História My Cupcake (P.Jm) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 2
Palavras 1.171
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - 01 - Mudança


-Becky! Pegue aquilo pra mim! - Jungkook falou. Eu apenas assenti e peguei a caixa de papelão, entregando para o mesmo. Jungkook era meu irmão de criação e estávamos nos mudando, de novo.

Era o primeiro ano da minha faculdade de gastronomia e Kookie queria morar perto da universidade, ele já estava no segundo ano do curso de engenharia, e eu começaria o de gastronomia, o que serviria de desculpa para o fato de eu estar acima do peso. Eu fui adotada pelo senhor e senhora Jeon quando era um bebê, então sequer me lembrava da minha origem real, apenas sabia que eu era da América.

-Acha que Jung-hyun vai vir nos visitar com frequência?

Kookie deu uma risada.

-Agora que ele está noivo, sonhe.

-Ah é, a megera da Soo Min. - Eu disse o ajudando a carregar algumas coisas para dentro da nossa nova casa. Ele apertou meu nariz.

-Não fale assim dela! Logo será mãe dos seus sobrinhos! - Ele disse colocando a caixa no chão e colocando as mãos na cintura.

-Pobres crianças. - Eu disse balançando a cabeça de um lado para o outro, Kookie segurou a risada, mas ele queria muito rir. Eu apenas entrei na casa, os móveis já estavam no lugar, só estávamos levando para dentro os demais objetos, como panelas, copos, pratos, talheres, porta-retratos, essas coisas…

Deixei a caixa dos porta-retratos em cima do sofá, mamãe tinha separado tudo, escrevendo cada coisa nas caixas de caneta roxa. Eu abri a caixa e peguei o primeiro porta-retrato, uma foto onde Jung-hyun e Kookie estavam brincando de luta no gramado de casa e eu estava atrás, fazendo aegyo. Sorri ao colocar o porta-retrato na estante da sala, e logo fui colocando os outros, vendo cada lembrança e sorrindo. Kookie deixou mais uma caixa no sofá, e bateu as mãos umas nas outras. Enquanto eu arrumava os porta-retratos, ele arrumava todo o resto.

-Essa coisas são suas. - Ele disse batendo as pontas dos dedos na caixa de papelão com letras em roxo escrito Becky.

-Ok, vou levá-las pro quarto.

Eu peguei a caixa e levei para o quarto que ficava no fim do corredor, mamãe me fez visitar a casa diversas vezes, e eu já sabia como era o meu quarto de cor. Era o único quarto com closet da casa, ela disse que eu precisava de mais espaço que Kookie. Eu deixei a caixa em cima da cama com colcha cor-de-rosa florida, eu tinha ela desde os meus doze anos, nunca abri mão daquela colcha. Meu quarto se resumia em tons de rosa e branco, Jin tinha aprovado, já que era sua cor favorita. Kim Seokjin, meu melhor amigo e que também estudaria gastronomia, estávamos muito animados para começar logo, já que a culinária era nossa paixão.

Eu retirei da caixa o globo de neve do Central Park, uma viagem que eu tinha feito com Jin, Kookie e Jung-hyun, foi uma viagem de três dias para Nova Iorque, foi uma viagem bastante divertida e animada, foi a primeira vez que eu fiquei tão bêbada que não era capaz de falar. Coloquei as mãos na cintura. Bons tempos.

Terminei de arrumar minhas coisas e peguei meu celular, a capinha personalizada dele era cor-de-rosa e tinha algumas fotos minhas e de Jin espalhadas por ela, com adesivos fofos. Desbloqueei o celular e disquei o número de Jin, o número que eu sabia de cor.

-Seu cachorro! - Eu gritei assim que ele atendeu. -Eu te liguei mais de cinco vezes, e você me atende só agora?!

Eu ouvi a risada estranha de Jin, e segurei o riso. Eu deveria estar brava com ele!

-I'm sorry Becky. - Ele disse do outro lado da linha. Eu deitei de bruços no tapete felpudo.

-Ok, ok. Eu te perdoo.

-Como é a casa nova?

-Ah, é uma casa.

Ele riu.

-Eu sei sua burra, quero dizer, é estranho estar aí?

-Minha mãe me fez vir aqui tantas vezes, que eu já me acostumei.

-Ah, senhora Jeon é tão previsí­vel!

-Não é? Kookie tinha me avisado...

-É, ele tinha.

-E aquela menina que você tava de olho, hein?

-Cala essa boca Rebecca!

Eu ri.

-Ela te deu um chute na bunda?

-Deu… De novo. Eu nasci pra ser solteiro.

-Nós nascemos pra ser solteiros. Nenhum cara sério gosta de mulheres gordinhas que nem eu.

-Mas você já perdeu bastante peso Becky!

-Ah, isso não é o suficiente, então vou continuar solteira.

Ele suspirou.

-Você está se cobrando demais…

-Maratona Senhor Dos Anéis, aqui em casa, às seis, eu compro a pizza, você o refrigerante.

-Topo.

Eu ri.

-Beleza, a gente se vê, seu cachorro.

-A gente se vê, sua cachorra.

Eu encerrei a ligação e encarei o teto, deitando de barriga pra cima. Era verdade, todos os caras por quem eu me interessava me jogavam fora por ser acima do peso, quando eu finalmente achei que daria certo, comecei a perder peso e fazer dieta, só por ele. Mas ele simplesmente me chutou por uma magrela qualquer. Tinha sido a dor de um tiro, talvez pior, e desde então eu não tinha me relacionado com nenhum outro cara, nem mesmo por uma única noite ou por alguns beijos.

Eu voltei a olhar para o teto, eu começaria a fazer faculdade, uma nova etapa da minha vida, e sempre me diziam que era ótimo estar solteira na faculdade, então eu queria dar uma chance para o não amor, pelo menos uma vez na vida.



Jin apertou minha mão com força ao ver a cena em que Aragorn caí­a do penhasco por causa de um warg, o sonho dele com Arwen fazia Jin suspirar, ele era apaixonado pela elfa Arwen, completamente apaixonado. Eu ri da reação dele e acabei levando um tapa na perna, ele não admitia um som que não viesse do filme na hora em que segundo ele, "o amor de sua vida" aparecia.

Kookie entrou em casa, ele tinha saído e ao nos ver debaixo da coberta, comendo pizza e com a tevê ligada, se jogou no meio de nós dois e pegou um pedaço de pizza. Jin lhe deu um soco no braço e ele só reclamou, voltando a prestar atenção no filme.

-Se folgado! - Eu disse chutando sua bunda. Ele riu.

-Quieta Becky. - Ele disse colocando o dedo indicador na frente dos lábios, pedindo silêncio. -É uma das cenas da Arwen.

-Argh! Até você Kookie?

-Shhh! - Jungkook e Jin disseram juntos, eu revirei os olhos e fiquei quieta, dando mais uma mordida na pizza de queijo.

Nós simplesmente terminamos de ver O Senhor Dos Anéis: As Duas Torres e eu fui dormir, Jin ia dormir na minha casa naquele dia, já que no outro íamos para a faculdade pela manhã, então ele me seguiu. Eu deitei na minha cama e ele deitou do meu lado, ficamos olhando para a janela por um tempo.

-Eu claramente preciso de uma namorada. - Ele disse, me fazendo rir.

-Eu claramente não preciso de um namorado.

Trocamos olhares e rimos, então ficamos conversando por algum tempo, até finalmente dormirmos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...