História My Bunnyboy - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster
Tags Crossdresser, Daddykink, Jimin Seme, Jungkook Uke, Masoquismo
Exibições 47
Palavras 66
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Lemon, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi puddins sou eu a Diabinha, desculpa a demora ;(
Tive muitos problemas pessoais, a Bruninha que convive comigo deve saber sobre o que se trata.
Segunda-feira meu pai foi buscar meu boletim no curso e minha professora passou minha nota errado deixando-me "Reprovada" coisa na qual eu não fui, pois tinha nota para passar. Meu pai pegou meu celular e viu minha galeria com conteúdos safadinhos. Ele começou a me xingar de vagabunda e vadia. Minha mãe ouviu e começou a me bater, quase fui estrangulada. Até ontem estava com marcas roxas de chinelo na minha coxa. Coincidentemente, meu pai fuçou em meu whatsapp,descobrindo minha sexualidade na qual se muitos não sabem, eu sou bi e tinha uma namoradinha.
Meu pai surtou e quis me expulsar de casa, me internar ou me colocar em um internato para meninas. Eu fiquei com medo. Peguei remédios ou melhor calmantes e tomei logo 2 cartelas me deixando com dor de cabeça. Eu tentei pular da janela, tentei também me enforcar na lança do portão.
Minha mãe não aceitou o fato da minha bissexualidade e me julgou, usou termos da bíblia para me machucar, disse que minha mente é vazia, mente do demônio. Nunca senti tanto medo na vida. Disseram que eu não os amava, que quando eu tiver 18 anos era para eu sair da minha casa e tirar meu sobrenome, por não ser mais filhas deles. Minha mãe disse me odiar, eu não a odeio, só desprezo os pensamentos crueis dela.
Eu não aguento mais! Eu pensei seriamente em acabar com tudo. Pensei que aqueles calmantes iriam me matar "Suspiro" me enganei, ainda estou aqui, escrevendo pelo celular do meu irmão para avisar a todos que estão lendo dos motivos por eu não ter postado. A vontade de morrer é grande, mas eu sei que não vou morrer, nem ter uma overdose, porque Deus não quer me levar.
Eu me odeio, espero seriamente que alguém me mate, ou que me expulsem logo desse inferno.
O pior é que depois de me humilharem como um lixo, eles fingiram, como se nada tivesse acontecido. Como se eles nunca tivessem descobrido que a filhinha neandertal, esquisita e anti-social, fosse bi ou que ela via pornô no celular. Fingiram como se eu fosse hetera, fingiram como se não soubessem que eu beijei uma menina no banheiro da escola.
Estou aproveitando até o último segundo que eu tenho sozinha, pois eles não me deixam mais sozinha com medo de eu continuar sendo bi, por falta de atenção, pois ser bi é uma grande vergonha para eles. Ou por medo de eu acabar me matando.
Segunda eu comprovei que palavras pofrm doer mais do que uma agressão. Quando ela me bateu e segurou em meu pescoço, eu não senti dor, mas quando ela abriu a boca para falar aquelas coisas. Senti como se faças me perfurassem.
Meninas que me chamam no whatsapp, parem! Provavelmente eu não as irei responder, pois ele destivou meu whatsapp.

Capítulo 2 - !!!Aviso!!!


Naty ou quel, tentem avisar as meninas do My sweet ômega. Quero que isso chegue nos whatsapp's das meninas e da Mel. diga que eu amo elas do fundo do meu coração. 

Bruna meu amor, avisa a Ana Clara ou pede para alguém avisa-lá. pede para ela avisar o Vinii, o meu bebê.

Eu não sei se irei postar...

Amo vocês,  mas eu não aguento mais...


Notas Finais


Leiam as notas
Pfvr


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...