História My Creature Of The Green Eyes - Capítulo 11


Escrita por: ~ e ~VioletHarmom

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ariana Grande, Camren, Cute, Fifth Harmony, Norminah, Trolly, Vercy
Exibições 223
Palavras 2.911
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Fluffy, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey amores desculpe a demora ❤️️❤️️ Boa leitura

Capítulo 11 - O treino


Fanfic / Fanfiction My Creature Of The Green Eyes - Capítulo 11 - O treino

NARRADOR P.O.V

Os corredores naquele dia pareciam estar mais cheios do que o habitual, e Camila estava irritada com isso. Bem quando ela queria achar mais que depressa uma certa pessoa, o mundo todo se virava contra ela. O movimento agitado dos estudantes a atrapalhava e ela se esbarrava a todo momento em alguém diferente, não se importando em se desculpar.

  Ela estava a procura de Lauren, mas estava sendo difícil. A garota simplesmente havia sumido do mapa, a latina começou a perder as esperanças após não encontrar a morena em seu armário, onde era o lugar mais provável em que ela poderia estar.

  Já desistindo, ela começou a andar mais devagar indo em direção a sua primeira aula, o sinal ainda não havia tocado mas ela não se importava. Estava pensando se Lauren poderia ter faltado, ou se apenas chegaria atrasada. Não prestava atenção no que acontecia a sua frente, ela apenas andava, tudo no automático, estava ocupada demais submersa em sua mente. Porém seus pensamentos foram cortados por um baque forte a derrubando no chão.

  "Oh meu Deus!" Uma voz mais que conhecida exclamou. Uma garota saiu de detrás da porta assustada.

  Camila que havia caído de bunda, levantou seu olhar um pouco atordoada para a pessoa a sua frente. Lauren estava lá, com uma expressão preocupada segurando a maçaneta de uma porta.

  "Meu Deus, Camz! Você está bem? Me desculpe, eu não sabia que você estava aí." Falou fazendo Camila acordar de vez se levantando do chão rapidamente.

  "Eu estou bem Lolo, não foi nada." Disse com um sorriso fraco demonstrando a outra que estava tudo bem mesmo, mas após dizer isso ela levou a mão a própria testa e fez uma careta de dor que foi impossível esconder.

  "Não. Você não está bem. Me desculpe, eu não sabia que você estava aí, senão não teria te acertado com a porta e-"

  "Lo, está tudo bem. Foi só uma batidinha, nada de grave." Falou de novo só que com mais convicção desta vez, não estava mais doendo tanto. "E não precisa se desculpar, a culpa não foi sua. Eu é que deveria prestar mais atenção." Abriu um sorriso que deixou a outra menos preocupada, mas não totalmente.

  "Mesmo assim, é melhor irmos para a enfermaria." A garota pálida disse.

 "Hey, eu estou bem. Não há necessidade de ter de ir a enfermaria. No máximo isso vai virar um belo galo." Deu um sorriso divertido conseguindo convencer a outra de que estava mesmo bem. "Aliás, eu estava te procurando pela escola toda."

  "Estava?" Perguntou a Camila que assentiu, elas já andavam normalmente lado a lado. "Bom, como você viu eu estava no banheiro." 

  "E como não ver?" Camila começou a rir sendo acompanhada por Lauren. 

  "Por que estava me procurando?" Perguntou quando as risadas cessaram.

  "Ah, sim!" Disse como se lembrasse do seu propósito inicial. "Como você sabe, Dinah está no time de vôlei da escola, e os treinos já começaram. Então ela nos convidou para irmos assisti-lá treinar depois da aula." Falou animada.

  "Isso é muito legal, eu com certeza irei." Disse com um sorriso. Ela não se dava muito bem com esportes, mas seria legal assistir ao treino da loira e dá-la apoio. 

  "Isso é ótimo, Dinah vai ficar feliz." Camila falou.

