História My Crazy Boy - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Wanna One
Personagens Daehwi, Guanlin, Jaehwan, Jihoon, Jinyoung, Jisung, Kang Daniel, Minhyun, Seongwoo, Sungwoon, Woojin
Tags Kang Daniel, Lemon, Ong Seongwoo, Ongniel, Wanna One, Yaoi
Visualizações 110
Palavras 685
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Festa, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi, espero que gostem <3

Capítulo 14 - Jantar e... Motel?


Fanfic / Fanfiction My Crazy Boy - Capítulo 14 - Jantar e... Motel?

Cheguei na escola mancando... Isso mesmo, MANCANDO!

Eu pensei que essa maldita dor tinha parado por causa do remédio, mas acordei e a dor não sumiu. Eu fiquei bem puto, mas fazer o que, né?

Me sentei no banco e bufei, Jinyoung e Daehwi vieram até mim.

— Por que está assim, hyung? – Daehwi perguntou e eles se sentaram no banco.

— P-por que? Nada não, só fiz uns exercícios ontem e como sou sedentário, estou com muita dor hoje. – menti e eles olharam para mim desconfiados.

— Não precisa mentir, a gente sabe o que foi. – Jinyoung falou e olhei assustado para eles.

— Como assim?

— Daniel hyung nos contou. – Daehwi falou.

— Ah, aquele desgraçado... – falei e bufei.

— Relaxa, ele contou só pra gente. – Jinyoung falou – Mas e aí... Foi bom?

— Verdade hyung, conte para nós... Ele foi bruto mesmo? – Daehwi perguntou e olhei para eles com cara de tacho – Aposto que você gostou, já que falou que adora um sadomasoquismo.

— Meu Deus, parem... Estão me deixando com vergonha. – escondi meu rosto com minhas mãos.

— Ah hyung, desculpe. – eles falaram e logo depois fizeram bico.

— Não façam isso... Tão fofos. – apertei a bochecha deles e eles resmungaram.

— Isso dói... – Jinyoung falou e ri.

Ficamos conversando por um tempo e depois fomos para a sala, os dois me ajudaram a andar e todo mundo ficou me olhando... Oxe, nunca viram uma pessoa com dor não? Eu em.

Me sentei na cadeira e infelizmente agora é...

Matemática, droga.

(...)

Agora é aula de ed. física, fomos para a quadra e ainda bem que não vou fazer exercícios, o professor deixou eu ficar sentado... Pelo menos essa dor serviu para uma coisa.

Eu estava de boas, ouvindo minha música, até que alguém sentou ao meu lado e colocou seu braço ao redor do meu pescoço.

Olhei para o lado e vi ele...

— Daniel? Pensei que tinha faltado... – falei confuso.

— Acordei atrasado... Sorte que a diretora deixou eu entrar. – falou rindo – Ainda está com dor?

— Que que você acha?

— Me desculpe, quer um beijinho pra passar?

— Quer beijar minha bunda, é? – bem na hora que eu falei, passou um menino na nossa frente e ouviu isso, olhei para ele assustado – Não foi isso que eu quis dizer, não entenda errado, somos só amigos. – falei rindo de nervoso e ele só saiu andando, Daniel ficou rindo e olhei para ele.

— Idiota. – falei e dei um tapa em seu braço.

— Fiz nada. – ele falou – Me dá um beijinho? – fez bico.

— Aqui não... Alguém pode olhar.

— E?

— Aish. – escondi nossos rostos com minha mão e dei um selinho rápido nele.

— Eu queria mais.

— Depois.

— Hyung, o que vai fazer hoje?

— Dormir.

— E amanhã?

— Dormir.

— Depois de amanhã?

— Dormir.

— Meu Deus, Seongwoo hyung, você só dorme. – bufou e ri.

— Brincadeira, amanhã vou fazer nada,  por que?

Vamos sair? Para algum lugar e tals... Jantar e essas coisas aí.

— Claro, adorei a ideia.

Depois vamos para um motel. – falou e engasguei com minha própria saliva.

— QUE? – gritei e ele começou a dar muita risada.

— É brincadeira. – fiquei com cara de cu.

— Doido.

(...)

Neste exato momento, estou sentado na mesa com Jisung, Minhyun e Jaehwan.

— E você e o Daniel? – Jaehwan perguntou.

— Estamos bem... Eu acho... – falei.

— Por que acha? – Jisung e Minhyun perguntaram e suspirei.

— Sei lá... É que... Ainda espero pelo dia que ele vai me pedir em namoro. – os três começaram e rir. — Pensei que ela já tinha pedido. – Jisung falou – Sabe, sempre vejo nas fanfics o casal terminando de fazer sexo e no final o cara perguntar “Quer namorar comigo?”. – fiquei com cara de tacho.

— Sério isso? Pedir namoro depois de terminar uma transa? – perguntei, ele concordou e caímos na gargalhada.

— Essa é boa. – Jaehwan falou – Imagina você fazer isso comigo? Ao invés de achar romântico, eu iria achar engraçado. – falou para o Minhyun, eu e Jisung ficamos confusos.

— Vocês dois? – perguntei.

— Ele só falou brincando, esse doido. – Minhyun deu um peteleco na testa do Jaehwan.

— Aí, isso doeu. – fez bico.

— Ainda acho que um dia... Vocês vão namorar. – Jisung falou e eu concordei.

Deus me livre. – os dois falaram juntos e rimos.


Notas Finais


Bom galero, foi isso
Não teve jantar e nem motel wisjwksjka
Mas no próximo capítulo vai ter
O jantar é claro qosjqoskwi
“Quer beijar minha bunda, é?”
Socorro OWKDKWJKSW
espero que tenham gostado
Beijinhos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...