História My butterfly - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga
Tags Bangtan, Bts, Jeon, Jungkook, Suga, Yoongi, Yoonkook
Exibições 41
Palavras 1.827
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Sumi, por motivos que explicarei no final
Nada de enrolação
Boa leitura <3

Capítulo 8 - One


Fanfic / Fanfiction My butterfly - Capítulo 8 - One

- Bom dia hyung.

Abro os olhos, e sorrio.

-Trouxe, algumas coisas que você gosta, só não trouxe todos por que a enfermeira disse que você também não pode comer tudo.
 

pego no seu braço e digo

-Onde está arranjando dinheiro?

- Ah, um dos amigos do grupo estão nos ajudando.

-Você está falando com eles ainda?

-Hyung precisamos de dinheiro. E você precisa de cuidados.

-Eu Não preciso de ninguém perdendo tempo comigo.

-Eu não estou perdendo hyung

- Está sim.

Me levanto da cama, tirando tudo que estava ligado a mim.

-Suga hyung... – jungkook me empurra para que eu volte o empurro com a mão me levantando, pego a jaqueta que estava no lado coloco e pego o tênis.

- Vamos voltar – Digo saindo do quarto, Apesar de sentir uma dorzinha, não nada vai me incomodar tanto de sair dali.

Jungkook vem atrás de mim me seguindo.

-Hyung, erga o capuz. – diz ele

-Erga você.- respondo

e saímos a fora, ele pega minha mão e vamos andando, esperamos o metrô e eu sempre mantendo a cabeça erguida até chegarmos na rua sem saída, o prédio  abandonado. Então e aqui.
me largo de sua mão e entro.
chegando no quarto, tiro minha jaqueta e vejo uma sacola, na cama.

 -O que é isso?

 

-Abra –diz ele sorrindo

Abro e vejo uma roupa nova, Pego a sacola e jogo no chão me sento na cama e tiro meus sapatos.

 

-Hyung... Isso foi um presente.

 

 -Não quero saber de presentes... – paro de tirar os sapatos e o encaro - E sei bem que ninguém é tão amigo assim pra dar dinheiro a hora que quisermos, Jeon quem anda te dando dinheiro? Porque te dariam dinheiro?

 

Jungkook tira a jaqueta, e vai até a geladeira tirando uma garrafa de agua.

-Jungkook, você e a pior pessoa para mentir então vai logo falando. – digo o encarando.

-Hyung não quero lhe preocupar.

-Me preocupar? Você já fez isso desde da primeira vez que colocou a ideia na cabeça de sumir e descobrir um “mundo novo”

-Então quer dizer que está arrependido de estar aqui?

-Quem te deu o dinheiro?

-Hyung me ajude nessa mentira realmente não posso te contar nada.

-Jeon...

-Yoongi.

Respiro fundo.

-Tudo bem. - respondo

Me levanto e vou até a geladeira pego uma maçã e uma faca ao lado e corto e começo a comer.

Jungkook se senta no chão e assiste TV me aproximo e sento do seu lado ergo um pedaço em sua frente esperando que ele pegue, ele pega e come também coloco a faca em cima da mesa perto da cama e continuo a comer alguns pedaços que sobravam em minha mão.

Ele se levanta e vai tomar banho, desligo a Tv e saio do quarto olhando para aquele lugar abandonado. “Minha câmera faz falta agora” vou até as janelas quebradas e vejo a rua vazia com poucas arvores
Subo para o terraço tudo molhado devido a uma chuva passada.

Respiro fundo sentindo um cheiro de terra molhada, e um ar quente pois o sol já brilhava forte e um vento gelado o acompanhava Fecho os olhos para sentir aquela sensação boa.

 

 Andando vou até a ponta do terraço olho para baixo, certamente 3°Andar.
olho para frente tantas casas, arvores e alguns prédios abandonados ergo minha cabeça para cima e fecho os olhos.

-Descobriu o meu lugar

Ouço a voz viro meu rosto e sorrio.

