História My Brother's Boyfriend - Mensagens - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V
Tags Channie, Jennie, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Lisoo, Namjin, Rap Monster, Rose, Suga, Yoonseok
Exibições 15
Palavras 825
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - We did it, mom...


Fanfic / Fanfiction My Brother's Boyfriend - Mensagens - Capítulo 1 - We did it, mom...

Meu corpo está completamente relaxado, minha cabeça está levemente encostada no ombro largo de meu pai, meus olhos estão completamente cerrados e meu cabelo rosado cai sobre meu rosto impedindo que alguém o veja. Lentamente sinto a mão grande e forte de meu pai afastando o meu algodão doce (cabelo) da frente do meu rosto. Seu polegar toca minha bochecha docemente e faz movimentos circulares com o objetivo de me acordar de uma forma doce e educada.

Abro meus olhos lentamente e uso minhas mãos para os esfregar. De seguida me espreguiço o máximo que posso e expulso toda a preguiça aprisionada em meu corpo. Endireito minhas costas e olho pela janela oval que estava do meu lado esquerdo.  

Senhores passageiros, estamos prestes a pousar...

Alguma das hospedeiras falou para que todos os viajantes se preparassem.

Solto um sorriso involuntário percebendo que cheguei na Coreia. Desde o dia da morte de minha mãe que eu sonho eu viver nesse lugar maravilhoso, era o sonho dela também.  

Continuo sorrindo e viro minha cabeça para olhar meu pai. Ele estava sorrindo. Desde que minha mãe faleceu ele não sorri muito.  

-Está preparada filha? – meu pai fala olhando minhas galáxias miniatura (olhos)  

-Eu nasci preparada papai. – sorri docemente

Coloquei minha cabeça para trás e fechei os olhos com força. Procurei a mão de meu pai e entrelacei nossos dedos apertando fortemente. Sorri levemente e senti que ele também o fez.  

Segundos depois sinto meu corpo abanar freneticamente. Estamos em terra. O grande transporte com asas continua deslizando sobre a monótona e cinzenta pista e faz uma travagem um pouco forçada.

Liberto meus olhos os abrindo lentamente e viro meu rosto para a janela. O céu estava um pouco cinzento e sinistro, mas bonito e puro ao mesmo tempo.

Todos os viajantes se levantam para pegar suas bagagens de mão e meu pai faz o mesmo. Com cuidado para não causar estragos derrubando algo,meu pai me entrega minha mochila e logo depois tira sua pasta de negócios.

As hospedeiras e os pilotos se posicionam na saída para agradecer e desejar bom dia para todos os passageiros. Eu e meu pai ficamos para últimos a sair por termos ficado bem no fundo do avião, mas não teve problema. Após abandonarmos o grande transporte voador descemos umas pequenas escadas que nos levaram ao chão de pedra.  

-Finalmente terra, minhas costas estão crocantes demais. – resmungou meu pai tocando suas costas com a mão  

Me limitei a rir baixo e continuei andando.  

Depois de toda aquela confusão da saída chegamos na porta do aeroporto. Eu e meu pai nos sentamos e ele me falou para esperarmos.

-Kyuhe já está quase chegando. Ela disse que fazia questão de levar a gente a casa. – falou meu pai sorrindo bobo

Kyuhe é a nova pretendente de meu pai. Eu agradeço a todos os seres desse universo por terem colocado essa mulher no caminho de meu pai, nunca o vi sorrindo e corando tanto desde a morte da mamãe.

Faz dois anos que sua alma escapou de seu corpo e nos deixou sozinhos. Infelizmente ela morreu de cancro no coração. Como uma mulher com um coração tão bondoso pode ter ido embora desse jeito tão cruel?  

-Está pensando na sua mãe? – concordei com a cabeça – Eu também tenho muitas saudades dela e você sabe, mas tenho certeza que era isso que ela queria. Ela queria que a gente seguisse em frente e realizasse o sonho dela.  

Meus olhos começaram a transbordar e então deixei algumas lágrimas rolar sobre minhas bochechas rosadas. Abracei forte meu pai escondendo meu rosto em seu ombro largo. Sua mão acariciou minhas costas fazendo movimentos constantes de sobe e desce.  

Respirei fundo e cessei o choro. Olhei meu pai nos olhos e sorri largo para ele, sussurrando um obrigado.  

-Parece que ela chegou. – meu pai disse sorridente  

Nos levantamos calmamente e segui meu pai até um carro branco totalmente limpo e bem conservado. A porta da frente se abre e de lá sai uma mulher loira e sorridente.

A mulher se aproximou de meu pai e lhe deu um abraço e depositou um beijo delicado em sua bochecha. Chegou perto de mim e sem pensar por um segundo eu a abracei com todas as minhas forças. No início senti uma pequena confusão da parte dela, mas logo senti seus finos braços me envolverem.

Após o abraço acabar meu pai abriu a porta de trás fazendo um gesto para eu entrar. Entrei na viatura e relaxei quando estava totalmente sentada e confortável. Meu pai e Kyuhe foram para a frente e logo após se sentarem colocaram os cintos de segurança. Sabe o que eles dizem: segurança em primeiro lugar.  

Kyuhe ligou o motor e começou a dirigir rumo ao nosso novo lar.

Delicadamente encostei minha cabeça no vidro do carro branco e fiquei olhando a bela paisagem que passava como um filme do lado de fora.      

Finalmente estou realizando o nosso sonho.  

Consegui mamãe...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...