  "Será que eu posso chamar a Mani e Ally para irem também?" Perguntou.

  "Claro, isso seria ótimo. Dinah adora se exibir e chamar atenção, então quanto mais pessoas melhor." Riu.

  "Então eu vou procurá-las agora mesmo para lhes convidar." Disse parando de andar fazendo com que Camila parasse também.

  "Okay, eu vou procurar a Dinah também." Falou ajeitando sua mochila em seu ombro direito. "A gente se vê depois." Acenou e recebeu um até logo fraco da outra que se virou indo a direção contrária à sua.

 -

  O som da bola sendo rebatida, gritos, correria e respirações ofegantes poderiam ser ouvidos naquela quadra, mas no meio de tudo isso um único som chamou a atenção de uma certa latina.

  Um suspiro ao seu lado foi o que chamou sua atenção. A pessoa que soltou esse suspiro foi ninguém mais, ninguém menos que Normani. A morena estava sentada ao seu lado, estavam as quatros garotas sentadas na arquibancada da quadra assistindo ao treino de Dinah. Normani estava entre Ally e Camila, e Lauren ao lado da latina.

  Vendo que Ally e Lauren não perceberam o súbito suspiro de Normani, Camila decidiu investigar por si mesma. Ela passou a observar melhor Normani, a mesma estava totalmente atenta ao jogo que acontecia. Ou seria a uma pessoa?

  Os olhos da garota com a pele cor de chocolate estavam vidrados nos movimentos da loira que estava em jogo, e Dinah, por sua vez, parecia mesmo querer impressionar, estavam apenas em um treino e jogava como se estivesse em uma partida decisiva de fim de campeonato. 

  Camila achou melhor intervir ao ver Normani mordendo o lábio inferior, estava mais que na cara que ela estava querendo Dinah, e ela como uma boa amiga tratou de dar uma pequena ajudinha.

  Se inclinou levemente até que estivesse perto o suficiente e disse suavemente. "A baba está escorrendo."

  Normani pareceu acordar e olhou para a latina que estava com um sorrisinho como se dissesse 'eu sei o que estava fazendo e nem adianta negar'.

  "O-O que?" Foi sua única resposta, estava desconcertada.

  "Eu sei que você estava secando a minha amiga." Falou com um sorriso convencido.

  Não vendo escapatória Normani apenas deu de ombros. "Ela é bonitinha."

  Ally, que até então estava concentrada no jogo tentando descobrir como ele funcionava, entrou na conversa.

  "Quem é bonitinha?" Perguntou.

  "Dinah." Respondeu Camila antes que Normani pudesse dizer alguma coisa.

  "Oh, sim. Normani tem pequeno crush nela." Disse e Normani a fuzilou com o olhar lhe deu um tapa atrás da cabeça. "Hey!" Exclamou indignada. "Desculpa, eu não sabia que isso era segredo." Falou sarcasticamente.

  "Não é segredo mas não significa que deva sair falando para todo mundo, sua pigméia." 

  "Então quer dizer que a Dinah é a sua crush?" Camila perguntou se divertindo com a situação.

  "Normani gosta da Dinah?!" Lauren surpreendeu as outras ao se pronunciar pela primeira vez.

  "Pelo visto sim." Camila respondeu.

  "Hey! Eu ainda estou aqui e posso responder por mim mesma." Falou "E eu digo que eu não gosto da Dinah." Falou cruzando os braços e voltou sua atenção para o treino.

  Lauren e Ally vendo que o assunto estava encerrado e não adiantaria contestar voltaram a prestar atenção no jogo também. Mas Camila não se deu por vencida, apenas se endireitou em seu lugar.

  "Que pena, talvez ela gostasse de você também." Disse como quem não quer nada.

  Normani rapidamente olhou para Camila. "Como?!"

  "Apenas talvez." Disse se segurando para não sorrir por conseguir a atenção da outra tão rápido.