- Você nem sabia que existia.

Ele sorri, coloca as mãos dentro dos bolso e diz

-Tem razão, nem sabia se aqui tinha terraço.

Olho para frente, e jungkook se aproxima.

- Tem coisa mais bonita que isso?

- O que? ver casas, e apartamentos e hotéis?

-Não hyung, preste atenção na beleza desse lugar.

Sorrio e digo.

-Sim, ainda achamos as coisas mais simples as mais bonitas

-Sim, achamos...

Ergo meu braço sobre seu ombro e sorrio.

 

-Certamente irei me arrepender – digo

-Que nada, você vai é até se lambuzar- ele responde

Cruzo as pernas e olho para TV. Jungkook vem com um prato com o que ele chama orgulhoso de “comida”.

-Não me importava muito tivesse pedido uma pizza.

-Cala boca hyung, coma.

Ele levanta e vai até a mesa e coloca sua “comida”

Dou uma colherada e mostro uma cara não muito agradável.

Ele vira e pergunta.

-E ai ta bom?

-Tá ótimo, você não tem noção. –respondo

Me levanto e vou até a janela olho para ele que ainda estava enchendo seu prato e Jogo fora o resto da sopa me viro e vou até onde jungkook está.

 Limpo a boca e passo a mão na barriga mostrando que estava satisfeito.

-Muito bom.

Ele continua a comer na mesa.
 Abro a geladeira e bebo um pouco de agua, depois vou até a cama e me deito.

 

Depois de um tempo jungkook vai até o banheiro e escova seus dentes para dormir.

Me levanto e faço o mesmo ele sai e eu continuo no banheiro, aproveitando tomo um banho depois saio do banheiro e vejo jungkook deitado na cama pergunto:

-Vamos dividir a cama?

-Não você vai dormir no chão, quer um lençol?

Pego a toalha e jogo nele sorrindo e o empurro da cama

-Essa cama já tem dono moleque.  

Ele levanta e senta no chão e começa a assistir me deito na cama e assisto também mas ele logo desiste e desliga.
 Levanta e me encara com os braços cruzados e diz;

-Hyung não quero dormir no chão

-Faça o que quiser

Fecho os olhos e sinto ele subindo na cama, abro os olhos e o empurro.

-Mas não aqui moleque.

Ele me empurra eu o empurro também e começo a fazer cocegas nele para que ele se enfraqueça mas suas gargalhadas me fazia sorrir junto e quem estava enfraquecendo no final era eu.

Ele me puxa fazendo com que eu fique em pé

-Impar

-Par

Jogamos e dá ímpar, ele começa a comemorar reviro os olhos e o empurro.

 Ele sem apoio segura minha mão me puxando para cima, caímos na cama me levanto e vejo jungkook ainda com os olhos fechados mais sorrindo ele então abre os olhos e me encara, dou umas quatro piscada e digo;

-Vou pegar o lençol...

Antes que eu pudesse tirar meu braço ele segura e se ergue um pouco e diz;

-Se quer algo novo...

Encaro sua expressão ele me empurra pro lado e levanta e começa a tirar os sapatos.

