História My Daddy - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, Jay Park
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Jackson, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Min Yoongi
Visualizações 243
Palavras 569
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem.
Esta fanfic esta sendo reescrita por motivos de eu quis reescrever rsrs...espero que gostem dessa "nova versão" e boa leitura.

Amo vocês meus pingüins.

Capítulo 1 - Menina sorridente


Fanfic / Fanfiction My Daddy - Capítulo 1 - Menina sorridente

{Min Yoongi pov's}

Aqui estou eu, depois de muito tempo e depois de tanto falarem, estou indo no orfanato adotar alguém. Era todo o dia a mesma coisa, "Yoongi por que você não tem logo seus filhos?", "Yoongi se casa logo", ate que eu cansei e decidi vir aqui. Uma coisa que eu odeio é criança...tem que limpar a frauda, dar comida, dar banho, a vai tomar no cu.

Assim que chego na cadeia de crianças conhecida como orfanato, entro e já vejo um monte de crianças correndo pra lá e pra cá...uma freira vem ate mim e sorri.

-Olá senhor, eu sou a irmã Judy, o que deseja?_ela fala sorrindo 

-Adotar talvez_falo o óbvio.

-Oh claro..._ela me leva ate umas crianças, vejo uma que estava sorrindo tipo muito, vou até ela e digo.

-Por que sorri tanto?_pergunto curioso.

-Por que não sorrir tanto?_ela fala ainda sorrindo._me levanto e vou ate a freira.

-Quantos anos aquela menina tem?_pergunto.

-Oh...ela tem treze anos, o nome dela é S/N.

-E por que ela esta aqui?_digo.

-Ela foi encontrada em uma cesta do lado de fora do orfanato, a pegamos e cuidamos dela.

-E como sabem o nome dela?_pergunto.

-Estava em um bilhete junto com ela.

-Entendi...ela tem uma historia legal, eu quero adota-la_falo sério.

-Okay vem ate aqui.

Ela me leva ate a "direção", me fez assinar um monte de papéis, ficamos umas duas horas ali, sem exagero. Fiquei mais trinta minutos esperando a menina chegar, ela entra na direção com a cabeça abaixada e sorrindo.

Fomos pro carro em silencio, quando ela vê o carro, ouço ela sussurrar um "nossa..." sorrio e entro, ela entra, coloca o cinto e continua quieta.

-Então menina sorridente...me fale sobre você..._digo sem tirar os olhos da rua.

-Hmm...eu gosto de pandas, da cor preta, animais, música e ler..._ela sorri.

-Legal...qual é o seu nome mesmo?_rio fraco.

-Meu nome é S/N...

-Agora você tem o nome da família Min no seu nome, então é bom honrar o mesmo...

-Prometo honrar a família Min_ela fala levantando a mão e sorrindo.

-Bom mesmo...

Logo chegamos em casa, pego a chave de casa, vou ate a porta e abro a mesma. Ela entra em casa com a boca aberta.

-Gostou?_pergunto.

-Gostei_ela sorrindo.

Levo ela ate o quarto da mesma, eu mandei fazerem um quarto unisex em tons de branco e preto.

-Que quarto lindo..._ela diz olhando em volta e sorrindo.

-Vou deixar você arrumar as coisas e se arrumar, quero você em trinta minutos lá na cozinha para almoçar._desco e começo a arrumar a mesa.

{Min S/N on}

Finalmente depois de anos fui adotada, muitos adultos não me queriam porque eu era muito violenta quando eu sabia que, a pessoa que iria me adotar não era boa, eu achei o Yoongi uma boa pessoa só meio sério de mais.

Assim que termino de arrumar tudo, tomo um banho e desco indo pra cozinha e vendo um monte de comida na mesa.

-Que cheiro bom_sorrio.

-Esta com fome?_ele pergunta se sentando na mesa.

-Sim estou_rio fraco e me sento também.

Começamos e a comer em silêncio, assim que terminamos, ajudei ele a arrumar a cozinha e fomos pra sala assistir  filme.

-Amanhã, vai ter uma "festa"_ele diz fazendo aspas com as mãos_Aqui em casa para os meus amigos e familiares te conhecer_ele sorri.

-Okay..._sorrio.

Ficamos a tarde inteira conversando, assistindo séries, comendo bom, estávamos nos dando muito bem e fico feliz por isso.

A noite chega, eu tomo mais um banho e vou me deitar. Ele entra no meu quarto, me da um beijo na testa e vai para o quarto dele, fecho os meus olhos e logo durmo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e que tenham tido uma boa leitura.

Amo vocês meus pingüins.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...