História .My crazy life. - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Putaria, Romance, Tretas
Visualizações 25
Palavras 988
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom espero que gostem!! ❤❤ preparei com todo o carinho do mundo, demorei 45minutos para escrever mas valeu a pena!! Boa leitura a todos 💛💚💙❤😘

Capítulo 19 - Humilhando as recalcadas


Fanfic / Fanfiction .My crazy life. - Capítulo 19 - Humilhando as recalcadas

POV MADDIE

(...) depois de um tempo conversando com Rebeca eu e ela viramos grandes amigas e é claro que ela me ajudou a arrumar as malas e eu a ajudei tambem. Mas só de pensar que eu teria que me preocupar de acordar cedo para não perder a aula me apavorava. Mas só de saber que eu ia rever minha tia após 3 anos era uma alegria total!! Eu fiquei me perguntando oque seria de mim quando eu acordar e não ver Mari na outra cama e ter que ir no banheiro com um copo para poder jogar água nela para a preguisosa acordar, oque seria de mim quando eu fosse para a aula e via Felipe e sempre iamos pelo caminho mais complicado para chegar na sala porque queriamos dar risadas. Oque seria de mim quando eu chegasse e não ver mais o David com o cabelo todo descabelado fazendo aquelas piadas sem graças e me fazendo rir do mesmo jeito. Oque seria de mim quando eu chegasse e não encontrasse Ana me emplorando para dormir mais um pouco. Quando eu chegar e não ver connor nos corredores para me receber de braços abertos. Nossa com todos esses pensamentos parecia até que eu ia me mudar para outro pais, admito que algumas coisas que eu disse são exageradas mas eu falei como se eu nunca mais fosse ver eles!

Fiquei mais de uma hora presa em meus pensamentos e lembranças do passado, até que uma Deusa grega me tirou daqueles pensamentos posessivos!

-Mad!! Anda temos que ir no refeitorio jantar! Amanhã é o dia de irmos para casa e não dormir mais na escola, confeso que estou nervosa. -falava Rebeca, ela demontrava estrema tensidade mas eu a acalmei com uma abraço longo e apertado.

-sim, tambem estou! E muito..não sei oque vai ser depois que pararmos de dormir aqui, mas sei que mesmo não vendo nenhum de vocês no café da manhã e nem na janta, será como se estivessem la comigo. -falei meio que eu parecia hipnotizada mas era realmente uma pura e absoluta verdade.

-bom eu vou procurar connor.. quer vir comigo? -perguntei a Rebeca tentando mudar o assunto que ja avia morrido.

-não, obrigada. Irei pro refeitorio sozinha, preciso pensar e relaxar, boa sorte com o connor -falou ela que logo saiu do quarto, eu me troquei e penteei meu cabelo e logo em seguida sai dali trancando a porta do dormitorio e indo em direção do corredor.

-mad podemos conversar? -era David, só oque me faltava! Eu estava brava com ele, o motivo é que ele mentiu para mim quando eramos pequenos e me fez brigar com connor. Eu fiquei sabendo disto ontem mas me chatiou, eu nunca avia pensado que ele seria capaz de mentir para mim, sua melhor amiga! 

-não, não podemos conversar, tenho muito oque fazer, aliaz estou morta de fome então se me da liçensa eu estava a ir para o refeitorio! -falei tentando passar dele, mas ele segurou meu braço me colando em seu corpo.

-Mad? Porque você esta a me evitar? -dizia ele com aquela cada de cachorro abandonado que canalha ele sabe que eu odeio quando ele faz esta carinha!!! 

-em primeiro lugar: não estou te evitando. em segundo lugar: eu estou com fome, e quero ir ao refeitorio. Em terceiro e ultimo lugar: não te diz respeito o porque estou brava com você. -disse brava e sai dando de ombros e não o deixando falar.

Quando cheguei no refeitorio estavam todos menos Mari e Felipe, e é claro que faltava o David tambem pois o deixei plantado lá fora. Me direcionei para a mesa onde estavam: Connor, Ana e Rebeca.

-olâ senhores e senhoras! Eu poderia me sentar nesta humilde cadeira vaga? -eles riram de mim e assentiram com a cabeça.

-você demorou em! -comentou Rebeca.

-é que o idiota do David me parou no caminho e eu dei um jeito de deixar ele plantado lá. Mas e ai? Oque eu perdi? -disse abraçando connor e sorrindo.

-Mad, acho que você vai querer matar a ashila! Ela xingou o Felipe de gayzinho de merda chupador de rola e ele saiu chorando daqui, eu quase a ataquei mas connor me impediu -falou Rebeca.

-mas e agora que eu acabo com a raça daquela vadia! 

Sai dali e fui para a mesa onde ela estava! 

-Ei vaca! Olha como você fala com o meu amigo sua vaca de merda! 

-vai se fuder menina, te odeio sai daqui vadia! 

-Não gosta de mim? Ótimo, porque não sou minhoca pra agradar piranha.

-olha quem fala! A piranha desgraçada que ta de ressaca! 

-Você pode falar o que quiser de mim, bem ou mal, não ligo. Eu sei quem eu sou e você nunca vai conseguir me mudar. 

-cala a boca menina se enxerga!

-sabe! Não há nada de mal em querer ser melhor que eu, desde que não se iluda pensando que um dia conseguirá.

-oque? Você é uma vaca! Sua vaca desmamada de merda!

-Sua opinião é que nem anuncio no youtube. Ignoro em 5 segundos. A e se não tiver coragem de morder, não rosne! A e querida, se eu quisesse ouvir cachorra latindo saia com osso na rua.

-sua...sua... -e ela saiu correndo com as idiotas das "amigas" dela.

Eu voltei para minha mesa e olhei para eles que me olhavam de boca aberta. 

-que foi? Gente fecha a boca se não entra mosquito porfavor! -ri do que eu falei e olhei connor.

-você foi demais! -ele me abraçou e me beijou, confeso que eu queria muito aquele beijo! 

-você arrebentou com ela!!!

(...) 

Algumas horas depois eu fui para o dormitorio descansar um pouco.

POV DAVID

-ei..connor! -falei chamando a atenção dele que me olhava com desgosto.

-oque você quer? -falou ele com um pouco de raiva.

-vim pedir descupas pelo passado, eu tinha apenas nove anos! Eu achava que você ia roubar minha amiga de mim e eu errei! Eu so vim me descupar. Sabe, não precisa me perdoar agora. Mas me perdoe.- falei saindo dali




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...