  "Como assim? Tanajura me explica isso direito." Exclamou.

  "Olha, eu vou falar tudo de uma vez porque eu não aguento mais isso. Dinah está de quatro por você faz um tempão, mas não tomou nenhuma atitude ainda, ela inventa desculpas mas eu sei que ela só está insegura e isso significa que ela gosta mesmo de você." Falou num fôlego só.

  "Wow." Foi a única coisa que Normani conseguiu pronunciar ao ouvir as palavras de Camila, piscava desacreditada no que acabara de escutar. "Isso é sério?" Perguntou por fim.

  "Ela escreveu seu nome e desenhou um coração envolta na última folha do caderno dela. Pode crer, ela tá na sua." Falou e colocou a mão no ombro de Normani, que olhou para Dinah que estava numa pausa conversando com suas colegas de time. Ela sorriu para a loira quando a mesma voltou seu olhar para as suas amigas que estavam na arquibancada, Dinah apenas devolveu o sorriso antes do treino recomeçar.

-

  Normani havia pensado no que Camila disse e agora ela se encontrava no vestiário feminino observando a garota mais alta pegar suas coisas em seu armário. Estava encostada em um mais afastado, o lugar já não tinha quase ninguém, o que facilitou muito. A mais alta já estava tirando sua mochila do compartimento quando Normani resolveu ir até lá.

  "Então..." Começou assustando Dinah que fechou seu armário rapidamente e se virou se surpreendendo por encontrar Normani ali. "Você joga bem." Falou sorrindo.

 "An... É... O-Obrigada." Disse com dificuldade. "Mas era apenas um treino." Estava ficando nervosa por ter Normani tão perto de si, e ainda por cima a elogiando.

  "Se você é assim no treino então deve ser ainda melhor quando está jogando em uma partida, não?" Perguntou se divertindo com o nervosismo evidente da mais alta.

  "Pode-se dizer que sim." Respondeu um pouco desconcertada. "Você poderia vir assistir ao próximo jogo, se você quiser." Convidou num súbito momento de coragem.

  "Isso seria ótimo, seria melhor ainda se eu entendesse melhor o esporte." Riu fazendo Dinah sorrir, estava relaxando mais na presença da garota de pele escura.

  "Se quiser eu posso te ensinar um pouco sobre." Ofereceu a mais alta torcendo para que a outra aceitasse.

  "Claro! Assim temos a oportunidade de nos conhecermos melhor também."

  "Sim. Você está livre agora?" Mesmo com receio perguntou.

  "Por incrível que pareça sim, eu estou livre pelo resto do dia." Dinah comemorou internamente.

  "Gostaria de sair para comer alguma coisa agora? Ou qualquer outra coisa, pode ser apenas um café ou até mesm-"

  "Cinema para mim está ótimo." Falou interrompendo a maior que estava se enrolando nas palavras, o que Normani achou adorável. "Não demore muito, te vejo na saída." Falou sorrindo se virando para ir para fora do vestiário deixando uma Dinah abobalhada para trás.

  Dinah encostou suas costas no armário respirando fundo. "Droga, eu estou enlouquecendo." Soltou baixo junto de um pequeno sorriso.

-

  Ally, Lauren e Camila não tinham ido embora ainda, estavam esperando Dinah e Normani para poderem ir. Estavam sentadas na arquibancada ainda, os jogadores do time de basquete estavam se aquecendo para começarem o seu treino.

  "Será que está rolando alguma coisa? Não aguento mais essa demora." Camila disse já impaciente.

  "Elas ainda devem estar conversando." Lauren falou.

  "Conversando, sei." Camila ia dizer mais alguma coisa, mas foi interrompida.

  "Hey!" Um garoto alto de porte atlético com o uniforme do time cumprimentou com um sorriso. As três cumprimentaram de volta. "Você é a Ally certo?" Perguntou  para a baixinha que apenas assentiu, o nervosismo transparecendo. "Poderia me acompanhar até um lugar para conversar por um momento?" Ele foi direto.

