

Voltamos para casa depois do trabalho. Eu, como sempre,nem trabalhei muito. Era tedioso ficar sentado e esperar um humano passar,por isso comprei umas revistas para poder ler.

Chegando em casa,eu fui tomar um banho quente e acho que o Blueberry deve ter ido cozinhar a janta. Mas acabei que esqueci de pegar uma toalha e chamei pelo Blueberry depois do banho.

- EI BRÔ,PEGA UMA TOALHA PRA MIM?

- Tá! - Ele gritou lá de baixo.

Minutos depois ele trouxe a toalha e me entrego no Box. Eu me enrolei nela e ele disse:

- Papyrus,o que é isso? - Ele mostrou uma revista bem.banhomossexual. - Tem variás pelo seu quarto.

- Entretenimento Adulto,brô. - Tentei fugir.

- Papyrus,seja honesto! - Ele cruzou os braços e trancou a porta do banheiro. - Vamos ficar aqui até você me contar tudo. Saiba que eu te amo e não há problema que sua opção sexual seja diferente da minha. - Blueberry sorriu me fazendo tomar coragem.

- Eu... Te amo Blueberry! A única pessoa que eu amo de verdade. A única que eu penso o tempo todo,que eu temo perder e que desejo amar. - Disse vermelho.

- Eu tambem te amo,Paps! Você é minha familia! - Ele falou.

- Eu te amo de outra forma... - Segurei o pulso dele e o puxei contra mim colando nossos corpos 

Ele fez uma expressão de " O quê? ". Não pude resistir,encarei seus lábios com desejo e os ataquei sem Mercy. Minha linguá pediu passagem e ele acbou cedendo. Sentir a minha linguá em sintonia com a dele era tudo que eu sempre quis... O pressionei contra a porta do banheiro e ficamos assim. Só paramos depois de minutos pois precisavámos de folêgo.

- P-P-Paps... Por que não disse antes?

- Tive medo,eu acho. - Dei um leve sorriso.

Antes que ele dissese algo,o beijei novamente. Enquanto estavámos na nossa dança entre as linguás,abri a porta do banheiro e o agarrei pela bunda com um pouco de força,fazendo o mesmo soltar um gemido baixo. Ainda colados,fomos até o meu quarto que estava mais perto. Abri a porta dele e vi que estava á noite já.

Deitei o Blueberry gentilmente na minha cama. 

- Vamos fazer... A-Aquilo? - Ele perguntou corando.

Assenti com a cabeça ( de cima ASHIASJKDKDSK PAREI ;-; ) 

Comecei a tirar seu agasalho,depois sua camiseta. Seu corpinho não era tão definido como o meu,só um pouquinho. Me deitei sobre ele e o dei mais um beijo quente.

Abandonei um beijo,deixando uma linha de saliva azul entre nossos lábios. Comecei a beijar seu pescoço e a dar leves mordidas,não queria machucar meu Blueberry. Fui descendo e passei pela sua barriga até chegar nas suas calças. Não pude deixar de dar um sorriso malicioso ao ver um leve volume nas calças dele.

- Está animado com isso? - Perguntei quase rindo.

- I-Idiota! - Ele escondeu o rosto entre as mãos. - Não toque aí! É constrangedor!

Ignorei ele e só abaixei suas calças o deixando apenas de cueca. Esfreguei meu rosto de leve no seu membro coberto e tirei a cueca a jogando longe. Abocanhei seu membro ereto com desejo. Tinha um gosto doce... Movimentava minha boca para cima e para baixo, rapidamente. 

- Nyah... Arhg... Hum... - Ele gemia ese  contorcia de leve. 

Depois de poucos minutos ele goza. Tinha um gostinho de morango!

- D-Desculpa Paps! Eu não queria... - Ele se desculpou.

Eu apenas sorri mostrando que havia engolido tudo. Retirei a toalha mostrando meu mebro oque o fez corar ainda mais.

-Está pronto,Blueberry? Eu não quero te machucar nem ser rude. - Dei um selinho nele.

- Tô...- Ele deu um sorriso confiante e ficou de quatro sobre a cama.

Fiquei encarando aquela bunda albina durante um tempinho...

- Ei! - Ele me chamou a atenção.

 - Malz. - Me recompûs.

Fiquei sobre ele e lambi umndos meus dedos. O posicinei sobre a entrada dele e comecei a penetra-lo de leve.

- P-Paps... Dói um pouco. - Ele gemia mais.

Acrescentei mais um dedo na sua entrada e fizel e gemer mais alto. Comecei a usar um pouco mais de força, depois parei um pouco.

- Blue... Eu te amo. - Falei. 

- Eu tamvem,Paps...

Coloquei a ponta do meu mebro na sua entrada e a enfiei. Depois foi o memvro por completo arrancando gemidos mais altos dele. Ele puxava o cobertor da cama e apertava com força.

Comecei com leves estocadas,bem leves mesmo. Cada estocada era uma sincronia de gemidos nossos,agora estavamos ligados pelo sexo. Um corpo só.

- Paps... Mais forte...

Eu obedeci. Dei mais esrocadas e com mais força e rapidez. Vi que seu membro estava sozinho e dei uma força o masturbando. 

Dei mais e mais fortes.

Estocadas de puro amor e prazer,o sentimento que eu sempre tentei arrancar do Blueberry e agora,lá estavámos nós,fodendo na minha cama.

- PAPS... Eu vou... Eu vou...

Ele não conseguiu completar a frase e gozamos unidos. Sai de cima dele e vi meu semên sair de seu interior.  Ele gozou na minha cama,mas eu nem me importei.

Me deitei ao seu lado e ele me abraçou colocando a cabeça sobre o meu peito. 

- foi demais! Podemos repetir? 

Me surpreendi com a pergunta. Acariciei seu cabelo e repondi:

- Claro... Quando quiser.

- Quero ficar por cima  uma vez!

- Certo,certo. Boa noite,brô...


Notas Finais


Ficou uma melda.
Eu sei
Naum nasci pa fazer lemon ;-;


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...