História My daddy! (G!P) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello
Personagens Camila Cabello, Personagens Originais
Visualizações 23
Palavras 210
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Orange, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Halo, eu sou uma daddy. Divido o mesmo desejo que muitx de vocês. Aqui vai ser uma maneira de "expressar" minhas vontades e se você gostar delas ou tiver interesse em descobri-las, sempre vou está a sua disposição my little baby ;)

Capítulo 1 - Simplesmente


-Camila, preciso que assine esses papéis aqui, leve-os a diretoria e pode ir embora. - Diz Finh, um superior da empresa onde trabalho. 

-Sim senhor. 

Levanto me, a caminho do elevador. Pensando várias coisas enquanto tocava aquela música insuportável típica de elevadores.

-Senhor? - Dou leves batidas na porta, esperando um sinal de Carlos.

-Entre! - O mesmo diz com sua voz firme e alta. 

-Tenho alguns papéis para o senhor analisar. -  O mesmo pega e me libera. 

Como não tenho  carro, e estou muito cansada para esperar um ônibus, volto para casa andando. Uma leve garoa domina o tempo, sutilmente molhando meu blazer, não ao ponto de encharca-lo. 

Ao abrir o portão de minha casa, meu gato Pufhy, sai miando para o jardim. Tiro o meu blazer, meus sapatos, minha calça jeans e me jogo no sofá no meio da sala. Após um leve cochilo, levanto do mesmo indo em direção a cozinha. Procuro algo rápido e prático para comer. Subo com um saco de biscoitos para o meu quarto. 

Era um lugar organizado, sempre gostei muito de limpeza. Deito na cama, me viro para o meu notebook, vendo alguns e-mails que recebi. Nada diferente. Ligo a televisão só para fazer um "barulho" para aquela casa morta, sem vida nenhuma.


Notas Finais


E ai baby's?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...