História My Daddy! - Capítulo 58


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bap, Blackpink, Bts, Exo, Got7, Seventeen
Visualizações 59
Palavras 796
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 58 - What?


Fanfic / Fanfiction My Daddy! - Capítulo 58 - What?

A mesma adentra um pouco ao quarto e eu seguro a mão do Namjoon. Novamente ela entra mais no quarto. Puxo a mão do Namjoon e o olho, quando volto a olhar para a tal mulher ela não estava mais ali. 

(S/n): N-Namjoon. Namjoon acorda

Jonnie: Hm? Que? Que foi?

(S/n): Tinha uma mulher aqui 

Jonnie: Era alguma enfermeira, volte a dormir. 

(S/n): Não era, eu estou falando sério. Tinha uma mulher aqui -falo com voz de choro- 

Jonnie: Volte a dormir pequena. 

O mais alto deita do meu lado sinto suas mãos entrelaçarem minha cintura e sua cabeça se apoiar em meu ombro. 

Jonnie: Durma bem. 

Apenas assinto com a cabeça. Fecho os olhos na tentativa de dormir e logo durmo novamente...





             > 3:29 da madrugada <





Não estava conseguindo dormir, estava muito desconfortável. Uma energia ruim no ambiente. 

Abro meus olhos e vejo uma silhueta próximo a cama, e novamente era uma mulher. 

(S/n): N-namjoon.. Namjoon 

Olho pelo meu ombro e ele não estava do meu lado, a tal mulher se aproximava mais e mais. 

(S/n): NAMJOON. 

A mulher fica do lado da cama e apoia os braços na beirada da mesma. Arranco a agulha do soro e tento levantar da cama, meu pé doía muito. 

(S/n): NAMJOON... 

Desço da cama apressada e ando rapidamente até a porta, mais acabo caído. A tal vem andando lentamente até mim. Me arrasto até a porta e tento abrir, bato na mesma na tentativa de alguém ouvir, falhando miseravelmente. Ela continuava a chegar mais e mais próximo a mim, consigo abrir uma fresta da porta dando um pouco de luz no ambiente e fazendo que eu veja um pouco do rosto da mulher, mais ela cobre rapidamente. A mesma corre até a porta trancando a mesma e indo até mim. 

(S/n): SOCORRO. 

Ela pega em meu pescoço e eu agarro suas mãos, mais ela era mais forte que eu. 

Xx: Você tomou o que é meu. 

Ela fala com uma voz macabra. Escuto batidas na porta 

Jonnie: (S/n)? (S/N) VOCÊ TÁ AÍ? ABRE A PORTA. 

Xx: Seu namorado está desesperado não é?  Se não fosse por você eu ainda estaria com ele, ou melhor, você nem mesmo deveria existir

 (S/n): S-Solte-me 

Ela apertava cada vez mais o meu pescoço me fazendo ficar com mais falta de ar. Mais batidas fortes soam pelo quarto. 

Xx: Bons sonhos vadia 

Ela aperta meus pescoço com o triplo da força. A porta se abre bruscamente e ela some, não consigui ficar acordada... 



                       ...


_____   ( S / N ) (OFF)_______



     Kim Namjoon (On)


Arrombo a porta bruscamente e encontro (S/n) largada no chão 

Jonnie: Meu Deus. 

Saio correndo pelos corredores do hospital. 

Jonnie: Hey, hey. 

Enfermeira: Oh. Em que posso ajudar?

Jonnie: Minha namorada está desmaiada, ajude-a por favor. 

Enfermeira: Vamos logo 

Ando em passos rápidos até o quarto onde a (S/n) estava. 

Enfermeira: Oh meu Deus. Vamos colocar ela na cama primeiro. Vá chamar o Doutor Park Bong 

Jonnie: S-sim.

Saio novamente do quarto procurando o médico. 

Jonnie: O senhor é o Park Bong Certo? 

Dr.P.B (Doutor Park Bong): Sim sou eu. 

Jonnie: Minha namorada está desmaida. Chamei a enfermeira e ela pediu para que chamasse o senhor. 

Dr.P.B: quem é sua namorada? 

Jonnie: (S/n completo) 

Dr.P.B: a moça que sofreu o acidente, vamos logo. 

Fomos para o quarto onde a (S/n) estava. 

Dr.P.B: fique aqui fora por favor. Quando acabarmos te chamo

Jonnie: Tudo bem 

Sento-me em uma das cadeiras que aviam ali, passo minhas mãos pelo meus cabelos. Porque a (S/n) trancou a porta? Ou quem trancou? Quem fez isso com ela? 

Me deparo já derramando litros de lágrimas 

Xx: Por quê o senhor está chorando? 

Escuto uma voz de criança, levanto minha cabeça e vejo uma garotinha que aparentava ter uns 4 a 6 anos. 

Jonnie: Oh. Quem é você? 

Xx: Sou a Yeon Joo. Por que o senhor estava chorando? 

Jonnie: ...minha namorada está muito mal e estou com medo de perde-la. 

Yeon Joo: Como é o nome de sua namorada? 

Jonnie: (S/n)

Yeon Joo: Este nome é bonito

Jonnie: Igual a ela 

Yeon Joo: Ela vai ficar bem. Assim como minha mamãe também irá ficar. 

Jonnie: Sua mamãe também está doente? 

Yeon Joo: Sim, mais ela vai ficar bem. 

Xx: Yeon Joo? Aqui está você. Não saia andando sozinha por aí. Quem é você? 

Jonnie: Kim Namjoon, prazer.

Xx: Muito prazer. Desculpe-me a Yeon. 

Jonnie: Não tem problemas -Sorrio-

Yeon Joo: Tchau Kim. 

Ela me dá um abraço apertado, era como os abraços da (S/n). 

Jonnie: Tchau Yeon. 

A moça pega na mão dela e sai. 

Enfermeira: Senhor? 

Jonnie: Sim?

Enfermeira: A paciente está bem, não corre risco de morte. 

Jonnie: Graças a Deus. 

Enfermeira: Encontramos marcas em seu pescoço e parecem ser de enforcamento.

Jonnie: Que? Enforcamento? 

Enfermeira: Sim. Mais ela já está bem. 

Jonnie: Ok, obrigado


     Enforcamento? 



Notas Finais


O capítulo está um pouquinho maior.

E aí? Quem vocês acham que é a tal mulher? Quem será que está por trás disso?

Deixem suas teorias nos comentários, irei ler todos.

Beijinhos❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...