-Eu vou dormir no chão. – diz ele

 Me levanto e o observo tirar a camisa senti uma coisa estranha e como se tivesse algo me puxando para perto dele como um imã olhando para as costas nuas de jeon “sim aquele moleque ficou mais bonito com o passar do tempo” me aproximo e encosto minha cabeça na suas costas levanto minhas mãos e passo pelo seus braços essa e a primeira vez que sinto uma enorme vontade de estar perto...de desejar... alguém.
 Pego seu braço e o viro de frente para mim ele me encara não entendo o por que estou fazendo mais apenas sigo minhas vontades e o empurro contra parede começo a encostar meus lábios no seu pescoço e beijo aos poucos posso sentir que ele está se entregando.
 Levo minha mão para o seu rosto ele ainda me encara e sorrir...aquele sorriso o beijo devagar puxando seus lábios saciando meu desejo, sinto ele descer a mão até minha cintura e começa a subir levantando minha camisa fazendo com que eu tire o ajudo e começo a tirar a camisa e começo a beija-lo dessa vez com intensidade o imprenso contra parede fazendo com que ele solte o ar com o impacto pego em sua cintura e puxo juntando com a minha ele desce para o meu pescoço ergo a cabeça puxo ele e o empurro na cama passo a mão na calça sentindo o volume, ele me puxa pegando em minha nunca me beijando um beijo tão inocente que me deixava mais ansioso para tê-lo.
 Tirando sua calça  começo a beija-lo fazendo movimentos em seu membro jungkook geme um pouco, começo a passar minha língua sobre sua barriga e subindo até seu pescoço chego em seu ouvido e sussurro seu nome, descendo até sua cueca afastando um pouco, tiro  e coloco minha boca em seu membro, Jungkook não se contém  e pega nos meus cabelos me puxando para que eu tenha mais contato e assim vou satisfazendo os desejos da pequena criança tiro minha boca do seu membro e beijo suas coxas e começo a deixar marcas por lá aperto o encaro e abro um sorriso viro o garoto o colocando de quatro na minha frente introduzo meu membro dentro dele Jungkook começa a gemer alto.

-Hy...un..g

Começo a fazer movimentos de” vai e vem”, devagar vou aumentando a velocidade, jungkook pega um travesseiro e coloca na boca, pego seu cabelo e puxo, ele levanta a cabeça do travesseiro e começa a gemer meu nome.

-Min.. yoon...gi

 Seus gemidos, me excitavam com mais força continuava os movimentos de “vai e vem”, e mais alto ele gemia com mais intensidade ele estende sua mão atrás para que eu a segure.

 

-Min..yoon..gi.. mais... mais....

 

Atendendo ao pedido, continuo segurando sua mão mantendo mais contato com seu corpo. Pego em suas costas sentindo o mesmo suando, pego em sua cintura o puxando com os mesmos movimentos. Jungkook geme mais alto.

 Meu suor já descia da testa e caia nas costas do Jeon. Uma sensação tão prazerosa que gemo seu nome também.

Chegando ao meu limite de prazer e retiro meu membro ele se vira e me puxa pegando em minha nunca começa e me beijar loucamente.

Me deita ao seu lado, e o mesmo fica em cima de mim desce me encara e coloca sua boca em meu membro.

-Não espera... -começo a gemer

Ele me encara continua.

-Mas que ....... tipo de .....pessoa... você....

Levanto a cabeça, para desfrutar daquela sensação ele sobe para minha barriga me puxando me beija loucamente Me virando e colocando em cima dele sento em cima do seu membro ambos gememos

-MIN...YOON..GI

 

-JEON...

 

Nossas respirações começam a ficar rápidas, e nossos movimentos também satisfazendo todo desejo.

Olhar a expressão de desejo no rosto de jeon , e a melhor coisa que eu poderia ver, e eu estava presente para ver aquilo, Amo jungkook com todas as minhas forças com tudo que eu tenho jungkook não sei o que seria de mim se o perdesse.

 Dou umas quatro piscada afastando aquele pensamento, puxo para perto de meus lábios, ambos estávamos cansados, sinto sua respiração ofegante e seus lábios a me beijar

 Me levanto do seu membro, ele pega meu rosto com suas mãos e começa a me beijar de leve me deito do seu lado e o puxo para perto de mim, o abraço e o sinto sorrir pois suas bochechas, “inflam” sobre meu peito, beijo sua cabeça. E digo

-Jeon...

-Hum?

-Nada...

Ele sorrir e fecha os olhos.


Notas Finais


Sim, eu dei uma sumida
Devido a trabalhos provas enfim..
Vou poupar meus possíveis leitores que me acompanham dessa história...
sim teve sequisu :v
e eu não sei oq dizer...
Bem até o próximo capitulo
até amanhã <3
ah, tão gostando?
Fala pra eu <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...