  A baixinha já estava com as pernas bambas por apenas ver o sorriso encantador daquele rapaz, quando ele fez aquele pedido ela agradeceu por estar sentada.

  "Claro." Respondeu com um pequeno sorriso, se levantou e acompanhou o rapaz. Olhou para trás vendo Lauren com um sinal de positivo e Camila com um sorriso malicioso. Mas ela não se importava.

  "Esse é o garoto que a Ally gosta, não é?" Lauren perguntou.

  "Sim, a baixinha se deu bem." Disse divertida. O celular da latina vibrou indicando uma notificação.
 
  Camila bufou em irritação e guardou o celular rapidamente.

  "O que aconteceu?" Lauren perguntou vendo a irritação da outra.

  "Dinah e Normani já foram, estão numa espécie de 'encontro'." Fez aspas com os dedos. "Aquela ridícula nos fez espera-la por nada."

  Lauren riu, era engraçado ver a latina irritada. "Mas pelo menos ela avisou." Tentou argumentar.

  "Claro, grande coisa." Revirou os olhos. "Eu estou morrendo de fome, vamos embora logo, eu mando mensagem para a Ally depois." Pediu praticamente implorando.

  "Vamos, eu também estou com fome e acho que a Ally não vai a lugar nenhum tão cedo." Falou fazendo causando risadas em ambas. 

  Desceram a arquibancada rumo a saída, porém quando estavam quase saindo Camila parou de repente fazendo Lauren a olhar com uma carinha de quem não entendeu.

  "Droga! Acho que esqueci minhas chaves lá." Falou fechando os olhos batendo em sua própria testa. "Você pode me esperar até eu ir lá pegá-las?" Pediu.

  "Claro, sem problemas." Falou com um pequeno sorriso.

  "Obrigada, Lolo. Eu volto logo." Disse e se virou indo com passos rápidos.

  Como já estava praticamente em frente à saída Lauren apenas se encostou na parede observando Camila, que, antes de conseguir subir até o lugar onde estavam, deu um leve tropeço se recuperando rapidamente. Lauren riu com aquilo, achando extremamente adorável o jeito da latina, Camila era uma desastrada nata. Ela continuaria observando sua amiga, mas uma movimentação próxima chamou sua atenção.

  Um dos jogadores do time de basquete vinha em sua direção com um sorriso nada amigável no rosto, Lauren sabia que aquilo não era uma coisa boa. Ela começou a ficar nervosa quando viu que o garoto estava mais perto e começou a olhar para os lados a procura de Camila. Ela iria sair dali ao não avistar a latina, mas ela foi impedida por um corpo totalmente maior que o seu que a prensou com uma mão a cada lado de sua cabeça.

  "Gata, me chama de sorvete e vem me chupar." (N/A QUE CANTADA MARAVILHOSA NÉ) O garoto falou com o rosto próximo ao da garota pálida olhando diretamente nos olhos, com uma voz arrastada e expressão maliciosa. Aquilo para a maioria das garotas era a forma de abordagem perfeita, mas para Lauren era apenas uma forma de intimidação.

  Lauren paralisou no lugar, sua expressão aterrorizada era evidente, mas não o suficiente para o garoto se tocar. Ela não conseguia falar nada, e mesmo se tentasse empurra-lo ela não conseguiria, ela com certeza não era tão forte quanto o garoto.

  "Qual é gracinha, o gato comeu sua língua?" Se aproximou ainda mais, a essa altura Lauren estava com os olhos fechados e implorava internamente para que aquilo acabasse logo e ele a deixasse em paz. Como a garota pálida estava com os olhos fechados, o jogador entendeu aquilo como um passe livre e iria acabar com o espaço restante entre eles. A garota pálida percebeu o que que viria a seguir e tentava com todas as suas forças segurar as lágrimas. 

