História My Daddy - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amizade, Babygirl, Daddy, Jin
Exibições 107
Palavras 929
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Aí mdsu, eu tô muito atrasada neh ?

Capítulo 6 - Quarto ?


Fanfic / Fanfiction My Daddy - Capítulo 6 - Quarto ?

- Eu lhe dei o que você queria, mas lembre- se da 2° regra. Vou dar o que você quer, mas depois também irei cobrar. E você não pode negar nada o que seu Daddy cobrar depois.

~

Soon estava vendo um filme com Min no quarto da mesma. E ambas assistiam "Procurando Dory", onde comiam pipoca em cima da cama e estavam deitadas no meio de muitos ursinhos de pelúcia.

O ensaio de Min havia sido adiado para mais tarde naquele dia, e ambas estavam aproveitando o clima frio do quarto para ficar aconchegadas na manta quentinha da cama.

- Eu ainda não acredito que o Nemo é...

Duas batidas na porta soam, e imediatamente sabíamos quem era.

Era o jeito de Jin para pedir para entrar no quarto de Min.

-Claro que pode entrar maninho.- diz Min rindo como sempre (do filme ou de Jin. Soon não sabia).

Min sempre ria de tudo, acho que Soon nunca viu ela triste.

Quando ela vê Jin entrando, não pode evitar de se esconder discretamente debaixo de vários ursinhos. De fato, ela estava com muita vergonha depois de pedir para Jin, seu Daddy lhe beijar. E ainda havia o fato de estar devendo algo a ele, e ainda não sabia o que ele poderia pedir, embora soubesse que ele nunca pediria algo em que ela não quisesse fazer...

- Eu vou sair para resolver algo, e volto mais tarde. Min, o motorista vem te pegar as 15:30 hoje não é ?Não se atrase. E Soon, eu sei que você está aí, comporte-se baby.

A simples palavra baby, interpretada como um apelido que para muitos passava despercebida. Mas Soon sabia o duplo sentido dela, e não sabia se Jin sabia o arrepio que sentia só de ouvir a menção desta palavra na boca dele.

Min olhava para ela de forma estranha, com os olhos meio apertados e um sorriso diferente do habitual na boca.

- Tá olhando o que ?- Soon diz desconfiada.

- Nada, Nada - Ela diz soltando uma risadinha.

Soon joga um ursinho nela, e volta a sua atenção para o filme. Não queria nem pensar no que Min estava imaginando.

~

Min havia se atrasado, e estava correndo para o carro do motorista.

Soon havia avisado que era para ela se apressar, mas Min estava ocupada demais vendo o filme.

Soltando um suspiro, ela se vê sozinha na casa. O que poderia fazer para passar o tempo ?

Uma idéia brilha na cabeça dela.

Podia ser perigoso, mas afinal, o que tinha a perder? Ela estava muito curiosa sobre Jin.

Soon sobe as escadas prestando atenção para ver se ninguém percebia ela. E cuidadosamente ela se esgueira para a porta a frente do quarto dela.

O quarto de Jin.

Curiosa, ela observa o quarto com seus poucos detalhes.

Havia uma cama de casal grande com um dossel, lençóis pretos e travesseiros rosas. As paredes eram brancas, e a mobília que tinha eram de uma madeira refinada em tom pastel. Havia uma televisão, e uma mesinha na frente dela. Além de algumas almofadas ao redor.

Era um quarto bonito, discreto e revelava muito a personalidade do dono. Havia também uma porta que ela imaginou ser o closet dele. E se ela fechasse os olhos e respirasse fundo poderia sentir o cheiro gostoso de Jin dentro do quarto.

Soon subiu na cama dele, e provou o quanto era macia. Ela solta uma risada de nervosismo, afinal aquilo era algo muito arriscado. Já que alguém poderia entrar e a qualquer hora pegar ela ali.

Ela decide que já viu o suficiente, e quando desce da cama ela tropeça em uma caixa que ficava em baixo da cama, e por pouco não cai no chão fazendo uma cambalhota para se segurar no criado-mudo.

- Ufa -Ela suspira.

Não queria se machucar de novo, e muito menos queria se machucar no quarto de Jin.

Ela procura observar a caixa que havia escapado debaixo na cama, talvez de quando ela subiu. Era uma caixa fechada preta com uma fechadura vermelha.

O que haveria ali dentro ?

Ela ouve vozes femininas passando pelo quarto. E fica assustada com a possibilidade de pegarem ela no flagra.

(cochichos)-...Não vai limpar este quarto também ?

(Cochichos)-... Não sua boba, Este é o quarto de Seok Jin ! Ninguém tem autorização para entrar ali.

(Cochichos)-... Mas seria um sonho entrar neste quarto com ele não seria?

Soon pensa em ouvir risadinhas que somem como se tivessem se distanciando.

O que haveria demais no quarto de Jin ?

Por que elas queriam entrar com ele lá? Ele era seu Daddy. Não delas.

Soon estava irritada com aquelas encheridas. E quando acha seguro sai do quarto discretamente.

~

Soon não deixava de pensar nos cochichos para com o quarto de Jin. Não entendia, o que fazia elas pensarem a tanto delas suspirarem em querer entrar lá com ele?

Ela estava sentada na cozinha, e comia sorvete de morango e baunilha que a governanta havia lhe oferecido gentilmente.

Ela havia se sujado com o sorvete e nem ligava. Só queria comer mais até congelar o cérebro e esquecer de tudo.

- Com Licença, você podia me dizer onde eu deixo essas caixas ?

Ela se assusta levemente com o alguém que havia aparecido na porta, despertando ela de seus pensamentos.

Uau .

Ele era muito bonito, quase tanto quanto seu daddy, ela tinha que admitir.

- Ahn... eu acho que você pode deixar ali. - Ela aponta para despensa de alimentos.

Ele sorri agradecido, e ela sente as suas bochechas ficarem quentes.

Ele deixou ela de alguma forma desconfortável.

- Qual o seu nome ?- Ele diz curioso, limpando as mãos na calça jeans.

- Kim...Soon - Ela diz sorrindo nervosa.

 - Prazer, meu nome é Taehyung.


Notas Finais


Eu sei que tô atrasada, me desculpem ok? Sério baby's. Não desistam de mim, ainda não sou um caso perdido !😂
Um beijão para você que leu e comentou, e beijo para vc que favoritou e um selinho pra vc está lendo♡

~Kissus de morango !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...