  Mas ela foi surpreendida ao sentir que o garoto já não se encontrava a sua frente, para sua surpresa o que ela ouviu foi a voz de Camila.

  "Hey! O que pensa que está fazendo?" Rugiu, sua expressão era assustadora, ela com certeza estava furiosa.

  "Calma gatinha," O garoto que era mais burro que uma porta deu um sorriso convencido. "tem para todo mundo." Disse já se aproximando da latina. 

  "Não me toque seu pedaço de merda!" Deu um empurrão no peito do jogador que o fez se desequilibrar para trás, aquilo o deixou com raiva. 

  "Quem você pensa que é?!" Gritou irritado. Empurrou a latina com força contra a parede a erguendo pelo colarinho. Se encaravam, ambos com as expressões de ódio mortais. Camila mesmo sendo como era não demonstrou fraqueza.

  "Camila!" Lauren gritou completamente apavorada com o que estava acontecendo, consequentemente chamando atenção do treinador.

  "Hey, hey, hey! O que está acontecendo aqui?!" O treinador exclamou puxando o ombro do garoto para longe da latina. 

  "Essa louca chegou me empurrando e-"

  "O que?!" A latina exclamou indignada. "Esse troglodita estava dando em cima da minha amiga que não estava nem um pouco confortável!"

  "Okay, okay! Já chega!" O treinador falou. "Você!" Apontou para o jogador. "Sessenta flexões. Agora!" 

  O garoto saiu bufando, mas antes lançou um olhar mortal para a latina que já estava ao lado de Lauren segurando em sua mão.

  "E vocês duas, acho melhor irem embora." Falou antes de se virar e apitar chamando a atenção de todos os outros jogadores.

  Saíram da quadra em silêncio, Lauren tentava assimilar tudo o que havia acontecido. Camila quase entrou em uma briga por sua causa, ela de alguma forma se sentia culpada pelo acontecido.

  Camila ainda estava transbordando ódio, aquele bastardo não tinha o direito de fazer aquilo. Já estavam no estacionamento a caminho do carro da latina, saiu de seus pensamentos quando Lauren a chamou suavemente.

  "Camz." Camila a olhou e encorajou a continuar. Lauren abaixou a cabeça e sussurrou baixo. "Desculpa."

  Camila franziu o cenho em confusão. "Do que você está falando, Lo?"

  "Por minha causa você quase entrou em uma brig-"

  "Hey." Estavam na frente do carro, Camila parou de frente para a garota pálida que estava com a cabeça baixa olhando para os próprios pés. Com o dedo indicador em seu queixo, levantou a cabeça de Lauren e o que ela viu foi de quebrar o coração em mil fragmentos. Mas ela não se abalou com aquilo, ela deveria mostrar a Lauren que ela não tinha nada do que se martirizar. 

  "Lauren, olhe para mim." Os olhos de Lauren que em momento algum encararam o rosto da garota a sua frente, mas com o pedido suave de Camila ela finalmente encarou os olhos eletrizantes e cheios de carinho da latina. "Eu enfrentaria um exército todos os dias por você, aquilo não foi nenhum sacrifício. Afinal de contas, você é a minha Lolo." Terminou de falar com um grande sorriso brilhante.

  Deu um pequeno beijo na ponta do nariz de Lauren que o franziu adoravelmente. O rosto de Lauren já estava totalmente escarlate, Camila se afastou e pegou a sua mão e a puxou para a lateral do carro para em seguida abrir a porta do mesmo e Lauren entrar. Deu a volta e entrou no lado do motorista.

  "Agora, vamos comer alguma coisa, estou morrendo de fome." Falou divertida dando a partida.

  Lauren, que até então estava em silêncio tentando assimilar o ocorrido, abriu um grande e bobo sorriso.


Notas Finais


Obrigada por lerem ☺️🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...